Atacando de Joe Silva: lutas a casar pós-UFC on FOX 6

Renato Rebelo | 28/01/2013 às 01:09

Com mais um evento de grande porte na conta, chega a hora desse pretensioso jornalista que vos fala vestir o chapéu de matchmaker.

Mantendo os pés do chão, dispensando confrontos improváveis e excluindo atletas já comprometidos, cheguei aos seguintes casamentos:

 

Donald Cerrone x Edson Barboza

Porteiro da guarita que divide a elite do peso-leve dos demais, “Cowboy” tentaria a reabilitação contra um rival de jogo compatível. Em contrapartida, o americano pode acabar dando passagem ao craque do muay thai – que está de olho no acesso ao pelotão de frente. Duelo explosivo em pé com pinta de luta da noite.

 

Ricardo Lamas x Chan Sun Jung
No texto pós-luta sugeri que Lamas pegasse logo o vencedor de Aldo x Edgar. Mas, mesmo tendo batido Erik Koch, Cub Swanson e Hatsu Hioki, o “Bully” é praticamente desconhecido do grande público. Sem apelo, só lhe resta tentar a sorte contra mais um adversário bem ranqueado: o carismático “Zumbi Coreano”. Se sobreviver ao estilo nada ortodoxo do asiático, não tem choro: é title shot pra ele.

 

Clay Guida x Chad Mendes
Na estreia entre os penas, “O Carpinteiro” passou no teste e despachou o top 10 Hatsu Hioki. Com a popularidade a seu favor, Guida pode muito bem furar a fila para bater de frente com o top 3 “Money”. Quem passar, chega no quarteto nada amoroso exposto acima.

 

Anthony Pettis x vencedor de Henderson x Melendez
Além de ter sido o último campeão do WEC, “Showtime” vem das impressionantes destruições de Joe Lauzon e Donald Cerrone. Como vislumbra o cinto dourado, ele já avisou que vai esperar sentado o resultado de Henderson x Melendez em abril.

 

Glover Teixeira x Maurício Shogun
Por mais que seja plausível alimentar “Glovão” com o vencedor de Rashad Evans x Rogério Minotouro, algo me diz que, caso “Suga” vença, Anderson Silva será seu próximo compromisso… Como o curitibano está sem par, por que não joga-lo contra essa encrenca para testar, de uma vez por todas, sua real ambição? Tensão do começo ao fim.

 

Demetrious Johnson x vencedor de Ian McCall x Joseph Benavidez
O campeão já venceu ambos, mas o peso-mosca é extremamente raso e não tem pra onde correr. Olhando para o copo meio cheio, “Joe-Jitsu” caiu em polêmica decisão dividida e o “Uncle Creepy” perdeu uma, mas empatou outra. Dejà vu à vista.

 

T.J. Grant x Khabib Nurmagomedov
Tanto canadense quanto o russo vêm de sólidas séries invictas. Ambos também ocupam posições semelhantes na busca por notoriedade e uma vaguinha entre os 10 melhores do peso. Para desfazer essas coincidências, usa-se o tira-teima preferido do povão: o octógono.

Tags: