UFC Rochester: os palpites
dos colunistas do Sexto Round

admin | 17/05/2019 às 15:04

Pela primeira vez em Rochester, Nova York, o octógono mais famoso do planeta chega com a edição do UFC Fight Night 152. O card terá o duelo na divisão dos meio-médios entre Rafael dos Anjos e Kevin Lee na luta principal.

O evento, que acontece neste sábado, a partir de 18h (horário de Brasília), também contará com mais quatro brasileiros no card principal: Davi Ramos,Vincente Luque, Charles do Bronx e Antônio “Cara de Sapato”.

Em duelo que ambos vem de derrota, Rafael dos Anjos e Kevin Lee precisam vencer para não ficarem em situação difícil na organização. Pelo lado do ex-campeão dos leves, caso perca mais uma, iria amargar a terceira seguida no octógono.

Já o americano, que fará sua primeira luta entre os meio-médios no UFC, estrear na nova divisão vencendo Dos Anjos, poderia lhe render um lugar no ranking até 77kg.

O card ainda conta com Antônio “Cara de Sapato” buscando a sexta vitória seguida no Ulitmate. O brasileiro irá encarar Ian Heinisch no co-main event.

Outra luta de destaque, será a trilogia entre Charles do Bronx e Nik Lentz na divisão dos leves. Vale destacar, que o brasileiro tenta emendar o quinto triunfo consecutivo e ganhar posições no raking da categoria.

tima oportunidade, então, para os palpites dos colunistas do Sexto Round.

Vamos a eles!

David Carvalho: Rafael insistindo em pegar wrestler, mas sendo sincero, entre os que Rafael pegou, Kevin Lee é o mais vencível. Fico com a intensidade do brasileiro. Rafael dos Anjos vence por TKO.

Felipe Paranhos: Lee, decisão.

João Vitor Xavier: Rafael Dos Anjos, TKO.

Laerte Viana: Na teoria, mais um jogo péssimo para RDA, uma vez que Kevin Lee é um ótimo grappler e pode amarrar o brasileiro. A questão é que o americano, além de não estar acostumado com o peso, costuma desacelerar. De virada, vejo Dos Anjos vencendo na decisão.

Leo Salles: Lee por decisão.

Lucas Carrano: Lee, decisão.

Lucas Rezende: Assim como Covington e Usman evidenciaram, Rafael tem dificuldades contra wrestlers. Na categoria de cima, creio que Lee terá um rendimento ainda melhor e sofrerá menos desgaste com o decorrer da luta. Talvez o americano não esteja pronto para bater alguém tão experiente quanto Dos Anjos, mas vou de Lee por decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Rafael Dos Anjos, TKO.

Renato Rebelo: Dos Anjos, TKO.

Rodrigo Tannuri: Lee, decisão.

Thiago Sampaio: Lee, decisão.

David Carvalho: O americano vem de uma boa sequência, três nocautes e uma decisão nas lutas de 2018 que fez. O brasileiro é um ótimo nome da nova safra brasileira, mas não acho que terá luta fácil contra Heinich. Vou de Cara de Sapato vencendo na decisão. 

Felipe Paranhos: Cara de Sapato, finalização.

João Vitor Xavier: Cara de Sapato, finalização.

Laerte Viana: Jogo chato para o campeão do TUF Brasil 3. Além de bom nível no wrestling, Heinisch possui punhos pesados e é perigoso na curta distância. Ainda assim, vejo Cara de Sapato mais completo, com condições de trocar em pé e derrubar o rival para aplicar seu jiu-jítsu acima da média. Sapato, finalização.

Leo Salles: Cara de Sapato por decisão.

Lucas Carrano: Cara de sapato, finalização.

Lucas Rezende: Heinisch apresentou problemas para Cezar Mutante, mas ainda o considero um lutador limitado. O tempo parado de Cara de Sapato me preocupa, mas ainda confio no paraibano. Shoeface finaliza.

Luiz Fernando Ferreira:  Cara de Sapato, finalização.

Renato Rebelo: Cara de Sapato, finalização.

Rodrigo Tannuri: Cara de Sapato, decisão.

Thiago Sampaio: Cara de Sapato, finalização.

David Carvalho: Não pense que colocaram um qualquer para encarar Vicente Luque, Derrick Krantz é experiente, vem de uma boa sequência de vitórias em outros eventos. Ele pode estragar a continuidade do brasileiro com as vitórias, mas esse “pode” não é suficiente para eu deixar de apostar em Vicente Luque via TKO.

Felipe Paranhos: Luque, KO.

João Vitor Xavier: Luque, KO.

Laerte Viana: Se já era favorito contra Magny, Luque passa a ter pressão para vencer bem o estreante Derrick Krantz. Com seu agressivo e lapidado jogo em pé, Vicente nocauteia mais um.

Leo Salles: Luque por TKO.

Lucas Carrano: Luque, TKO.

Lucas Rezende: A mudança de adversários de Neil Magny para um estreante deixa Luque não só com obrigação de vencer, mas de vencer com facilidade.  Para sorte do brasileiro, definir combates é com ele mesmo. Vicente por KO.

Renato Rebelo: Luque, TKO.

Rodrigo Tannuri: Luque, TKO.

Thiago Sampaio: Luque, nocaute.

David Carvalho: Luta sem sentido, Do Bronx finaliza.

Felipe Paranhos: Bronx, finalização.

João Vitor Xavier: Do Bronx, finalização.

Laerte Viana: Charles já foi bem superior nas duas primeiras lutas, quando ainda tinha um jogo em pé cheio de buracos. Agora, cada vez mais fechadinho e em franca evolução, acredito que terá ainda mais facilidade. Charles finaliza.

Leo Salles: Do Bronx por finalização.

Lucas Carrano: Do Bronx, finalização (de novo).

Lucas Rezende: Charles do Bronx já finalizou Nik Lentz duas vezes, em situações onde bater o americano significava muito mais do que hoje em dia. Não vejo motivos para pensar que a terceira vez será diferente. Charlinho finaliza

Luiz Fernando Ferreira:  Do Bronx, finalização.

Renato Rebelo: Charles, finalização.

Rodrigo Tannuri: Do Bronx, finalização.

Thiago Sampaio: Charlinho, finalização.

Restante do card:

Aspen Ladd x Sijara Eubanks
Davi Ramos x Austin Hubbard
Megan Anderson x Felicia Spencer
Mike Trizano x Grant Dawson
Desmond Green x Charles Jourdain
Patrick Cummins x Ed Herman
Danny Roberts x Michel Pereira
Zak Cummings x Trevin Giles
Julio Arce x Julian Erosa

Ranking dos colunistas:

1 – Leo Salles: 40-23 (63,4%)
2 – João Vitor Xavier: 39-24 (61,9%)
3 – Felipe Paranhos: 38-25 (60,3%)
3 – Renato Rebelo: 38-25 (60,3%)
4 – Lucas Rezende: 36-27 (57,1%)
4 – Rodrigo Tannuri: 36-27 (57,1%)
4 – Thiago Sampaio: 36-27 (57,1%)
5 – Luiz Fernando Ferreira: 35-28 (55,5%)
6 – Laerte Viana: 34-29 (53,9%)
7 – David Carvalho: 32-31 (50,7%)
8 – Lucas Carrano: 31-32 (49,2%)

  • Paulo Zanchet

    Sem querer desmerecer o RDA, que é um baita lutador, mas acho que o Lee já sabe o caminho e não terá dificuldades para cozinhar o brasileiro, visto que é um wrestler de origem e vai estar bem maior. Meus humildes dois centavos.

Tags: , , , , , , ,
Instagram