Weidman quer besta-fera para dublar Anderson Silva

Renato Rebelo | 10/04/2013 às 17:10

Chris Weidman já avisou que vai se lançar ao mercado para contratar algum ser prendado capaz de emular seu nada mole próximo rival: Anderson Silva.

Como a passagem Londres-Nova York anda mais cara que o quilo do tomate no Brasil, Michael Page, o “Spider Britânico”, foi descartado.

Brincadeiras à parte, o principal alvo do aluno de Matt Serra é ninguém menos que o bicho-papão do TUF 17, Uriah Hall.

Acho que vou trazer o Uriah Hall do TUF. Ele tem chutes muito bacanas e coisas do tipo. Na verdade, também já lutei com ele – disse o wrestler em um programa de televisão americano.

Curiosamente, como citado acima, o “All-American” foi o primeiro carrasco da curta carreira do jamaicano – quando o nocauteou no Ring of Combat 31, em 2010.

Pra quem não tá ligado na última temporada do reality show nos Estados Unidos, capitaneada por Chael Sonnen e Jon Jones, deixe me esclarecer: o negão é besta-fera!

Onde esse cara estava? Ele é o garoto mais perverso, mau e mortal que já tivemos na história do Ultimate Fighter. Pela maneira que ele nocauteia as pessoas, você se sente mal por aplaudir – derreteu-se Dana White.

Na primeira rodada do programa, Uriah acertou um chute rodado à la Edson Barboza que quase mandou Adam Cella pra pedra gelada do IML (1º GIF).

Na segunda, derrubou o veterano Bubba McDaniels (20v e 6d) com um petardo que quebrou a cara do malandro em três lugares diferentes (2º GIF).

Já na semi-final, transformou a jaca de Dylan Andrews em bife tártaro e, quando foi quedado, repetiu raspagem que eu só havia visto uma única vez no MMA:

No longínquo 2002, o franzino Anderson Silva, com as costas no chão, desferia socos violentos no rival, Roan “Jucão”.

Quando o jiu-jiteiro, incomodado, bobeou, o paulista, com a guarda fechada, inverteu a posição apenas com o movimento do quadril – e finalizou batendo mais um pouco por cima.

Passei cinco anos entre os 10 melhores desta divisão (peso-médio), lutei com esses caras, estudei eles, conheço todo mundo e digo que você pode bater todos… todos, sem exceção (apontando para uma foto de Anderson Silva). Agora mesmo. Crianças sonham em ser aquele personagem de videogame imparável e você é esse cara – analisou o passional treinador Chael Sonnen.

Agora, com toda pinta de campeão, Hall faz a final do TUF 17 neste sábado contra a zebraça Kelvin Gastelum, de apenas 21 anos.

Será que ele confirma esse favoritismo esmagador? E ainda, conseguirá o fora de série mimicar o melhor lutador de todos os tempos?

Se a tensão na península coreana não nos levar ao holocausto nuclear, veremos.

Abraços.

Tags: , ,