Para Dedé, Jéssica x Gadelha
prova que dá para evoluir no Brasil

  • Fonte: Combate.com

    Dedé falou sobre declarações de Gadelha após a vitória sobre Karolina Kowalkiewicz, em junho, no UFC Rio, quando a brasileira já treinava nos Estados Unidos e fez algumas críticas ao método utilizado em sua preparação quando enfrentou Joanna Jedrzejczyk pelo cinturão e saiu derrotada.

    “Acho que, a partir do momento que a pessoa saiu da equipe, não faz mais diferença o que a pessoa fala. Se ela estivesse dentro da equipe e falasse isso, eu ia ficar muito danado. Acho que cada um tem uma opinião. Você pode gostar de chocolate, e eu não. Você pode gostar de um tipo de treinamento ou de outro. Às vezes, tenho um tipo de treinamento que é horrível, mas um monte de gente gosta e rende. Aí você vai para uma equipe que ninguém conhece o professor e rende o que nunca rendeu na minha. É difícil você ter uma fórmula perfeita para o atleta. Não existe isso”, afirmou, acrescentando que seus atletas na Nova União não engoliram bem as críticas feitas na ocasião.

    “Os garotos ficam danados por ela falar um monte de besteira e pensam: “Ah é? Então toma”. E quando você joga uma carga tão grande em cima de você, de que “eu sou a maior coisa do mundo” e joga para baixo os outros, quando os outros têm a chance de jogar a pedra de volta no telhado como você jogou no deles, vem uma saraivada. Mas as pessoas têm que procurar fazer o que é melhor para elas.”

    Sobre a possibilidade de seguir treinando no Brasil e evoluir tecnicamente:

    “Quando você pergunta isso e vê a vitória da Jéssica da forma que foi, está respondido. A Jéssica tem condição de disputar título e ser campeã treinando aqui. O treinador dela (Gilliard Paraná) fez um grande trabalho não só com ela, como com várias outras da equipe dele. A equipe do Paraná, que tem aparecido muito na parte feminina, é muito boa. Com certeza é a melhor equipe feminina do Brasil. A Jéssica treinou aqui e não foi para lugar nenhum. Fez uns treinos no Pedro RIzzo, mas principalmente no Paraná”.

  • #196587
    Rafael Menezes
    Caíque Matheus
    Gabriel Quintanilha
    William Oliveira
    Rafael Bezerra
    Mateus
    6
    |
    0

    Idonaldo Filho
    Forista
    3548 respostas

    Concordo com a parte da evolução, inclusive as grandes performances da Jessica tá abrindo portas pras outras lutadoras da PRVT, a menina que enfrentou a Reneau é de lá e agora a Priscila que vai enfrentar a Lauren Murphy também foi contratada. É bacana ver que tem coisa evoluindo no mma nacional.

  • #196588
    Diogo Barbosa 3
    Isaias Oliveira
    Leandro Chiaratti
    Caíque Matheus
    Carlos André
    Jonathan Lima
    Baixista Loko
    Mateus
    Felipe Mattioli
    Iury Alves
    Lucas Santana
    11
    |
    0

    Thiago Gon
    Forista
    242 respostas

    Claudinha sem Dedé = Connor sem Lobov. Não dá!

    • Thiago Gon #196608
      Thiago Gon
      Idonaldo Filho
      Leandro Chiaratti
      Cássio Rafael
      William Oliveira
      Mateus
      6
      |
      0

      Tairon de Oliveira
      Forista
      1246 respostas

      Pior que fui rever umas lutas antigas do Conor e o Lobov tava lá desde o começo também… kkk

    • Tairon de Oliveira #196684
      Iury Alves
      1
      |
      0

      Tiago Jack
      Forista
      2522 respostas

      Se tava na luta contra o Duffy, lá se vai um mito.

  • #196596
    Thai Verdadeira
    1
    |
    Carlton Smith
    1

    Tiago Jack
    Forista
    2522 respostas

    O discurso do Dedé seria o mesmo se a Gadelha fosse da NU e só fizesse intercâmbio fora?



    • Tiago Jack #196604
      Caíque Matheus
      1
      |
      0

      Diogo Barbosa 3
      Forista
      1513 respostas

      Acho que foi uma alfinetada sutil…mas não, não seria.

    • Tiago Jack #196620
      William Oliveira
      Luiz Sanson
      Tiago Jack
      Rafael Bezerra
      Mateus
      5
      |
      0

      millar07
      Forista
      354 respostas

      A confusão aí não é que ela saiu da NU, o Dedé mesmo falou que quem quiser sair ele inclusive apoaria, o problema foi ela sair e falar mal de onde estava. 

    • Tiago Jack #196635
      0
      |
      0

      Malk Araujo
      Forista
      689 respostas

      “Acho que, a partir do momento que a pessoa saiu da equipe, não faz mais diferença o que a pessoa fala”


  • #196601
    Vinicius Maia
    Caíque Matheus
    William Oliveira
    Luiz Sanson
    Rafael Bezerra
    Baixista Loko
    Mateus
    7
    |
    0

    Mau Pivello
    Forista
    406 respostas

    Ah o Dedé foi sensato no que disse. Não quis falar mal da gadelha, mas também não largou o lado da própria equipe. Se a Claudinha quis sair pq não estava mais satisfeita com os treinos aqui, é total responsa dela as melhoras ou baixas que tiver a partir do momento em que ela monta a própria equipe fora.


    A PRVT é sinistra, tenho um conhecido la que da as aulas de jiu jitsu e o cara fala que la o bicho pega nos treinos, mesmo entre as meninas. Ele ja falava pra ficar de olho na Jéssica em 2012/2013.

  • #196603
    Mau Pivello
    Thai Verdadeira
    2
    |
    0

    Diogo Barbosa 3
    Forista
    1513 respostas

    Claro que dá. Dá pra fazer muitas ciosas em muitos lugares, mas a questão são as probabilidades.

    É mais provável evoluir lá que aqui, onde o atleta rende mais ( em regra )?em um lugar em que não terá tantas dificuldades pra pagar as contas ou num lugar que do nada a grana some? Onde o custo de profissionais de ponta é mais barato ou onde é extremamente custoso?

    Outro ponto é a coletividade, os gringos tem mais senso de “terceirização”. Confiam em  profissionais de outras áreas e estão mais abertos a assumir até onde seus conhecimentos são ou não uteis, os caras aceitam com muito mais facilidade quando uma técnica “X” já não satisfaz mais, aqui é extremamente comum aquele papo de “faço isso desde 1500” “criei x campeões assim”.

    Pessoas são pessoas independente de onde nascem (Salvo os asiáticos), entretanto o desempenho em todas as atividades não depende somente delas, mas muito do ambiente.

  • #196605
    0
    |
    Carlton Smith
    William Oliveira
    Renan Arce
    Luiz Sanson
    Romulo Aleixo
    Baixista Loko
    6

    Gustavo Lima
    Forista
    748 respostas

    Dedé foi oportunista

    • Gustavo Lima #196636
      Carlos André
      Rafael Bezerra
      Baixista Loko
      Mateus
      4
      |
      0

      Renan Arce
      Forista
      81 respostas

      Oportunista? Achei ele até bem tranquilo na declaração, tendo todos os motivos para ser mais arrogante, ou algo do gênero, claro, méritos da Claudia estar aonde está hoje mas o Dedé, que treinou a Claudia desde os 18 anos, é peça chave para isso, achei ela bem oportunista na verdade, só não aproveitou a oportunidade de ficar calada.

    • Gustavo Lima #196687
      0
      |
      0

      Thai Verdadeira
      Forista
      294 respostas

      Pena que ele esqueceu de elogiar quando ela passou por cima da Karol uma , mas bastou uma derrota para dar sua opinião 

  • #196650
    Renan Arce
    Diogo Barbosa 3
    2
    |
    0

    Cássio Rafael
    Forista
    476 respostas

    Depende muito. Da pessoa se dar bem com a equipe, treinador, método de treino e etc. 

    Mas uma coisa, na minha opinião, é fato: Nos EUA você encontra melhor estrutura e material humano. 

    Se isso será o essencial para todo lutador e lá é o lugar onde todos serão maiores, é outra história. 

  • #196663
    Renan Arce
    1
    |
    0

    William Oliveira
    Forista
    994 respostas

    Essa luta da Jessica e da Gadelha teve o melhor resultado possível, foi comovente e foi um balde de humildade caindo em cima da Gadelha, espero que ela saiba seguir em frente e aprender com isso. Quanto a Jessica, máximo respeito, que mulher com raça pqp

  • #196668
    Diogo Barbosa 3
    1
    |
    0

    Thai Verdadeira
    Forista
    294 respostas

    Analisar esse tipo de coisa é complicado, Jéssica perdeu, todo mundo cai matando , mas quando tirou a Karolina pra nada, vi vários posts elogiando , dizendo que a mudança fez bem para ela…bate estaca teve que entrar no modo grapiling para virar o jogo, gadelha mostrou clara evolução na trocação ,pois Jéssica não estava se garantindo na sua própria área (trocação) a força física foi o grande divisor de águas nessa luta, já que é de conhecimento de todos que Jéssica tem vantagem sobre a maioria das atletas dessa categoria


  • Mauricio Evangelista
    Forista
    1225 respostas

    Tá certo, ele só poderia ter se arriscado falar antes da luta … 


    Como diria o Chapolin: “Nunca bata em uma pessoa caída, ela pode se levantar”

  • #196695
    Felipe Mattioli
    1
    |
    0

    Rudá Corrêa Viana
    Forista
    485 respostas

    Se tecnologia ganhasse títulos, a galera do Quênia nunca ganhava as maratonas. Sao esportes diferentes mas dá pra se ter uma noção. Tecnologias, novas técnicas, métodos, etc, tudo isso eh bom, mas tbm o talento pessoal e a estratégia utilizada conta muito. Nao podemos negar que muitos lutadores evoluíram bastante ao buscar auxílio no exterior. Acho que  da pra aproveitar metade da afirmação do Dede. Nao podemos deixar de lembrar q ele tem uma academia aqui (ele não vai chamar a academia dele de limitada, né?). Talvez pra alguns não seja necessário mudar de país para evoluir, mas alguns precisam respirar novos ares. Vai de lutador para lutador.