O que o card de Fortaleza nos diz sobre o TUF Brasil 2?

Renato Rebelo | 21/03/2013 às 20:31
Werdum e Minota palestram no 1º episódio

Wedum e Minota palestram no 1º episódio

Não precisa ser detetive sênior da Scotland Yard para concluir que o card do UFC on Fuel TV 10 – que celebrará o término da segunda edição do “The Ultimate Fighter Brasil” – está praticamente fechado.

Incluindo a colisão entre os finalistas do programa e a recente adição de Rodrigo Damm x Mizuto Hirota, chegamos a 11 casamentos firmados para o dia 8 de junho em Fortaleza, Ceará.

Já que o Dana White e cia costumam trabalhar com 13 lutas por show, a matemática fuleira aprendida no segundo grau me leva a crer que apenas mais quatro cidadãos serão convocados para as festividades.

Mas e daí, Renato, onde quer chegar com esse “cerca Lourenço”?

É simples. O primeiro reality show colocou 14 lutadores no UFC 147.

Isso sem contar que Daniel Sarafian e Renée Forte, lesionados, puderam atuar posteriormente.

Ou seja, ganhando ou perdendo, quem esteve na casa recebeu pelo menos uma chancezinha no maior palco do mundo.

Desta vez, na melhor das hipóteses, apenas seis “brothers” estarão em ação no “TUF Finale”.

E isso nos leva a três linhas de raciocíneo:

Timing ruim para entrar
Não é segredo que o UFC precisa cortar cerca de 100 cabeças para fazer a conta fechar. Como o TUF sempre foi uma das maiores portas de entrada, na era do facão, é natural que essas portas se fechem. Já se foi o tempo em que todos os participantes do reality eram contratados.

Poucos talentos
A 16ª edição do TUF, capitaneada pelos pesados Roy Nelson e Shane Carwin, foi eleita como a pior da história pelo presidente Dana White. Irritado com a qualidade do programa, o careca decretou que apenas os finalistas Colton Smith e Mike Ricci seriam aproveitados. Como temos uma pá de talentos por aqui, considero essa a mais remota das três possibilidades.

Muitas lesões
Uma porrada de marmanjo longe de suas famílias, fragilizados emocionalmente e tendo que cortar peso non-stop para lutar até duas vezes por semana… Ninguém se assustaria se a bruxa fizesse um strike, né?

Nada obriga o Ultimate a colocar os caras neste card, mas também é improvável que a maior parte deles seja alocada para outros eventos – principalmente no exterior.

Não faria muito sentido.

Em caso de muitas lesões, o UFC 163: Aldo x Pettis, em agosto, no Rio de Janeiro, pode surgir como um opção viável…

Bom, chega de achismos da minha parte. Que venha o segundo episódio no domingão!

Card completo do UFC on Fuel TV 10:

Rodrigo Minotauro x Fabricio Werdum
Finalista 1 x Finalista 2
Rafael Feijão x Thiago Silva
Rony Jason x Mike Wilkinson
Daniel Sarafian x Eddie Mendez
Erick Silva x John Hathaway
Ronny Markes x Derek Brunson
Ildemar Marajó x Jason High
Caio Monstro x Karlos Vemola
Godofredo Pepey x Felipe Sertanejo
Rodrigo Damm x Mizuto Hirota

Abraços.

Tags: ,