Mario Yamasaki analisa críticas de Wanderlei Silva

Renato Rebelo | 27/05/2013 às 19:09

No dia 23 de junho de 2012, em Minas Gerais, Wanderlei Silva golpeou continuamente o rosto de Rich Franklin até ouvir a buzina que decretava o final do segundo round soar.

Mário Yamasaki, responsável pela condução da luta, entendeu que o americano estava lúcido e decidiu não interromper. No final dos cinco rounds, Wand acabou amargando a derrota na decisão.

Alguns anos depois, os destinos desses notórios personagens do MMA mundial se cruzariam novamente.

Em um dos episódios da segunda edição do TUF Brasil, o curitibano assistiu Márcio Pedra, atleta da equipe de Fabrício Werdum, ser derrubado por um soco de Santiago Ponzinibbio – que foi imediatamente contido pelo árbitro.

Wand jogou as duas experiências no mesmo saco e soltou os cachorros:

É brincadeira isso! Vai tomar no c… Yamasaki! Juizinho de m…

O Sexto Round esteve com descendente de japoneses e pediu o seu lado da história. Confira:

 

Tags: ,