Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC FN 29

Renato Rebelo | 11/10/2013 às 16:08

Com o UFC Fight Night 29 nos livros, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés no chão, dispensando confrontos improváveis e excluindo atletas comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos:

 

NUM1Jake Shields x Dong Hyun Kim

Monótono ou não, o fato é que o americano acaba de descarrilhar o sexto do ranking. Infelizmente (pra ele), o timing não é dos melhores – e a maioria dos tubarões são figurinhas repetidas ou estão comprometidos. Que tal, então, manter-se na correria contra um similar coreano? Nunca foi tão complexo (re)ingressar no clubinho dos 10 mais… Paciência.

 

NUM2Demian Maia x Jake Ellenberger

Dois veteranos com os corações partidos pedindo uma injeção de ânimo. Boa co-luta principal para qualquer card de quarta-feira. Quem levantará a cabeça e sacodirá a poeira, o “Fanático” ou o “Homem-Mochila”?

 

NUM3Thiago Silva x Maurício Shogun – James Te Huna 

Urina não humana, maconha, peso não batido… Não adianta doutriná-lo, Thiago Silva jamais será ordinário fora da jaula. E dentro também não é. O mix mão de pilão + jiu-jítsu fino o torna um dos caboclos mais temidos do peso. O que falta é apenas uma colher de sobremesa de foco. Antes de alçar vôos mais altos, proponho o vencedor de Shogun x Te Huna como teste final. Vai ou racha, “Rei da Marra”?

 

NUM4Fábio Maldonado x Cyrille Diabate

O Balboa do Interior pediu Chael Sonnen ou James Te Huna pós-Fight Night. Mas, levando em conta o retrospecto – e pelo que mostrou contra Joey Beltran-, ambos estão fora do seu alcance. Quem sabe outro striker pode acabar aflorarando todo o potencial de Maldonado? “A Cobra” – campeão mundial de muay thai- tá dando sopa… Tem vacina antiofídica, “Fião”?

 

NUM5Rousimar Toquinho x Ben Askren

Bjorn Rebney acaba de ganhar outro bom motivo para manter Ben Askren sob seu guarda-chuva (o primeiro, chama-se Douglas Lima). Rousimar Palhares, meio-médio mais temido do momento (vou escrever sobre sua demissão ainda hoje), está sem contrato. Malandro, o cartola do Bellator deve aproveitar o burburinho para aliciar o faixa-preta brasileiro. E aí fica a pergunta: o quão resistentes são os calcanhares do “Funky”?

 

NUM6Raphael Assunção x Renan Barão

Simplesmente não acredito que Dominick Cruz se apresentará com seus padrinhos até fevereiro de 2014. Portanto, o faminto campeão linear, Renan Barão, necessita ser alimentado com carne nova – e as cinco vitórias consecutivas denunciam: Raphael é o cara do momento. E aí, Rio Grande do Norte ou Recife?

 

Rapaziada, algo em mente para o “Índio” Erick Silva?

Abraços.

Tags: ,