Descanse em paz, Mestre Osvaldo Paquetá

admin | 03/08/2012 às 17:54

Há  cerca de dois anos, o Mestre teve que se submeter a uma cirurgia cardíaca delicada e vinha se recuperando muito bem, mas ontem, pela manhã, um ataque cardíaco repentino e fulminante encerrou uma vida de constante dedicação ao jiu-jítsu e MMA.

Recém graduado a Faixa Vermelha 8ª grau em julho deste ano, Paquetá dizia, há muito tempo, entre os amigos, que era merecedor desta graduação, mas também sempre de uma forma modesta. Nunca a cobrou de ninguém, ela simplesmente veio na hora que tinha que vir.

Na juventude, participou de 11 lutas de vale-tudo e teve seu primeiro contato com o jiu-jítsu através do saudoso Mestre Carlson Gracie – que mais tarde veio a se tornar um de seus melhores amigos.

Dono do maior acervo de imagens e vídeos de lutas do Brasil, Paquetá, sempre muito prestativo, não poupava esforços para ajudar os amigos.  Fazia questão de fazer DVDs com todas as lutas dos oponente para servir de estudo, desde que não fosse brasileiro contra brasileiro.

Não satisfeito, ainda opinava e destacava as “brechas” no jogo do rival, tudo para facilitar a vida de alguém chegado.

No último encontro que tive com ele, no dia 27 de julho, no famoso ginásio do Tijuca Tenis Clube, ele me disse que estava lá pois as pessoas cobravam sua presença nos eventos e diziam que ele andava ausente, então decidiu ir para rever os bons e velhos amigos da luta.

Sempre que estava comigo, me lembrava que precisava me ensinar quatro posições que somente ele sabia. Uma situação muito interessante que me lembro, foi em uma visita, dentre muitas, ao escritório do meu pai, em que ele, mais uma vez, disse ao meu pai que tinha que me ensinar as tais posições.

Após se despedir e ir embora, passaram alguns minutos e ele retornou. Sem entender nada, meu pai perguntou se tinha acontecido algo. Ele ainda meio pensativo disse:

Claudio, estava pensando bem e acho melhor que, por enquanto, eu só ensine duas posições ao Diogo. As outras ficam para quando ele for mais experiente, você não vai ficar chateado, certo?

Encerro esse post com um enorme agradecimento ao grande amigo, agora saudoso, Mestre Osvaldo Paquetá.

Fique com Deus.

Tags: , , ,