Conheça as novas regras
do MMA #jornaleiroresponde

Renato Rebelo | 04/08/2016 às 18:09

Pessoal, no #jornaleiroresponde dessa semana falei sobre o novo conjunto de regras que passa a valer no MMA a partir de 1º de janeiro de 2017. Confira o que muda e quais são os impactos dessas alterações.

Espero que gostem!

  • Thiago de Carvalho

    Finalmente os lutadores vão perder ponto por enfiar o dedo no olho!

    • Bruno

      wpmedia.theprovince.com/2015/01/jon_jones_thumbsdown.jpg

      • Romulo Aleixo Faria

        Só más notícias pro Jones ultimamente.

  • Gefferson Nesta

    Só vi coisas boas aí! Mudanças fundamentais pra evolução do esporte.
    E as cotoveladas? Eu baniria as cotovelas no chão.
    Renatão esse Malandramente foi foda!

    • Tiago Nicolau de Melo

      Renatão falou sobre as cotoveladas “12-6” ou “norte-sul”, eu não fazia idéia o motivo que usaram pra proibí-las. Mandou bem, o Jornaleiro tá deixando nosso Fertitta mais desenvolto.

    • Narciso L. Junior

      Ou então libera as pedaladas e os tostões nos rins pra quem ta na guarda reagir.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Ótimo vídeo, não sabia dessa história do bloco de gelo, mas eu acho que concordo com a galera de Nova Jersey pelo menos na do rim, eu acho pesado isso, agora três apoios não vejo tanto problema não.

    PS: Viram a moral que o Romero tá com UFC com a posição dele no ranking?

    • Hyuriel Constantino

      15º. LOL! Acho que ele vai ter que remar um pouquinho agora. kk

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Com certeza, tá atrás do Sapo kkkk. Mas eu acho que isso não diz nada sobre a situação dele não, pelo menos espero.

    • IMPERADOR

      Ranking significa alguma coisa para o UFC?

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Eu sei que não significa, mas você não acha intrigante Yoel Romero atrás do Sapo no ranking dos médios?

        • IMPERADOR

          Sim.
          Tao intrigante quando Dan Henderson disputando cinturão.

          • Idonaldo Gomes Assis Filho

            É o UFC nos dias de hoje…

  • Marcio Lennon

    bom no geral vao ser mudanças significativas para melhor, principalmente sistema de pontuaçao e “infraçoes”, graças a deus dedos nos olhos ja serao tirados pontos direto, so fiquei na duvida em agarradas acintosas na grade e golpes no saco, se estes seguirem o mesmo caminho do dedo no olho parabens, mas se nao ai teria que ver urgentemente esses detalhes, pois diversos lutadores agarram na grade com frequencia para evitar quedas e golpeam genitais maldosamente para fuder com o oponente, no mais eles estao de parabens pela inovaçao

    • Thiago de Carvalho

      Concordo com o agarramento de grade, mas o chute nos genitais realmente pode acontecer sem querer.

      • Marcio Lennon

        sim compreendo, mas deveria ter tolerancia minima, se o mesmo cara acerta mais de 1 vez golpe baixo, ai ja tirava ponto

  • Fernando Reporta

    Apesar de eu não ter nenhum conhecimento médico-científico sobre a efetividade danosa de pancadas nos rins em um lutador de MMA ao longo do tempo, vejo como potencialmente nocivo à saúde dos atletas, a longo prazo, a liberação de golpes na região renal.
    Além disso, o golpe se caracteriza mais como uma impolidez técnica do que uma habilidade marcial – vide Royce Gracie no vale-tudo. Coloco pancadas nos rins, ‘tiros de meta’, cotoveladas de cima para baixo da posição de domínio no chão e etc como grosserias técnicas.
    Quando a possibilidade de joelhadas na cabeça nos lutadores em posição de três apoios, vejo como outra selvageria. Tira a possibilidade de um bom artifício técnico-defensivo de atletas em posição de desvantagem na luta agarrada quando estas se dessenrolam na grade e em pé.

    • Fernando Reporta

      Se essas mudanças realmente forem implantadas, veremos uma maior quantidade de empates nos duelos. A única coisa que me preocupa é o critério dano na pontuação 10-8; alguns atletas tem mais facilidade de sobrer escoriações que outros, vide Cigano e Anderson Silva, respectivamente. E fatores com “energia, confiança, habilidade e espírito” podem se mostrar demasiadamente subjetivos.
      Agora no que tange à permissividade de golpes, as pancadas nos rins e as joelhadas na cabeça em lutadores com /a partir de três apoios me preocupam. O dano causado pode ser excessivamente grande para pouco retorno técnico. Vide o golpe ‘tiro de meta’.

    • Deite para fazer guarda e peça para um amigo ficar dentro dela. Depois, tente aplicar os tais calcanhares nos rins, Vai perceber que é o movimento que demanda mais perícia dentro os citados por ti como grosseria. Ademais, como praticante de Luta Livre, posso te afirmar que qualquer boa grosseira demanda boa técnica

      • Fernando Reporta

        Primeiro: desconheço qualquer esporte de combate regulamentado que permita golpes em áreas sensíveis como nuca, genitária e rins. O boxe, esporte de onde o MMA mais se inspirou para elaborar suas regras (vide sistema pontuação, duração de combates, mecanismos de perda de peso, organização das categorias, etc) não permite que a área renal seja golpeada (a infração pode acarretar desclassificação do lutador que a cometer no combate).
        Seguem os links (http://boxing.isport.com/boxing-guides/boxing-rules-regulations) (http://boxrec.com/media/index.php/Rules_of_Boxing)

        Segundo: Pegue um parceiro de treino seu e mimetizem uma trocação valendo cabeçadas. Alguns resultados são previsíveis para quem aplica tal golpe: cortar o próprio supercílio ou de quem recebe tal golpe. Veja que até uma cabeçada, um artifício de combate grosseiro, requer uma certa “perícia” por parte de quem aplica para não ser vítuma da própria pancada aplicada. Vide a lentária luta Wanderlei Silva X Arthur Mariano. Raciocínio parecido pode ser aplicado ao bate-estaca no Jiu-Jitsu: requer certa “perícia” técnica para quem aplica.
        Segue o link: (https://youtube.com/watch?v=t_t_aPw_oPM).

        Terceiro: O dano causado pode ser excessivamente grande para pouco retorno técnico. ‘O tiro de meta’ é um exemplo. Além disso, como ex-praticante da jiu-jitsu (parei na faixa azul) e amigo de um mestre da arte, calcanhares na região renal é mal vista e proibida (assim como o bate-estaca) pelos praticantes da arte suave onte treinei.

        Logo, fica claro o lugar reservado aos golpes na região renal: aos de grosserias técnicas.

        • Tiago Nicolau de Melo

          1) genitáRia?
          2) bate-estaca e golpear calcanhar nos rins no jiu-jitsu? WTF///
          3)Qualquer que seja o golpe, vai ter quem o aplique com mais ou menos (ou nenhuma) técnica.

          • Fernando Reporta

            1) Obrigado pela correção.
            2) Já vi faixa-preta aplicando tais golpes. (http://www.aprendajiujitsu.com.br/jamais-faca-isso-no-jiu-jitsu/)
            3) Releia o que escrevi. Não discordei disso.

          • Tiago Nicolau de Melo

            Ah, cara! Jiu-jitsu pela net até os Gracies são criticados.
            Sobre os golpes com/sem técnica eu sei que foi mais ou menos o que tu disse, só que tu discordou do FH sendo que ele, tu e eu falamos a mesma coisa.

          • Fernando Reporta

            Mas o que escrevi é exatamente o contrário do que você acha que eu disse: que esses golpes SÃO rudimentares, grosseiros. E até golpes rudimentares, a priori, requerem o que o FH chamou de “perícia” – até um peteleco ou um pedala-Robinho requerem “perícia”, “técnica”. O que afirmo é que golpes assim devem/deveriam ser banidos do MMA pois o dano causado à vida dos atletas, a médio ou longo prazo, pode ser excessivamente grande para pouco ou NENHUM retorno técnico. É por isso que bate-estaca foi proibido no Jiu-jitsu e ‘tiro de meta’ nas regras unificadas do MMA. E pancadas nos rins, pisões no joelho também deveriam ser proibidos.

  • Mauricio

    Essa nova pontuação somada a regra dos 3 apoios e o calcanhar nos rins ferra com a vida dos Colton Smiths, Fichts e Shields da vida! Acho que vai dar mais dinâmica a luta!

    A do dedo no olho vai ter como usar o replay pra julgar? se for eu acho positivo…

    Blusa das meninas era mais facil mandar lutar de top less

  • Conor Pettis

    Renato no combate news ao vivo, boa Renatão.

    • Renato Rebelo

      Passei uma vergonha legal ao vivo hehe

      • Nubia Castro

        Passou vergonha nada. Estava ótimo!

        • Renato Rebelo

          Thanks = )

  • Thiago Eugenio

    Essa perda de pontos automático vale tbm pra quem segurar na grade e ficar enrolando pra voltar do intervalo depois de ser semi-nocauteado?

    Yes, Romero. I’m looking at you!

    • Renato Rebelo

      Por ora, só dedada!

      • Thiago Eugenio

        Então por hora as malandragens do “Soldado de Deus” continuarão sendo toleradas… :-/

        • Lero

          Tens que lembrar que a primeira malandragem dessa luta foi do Kennedy batendo na cara do Romero ao mesmo tempo que assegurava a luva para evitar que o cubano se defendesse.

  • IMPERADOR

    Discordo com a questão dos três apoios e com os golpes nos rins. Librerar golpe na área dos rins e um retrocesso.
    Quanto ao resto, pode ser que de mais dinamismo as lutas e prejudique os amarroes.

    Dedo no olho deveria dar desclassificação. Na luta do Jon Jones vs Gustafsson, Jones quase sega o sueco e so foi advertido.

    • Concordo que não deveriam liberar golpe nos rins tb.
      A do golpe em três apoios acredito que ajude a luta a não ficar tão morosa quando há clinch na grade com intenção de queda, antes, quando os lutadores usavam o artificio de por a mão no chão, a luta meio que dava uma baixa, agora não vai dar para ficar de bobeira.

      • IMPERADOR

        Verdade.
        Pode ser que os amadores de plantão tenham que rever suas estratégias com essa mudança.

  • Leo Corrêa

    Ótimo vídeo.

    Sobre as cotoveladas no mma, sou contra, pois, a maioria dos lutadores as utiliza com a intenção de aplicar golpes cortantes e não contundentes como deveriam ser. Quantas vezes vimos lutadores que claramente se beneficiaram do sangramento do adversário para adquirir vantagem na luta, e não por habilidade e/ou precisão propriamente ditas? A alternativa seria a utilização de equipamento levemente acolchoado, de silicone, ou de qualquer outro material (a grosso modo, como os de jogadores de vôlei, porém, menos volumoso), que impeça efetivamente que cortes sejam provocados pelo uso dos cotovelos.

    Com relação à mudança no que diz respeito ao que é adversário no chão, aprovo 100%. Inclusive, defendo que a regra de quatro apoios sequer deveria existir, permitindo-se chutes de qualquer posição, o que deixaria o andamento da luta muito mais dinâmico.

    – abraços o

  • Julian Mendes

    Renato, porque não lançar o #jornaleiroresponde também no Podcast? Seria uma boa, o formato encaixa bem apenas com o áudio e ainda moimentava um pouco mais o canal por lá..

    • Renato Rebelo

      A gente fazia perguntas e respostas nos primórdios do podcast, só que o programa ficava muito longo e acabei ficando sem tempo pra editar. Quero manter o podcast mais direto ao ponto no momento. Mais pra frente, quem sabe…

      • Julian Mendes

        Eu me expressei mal. Acompanho o podcast desde o inicio e me lembro quando tinha esse quadro inserido. Mas a sacada era ter mesmo um pequeno outro quadro semanal e não dentro dos podcasts #numerados (Terça o debate tradicional e nas quintas jornaleiro responde). Seria bacana e eu com certeza ouviria! Parabéns a equipe pelo ótimo trabalho!!

  • Fabricio Alves

    Jon Jones não curtiu essas regras.

  • Fabricio Felix

    Poderiam abolir os pisões no joelho muito praticado pelo Jon Jones. Isso pode causar uma lesão gravíssima. Poderia sugerir a retirada das cotoveladas no chão.

  • Jason Araujo

    O que é esse calcanhar nos rins?

  • Jason Araujo

    Quem diria que o MMA ficaria mais brutal com as tão anunciadas mudanças.

  • Jônatas Freitas

    Menos garfos, mais resultados justos

  • Narciso L. Junior

    Agora vale pedalada nos três apoios?

    • Jp Mikelane

      Pelo visto sim

  • Fernando Levandoski

    Podiam fazer um análise de algumas grandes lutas que teriam tido resultados diferente se as regras já valesseem antes , tipo Jon Jones vs Glover quantos pontos o Jon Jones teria perdido será que teria custado a luta

  • Jp Mikelane

    Aleluiaaaaa!!! Gostei pra caraca dessa mudança. Exceto calcanhar nos rins.

  • Tiago Nicolau de Melo

    Direcionaram algumas regras de maneira que beneficiam wrestlers, nãO?

    BTW:

  • Jp Mikelane

    Eu vou achar muito chato ver um cara que tem menos talento e técnica, que está sendo dominado a luta inteira, depois numa dessas agarradas na grade pra passar o sufoco, o cara que dominou a luta inteira, leva um leve escorregada, fica instintivamente com 3 apoios só pra não cair, leva um voleio e desmaia nocauteado.
    Sou contra as dedadas jonjônicas e o ditador 10a9. Mas sou contra o calcanhar no rim e tirar a defesa dos 3 apoios.
    Até pq foram 1 ou 2 vezes que assisti ao lado de um expectador leigo que gritava: “mas pq ele não deu logo um chutao na cabeça daquele mer**!!”
    Eu: Calma se cara, é pq faz parte das regras.
    E ouvia: Ah legal, não sabia.
    Ou seja a gente quer ver, mas respeitamos a regra pq ela respeita o atleta.

  • Jp Mikelane

    Tirar os 3 apoios dá margem para caras que estão sendo dominados,vencerem uma luta na simples paraibagem de lavar o pé ao rosto do adversário. De repente o cara ta perdendo, leva a luta pra grade pra dar aquela amarrada marota, e então nocauteia o cara que estava vencendo, que ficou instintivamente nos 3 apoios só pra não ser quedado.
    Eu vou achar muito chato assistir uma situação dessa. Ate pq caras como o Magnyfico, aprenderam a aperfeiçoar a forma de se defender com 3 apoios, e utilizou desse recursso umas 3 vezes ou mais para se recuperar de algumas blitz.

  • vetor

    Só espero que o processo de aprendizagem e padronização não cometa muitas atrocidades.

    Como uma “autoridade” do MMA disse antes, vai piorar antes de melhorar.

Tags: ,