Cinco motivos para: não
perder o UFC Fight Night 87

Rodrigo Tannuri | 05/05/2016 às 21:35

Ajayô, fãs de luta! Demorou, mas, enfim, o UFC finalmente realizará seu primeiro evento na Holanda, país com bastante tradição nos esportes de combate.

Antes tarde do que nunca não é mesmo? Sobre a montagem do UFC Fight Night 87, ela pode não encantar, porém, há combates bem interessantes a se ver.

Vamos aos nossos 5 motivos? O evento acontece na manhã deste domingo em Roterdã.

1º – Qual queixo irá falhar primeiro?

Ninguém questiona as habilidades de Alistair Overeem e Andrei Arlovski, mas também há outra verdade absoluta em comum: a fragilidade de seus respectivos queixos.

O holandês, ex-campeão do Strikeforce, Dream e K-1 é um excelente striker, porém foi nocauteado nove vezes (as três derrotas no UFC foram por KO). Já o bielorusso, ex-campeão do UFC, também é muito bom com as mãos, mas caiu oito vezes (das cinco derrotas no Ultimate, quatro foram por KO).

Captura de Tela 2016-05-05 às 20.18.36O favoritismo é de Overeem que, além de lutar em casa, é um striker mais completo (chutes e joelhadas estão no cardápio), com recursos. Ele também vive sua melhor fase na organização, emplacando três vitórias seguidas – sendo a última sobre o ex-campeão Júnior Cigano.

Por sua vez, AA perdeu apenas uma vez em seu retorno ao UFC (pra Stipe Miocic, na última aparição), mas as vitórias sobre Brendan Schaub e Frank Mir foram bem polêmicas.

Também não podemos esquecer o fator Greg Jackson. O renomado treinador sempre acompanhou Arlovski, mas o mesmo foi muito importante pra Overeem ao criar uma versão cautelosa, leve e dinâmica do Demolition Man.

Os adversários eram parceiros de treino, por isso, o clima não é tão amigável (o holandês foi quem pediu o duelo). Vale lembrar que Overeem caiu pra Travis Browne, quando anunciou que iria pra Jackson’s MMA… Quem piscar, vai perder.

2º – Luta “D” pra pesados

Não é segredo: se der a lógica, o derrotado de Antônio Pezão x Stefan Struve será cortado. Com quatro derrotas nas últimas seis lutas, dá pra dizer que a situação do brasileiro é mais desesperadora.

Captura de Tela 2016-05-05 às 20.22.15Perder pra Cain Velasquez e Mark Hunt é aceitável, mas ser nocauteado por Frank Mir, nem tanto.

Struve, por sua vez, nunca encantou. Só que, na atual conjuntura, perdeu três das últimas quatro lutas. Foi nocauteado por Hunt, Overeem e sucumbiu frente a Jared Rosholt – em luta horrível. Pra piorar, o jovem gigante (28 anos) ainda teve um sério problema cardíaco.

O embate em si não empolga, mas esse contorno dramático chama atenção. O que pode ajudar o derrotado a permanecer na organização é o fato de que Matt Mitrione, Shawn Jordan e o próprio Rosholt deixaram o plantel recentemente.

Como a categoria dos pesados é enxuta, precisa de atletas – e, querendo ou não, Pezão e Struve são conhecidos. Não sei se merecem nova chance, mas não duvido que tenham a última.

3º – O verdadeiro main event

Que os pesados me desculpem, mas ser meio-médio é fundamental. Que divisão! Aqui, teremos um striker firme e tradicional contra um grappler perspicaz, que se vira bem em pé (é carateca faixa-preta).

Captura de Tela 2016-05-05 às 20.24.30Não é Eurocopa, mas é Rússia contra Islândia, amigos!

Considero Albert Tumenov, 13º no ranking, sendo mais um monstro da categoria – apesar de, infelizmente, público ainda não o conhecer direito.

Tratorizou cinco em sequência (destaque pros nocautes em Matt Dwyer e Alan Jouban) mostrando boxe bem acima da média do MMA. Outro aspecto que chama atenção é a seriedade que o russo tem no octógono.

Seu semblante fechado lembra muito o de Rafael dos Anjos e a ausência de golpes chamativo são compensados por eficiência assustadora – Lorenz Larkin que o diga.

Conor McGregor e Gunnar Nelson são as máscaras da armadura de gêmeos. Um é extravagante, o outro discreto. O islandês é querido pelos fãs, mas superestimado também. Quando vence, brilha, porém, quando perde, fracassa.

É frio, talentoso, seu jiu-jitsu não nega, mas seu porte físico o atrapalha (vá pros leves, Gunni!). Quando enfrentou um striker teoricamente mais potente, surpreendeu (aplicou knockdown em Brandon Thatch).

Contudo, o americano também foi superestimado. Ele apresenta falhas, coisa que Tumenov pouco oferece…

4º – Moscas a todo vapor

Muitos fãs seguem ignorando os moscas, mas aqui estão eles, fazendo o main event do Fight Pass. A luta em questão é bastante acertada, pois sabemos que Kyoji Horiguchi, quinto no ranking, e Neil Seery não fogem de uma boa briga.

Captura de Tela 2016-05-05 às 20.26.35O primeiro já lutou pelo cinturão, é mais jovem (25 anos), rápido e técnico, enquanto o segundo, apesar de veteraníssimo (36 anos!), ainda acompanha o ritmo dos mais novos (resistência e perseverança são seus sobrenomes).

O japonês encanta tecnicamente, mas o irlandês, mesmo inferior no setor, pode equilibrar as coisas na briga e na experiência (desistir não é com ele). Não dizem que o segredo pra se ter sucesso é o quanto você aguenta apanhar?

Será que Seery pode suportar a tempestade asiática? Veremos.

Essa luta será frenética e tem tudo pra ser uma das ou a melhor do evento. Parem de ter preconceito com os levinhos! Passem a apreciá-los!

5 – O que mais ver?

O leve Chris Wade deve ter feito algo muito ruim pro UFC, porque enfrentaria Rashid Magomedov e agora terá pela frente Rustam Khabilov, o rei dos suplex.

Khabilov em ação

Khabilov em ação

Substituir russo com russo nunca é bom sinal. Eles são duros, mas também não podemos subestimar o americano, que vem de quatro vitórias seguidas.

Mesmo sendo sobre nomes comuns, momento é momento e deve ser respeitado. Será wrestling de um contra sambô do outro. A curiosidade é que a única derrota do americano no MMA foi justamente pra um russo.

O retorno de Geramie de Randamie será especial, porque ficou mais de um ano parada e o fará em casa. Ela, que tem títulos no muay thai, vai encarar a invicta Anna Elmose, também striker (venceu as três lutas por KO).

Será que o jogo casa pra veterana ou a estreante vai chegar aprontando nos galos? Fiquem de olho também na palha Karolina Kowalkiewicz, ainda invicta, e no meio-médio Leon Edwards, pois enfrentam adversários bem acessíveis, ou seja, podem e devem impressionar.

  • Bernardo Oliveira

    Em pensar que Struve venceu Miocic…

    • Matheus V.

      Em pensar que o Pezão venceu Overeem e Arlovski, haha.

      • KRS Porlaneff

        E pensar que Pezão venceu Overeem, Arlovski e FEDOR…
        E ainda tirou a invencibilidade do Travis Browne quando esse ainda era um nome altamente temido na categoria.

        • Matheus V.

          Em pensar quando o Travis Rousey era Travis Browne.

          • Bruno

            E pensar que Pezão empatou com Hunt que destruiu Struve que nocauteou Miocic que Destruiu Hunt que deu um cascudo em Pezão.

          • KRS Porlaneff

            Nesse pensamento o Daiju Takase é o GOAT – porque o Fedor perdeu pro Pezão, que perdeu pro Werdum, que perdeu pro Minotauro no PRIDE, que perdeu pro Hendo no RINGS, que perdeu pro Anderson Silva, que perdeu pro Daiju Takase…

          • Bruno

            Exato!
            Por isso que mma não é matemática.

          • KRS Porlaneff

            Boa!

            Digitando aqui com os pés porque estou aplaudindo com as mãos rssssss

    • Rodrigo Tannuri

      Essas derrotas avulsas fazem parte. A maioria dos grandes lutadores já teve um revés impensável assim kkkkk

  • Luis Coppola

    Bom evento em um excelente horário!
    Overeem deve confirmar o ts, provável despedida do pezão e Tumenov atropelando o Gunni e mandando ele para os leves.
    Finalmente deram um oponente bom para vencer o bodão!

    • Rodrigo Tannuri

      Concordo com tudo, Luisão! #Ihiiiii

      • Luis Coppola

        #ihiiii
        Só um representante do exército nesse evento?

        • Rodrigo Tannuri

          Ainda temos Leon Edwards e Willie Gates, mas Overeem é O escolhido kkkkk

  • Davi Souza

    E o exercito Tannuri? nenhum negro maravilhoso para ficar de olho? #Ihhii

    • Rodrigo Tannuri

      Aí é que você se engana! O nome dele é OverDream ou OverClean kkkkk

      • Lero

        ele é café com leite, queremos chocolate negro.

  • magnuseverest

    Alistair Overeem se vencer deve lutar pela cinta na próxima…

    • Rodrigo Tannuri

      Tomara! Isso sempre foi esperado 😀

  • Bruno

    Concordo com o Tannuri, o verdadeiro main event é Nelson vs Tumenov.
    Horiguchi é outro que sempre faz lutas boas, o Lyoto dos moscas.

    • Rodrigo Tannuri

      Boa! Quero muito ver essas lutas dos meio-médios e moscas também 😀

  • Lero

    Overeem foi nocauteado 9 vezes no MMA E 3 no Kickboxing. Nao é pouca coisa.

  • Thorens Acchuphase

    Perfeito Tannuri! Assim como o Bruno falou, a intitulação da luta entre Gunnar e Tumenov como main event é perfeita! Em minha opinião o excelente islandês só terá uma chance se conseguir levar o russo pro chão e ter aprendido algo novo após a aula do Demian Maia. Sobre o oficial main event, acho que o resultado está nas mãos do holandês: Se a estratégia for a luta em pé, as chances são 50/50 (os dois tem poder de nocaute e o boxe do russo é mais apurado, em contrapartida, as joelhadas do holandês são poderosas) porém, se a estratégia do Overeen for levar a luta pro chão, suas chances de vitória são muito melhores 60/40 (kimura ou crucifixo+TKO = a luta contra o kharitonov). Pezão vs Struve, vou de Pezão, apesar de tudo, vejo o casamento favorável a ele. Horiguchi deve vencer tranquilo. Ainda enxergo a polonesa Karolina Kowalkiewicz com desconfiança apesar do bom cartel, suas vitória não são contundentes a ponto de medir sua eficiência no topo da cadeia predatória e não curti o casamento, sua adversária é fraca e não serve de medição pra nada!

  • Renan Oliveira

    Pezão é lenda, não pode ser demitido de jeito nenhum.

  • Ridelson Medeiros

    – 1: Só consigo ver o Glasslovisk vencendo se botar pressão no Failreem… se ficarem disputando jogo de cautela, o filho do Pezão deve levar a melhor na media pra longa, com direito a KO e tudo +.
    – 2: Pezinho x Estrume é muito difícil de chutar algo… vou arriscar que o ultimo citado consiga um pombo ou uma sub tirada do nada. Essa luta é o clássico 50/50.
    – 3: Sem querer desmerecer o Gunni, mas apesar de todas as qualidades dele, que não são poucas, eu não acho que ele consiga suportar a pressão. Pode ser ate um top 10 na WW, mas acho que descer pra LW e ser campeão seria algo muito melhor pra carreira dele.
    – 4: Se o Seery vencer, o que provavelmente viria por meio de amarração, eu ficaria muito surpreso… mas muito mesmo.
    – 5: Zanglove é vida… War ele.

    Obs: cavaleiro de escorpião >>>> resto.

Tags: , , , ,