Thominhas, sobre queda de
rendimento no UFC: “O nível é outro”

  • Fonte: AG. Fight

    ‘Thominhas’ Almeida estreou no UFC em novembro de 2014, como uma das promessas para o MMA brasileiro. Invicto como lutador profissional até 2016, o atleta foi derrotado pela primeira vez por Cody Garbrandt, atleta que duas lutas depois se tornaria campeão da categoria peso-galo (61 kg).

    Em sua última atuação – que aconteceu contra Jimmie Rivera, no último mês de julho – perdeu pela segunda vez em sua carreira. E ele atribui isso ao nível dos seus adversários.

    Sem demonstrar grandes preocupações com os resultados negativos, Thominhas explicou que manteve a trocação como carro-chefe do seu plano de jogo nos dois confrontos, mas foi superado pelo simples fato de estar entre os melhores do mundo por conta do alto nível que o UFC mantém com os seus contratados.

    “Não aconteceu nada [que causasse as derrotas], o nível dos lutadores é outro, acho que isso explica. A primeira derrota [contra Cody Garbrandt] foi por nocaute, eu entrei na luta para partir para a trocação franca, mas ele acabou acertando um soco em mim e me nocauteou. Paciência, aconteceu. E esse último confronto [contra Jimmie Rivera] foi uma luta bem dura, bem parelha. Então, para quem os juízes dessem, seria válido. Não tem muito o que pensar. O nível é alto agora. Eu estou lutando contra um dos melhores do mundo”, analisou o atleta.

    O lutador atribuiu esse aumento no nível dos seus oponentes à sua categoria, que, para ele, está entre as mais equilibradas da organização. A facilidade de informação sobre os outros atletas também auxilia os treinamentos a serem mais específicos para cada adversário, o que dificulta o seu trabalho.

    “Em cada luta eu preciso buscar a evolução para estar sempre melhorando, acho que o esporte evoluiu muito. Todos os atletas, pelo menos os de alto nível que estão no top 10, todo mundo estuda todo mundo. A gente sabe os pontos fracos e os pontos fortes do outro, então eu tenho que estar sempre buscando evoluir e melhorar, porque o nível é muito alto, são todos muito competitivos. Ainda mais na minha categoria, que, na minha opinião, é uma das categorias mais disputada do UFC”, comentou o brasileiro.

    Thominhas chegou a ter 21 vitórias consecutivas antes da sua primeira derrota na carreira, e isso fez com que ele fosse considerado uma promessa no MMA brasileiro.

    Apesar de toda a pressão que esse título pode criar, o lutador garantiu que não enxerga essa cobrança como um fator negativo e que isso não afeta o seu treinamento.

    “Não coloco isso como pressão não, muito pelo contrário. Eu coloco isso como uma fonte de motivação no meu dia a dia, quando eu vou treinar. Isso faz com que eu consiga treinar cada vez mais forte. E eu gosto. Esse é o meu combustível mesmo, isso é o que me motiva. O que eu mais quero, desde quando eu comecei, é estar entre os melhores do mundo, lutar contra os melhores. Consegui e represento o meu país, então eu não coloco isso como pressão, eu coloco isso como um ponto positivo”, afirmou.

  • #197614
    Vinicius Menor
    Rudá Corrêa Viana
    Dênnys Dias
    William Oliveira
    Douglas Karpinskinki
    Paulohenrique Santosmatias
    Rafael Barreto
    Mateus
    Gameplay Brasil
    Isaias Oliveira
    Denys Ferreira
    Iury Alves
    Carlos André
    Baixista Loko
    Cássio Rafael
    Rafael Menezes
    Lucas Santana
    Notorious
    18
    |
    0

    bedotRJ
    Forista
    277 respostas

    Muito talentoso e plástico, mas luta como alvo fixo. Precisar acrescentar elementos do boxe, esquivas e pêndulos, prá conseguir ser menos atingido no momento de encurtar. Ainda é jovem, tem idade prá evoluir. Caso típico de quem precisaria de um bom intercâmbio para dar o passo adiante.

    • bedotRJ #197617
      Douglas Karpinskinki
      Notorious
      2
      |
      0

      Vinicius Menor
      Forista
      52 respostas

      Precisa desenvolver e aprimorar melhor o wrestling que é o carro chefe dessa categoria … poder conseguir quedar e estabilizar a posição quando estiver em apuros e evitar ser quedado quando estiver bem na trocacao fara muita diferença no seu jogo… 

  • #197618
    Douglas Karpinskinki
    Paulohenrique Santosmatias
    Mateus
    Marcelinho Souza
    Gameplay Brasil
    Iury Alves
    Baixista Loko
    Cássio Rafael
    8
    |
    0

    Rudá Corrêa Viana
    Forista
    427 respostas

    Lutador muito bom porém precisa melhorar os mesmos aspectos em todas as lutas: sua defesa. Nao trabalha muito o jogo de pernas e sua defesa em cima eh muito falha. Ele precisa apanhar pra começar a lutar. Contra caras pegadores e estrategicos, vai ficar sempre pra trás. Mas o estilo de luta eh o ideal para atrair o público.

    • Rudá Corrêa Viana #197679
      Gameplay Brasil
      1
      |
      0

      Marcelinho Souza
      Forista
      148 respostas

      Exato! 

      É um Guerreiro com coração de leão, com o pensamento que todo lutador de mma devia ter.

      Precisa corrigir urgente suas falhas defensivas pois já está sofrendo com o acúmulo de danos cerebrais que com o passar do tempo vão se acumulando e deteriorando sua saúde. 

      Acho que se internar em uma grande academia de boxe e investir no wrestling como segunda alternativa de luta iriam corrigir essas falhas.

  • #197627
    Renan Oliveira
    Iury Alves
    2
    |
    0

    William Oliveira
    Forista
    703 respostas

    Comentários bem lúcidos, ele está certíssimo, essa categoria é muito fudida e ele só perdeu pra lutadores excelentes, fazendo o Rivera suar muito. O futuro é brilhante pro Thominhas, que ele tente ser mais ativo, somente.


  • Igor Martins
    Forista
    128 respostas

    deve melhorar bastante em pé o sistema defensivo (boxe) e parte wrestling/quedas, já fazendo isso tem chances de chegar a um tittle shot um dia, agora engolindo tantos socos quando ataca não vai dar não…ainda é novo tem tempo.

  • #197645
    Victor Cazzoli
    Paulohenrique Santosmatias
    Mateus
    Diogo Barbosa 3
    Isaias Oliveira
    Lorenzo Fertitta
    Denys Ferreira
    Iury Alves
    Fernando Batista
    Cássio Rafael
    Joadson Carvalho
    Malk Araujo
    William Oliveira
    Wellington Fonseca
    Krys
    Rafael Menezes
    Lucas Santana
    17
    |
    0

    Honorato Neto
    Forista
    242 respostas
    • Honorato Neto #197689
      Honorato Neto
      Iury Alves
      2
      |
      0

      KRS Porlaneff
      Forista
      1707 respostas

      Esse gif é lindo, joelhada plástica e técnica.


      Só não curti mais por ser fã do Pickett rssssssssssssss

  • #197650
    Paulohenrique Santosmatias
    1
    |
    0

    Gilmar Nascimento
    Forista
    108 respostas

    O grande problema do Thominhas é que ele engole golpe na proporção que ataca. Aliado a isso tem a questão de sempre querer manter a luta em pé (espirito chute boxe kkkkkk), mesmo quando está tomando sufoco na trocação. Melhorando bastante seu jogo de grappling (treinando bastante wrestling porque acima dele no ranking os caras são foda/muito foda e aliando seu jiu-jitsu que já ouvir muitas pessoas dizerem ser de um bom nível) e deixando de achar que sempre nos momentos críticos, vai tirar da cartola um one-blow-ko, tem um futuro brilhante dentro da categoria e tudo pra ser campeão.


  • Douglas Karpinskinki
    Forista
    340 respostas

    Maduro e com tempo de sobra pra aperfeiçoar suas habilidades e corrigir erros, tem futuro demais….


  • Rudá Corrêa Viana
    Forista
    427 respostas

    Lutador muito bom porém precisa melhorar os mesmos aspectos em todas as lutas: sua defesa. Nao trabalha muito o jogo de pernas e sua defesa em cima eh muito falha. Ele precisa apanhar pra começar a lutar. Contra caras pegadores e estrategicos, vai ficar sempre pra trás. Mas o estilo de luta eh o ideal para atrair o público.


  • Jonas Greco
    Forista
    515 respostas

    Chega um nível de competição que não dá pra ficar se defendendo com o rosto.

  • #197677
    Igor Alex Machado
    Diogo Barbosa 3
    Isaias Oliveira
    Iury Alves
    4
    |
    0

    Magnus Everest
    Forista
    3281 respostas

    Já mostrou evolução contra o Rivera,precisa lutar com mais frequência,pois tem boa aceitação do público.


  • Carlos André
    Forista
    94 respostas

    A rapaziada nos comentários já deu o caminho pra ele melhorar como atleta. Há muitos problemas, falhas no jogo do Thomas tanto ofensivamente, quanto defensivamente. Ou sai da sua zona de conforto agora, ou com mais umas derrotas será descartado pelo UFC. 


  • Cássio Rafael
    Forista
    447 respostas

    Lutador insano, luta bonito, pra frente.. mas muito aberto. Continuando como está, não vai passar deu um bom lutador vistoso. Mas não do top 5 da categoria. 

    Torcendo para que corrija as falhas defensivas, principalmente movimentação e boxe. 

  • #198127
    Renan Oliveira
    1
    |
    0

    Ridelson Medeiros
    Forista
    417 respostas

    – É tudo uma questão de ir pra fora e melhorar esse boxe/wrestling… acho que com uns 25 (esqueci a idade dele) ele já teria mais que o suficiente pra ser o campeão. (dependendo de quem seja o matchup do outro lado…)


  • Ury
    Forista
    813 respostas

    Excelente declaração, com esse pensamento o Thominhas tem muito a evoluir


Comente!