Cinco Motivos Para: não
perder o UFC Fight Night 88

Rodrigo Tannuri | 27/05/2016 às 20:24

Ajayô! Sentiram falta do UFC? Eu sim (UFCzete aqui!) e por isso mesmo mal posso esperar pelo Fight Night 88.

Nele, simplesmente teremos três dos maiores prospects dos galos e também do MMA e muitas outras atrações “mara”. Sem dúvida, essa edição merecia ser numerada!

Vamos aos nossos cinco motivos? O evento começas às 19 horas deste domingo (29/05).

1º – Guerra entre invictos

Não tem como Thomas Almeida x Cody Garbrandt dar errado! Ao todo, os galos venceram 29 vezes, sendo 26 pela via rápida, com 23 nocautes! Pecado define uma dessas jóias perder…

poster-thomas-almeida-x-cody-garbrandtApesar da agressividade, brasileiro e americano vão pro choque com abordagens diferentes. Mais frio, Thominhas pregou respeito no MMA Junkie: “Temos tudo pra fazer a luta da noite. Garbrandt é jovem e um striker poderoso, assim como eu. Ele virá com tudo pra me nocautear, mas estou preparado e não tenho pressa”.

Já Garbrandt foi “No Love” mesmo: “Digo que o boxe sempre vence o muay thai. Almeida vai dançar conforme a minha música. Ele nunca foi atingido por alguém que sabe socar de verdade. Vou testar aquele queixo. Ele disse que vai me nocautear no segundo round, mas farei isso no primeiro!”.

E não parou. No MMA Fighting, mandou: “Ele precisou de 21 lutas contra taxistas. Eu nocautearia esses 21 caras. Almeida é raçudo e gosto disso. Pedi a luta não por achá-la divertida e sim porque vou acabar com o garoto!”.

2º – Presente de grego em estreia

O que aconteceu com Renan Barão? Quando era campeão dos galos, muitos afirmaram que ele teria uma era. Afinal, além das grandes atuações, era fisicamente superior aos demais.

Captura de Tela 2016-05-27 às 19.20.33No entanto, o ascendente TJ Dillashaw convenceu ao aplicar duas surras, obrigando o brasileiro a subir de classe. E não é que os resultados fizeram Barão ser visto como um atleta qualquer? Como sofria bastante pra bater o peso, a desejada mudança pros penas aconteceu e é válida.

Só que a recepção na nova casa poderia ser mais tranquila. Geralmente, quando isso acontece, o primeiro combate é um teste apenas razoável pro lutador e os fãs terem noção do que esperar. Só que o UFC não brincou, mandando logo o veterano Jeremy Stephens pro fight. Portanto, Barão, adepto da “paraibagem”, não terá muito pra onde correr.

E isso preocupa novamente. “Lil’ Heathen” é duríssimo e nada melhor que se recuperar de uma derrota vencendo um ex-campeão, ainda mais quando se é maior, mais poderoso e resistente.

E não é só o adversário que preocupa. A fase da Nova União também é um horror e pode pesar…

3º – Sterling, o novo Jon Jones?

É capaz de Aljamain Sterling, ainda invicto, ser a maior ou uma das maiores promessas do MMA. Não à toa, é comparado ao lendário Jon Jones. Muitos podem achar exagero, mas Funk Master possui hype, vibe, estilo e marra semelhantes.

Ce6hbdzUUAEwoxvE olha que o UFC quase cometeu a loucura de não renovar com o menino! Aos 26 anos, o produto da Serra-Longo já é o quarto no ranking dos galos e conseguiu o que tanto queria: Bryan Caraway.

Sterling não só pediu, como provocou uma barbaridade. Pra termos noção, chegou a dizer que o adversário não é perigoso e que a única coisa boa que possui é namorada, Miesha Tate.

Vocês sabem o que pode acontecer quando um lutador bota a mulher do adversário no meio, né?

Olhando pra Caraway, não damos nada, mas ele é aquele atleta chato de se lidar. Recentemente, venceu Eddie Wineland, na especialidade deste (em pé) e vendeu caro a derrota pro contender Raphael Assunção.

Os dois são grapplers que gostam de encerrar seus combates, mas será que o metódico Sr. Tate conseguirá lidar com uma garotão maior, mais forte e mais habilidoso?

4º – Strikers prontos pro show

Quem gosta de pancadaria deveria prestar atenção neste tópico. Dos 24 atletas do card, 13 são strikers de carteirinha – e é óbvio que um dos destaques seria Vitor Miranda.

Captura de Tela 2016-05-27 às 19.24.58O brasileiro, finalista do TUF Brasil 3, venceu três adversários por nocaute e, contra Chris Camozzi, tem tudo pra dar continuidade à boa fase – dependendo do desenrolar, Vithai pode até figurar no top-15 dos médios.

Pelos meio-médios, os strikers Jorge Masvidal e Lorenz Larkin não devem fugir do script. O primeiro tem a manha das ruas, gosta de provocar e é resistente. Carlton Banks é mais rápido, criativo e chamativo.

Pela mesma categoria, o belga Tarado Safadinho ou Tarec Saffiedine resolveu aparecer (fui liberado pelos médicos de problema de última hora) e precisará dos seus low kicks pra afastar a ameaça conhecida como Rick Story.

Pelos leves, Paul Felder, Abel Trujillo e Erik Koch farão o que sabem. O primeiro, parça de Donald Cerrone, pode bailar diante do veterano Josh Burkman.

O segundo, conhecido como Diogo Nogueira do Mal deve vitimar o estreante Jordan Rinaldi com seu poder.

Já o último, o menino bronzeado (não o que escreve) possui um estilo que empolga os fãs e deveria lutar com mais frequência. Será interessante vê-lo contra Shane Campbell, homem que aplicou um hadouken no MMA.

5º – Pra recuperar o prestígio

Não é segredo: Sara McMann e Jessica Eye eram vistas com bons olhos nos galos femininos, mas acabaram se tornando duas grandes decepções.

Captura de Tela 2016-05-27 às 19.26.26Sinceramente, acho até a situação de McMann pior. Por ser uma wrestler medalhista olímpica e invicta na nova modalidade, chegou com muito hype ao Ultimate, tanto que era vista como a possível grande rival de Ronda Rousey, mas não aguentou a pressão.

Bastou perder uma pra tomar gosto pelas derrotas: fez cinco lutas pela companhia e perdeu três! Sara não conseguiu adaptar seu wrestling pro MMA e nem se mostrar forte mentalmente.

Eye é outra que poderia render bem mais. Assim como a oponente, também fez cinco lutas pela organização, tendo vencido apenas uma. A striker não foge de uma boa briga, mas deixa muito a desejar no quesito estratégia.

Pra piorar, “Evil” é pequena pro padrão da divisão, sendo facilmente dominada. A peleja aqui é boa! Se McMann não conseguir derrubar, vai sofrer em pé, principalmente no primeiro round.

Se Eye não conseguir evitar as quedas, não vai suportar a força da adversária. Quem perder estará num mato sem cachorro! Quem diria…

Card completo do UFC Fight Night 88:

Thomas Almeida vs. Cody Garbrandt
Renan Barão vs. Jeremy Stephens
Tarec Saffiedine vs. Rick Story
Chris Camozzi vs. Vitor Miranda
Jorge Masvidal vs. Lorenz Larkin
Josh Burkman vs. Paul Felder
Sara McMann vs. Jessica Eye
Abel Trujillo vs. Jordan Rinaldi
Jake Collier vs. Alberto Uda
Erik Koch vs. Shane Campbell
Aljamain Sterling vs. Bryan Caraway
Chris De La Rocha vs. Adam Milstead

  • Renan Oliveira

    O motivo principal: Guerra no octógono.

  • Diego Cavera

    Que card sensacional, melhor que muito numerado, prospectos, invictos,casamentos de luta interessantissimos, lutas muito parelhas, cara, que bom que o Safadinho foi liberado, achei que já tinha caído a luta, mas acho um pouco superestimado mesmo, acho que o veterano da divisão Story é um baita teste pra mostrar que ele é de verdade, ihiiii!!!

    • Rodrigo Tannuri

      Tarado Safadinho é superestimadíssimo mesmo. Pra piorar, é de vidro! Story tem chance sim, até porque o belga não é isso tudo que pintam.

  • Anderson Tomaz

    Existe tanta rivalidade nessa luta do Caraway com o mini Jon Jones que poderia fácil ser main event desse FN… O cara falou da namorada, parabenizou o Caraway pelo dia das mulheres em montagem junto a Holm, Ronda, Zingano kkkk… O Caraway tá com fogo no olho e duvido nada ganhar…

    O foda desse FN eh que podemos perder não só 1, como 2 prospects da categoria caso o Caraway ganhe (o que eu acho difícil, mas não impossível).

    Thominhas tá com A HYPE e se perder essa luta vai tudo por água abaixo, infelizmente… E acho que o marrentinho tem jogo pra ganhar do Thominhas, apesar de ver o Thominhas levemente como favorito… As provocações nos ultimos dias só deixaram essa luta ainda mais epserada por mim

    FN bala!

    #WarAlmeida

    • Rodrigo Tannuri

      Também acho que Garbrandt e Caraway podem surpreender, ainda mais o primeiro. A defesa do brasileiro ou falta dela me preocupa bastante!

      • Diego Cavera

        Essa defesa vazada do Thominhas contra alguém matador como o Garbrandt pode ser vala, perigo!!!

        • Rodrigo Tannuri

          Concordo! Se o Thominhas entrar bolado, devido a confusão que tiveram no hotel, estará ainda mais aberto. Não sei não…

    • alvinho

      A chance do Sterling perder pra esse Caraway é quase a chance do GSP perder pro Serra.
      Esse Caraway é bem fraquinho, gosta de apanhar bastante hahaha
      Sterling é muito talentoso, é só ter cabeça no lugar e ele passa por cima desse maluco fácil

  • Edson Mariano

    Imperdível card…. prato cheio prA quem gosta de corpos estirados pelo chão… kkkk as três ultimas lutas com cara de main-event

    • Rodrigo Tannuri

      Tem tudo pra ser um show bem agressivo, mas vou te falar que prefiro ver Masvidal x Larkin do que Saffiedine x Story.

      • Ranilson

        até Josh Burkman vs. Paul Felder , pode ser mas interessante do que Saffiedine x Story. (está é uma luta de um cara só) , falta agressividade no Saffiedine.

  • Leonardo Neves

    Grabrandt, ao sentir suas chances diminutas, resolveu criar sua própria realidade. Realidade inventada, em que ele acredita poder vencer Almeida. Dizem que o Americano é leitor de Nietche e Lispector:

    Nietche “querer a verdade é confessar-se incapaz de criá-la”

    Lispector “não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada”.

    • alvinho

      Falar que o Thominhas só enfrentou taxistas é loucura dele
      Olhem o útlimo adversário do Cody, extremamente limitado. Lento, telegrafado, pesado, plantado, sem alcance e sem sequência de golpes.
      Qualquer dos últimos 4 adversários do Thominhas espancaria o último do Garbrandt.

    • Rafael Fiori

      Percebi o mesmo em Grabrandt, está falando muito e dando certeza de sua vitória, mas na verdade está mentindo pra si próprio, fazendo um auto-jogo mental. Enganar os outros pode ser inteligente, mas mentir pra si mesmo é burrice. .

      • alvinho

        “wishful thinking”

    • É, mas ele venceu.

  • Silas K

    Acho que Vitor é favorito contra o Camozzi e vai levar essa, espero a vitória de Thominhas e Sterling para depois fazerem um title eliminator contra o vencedores de Cruz vs Faber e TJ vs Assunção.

  • Leandro Mendes

    essa luta do burkman com felber e por qual categoria

    • Thiago de Carvalho

      Leves!

      • Leandro Mendes

        Burkman é um meio medio de origem certo? apanhou do Lombard

        • Thiago de Carvalho

          Ele é da 77 sim! Mas desceu, e a anterior foi a estréia dele, contra o K.J. Noons

  • Lucas Wilniski

    Só uma dúvida: na luta do Felder, vai ser de peso leve ou meio médio?

Tags: , , ,