Wagner Caldeirão analisa seu jiu-jítsu e revela planos

Renato Rebelo | 21/07/2013 às 21:47

A passagem de Wagner Caldeirão pelo maior evento de MMA do mundo infelizmente foi curta.

No chão, o paulista, especialista em muay thay, não conseguiu segurar Phil Davis e Ildemar Marajó e foi obrigado a dar seis tapinhas em duas lutas.

Os resultados surpreenderam treinadores e companheiros de equipe que apostavam em sua evolução no UFC.

Agora, a jovem promessa da Team Nogueira tenta refazer as pazes com a vitória contra Rafael Monteiro no Iron Fight de sete de setembro.

Bati um papo rápido sobre jiu-jítsu, Ultimate e planos futuros com essa fera no Bitetti Combat 16.

Confira:

Tags: