Resenha do estagiário:
os destaques do UFC FN 96

Tiago Paiva | 02/10/2016 às 04:27

Queridos, cá estou novamente, mero sicário, na missão de substituir el patrón Renato Rebelo na análise do empolgante UFC Fight Night 96, evento que rolou neste último sábado, na agradável cidade de Portland, no Oregon (EUA).

Os 6,240 fãs que compareceram ao Moda Center presenciaram de quase tudo que pode acontecer num evento de MMA. Houve nocaute brutal, finalização surpreendente, zebra espantosa, reviravolta maluca, pesos-pesados necessitando de balões de oxigênio e especialmente um bela ode à violência em cinco atos.

Sem mais papo furado, vamos a análise do que rolou de mais importante:

JOHN-LINEKERJohn Lineker x John Dodson

Antes de mais nada, que (mini) homens! Repito, que (mini) homens! Infelizmente não entrarei no mérito da pontuação pois ainda não tenho a habilidade de assistir bons combates com um nível mínimo de maturidade que me permita pontuar enquanto vou à loucura, mas prometo que assim que rever a luta darei meus dois centavos ali na caixinha de comentários. Sobre a luta, novamente, que (mini) homens! Me arrisco a dizer que não existe nenhum homem na face da terra com menos de 1,70m mais intimidador que o baixinho de Paranaguá. A combinação de mãos forjadas no sétimo mármore do inferno, queixo feito de uma mistura de adamantium com vibranium e instinto assassino que botaria inveja na lista dos dez mais procurados do FBI colocam John Lineker de uma vez por todas como um legítimo nome para disputar o cinturão do UFC, fato ainda mais evidente já que o garotão foi vocal e pediu a cabeça de Dominick Cruz, campeão da divisão, após a luta. John Dodson confiou no famoso velocidade mata e foi muito bem – mesmo tendo a linha de cintura sodomizada pelo brasileiro – mas foi provado de uma vez por todas que quando você tem o tinhoso do outro lado isso pode não funcionar. Só atento para duas coisas: 1) Joãozinho, preste atenção no peso do aço que carrega no queixo e das pedras nas mãos. Sua vida já foi atrasada demais por problemas com a balança… 2) Seu alvo (Cruz) provavelmente é o cara mais difícil de se acertar na história do MMA. Jogar tanto golpe com tanta potência no vazio é suicídio, fica de olho!

ALEXAlex Cowboy x Will Brooks

Se pudesse definir essa luta em uma palavra, essa palavra seria polêmica. Tanto antes, quanto durante e depois essa palavrinha permaneceu encravada na minha cabeça. Não tem como não citar que o brasileiro da TFT deu mole em se apresentar com 2,5kg acima do limite. Tendo isso em mente, não tem como não associar a vantagem física – graças ao não-corte, ou seja, menos desgaste, de uma grande quantidade de peso – do Cowboy à sua dominação física dentro do octógono. O carioca mostrou uma vontade gigantesca, proporcional a sua força, para suplantar Will Brooks por quatro vezes, inclusive com a última queda abrindo caminho para a vitória. Além do mais, o ex-campeão do Bellator teve a costela quebrada no primeiro round, demonstrando uma dor lacerante entre rounds e durante a luta. Depois do nocaute – inclusive de forma até brutal, com o brasileiro passando a guarda e descendo a lenha – mais polêmica. Alex provocou o americano, que grogue, respondeu jogando o protetor bucal no carioca. Deselegâncias de ambos os lados a parte, méritos para brazuca, que subirá para os meio-médios com moral, mas creio que a perda do fator força física – crucial para a vitória de hoje – irá lhe impedir de alçar maiores voos. Já sobre o Brooks, bola pra frente. Não me chamo Laerte Viana mas que tal “ill Will” contra Dustin Poirier?

andre-filiAndre Fili x Hacran Dias

Que bela vitória do Alpha Male, hein? Andre Fili fez mais que o básico – inclusive raspou lindamente o faixa-preta de Dedé Pederneiras e Marlon Sandro – para conseguir os três pontos. Fica aqui o destaque para a performance do Barnabé. Aos 32 anos e numa categoria cada vez mais complicada, qualquer vacilo é fatal. O produto da Nova União tomou muitos golpes evitáveis, teve dificuldade em encurtar a distância para derrubar e quando conseguiu quedar, não rendeu: foi passivo no ground and pound e nas tentativas de finalização mesmo estando até dois rounds atrás. Perder por si só é ruim, perder em clássico é pior ainda. O tempo ruge e a Sapucaí é grande…

Menções honrosas:

  • As definições de não tomar conhecimento foram atualizadas. Boladão, Brandon Moreno mandou o respeito ir passear e guilhotinou o promissor Louis Smolka em pouco mais de dois minutos de prosa. Com apenas 22 anos e com impressionantes cinco lutando profissionalmente, o céu é o limite pro mexicano.
  • Luis Henrique Frankenstein levou seu apelido à sério demais. Após tomar uma senhora joelhada do veterano Joachim Christensen que o levou ao chão, o pernambucano virou o jogo e inspirado em filmes de terror, levou o braço do dinamarquês pra casa. Cartel do garotão – agora 50 mil dólares mais rico – continua imaculado. Que venha o próximo!
  • Que atuação do interminável Nate Marquardt. Jogando em situação adversa, o “Great” conseguiu se portar bem e mostrou que assim como um vovô que lutará pelo cinturão dos pesos-médios, a idade nem a longa carreira tiram o peso das mãos (e dos pés). Nocaute via chute alto num adversário duro, respeito de volta e 50 mil dólares no bolso. Tudo lindo!
  • Curtis Blaydes não estreou mal, mas foi ofuscado pela carreta camaronesa chamada Francis Ngannou. Em sua segunda luta dentro do octógono mais famoso do mundo, que teve que pagar de vítima de atropelo foi Cody East, que terá pesadelos com as cotoveladas que tomou por um bom tempo.

Amigos, para os demais resultados, bônus e a coletiva de imprensa pós-evento, é só dar um pulinho no tópico do UFC Fight Night 96 em nosso fórum.

  • João Monteiro

    Discordo quanto a não existir algum homem na face da terra com menos de 1,70m mais intimidador que Lineker. Ele existe! E é real: https://uploads.disquscdn.com/images/9252e7d7a6b4f548be299cb9246d93729df94f6b77966632f843827f70cbce83.jpg

    • Hyuriel Constantino

      AHUEHAUEHUAHEUHAUHEUAHEUHAUHEUAHEUHAUEHUAHEUHAUHEUAHEUHAUEHUAHEU… ESSE AÍ É BRIGADOR! xD

    • KRS Porlaneff

      É o ET, do ET & Rodolfo?

      • João Monteiro

        Não é o ET não hauehuaheaue! Esse é o turco Köksal Baba.

        • ErCoelhoBruno

          Kkkkkk. De onde saiu esse vulto? Ee era lutador, famoso ou alguma outra coisa?

    • Francisco Júnior

      Existia até 2010, quando faleceu.

  • Hyuriel Constantino

    É uma pena que o vaqueiro tenha decidido ir pros meio-médios. Logo nesse momento que bate um ranqueado tão valorizado e fortalece as esperanças tupiniquins com candidatos a conquistarem novamente a cinta dos leves. Nisso joga boa parte da carga no Massara.

    E o Lineker provou que só ser veloz não basta pra lhe bater. O cara tem gás pra perseguir cinco rounds, sabe fechar o cerco, não tem medo da porradaria e além das mãos, a cabeça e o queixo parece que só sucumbem na base da bola de demolição. Só não sei como vai ficar definida a situação pra ele aí (do TOP 5 é o que mais tem vitórias seguidas e convincentes, é o número 3, mas não bateu o peso). Então vai pegar o Cruz mesmo (até pra este não ficar parado demais), ou vai ter que se provar contra mais um?

    • Rudá Corrêa Viana

      Cara, eu acho que o UFC não o colocará contra o Cruz agora. Se ele vencesse de forma incontestável, creio q seria o próximo. Isso, somado ao fato de não bater o peso, deve contribuir pra esperar um pouco mais. Mas se ele for o próximo, não seria injusto. Assim como não seria injusto o TJ ser o próximo. Agora tanto o caraway qto o Garbrandt precisam de mais um ajuste. Garbrandt quer ganhar isso no grito.

      • Hyuriel Constantino

        Quanto ao TJ o lance é o Cruz aceitar essa revanche. hehehe…

      • ErCoelhoBruno

        Tudo menos TJ. Basta de revanches!

        • Idonaldo Gomes Assis Filho

          Eles lutaram uma vez, a luta foi apertada, e o TJ se credenciou vencendo um top 5 inconteste, no meu ver ele merece sim, pode discordar.

    • diego

      Discordo prefiro o cowboy nos meio médios para deixar RDA tranquilo com o cinturao dos levs tupiniquim.
      No caso do lineker nao bater o peso acho que nao vai dar nada não, pois o dodson nao precisou assinar um documento dizendo que aceitava lutar com um cara que nao bateu o peso e a luta automaticamente teve que ser feita, pois só foi 200 gramas se nao me engano.

  • Daniel Piva

    – Vitória sensacional do Lineker. A maior da carreira dele. Creio que o próximo desafiante seja TJ ou Garbrandt. O que ficar de fora deve dançar com o John;

    – Me desculpem, mas não consigo separar a vitória do Cowboy com o fato dele ter ficado 2.5 kg acima do peso;

    – Bela recuperação do Frankenstein e importante vitória do Capoeira, embora eu tenha considerado garfada.

    • diego

      Poxa mas o cowboy nao podia passar dos 79 kilos 2 horas antes do combate ( ele foi pesado lá) e o wil broks podia entrar com o peso que quisesse .

  • Marcelo Silveira

    Liniker – o LUKE CAGE da Vida real.

    • ErCoelhoBruno

      Rapaz, falando nisso comecei a ver a série ontem. Do caralho!!!! A Netflix tá de parabéns! O trabalho que eles fizeram com os personagens das hqs é sensacional, apesar de vagarem a segunda temporada do Daredevil.

      • Bernardo Garcia

        Sei que aqui não é o lugar mais apropriado para discutir isso, mas porque não curtiu a segunda temporada do Demolidor? Eu particularmente achei do caralho. Sobre esse seriado do Luke Cage, vou começar a assistir espero que esteja bom, curte bastante ele no Jessica Jones.

        • ErCoelhoBruno

          Não digo que achei ruim, é muito melhor que as novelinhas Arrow, Agents of Shield, mas está bem abaixo do nível da primeira temporada. Eis os motivos:

          1) Elektra. A atriz é uma graça, mas a personagem é chatíssima!

          2) O DD virou quase super homem… Na primeira temporada o legal era ver o cara levando couro dos vagabundos do bairro, mas na segunda ele batia em 12 ninjas super treinados, ao mesmo tempo, como eles se fossem o CM Punk.

          3) A coreografia das lutas piorou bastante. Pode reparar.

          4) Excesso de assuntos. Justiceiro, Elektra, Mão, Fisk… O problema de abordar várias coisas interessantes de uma vez é que não dá tempo de trabalhar com calma.

          Espero que as pontas soltas deixadas sejam ganchos para as próximas temporadas.

          • Bernardo Garcia

            Entendi perfeitamente seu ponto de vista e entendo você. Sobre o Punisher, ta perfeito demais tanto é que enquanto eu assistia eu dizia repetidamente: “Eles precisam fazer uma serie somente dele”. Só falando um pouco mais do ponto 1,2 e 4, no aspecto 1 concordo com você a Elektra é uma delícinha, mas poderia ser menos chata né? 2 – Realmente na primeira temporada chega a dar gosto de ver o quanto o cara apanha, mas pelo que lembro ele toma uns bons coros nessa tambem, não? Claro que nada comparado a primeira temporada mas ainda assim ele apanha algumas vezes. 4 – Novamente concordo com você, pegaram muita informação e foram jogando sem muito tempo para trabalhar, mas apesar disso achei uma ótima temporada e estou ansioso pela próxima. Valeu por responder, abraços amigo.

          • ErCoelhoBruno

            É isso aí, fera! Tomara que tenhamos novas séries boas!

          • Tiago Nicolau de Melo

            Acho que um “super-vilão” por temporada estaria de bom tamanho, tbm.

      • Thebraziliankid

        Cagaram por que ficaram dividindo tempo entre a Mão e o Justiceiro, o primeiro foi horrível, o segundo foi bem melhor, o cara ficou assustador como o Castle.

        • ErCoelhoBruno

          O arco do Justiceiro ficou demais! Quase uma série dentro da série. Mas o resto… Espero que reencontrem o tom nas próximas temporadas.

      • Marcelo Silveira

        Eu comecei também, não terminei o primeiro episódio ainda mas parece muito boa. Gostei de todas temporadas do Deredevil, da Jessica Jones também, estão muito acima da média

      • Tiago Nicolau de Melo

        Não curti o primeiro epi do Luke (negro maravilhoso, já!), mas já estou no 5 e tá duca.

        • ErCoelhoBruno

          Mas, ahhhh! E a trilha sonora então? Rapaz!!!!

          O Luke certamente vai receber o título honoris causa de Tenente desse Exército Maravilhoso! kkkkk

          • Tiago Nicolau de Melo

            Só rola sonzera no bar do Boca de Algodão.

        • Vinicius Maia

          Eu já achei o seriado meio bosta, igual o Jessica Jones. Esse ator do Luke Cage é ruim que dói veio kkkkkk. Daredevil a primeira temporada é muito boa mesmo. A segunda já caiu bastante a qualidade do enredo. Sem um vilão memorável e etc.

  • Bernardo Garcia

    Já peço que me corrijam se eu estiver errado, mas o pouco que sei sobre corte de peso, se realmente o cowboy passou mal durante o corte, o desgaste físico pode ser muito maior do que se ele tivesse alcançado as 155 lbs. Rebelo disse um detalhe muito interessante,(fonte foi o MMA Fighting),que ele não poderia estar pesando mais que 175 lbs (79,3kg) na hora da luta. Portanto descordo bastante que ele teve vantagem física por isso, até fiquei impressionado com o gás do brasileiro que durou por 3 rounds. Algo que me impressiona nele é que sempre demonstra uma boa evolução em cada luta, mas repito o lugar dele é entre o leves, e a declaração dele de ficar ciscando entre leves e meio médios é bem pertinente por ter dificultado o alcance das 155 lbs, ele deveria focar nos leves e a médio longo prazo teria um bom futuro dentro da categoria ( é um cara grande e tem uma envergadura monstra). Sobre Lineker e Dodson que luta irmãos, com direito a risos no final com Bruce Buffer zueiro, admito que rachei o bico quando ele disse JOHN e permaneceu em silencio por alguns segundos e mantendo o suspense haha. Não sei se é apenas comigo mas a ansiedade fica a mil nas lutas do tampinha paranaense, faz isso não Lineker ;d.

    • Eu acho que não fui muito claro na questão do Cowboy, mas enfim, não quis dizer que o peso extra o ajudou, afinal ele tinha que estar com no máximo 175lbs, mas o negócio foi que ele não teve que se desgastar cortando 2,5kg, peso que geralmente é o mais difícil e trabalhoso de se tirar!

      Abs!

  • Victor Martins

    Eu tinha sugerido Cowboy vs Pearson mas vi que o inglês vem de duas derrotas e e o Cowboy merece alguém melhor

    Alex Cowboy vs Court McGee

    John Lineker vs Cody Garbrandt no main event de algum fight night, pronto, essa é a luta a se casar, valendo TS

    Dillashaw enfrenta o Jimmie Rivera

    • Matheus V.

      Hehe, Court McGee é melhor que o Pearson? Cowboy tá merecendo mais, talvez um Coté.

      • Victor Martins

        Melhor em termos de cartel

        • Matheus V.

          Nem em termos de cartel, eu acho. Bater o Brooks é um senhor fato relevante, menos que um TOP não ou alguém que o pode levar a essa condição não seria justo

          • Hyuriel Constantino

            #CowboyNosLeves

            Ele tem que se dedicar a fazer uma dieta. Com o tamanho dele pesar 90 Kg eu acho um tanto quanto além. Ele devia manter no máximo 80 em off.

          • Matheus V.

            Pois é, se ele já bateu o peso pegando luta em cima da hora, não acho incabível ficar na divisão.
            O problema é o efeito negativo que as provocações geraram. Os americanos são uma turma muito confusa, transformaram o Cowboy no vilão da história. Está tão desproporcional que tem gente pedindo RH.

          • ErCoelhoBruno

            Que??? Sério isso? Aí já é forçar demais!

          • Hyuriel Constantino

            Oxe… Tão viçando? kkkkk…

          • Tiago Nicolau de Melo

            Bem isso, mesmo. Não dá pra ficar com 20kg a mais em Off. Nem o Anderson fica com 104gk em off, mesmo lutando de Médio.

  • Matheus V.

    Cowboy disse que se lhe oferecessem uma luta no Brasil, ele seguiria nos leves. Não acho insustentável sua permanência, consegue bater o beso, só tem que ficar mais esperto, já que foi só a primeira vez que falhou (sendo que já pegou muitas lutas em cima da hora).
    Quando a desvantagem física do Brooks, não sei se confere e mesmo se conferisse o Brooks aceitou a luta no peso casado, então não deixou de perder nos seus termos.

  • Marcio Lennon

    mas parece que o cowboi nao pode recuperar mt peso tbm, no dia da luta ele nao podia passar de 79,4; e para quem pesa 92 em off, naorecuperou mt, comparar o fisico dele com o dele na atuaçao contra o piotr hallman e bem notavel que ele nao recuperou mt peso.

  • Fernando Ribeiro

    Gostei do evento, a luta final foi excelente, achei o resultado justo já que o Dodson correu a luta inteira, mas confesso que quando o Buffer anunciou que o desempate seria do Sal D’amato deu até um frio na espinha rsrs.
    Sobre o co-main event eu estava torcendo pro Brooks mas não foi dessa vez. Achei desnecessário a provocação do Alex e a reação do Brooks; disse o Alex que foi o Brooks que tinha provocado no dia anterior mas a provocação faz parte do jogo, ficar 2,5 quilos acima do peso não. Mas eu não tenho dúvidas que tanto o Alex quanto o Brooks vão ir longe em suas categorias.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Cara,no final da luta eu também estava em choque ahahahaha, nem conseguia pontuar, mas vi uma leve vantagem pro Dodson, mas se o Liniker ganhou é só lucro, luta muito boa e pra mim a situação dos galos fica Cruz vs TJ II, e aí temos Lineker vs Rivera/Caraway e o que sobrar desses luta com o Garbrandt, o TS após o TJ vai pro que ganhou de forma mais inconteste. E cara, A CATEGORIA DOS GALOS TÁ SINISTRA.

    O Cowboy surpreendeu pra caralho, o Brooks ganhou do Chandler DUAS vezes, isso pra mim é relevantíssimo, e o Cowboy vai lá e quebra a costela dele, e depois atropela no GNP, tava encaminhando um 10-8, por mais que muitos estavam falando que ficar no clinche fazendo força era errado, ele mostrou que tava com o gás em dia e fez uma tática boa e espero que ele continue nos leves, que faça alguns cortes testes, algo do tipo, pois é um pecado vencer um Will Brooks desse e não ficar na categoria haha, MASSARA E COWBOY NO RANKING DOS LEVES!!!!!!!

    Ademais, Hacran perdeu, e é pra mostrar a realidade pra ele, tem que treinar mais e se arriscar menos em pé, até no chão ele levou sufoco do Fili, foda isso, acho que ele sai do ranking. Burkman vai pro RH, o Smolka foi mega surpreendido e eu estou MUITO ansioso pra saber o que vai virar a categoria dos moscas pós TUF, após ele espero que aproveitem todos, são muito bons, pra ver um cara que foi eliminado na 1 rodada e que deu trabalho pro Pantoja ganha do Smolka mega prospect, foda demais.

    Frankestein me cativou, raça pura, tava apanhando levou knocdown, e na bagunça do chão conseguiu um braço do nada, 2 vitórias seguidas nos meios pesados já é alguma coisa em…o Cutelaba foi outro que virei fã hoje, o cara é badass, incansável e busca a luta sempre, o Blaydes já li em alguns tópicos no sherdog é um dos prospects mais quentes dos pesados, espero que renda aí, e o Zaleski ganhou e eu tinha achado garfo, mas volto na minha decisão e acho que a luta poderia ter ido pra qualquer um, eu achei que o japa tinha ganhado, mas a mídia achou que foi do Elizeu, bom pra ele. E o Marquardt ressuscitou!!!!!!!

  • douglas karpinski

    Dodson é um monstro, a decisão foi justa e poderia ter ido pro Dodson, mas ele sofreu de um mal de Lyoto, bater e correr nem sempre é bem visto pelos jurados, ja Lineker dominou o centro do octógno do começo ao fim, isso pontua bastante, sem falar das bomba no peito que ele deu sem piedade, o cara alem da mal tem a cabeça de pedra, contro o cruz a conversa é completamente diferente…

    • Renan Oliveira

      Aposto que o Cruz vai investir mais no wrestling e levar nos pontos. Não vai querer trocar de jeito nenhum.

  • ErCoelhoBruno

    Apenas duas coisas:

    – O que esses juízes têm na droga da cabeça? O Dodson ganhou a luta! Foi inteligente, batia-e-saia, fatiou-passou, meteu uns 6 chutes secos na cara do brasileiro que insistia num matacobra temerário
    … Marquei o 1ro, o 2do e o 5to para o Dodson.
    Pra mim precisão e estratégia valem mais que volume de golpes -muitos no vazio – e agressividade (que nem deveria ser considerada um critério de julgamento).

    – Parece que o Brooks mudou de idéia e os 20% serão usados para comprar uma costela nova. Kkkk

    • Mÿklær Dwgsœv

      Lineker acertou 93 de 322, Dodson 101 de 191.
      Dodson acertou mais que Lineker no 1, 3 e 5, mas também daria para ele o 1, 2 e 5.
      Em geral, acho que ele se saiu melhor nas trocas.

      • Hyuriel Constantino

        É. Parece que o volume falou mais alto.

        • Vinicius Maia

          Só se for volume de golpes no vazio. Por que mesmo o Lineker sendo o rancador de cabeças que é, me desculpe mas nem nos in fights loucos ele conseguiu balançar o Dodson. Pessoal do combate falando que o Dodson arregalou o olho e tal, mas se for levar em conta quem realmente conectou os golpes mais contundentes, quem balançou o adversário, quem frustou seu oponente foi o Dodson. Lineker no 5 round sentiu bastante os golpes do Dodson, não caiu por que é muito resistente. Pra mim a vitoria do Lineker ta engasgada, por que mesmo vendo a luta 3 vezes, não consigo dar a luta pra ele. E olha que gosto muito do Lineker apesar de achar ele um cara sem profissionalismo e respeito pela posição que tem no UFC e ficar insistindo em não bater o peso.

    • Renan Oliveira

      Também vi vitória do filho registrado do rato

      • ErCoelhoBruno

        Pois é, Renazão! O Dodson foi muito claro numa entrevista pós-luta: “Eu sou Carlos Condit e o Lineker é Robbie Lawler, e os juízes deram vitória para o Lawler”. #SóOuviVerdades

    • Marcelo Silveira

      Eu vi vitória do Liniker, achei o confronto parelho, só que o Dodson corre demais da luta. Eu sei que é uma estratégia, que o critério de andar pra frenteé secundário mas na minha opinião com o cara comentou aqui embaixo, se um acertou 93 de 322 e o outro 101 de 191 EU considero justo valorizar a tentativa de golpes também, buscar o combate. Uma coisa é seres veloz, EVASIVO para contra atacar, outra coisa é correr e acho que o Dodson é um baita lutador mas “correu” demais em muitos momentos enquanto o Liniker buscava a luta, enfim. Concordo que foi disputado mas na hora marquei 48 x 47 pro Liniker. Vi no twitter do Renato Rebelo que ele daria no máximo empate pois um round seria empatado. Renato nesse round empatado não dá para dar para quem buscou mais a luta?
      Ah, no MMA DECISIONS maioria dos gringos marcaram pro brasileiro.

      http://mmadecisions.com/decision/7354/John-Lineker-vs-John-Dodson

    • Guilherme Urquisa

      Jamais!
      Eu até concordaria com vc, se ele realmente tivesse acertado muito mais golpes, mas a diferença de golpes acertados foi muito pequena, e é aí q entra critérios secundários como o controle do octógono. Por isso, na minha opinião, o Lineker levou os 4 últimos rounds. O cara cercou por 25 minutos, e levava muito mais perigo nas trocas de golpes. Mas sinceramente é IMORAL o cara levar umas 5 bicas na cara e nem sentir. Pegando carona na série da Netflix, é mesmo o Luke Cage do UFC…

      Muito legal o Cowboy tb. Se fosse eu ali, mandava era se fuder de novo. Kkkkkk

    • Rafael Alves

      A questão é que quando sua estratégia é de ter mais volume de golpes que um cara que tem muito mais punch, seu volume tem de ser claramente superior, porque se for próximo, a tendência vai ser pontuar o cara com mais punch.
      Quem deu vitória pro Lineker deu pra ele os rounds 2,3 e4. Nos rounds 1 e 5 o Dodson teve clara superioridade No número de golpe (13-9/34-27) nos rounds 2 e 4 o Lineker acertou mais… E no terceiro, o Dodson acertou um a mais 14-15. Não foi uma luta fácil, acho que ambos podiam ganhar mas vi a vitória do Lineker.

  • Forista de São Paulo

    Casaria assim:

    Cruz vs No Love
    Tj. Vs Rivera
    Lineker vs Caraway
    Sterling vs Thominhas

  • Thebraziliankid

    O que eu faria.

    Dodson/Thominhas
    No love/Caraway
    Liniker/Rivera

  • Thebraziliankid

    Eu daria mais uma chance para o Cowboy nos leves,a o cara já aceitou lutas em cima da hora e bateu o peso sem problema.

  • Lenoel Soares

    Nesse últimos eventos estou percebendo que os árbitros estão levando em conta mais os últimos segundos de cada assalto, pode se citar aí (Shogun vs Anderson no 198 e a luta de ontem entre Zaleski vs Nakamura, entre algumas outras). Qual é opinião de vcs sobre isso? e o quanto isso pode prejudicar o atleta que domina praticamente 4min do round e perde por 1min?

    Lembrando que não sou anti-patriota é que essas são duas lutas que assisti e revi algumas vezes, mas tem várias lutas aí, talvez os colunistas devem saber mais algumas delas.

    • ErCoelhoBruno

      Minha opinião é a seguinte: deve-se padronizar os critérios. Não posso admitir que para um corpo de juízes valha mais volume que precisão e para outro o contrário., me entende? O Lineker é gente boa e fez o jogo de sempre, mas eu, Bruno Coelho, não me impressiono com socos no vazio, gritos e tapas no peito.
      O que eles queriam? Que o Dodson trocasse como louco contra um cara que tem mãos de pedra? O americano fez o jogo certo, um jogo preciso e inteligente. Se isso não é suficiente para ganhar uma luta, eu não sei o que será…

      • Renan Oliveira

        Palmas pro mito. Só falou verdades!!!

      • Lenoel Soares

        Concordo contigo mano, realmente o UFC está sem padrões em algumas partes como leitura dos juízes, utilização de ranking para TS, ETC. Você diz a verdade quando fala que provocações não valem nada. A luta do Lineker não vi ainda, quando ver a reprise dou meu parecer aqui.

        • Marcelo Silveira

          Quem julga não é o UFC

          • Lenoel Soares

            Verdade Marcelão então quem for o responsável terá que mudar esse retrospecto aí, se eu não me engano são as comissões atléticas que são responsáveis, não é?

          • Marcelo Silveira

            Isso mesmo, eles estão mudando algumas coisas na forma de julgar que considero que vão dar uma melhorada, aquela ditadura do 10 x 9 já está menos presente.
            Tem um vídeo do jornaleiro responde que é legal sobre isso
            http://sextoround.com.br/83614-conheca-as-novas-regras-do-mma-jornaleiroresponde

            Abraço

      • Marcelo Silveira

        Discordo, evadiu bastante, mas achei que “correu” demais. E buscar o combate é um dos critérios de avaliação. E na efetividade não achei que ele foi significantemente mais efetivo que o brasileiro. Posso estar enganado mas acho que a narração/comentários acaba nos influenciando. Preciso ver novamente depois mas na HORA achei isso.

      • Henrique Berto

        Realmente, a falta de padrão é foda. Por exemplo, se o Bispíng venceu o Spider, como que o Condit não venceu o Lawler?

  • Renan Oliveira

    Adorei a passada de carro que o nosso mito Alex Cowboy deu no hypado Brooks. #FicaNosLevesAlex

  • Jason Araujo

    A USADA tem que ficar de olho no Lineker, tem que testar pra saber se o cara é mesmo um ser humano. O maluco tomava altas caneladas e nem piscava o olho.

    • Lenoel Soares

      Talvez ele seja só mais um Cigano da vida. Pega golpe e continua a andar para frente.

    • Marcelo Silveira

      E nunca sentou pra descansar, hehehe

  • Ícaro Nogueira

    A vitória do Cowboy foi acachapante. Ele fez o que o JJ faz: ganhou do seu adversário em cima do melhor fundamento do seu adversário. O Fator dos 2kg a mais, pode ter influenciado na luta; mas não esquecemos que ele passou mal, e isto também influenciou. Sobre a análise da luta do Cawboy feita pelo Tiago Paiva, eu acho que faltou apontar que esta foi a maior vitória da carreira do Cowboy, e foi em cima de um cara que poderia lutar pela cinta a qualquer hora.

    • Renan Oliveira

      Cowboy deveria ficar nos leves. Lá ele dá trabalho pra muita gente.

      • Ícaro Nogueira

        Se ele conseguir bater o peso e se manter saudável, os leves é o seu lugar.

    • Tiago Nicolau de Melo

      Sabe se o Cowboy chegou a se pronunciar o motivo de não ter batido o peso?

  • Marcelo Silveira

    Pelo que o Cowboy falou ficar “flutuando” entre as categorias prejudicou ele, já que estava acostumado a 70kg (ele não pegou a primeira luta dele no UFC nos leves em cima da hora) ??e quando entrou no UFC ficou lutando de 77.

    Que anúncio do Bruce Buffer na luta principal Jonhhhhhhhhhh …. ………. foi pra matar os caras do coração.

  • magnuseverest

    Para a categoria não ficar parada,casaria Cruz e No Love mesmo,o Lineker precisa de um tempo pra descansar.
    Thominhas em SP contra Sterling seria uma boa luta.

    • Matheus V.

      Thomas x Sterling queimaria um dos dois sem necessidade.

      • Tiago Nicolau de Melo

        Minha opinião: “queimados” eles meio que estão. Vêm de derrota. Acho um bom casório.

        • Matheus V.

          Então, imagina uma segunda derrota na sequência e em seguida já lutar na degola. Essa luta ainda deve acontecer, mas espero que não agora.

  • Lenoel Soares

    Meus caros, se forem botar alguém pela meritocracia botarão o Lineker, ou o Dillashaw, realmente eu não acho que o Cody mereça ainda, maior teste dele foi o Japonês e o Thominhas ambos hoje são “apenas caras que participam do ranking” Lineker merece mais enfrentou um Dodson embalado, pegou o Macdonald e não preciso falar o que aconteceu, além de Ian McCall (nos moscas, mas pode ser citado pois é um bom lutador) e Cisco Rivera. Se seguirem a modinha Moneyfight irá ser Cruz vs Garbrandt. Espero q não…

  • Paulo Guedes
  • ErCoelhoBruno

    Em tempo: e aí, Renato, decepcionado com o Brooks ou foi apenas um acidente de percurso essa derrota? Sem tirar os méritos do brasileiro. Já li na gringa gente dizendo que ele é apenas um lutador regular… O que vc achou?

  • Tiago Nicolau de Melo

    Lineker não deve ganhar TS e eu concordo: não foi uma vitória acachapante e não bateu o peso (não importa se foi por 50 gramas). Imagina o risco que é o cara não bater o peso numa disputa de Cinturão?
    Caraway, Sterling ou No Thomas pra ele, No Love deve pegar o Cruz.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Seria um pecado o Caubói (em PT-BR) ir pra WW.

  • Ridelson Medeiros

    – Lineker n é humano… eu poderia escrever um texto enorme detalhando os motivos dele ser foda, mas prefiro só dizer que o maior inimigo dele ainda é a balança. Vai (ainda+) longe esse menino.
    – Apesar de toda a treta com a luta do Cowboy, devo dizer que fiquei feliz de ver ele mandando o Brooks pro saco. Já passei da idade de curtir amarração. (e foi impagavel ver o Cormier chorando na transmissão)
    – #TeamMoreno

  • João Carlos Terra

    To ouvindo e lendo a galera criticar o fato do Alex não ter batido o peso e tal, mesmo após o mesmo e o empresário explicarem o ocorrido.
    No texto, Tiago Paiva cita a força como o fator principal para a vitória do Alex, colocando a diferença de peso que ele deixou de cortar como justificativa para sua vantagem física durante a luta.
    Não gosto desse argumento e tento justificar com outros dois:
    1- O próprio Alex, em entrevista, disse que estava com 78 kg e que acabou ganhando muito peso durante a viagem (foi pra 85 kg), ou seja, passou pelo mesmo desgaste que seu adversário (ou mais, pois disseram que ele chegou a passar mal e etc).
    2- Independentemente de não ter batido o peso, Brooks parece maior fisicamente (nessa ou em qualquer outra luta nos leves) que o Alex e sempre se valeu da vantagem física em suas lutas.

    Gostaria de saber o peso que cada um subiu para lutar.

    Obs: Sou contra o corte de peso.

Tags: , , , , , , ,