Mudança de Mir soluciona problema de Cormier

Renato Rebelo | 26/07/2012 às 02:50

Mir se deu bem ou entrou numa fria?

Daniel Cormier é, sem dúvida, um dos pesos pesados mais promissores do MMA atual. Tamanha é a expectiva em cima do representante da A.K.A. que ,nos EUA, ele foi apelidado de “Black Fedor“ (Fedor Negro).

Também pudera, estamos falando de um atleta olímpico invicto em 10 lutas e campeão do GP do Strikeforce – batendo o duro veterano Josh Barnett na final.

No entanto, o companheiro de treinos de Cain Velasquez ainda não poderá expor sua técnica no UFC, uma vez que ainda precisa cumprir uma luta prevista no contrato do Strikeforce.

Semana passada, a imprensa marcial americana chegou a cravar que seria Tim Sylvia este último oponente. Péssima escolha, pensei eu. Cormier teria obrigação de vencer um sumido ex-campeão do UFC de dois metros de altura e com poder de nocaute nas duas mãos.

Claro que seria favorito, mas o risco de botar tudo a perder poderia não compensar.

Dana White, que não é bobo nem nada, tratou logo desmentir a notícia. Nesta quarta, o jornal “USA Today“ deu que Frank Mir será o primeiro atleta a fazer a ponte do UFC para o Strikeforce, exatamente para bater de frente com Cormier.

Aí sim! Agora, Cormier pega um cara bem ranqueado e que vem de disputa de cinturão. Para Mir, pode ser a chance de se recuperar do nocaute técnico sofrido para Junior Cigano e voltar aos trilhos.

Deve rolar em outubro/novembro.

Acho luta ruim para o faixa-preta e vocês?

Tags: , , ,