UFC Fortaleza: os meus
palpites #resenha

Renato Rebelo | 30/01/2019 às 13:13

Pessoal, na resenha de hoje analisei as três lutas principais do UFC Fortaleza: Marlon Moraes x Raphael Assunção, José Aldo x Renato Moicano e Demian Maia x Lyman Good. O evento rola nesse sábado!

Venham comigo!

  • Mauro

    Como o favoritismo do Moicano se dá muito pela suposta má fase do Aldo, mostra a diferença técnica dos dois. Moicano é um bom lutador de jiu-jitsu que aprendeu Low Kick. Dito isso, vou de Aldo e não me surpreenderia se fosse nocaute. Essa luta, na real, era para está sendo entre Edgar x Moicano. Mas se jogaram para o Aldo, acredito que o carequinha com bigodinho de 2pac mata no peito.

    Demian Maia vence.

    Curto muito o Assumpção, mas vi vitória do Marlon na primeira luta. Creio que Marlon vença, talvez por nocaute, e tem jogo pra complicar para o campeão que nunca teve queixo de Lineker.

    E Bronx perde também.

    Meus pitacos.

    • Tiago Nicolau de Melo

      Vou ficar surpreso se o Aldo não vencer (e bem), tbm.
      Marlon tá voando, não vai dar pro Rapha.

      • Mauro

        Quando McGregor deitou o Aldo em treze segundos, pensei que Edgar fosse quedar o Aldo e atropelar no Gnp. Chegou na luta, e Aldo venceu bem.

        Quando Holloway nocauteou Aldo, pensei que Jeremy ia arrancar seu pescoço com um soco. Aldo chegou e nocauteou um cara que nem sei se já tinha sido nocauteado alguma vez.

        Se for Moicano a vencer Aldo, que nem e um Striker, e um jiujiteiro ..então vejo que não entendo nada de MMA e estou torcendo para a galera errada.

    • Dan Fernandes

      Suposta não, é má fase mesmo kkkk

      • Mauro

        Suposto.
        Venceu Edgar,
        Nocauteou Jeremy,
        Venceu os dois rounds contra Holloway. Sem gás, morreu, e Holloway se sobressaiu.

        Pra mim, é suposto. Sábado se confirma ou se desmente.

        • Dan Fernandes

          Então sua narrativa se embasa numa vitória por DU sobre Edgar, uma vitória sobre sthepen e pelo fato do Aldo ter ganho 2 rounds sobre Max ? Até os rounds de uma luta em que ele perdeu você tá usando ? Sério isso kk o engraçado é que você esqueceu da surra que ele levou na revanche contra o Max, e na primeira luta foi humilhado da mesma forma, e já que você tá falando de rounds, sofreu um abafa do sthepen, mostrando o mesmo erro de sempre, não pode ser pressionado que desespera… então nas últimas 5 lutas foram 3 derrotar por nocaute, uma vitória por DU e outra por nocaute técnico, se isso é boa fase… moicano finalização 2R

          • Mauro

            E você, embasa com base em quê? Ser finalizado pelo Ortega após fazer uma luta parelha em pé? Ganhar na dividida do Jeremy? Vencer bem um tal Kattar? Ou finalizar o Swanson que é uma mãe para ser finalizado?

            Incluo derrotas sim, afinal estou falando de performance. Uma pessoa vencer, nem sempre significa ser a melhor. A performance do Aldo diante do Holloway demonstra que ele está longe de ser essa mãe que desenharam, pois deu mais trabalho ao Holloway que o próprio Ortega, que é jovem. Ganhou os dois rounds nas duas lutas, de acordo com os juízes, e só foi perder quando o fôlego foi embora, ai Holloway se sobressaiu no gás.

            Jeremy também teve a grande chance contra o Aldo. Pra mim, a desperdiçou. Bateu de mais na guarda do Aldo, gastando toda energia, invés de pensar um pouco melhor, acertar golpes na cintura para depois acertar no rosto, e então sair com nocaute.

            Mas Jeremy e Holloway são bem diferentes do Moicano, que é um jiujiteiro, não striker. Jeremy e Holloway possuem pujanças, possuem volume, amassam. Enquanto Moicano encosta a mão do no teu rosto, e depois corre para não ser atacado. Não tem volume, nem pressão, nunca nocauteou. Aldo vai ficar atordoado com golpes desse cara? Não creio.

            Aldo, em decadência, é mais lutador que Moicano, na minha opiniao. Vence por decisão ou por nocaute.

            E respondendo seu outro comentário: Se não me engano, foi o Aldo quem quedou o Holloway, não o contrário.

  • Walter Filho

    O Aldo tem um jogo agressivo e metódico ao mesmo tempo. É muito cerebral (ou costumava ser) e sempre controlou seus adversários na base do jab+low kick mantendo a distância. O problema é que quando ele não conseguiu impor esse jogo (contra adversários maiores), ele teve dificuldades, perdendo ou ganhando. Na luta contra o Stephens ele estava mais próximo da derrota do que da vitória, até que saiu aquele soco lindo no fígado. A questão dessa luta é que o adversário dele é, provavelmente, o mais tático dos brasileiros atualmente.
    Em um país em que os atletas pecam pela falta de estratégia, como o Barão falando que vai resolver a luta na paraibagem, ou a Ketlen dizendo que a estratégia pra luta é entrar lá e sair na porrada, o Moicano vai na contra mão disso tudo (o que não quer dizer que ele não tome decisões erradas, vide a tentativa de queda no Ortega).
    Na minha opinião, o mais estrategista, mais faminto, e principalmente, o maior fisicamente Renato Moicano vai conseguir impor seu jogo e vencer a luta na decisão.
    No ME eu acredito que dê Marlon. Como disse o Renato no vídeo, na primeira luta entre eles, o Marlon, apesar da experiência que tinha, fazia sua estréia no evento e entregou uma decisão duríssima pro Raphael. 1 ano e meio depois, o nível de competição enfrentado pelo Magic foi maior, e ele vem de dois atropelos. Inclusive, o Raphael e o Lineker, das duas, uma: Ou têm péssimos empresários, ou péssimos planos de carreira.
    Entre os maiores representantes do JJ no card, vejo vitória do Demian e derrota do Charles. O Teymur é um atleta muito liso, e já mostrou como é difícil colocar ele pra baixo. E em pé, por melhor que esteja o nível de trocação do Do Bronx, o sueco é condecoradíssimo. O Demian pode encontrar alguma dificuldade na força física do Good, mas acredito que em algum momento o brasileiro vai encostar o americano na grade e mochilar, e aí vai ser mais um pra estatística.

    • Luiz Antonio Felisberto

      Aldo estava crescendo na luta contra o Stephens, e não “achou um soco” o americano soltou tudo o que tinha, o brasileiro defendeu-se muito bem( acho que entraram uns 2 uppers, se não me engano), e na hora em que o Stephens foi circular para recuperar o folego o Aldo literalmente “colou” nele e os golpes começaram a enrar no rosto do americano até aquele petardo na boca do estomago entrar. Se for rever a luta, repara que após o soco o Aldo se abriu completamente, sorte que o golpe teve muita contundência.

    • Mauro

      Concordo com sua análise sobre Aldo. Só discordo que moicano saiba usufruir disso. Moicano nunca nocauteou, e não possui volume.

      Aldo, realmente tem dificuldade com envergadura…Holloway…Conor…zumbi…Jeremy mostram isso…

      Mas são todos Strikes excelentes, e os que não são, são Striker com volume, pressão, que luta no abafa. O que não e o caso do moicano, que venceu Jeremy batendo e correndo.

      • Luiz Antonio Felisberto

        Realmente.

  • Dan Fernandes

    Aldo com bjj de alto nível ? Até quando vão insistir nisso, moicano vem de varias finalizações no mma durante anos, mas não vai finalizar pq Aldo tem uma faixa preta O.o sempre com aquele papo : Não usa o bjj pq não precisa kkkk é a famosa história do salva vidas do Michael Phelps, nunca precisou nadar, no dia em que precisar, não vai saber kkkk quedar o Aldo é muito difícil, mas acredito que moicano consiga quedar sim, de acordo com o dano inserido no Aldo, como holloway fez, bateu e depois quedou. Meu palpite: moicano finalizando 2R

    • Tiago Nicolau de Melo

      Aldo venceu “apenas” o Cobrinha na marrom, mano. Jiu não se desaprende e ele tá sempre treinando com caras gabaritados.
      Que o BJJ do Moicano possa ser melhor/mais agressivo não duvido, agora achar que vai tirar o Aldo pra nada no chão, nem ele próprio crê nisso.

Tags: , , , , , ,
Instagram