UFC São Petersburgo: os palpites
dos colunistas do Sexto Round

admin | 19/04/2019 às 14:41

Pela segunda vez, o Ultimate aterrissa no gelado solo russo. A cidade de São Petersburgo será o palco do UFC Fight Night 149, evento que acontece neste sábado a partir das 11h (horário de Brasília). Os fãs presentes no Yubileyny Sports Palace irão presenciar o embate de pesos-pesados entre Alistair Overeem e Alexey Oleynik na luta principal.

Vindo de vitória sobre Sergei Pavlovich, “The Reem” tenta emendar o segundo triunfo seguido sobre outro russo. O holandês que é o sétimo no ranking dos pesados, busca uma última corrida por um title shot.

No segundo evento do UFC na Rússia, Alexey Oleynik mais uma vez faz parte do main event. Aproveitando a saída de Alexander Volkov, “The Boa Constrictor” pode chegar à terceira vitória seguida, fato que poderia lhe deixar perto do top 5.

O card ainda conta com duas participações brasileiras. Marcelo Golm encara Sergei Pavlovich na divisão dos pesos-pesados. Enquanto, Alex Leko vai para cima de Alexander Yakovlev no peso-leve.

Ótima oportunidade, então, para os palpites dos colunistas do Sexto Round.

Vamos a eles!

David Carvalho: Oleynik com dezenas de finalizações na carreira topa de frente com um dos mais experientes em atividade no MMA, que foi finalizado apenas uma vez na carreira. Prevejo uma luta sem grandes movimentações no round inicial, mas que pode ser finalizada por Alistair Overeem via TKO.

Felipe Paranhos: Overeem é bobo pra trocar com gente que não pode trocar. Mas não vai ser bobo de ir para o chão com o estrangulador Oleynik. Overeem, TKO.

João Vitor Xavier: Overeem, KO.

Laerte Viana: Não vejo o russo conseguindo impor seu jiu-jítsu excelente contra Overeem, que não tem nada de bobo no chão. Por outro lado, o holandês nunca me passou confiança alguma. Jogando a moeda pra cima, vou de Alistair por nocaute.

Leo Salles: Overeem, TKO.

Lucas Carrano: Overeem, decisão.

Lucas Rezende: Overeem, KO.

Luiz Fernando Ferreira: O holandês não é bobo de ir para o chão com o ‘Rei do Ezequiel’ no MMA. Acredito que o combate ficará em pé, nessa área o ‘The Reem’ vai nocautear cedo ou tarde. Overeem, KO.

Renato Rebelo: Overeem, TKO.

Rodrigo Tannuri: Overeem, KO.

Thiago Sampaio: Overeem, TKO.

David Carvalho: Sergei Pavlovich veio com muito nome ao UFC, mas foi parado em sua estreia por Overeem. Agora encara o brasileiro, que no UFC vem de duas derrotas e uma vitória. Pavlovich vence via TKO.

Felipe Paranhos: Perder para Overeem não é demérito, mas o pouco que vi de Pavlovich não me empolga. Trocação robótica, ainda sem fluidez, e uma carreira construída em cima de adversários fracos ou pequenos na Rússia. Por considerar ainda Golm cru demais, acho que o russo leva a melhor com direito àquela empenadinha dos juízes. Pavlovich, decisão.

João Vitor Xavier: Pavlovich, decisão. 

Laerte Viana: Pavlovich chegou cheio de pompa, mas sucumbiu de maneira vexatória. Golm, por sua vez, ainda não conseguiu mostrar serviço no Ultimate. Por o duelo acontecer em território russo, vou com o dono da casa, que pode contar (caso precise) de uma ajudinha dos juízes. Pavlovich, decisão.

Leo Salles: Pavlovich, TKO.

Lucas Carrano: Pavlovich, TKO.

Lucas Rezende: Golm, KO.

Luiz Fernando Ferreira: O russo que veio cheio de onda para o UFC, acabou decepcionando na estreia. Porém, foi derrotado por Overeem que está longe de ser demérito. O brasileiro aparenta estar meio ‘verde’ para o nível do octógono, vejo o russo se recuperando e comemorando com a sua galera. Pavlovich, TKO.

Renato Rebelo: Pavlovich, TKO.

Rodrigo Tannuri: Pavlovich, TKO.

Thiago Sampaio: Pavlovich, TKO.

David Carvalho: Tybura que amenizou uma série de derrotas no UFC quando venceu Struve, mas agora encara alguém que pode levá-lo de volta ao caminho das derrotas no evento. Shamil Abdurakhimov vence via TKO.

Felipe Paranhos: A despeito de ser pequeno para a categoria, Tybura tem seu valor. Se não possui recursos para incomodar os principais atletas da categoria, serve de parâmetro para mostrar porque os da rabeira são o que são. Tybura, decisão.

João Vitor Xavier: Tybura, decisão.

Laerte Viana: Abdurakhimov é tenebroso e, sinceramente, não o vejo com condições técnicas de frequentar o top 15. Tybura, embora também seja limitado, já mostrou que pertence ao grupo ranqueado, mesmo que seja na função de porteiro. Tybura vence por pontos.

Leo Salles: Abdurakhimov, decisão.

Lucas Carrano: Abdurakhimov, decisão.

Lucas Rezende: Tybura, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Abdurakhimov é horrível até demais. Marcin Tybura provou que é um legítimo porteiro entre os pesados. Vejo o polonês dominando durantes 15 minutos. Tybura, decisão.

Renato Rebelo: Tybura, decisão.

Rodrigo Tannuri: Tybura, decisão.

Thiago Sampaio: Tybura, decisão.

Restante do card:

Islam Makhachev x Arman Tsarukyan
Ivan Shtyrkov x Devin Clark
Roxanne Modafferi x Antonina Shevchenko
Krzysztof Jotko x Alen Amedovski
Movsar Evloev x Seung Woo Choi
Sultan Aliev x Keita Nakamura
Alexander Yakovlev x Alex Leko
Gadzhimurad Antigulov x Michal Oleksiejczuk
Magomed Mustafaev x Rafael Fiziev

Ranking dos colunistas:

1 – Felipe Paranhos: 30-17 (63,8%)
1 – João Vitor Xavier: 30-17 (63,8%)
2 – Leo Salles: 29-18 (61,7%)
2 – Thiago Sampaio: 29-18 (61,7%)
3 – Renato Rebelo: 28-19 (59,7%)
4 – Lucas Rezende: 27-20 (57,4%)
4 – Rodrigo Tannuri: 27-20 (57,4%)
5 – Laerte Viana: 26-21 (55,3%)
5 – Luiz Fernando Ferreira: 26-21 (55,3%)
6 – David Carvalho: 25-22 (53,1%)
7 – Lucas Carrano: 24-23 (51%)

Tags: , , , , , , , ,
Instagram