Maduro, duelo Barão x McDonald pode cair do pé

Renato Rebelo | 23/07/2012 às 20:27

Os discursos casados de Dana White e Renan Barão pós-UFC 149 dão toda a pinta do mundo que o novo campeão interino dos galos não vai esperar até 2013 para enfrentar o lesionado detentor do cinturão, Dominick Cruz.

Hoje, o presidente da organização botou mais lenha na fogueira:

O Renan não está nada machucado. Ele vai lutar novamente. Ele não está machucado, mas vamos ver o que acontece.

O potiguar havia dito, na semana passada, que preferia esperar a recuperação de Cruz. Logo após bater  Urijah Faber, lançou o discurso de que fará o que o UFC decidir.

Essa pode ser uma boa notícia para Michael McDonald, que vem encabeçando a lista dos desafiantes desde que nocauteou de forma devastadora o ex-campeão Miguel Torres no UFC 145. A seu favor, também pesam quatro vitórias no UFC e uma no WEC.

Um probleminha na mão, entretanto, deixará o californiano disponível apenas a partir de final de outubro – fato que dará um refresco para o centésimo faixa-preta de André Pederneiras.

Eu acho que sou bom o suficiente. Se eu achasse que não conseguisse competir com esses caras, honestamente, não estaria aqui agora – disse McDonald hoje no programa ‘’MMA Hour’’ do repórter canadense Ariel Helwani.

Tags: , ,