Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC 163

Renato Rebelo | 05/08/2013 às 17:43

Com o UFC 163 no passado, chegou a hora desse pretensioso jornaleiro que vos fala vestir o chapéu de “matchmaker”.

Mantendo os pés do chão, dispensando confrontos improváveis e excluindo atletas comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos:

 

NUM1José Aldo x Anthony Pettis

Que Ricardo Lamas me perdoe, mas a luta que quero ver – independente do resultado do UFC 164 – é “Scarface” x “Showtime”. Claro que o prato ficaria bem mais apetitoso com dois cinturões em jogo, mas Frankie Edgar também disputou o ouro nos penas vindo de derrota. Dana White não costuma dizer que seu maior desafio é proporcionar combater épicos? Pois bem, abaixo da linha do Equador (77kg), não há nada mais empolgante.

 

NUM2Phil Davis x Glover Teixeira – Ryan Bader

Por mais que o diretor de operações do Ultimate, Marshall Zelaznik, tenha dito que, com uma “boa vitória”, Glover disputaria o cinturão, precisamos estar ligados nos quebra-molas (leia-se a possibilidade de Gustafsson x Jones II, uma possível lesão de um ou outro ou até uma atuação meia boca em BH). Sem trocar o certo pelo duvidoso, temos o bem cotado “Mr. Wonderful” – que acabou de bater o cristão à frente de Glovão no ranking. Isso se o mineiro bater “Darth” Bader no dia três, claro.

 

NUM3Lyoto Machida x Vitor Belfort

Além da polêmica derrota do último sábado, o fato de Jon Jones não querer enfrentá-lo inviabiliza a permanência de Lyoto Machida entre os meio-pesados. Se o “Dragão” for realmente ambicioso, chegou a hora de cortar os carboidratos. E, já que estamos falando de um ex-campeão, não seria nenhum absurdo casá-lo de cara com o número dois dos médios – que aguarda, no sofá, um desafio de alto nível. “Main event” de qualquer card no Brasil com lotação máxima garantida.

 

NUM4Cezar Mutante x Daniel Sarafian

Graças à popularidade do primeiro TUF Brasil, enquanto esses dois não saírem na mão, um sempre fará sombra ao outro. Já que ambos estão sadios e vêm de vitória, por que não tirar logo essa teima braba? Goiânia, Jaraguá do Sul, Barueri, Manaus… O que não falta é data.

 

NUM5Thales Leites x Cung Le

Dois veteranos com estilos distintos em busca de desafios compatíveis. Thales voltou com força para provar que não deveria nem ter saído. Já o vietnamita, pinça adversários de renome que aceitem uma briga franca e sangrenta. Boa para qualquer card na Ásia ou na terra descoberta por Pedro Álvares Cabral.

 

NUM6John Lineker x John Dodson

Apesar de ser o segundo do ranking, “O Mágico” acabou de levar uma coça do campeão. Portanto, precisa reescalar a montanha. Já o “Mão de Pedra”, mesmo com a colossal dificuldade de bater o peso, deve se manter na categoria. Sendo assim, por que não descobrir qual mosca tem mais poder nos punhos?

 

Algo em vista para Serginho Moraes, galera?

Abraços.

Tags: ,