Os palpites da imprensa nacional para Aldo x Edgar

Renato Rebelo | 31/01/2013 às 11:55

 

Alexandre Matos (MMA Brasil)

Uma opinião que parece ser unânime é que esta luta será o maior desafio da carreira do Aldo. Mas eu vou além, vai ser também a maior do Edgar. O brasileiro é mestre em duas vulnerabilidades do americano: os chutes baixos (como mostrado por Ben Henderson) e as combinações de socos com pressão (como feito por Gray Maynard). Para piorar a situação do Edgar, Aldo faz isso melhor que os outros dois e, pior ainda, é capaz de mesclar as duas condições. Por melhor que seja o boxe do Edgar (top 5 no MMA peso por peso), o Aldo leva vantagem na trocação. Acho que isso dará ao brasileiro conforto nos primeiros rounds, suficiente para suportar a pressão que o Edgar vai impor no quarto e quinto rounds. Acho que dá Aldo por decisão, claro, em luta dura, emocionante e sensacional.

 

Luciano Andrade (Combate)

No papel, trata-se da luta mais difícil da carreira do brasileiro. Acredito que teremos um duelo muito equilibrado, provavelmente decidido por pontos. O Aldo tem que usar o seu muay thai para chegar à vitória. Tem que chutar bastante – tomando cuidado com as quedas – não só para pontuar, como também para impedir que Edgar encurte a distância para golpeá-lo, pois este é o jogo do americano: encurtar, bater e sair, encurtar, bater e sair. Uma alternativa para o Frankie Edgar seria derrubar o Aldo e trabalhar por cima, dando giro e golpeando bastante. Só que o manauara tem uma das melhores defesas de queda do UFC e acredito que consiga manter a luta em pé, onde tem mais chances de se dar bem. Inclusive, se estiver com as joelhadas bem “calibradas”, quem sabe o brasuca não consiga acertar na mosca durante alguma entrada de queda do gringo? O que mais me preocupa é o gás do brasileiro, que já cansou em outras lutas, ao passo que Edgar parede ter um tanque de combustível de duração ilimitada. Vamos ver… vai ser um lutaço, pau a pau, mas, se vencer o americano no sábado, acredito que o brasileiro permaneça com o cinturão durante um bom tempo.

 

Carlão Barreto (Combate)

Um duelo de campeões, dois lutadores de muita qualidade. A promessa de uma grande batalha nos deixa com muita expectativa para esse combate. Edgar sem dúvida será um grande desafio para Aldo, ele é um lutador rápido, completo, acostumado a ter que provar que é um dos melhores do mundo. Já Aldo é um lutador espetacular, um lutador letal, que não desperdiça golpes, um artista marcial. Apesar do grande equilíbrio, José Aldo é o favorito, pois seu estilo agressivo, com suas combinações de soco-chute -joelhadas são muito difíceis de serem defendidas. Duelo épico, mas o casamento de estilos favorece ao campeão.

 

Marcelo Russio (SporTV.com)

A luta entre Frankie Edgar e José Aldo não tem favoritos. É uma “superfight” valendo um cinturão do UFC. De um lado temos um lutador que chega à categoria mais adequada para seu tamanho e peso, dono de uma resistência incomum e muito, muito forte. Do outro, um dos melhores strikers do planeta, com uma defesa de queda fenomenal e invicto há 14 lutas. Acredito que o brasileiro consiga sair vencedor da luta se mantiver a atenção nas entradas de Edgar em suas pernas. Se não for levado para o chão, Aldo vence por ser mais rápido e agressivo que Edgar. O americano pode levar vantagem se for feliz nos double legs, seguidos do ground and pound. Na minha opinião, vitória de José Aldo por decisão unânime.

 

Guilherme Cruz (Tatame)

O UFC 156 tem potencial para ser uma noite inesquecível para o Brasil, mas também tem chances de ser um desastre completo. A disputa de cinturão de Aldo, na minha opinião, é a que traz menos riscos de derrota se comparada às lutas de Pezão, Demian e Minotouro – ainda assim, é uma luta e tanto para o campeão. Edgar tem bom jogo de quedas, mãos rápidas e muito coração, mas não acredito que ele aguentará a pressão do Aldo. Ele teve problemas duas vezes com o Maynard, que não tem a “pegada” do brasileiro. José Aldo vence por nocaute técnico.

 

Marcelo Dunlop (Gracie Magazine)

O duelo principal de sábado entre o reizinho dos penas e o ex-campeão dos leves é, para mim, a luta mais empolgante casada pelo UFC em muitos anos. Exagero? Veja bem, o que você acharia se Junior Cigano desse uma secadinha e saísse na mão com Jon Jones? José Aldo Jr vs Frankie Edgar será melhor. Excitação de torcedor à parte, a luta não tem favorito. Treinado por Dedé Pederneiras desde jovem, Aldo é um dos lutadores mais perigosos do UFC, em todas as categorias. Aluno de Ricardo Cachorrão, Frankie tem um gás de coelho de desenho animado, é completo e estratégico. Edgar vai cansar Aldo? O brasileiro vai provar que o queixo de Frankie é o caminho? A conferir.

Tags: , ,