Fedor x Bader: o
prognóstico #resenha

Renato Rebelo | 22/01/2019 às 23:01

Pessoal, na resenha de hoje analisei as chances de Fedor Emelianenko e Ryan Bader, que lutam pelo cinturão dos pesos-pesados do Bellator neste sábado.

Venham comigo!

  • KRS Porlaneff

    As únicas chances que eu vejo do Fedor vencer hoje são apagar o Bader num golpe de sorte e o Bader entrar peidando na farofa. Chances combinadas, porque separadamente elas mal existem.

    Claro e desnecessário falar que o melhor Ryan Bader não faria nem cócegas no pior Fedor do PRIDE.

    • Dan Fernandes

      Poise, em certas situações é fácil falar de auge e etc, basta perder a primeira, que teoricamente o atleta já está saindo do auge, que os fãs mais saudosistas usam isso como desculpa ou não, o fato é que o mma mudou demais, é a evolução natural das coisas, hoje temos atletas completos e pragmáticos, preparados para repetir o gameplan durante os 5 Rounds, também existe sim uma evolução física, estratégicas e etc, respeito sua opinião, mas é quase sempre assim , fedor perdeu para Werdum, e depois para pezão, fedor fora do auge ? O cara era novo ainda, Anderson Silva perdeu para Weidman 2x, sendo que ele vinha humilhando sonnen e bonnar, mas perdeu estando fora do auge…Mark Hunt deu maior trabalho para o fedor no auge, e Ryan Bader não faria cocegas…sei

      • Nathan Dreak

        Quando o pessoal usa o termo quilometragem, usa porque é cientificamente provado que o corpo aguenta apenas um certo período, que varia de acordo com o atleta, com treino de alto nível, resistência aos danos, explosão muscular dentre diversas características técnicas que ficaria extenso explicar. Mas cito Mike Tyson com 15 anos (senão trocaram idade) já tinha todo a estrutura muscular que o fez famoso. Aos 28 não tinha mais o mesmo desempenho. A ciência explica. Fedor, no caso, foi para o Strikeforce novo, mas já tinha 32 lutas no currículo e muito dano sofrido. O famoso suplê do Kevin Randleman foi em 2004 ainda com 19 lutas. Não era complicado entender seu desgaste já naquela época. Não apenas a idade é importante nesse entendimento. São épocas diferentes, mas mesmo com a evolução do MMA, concordo com o KRS, Fedor em seu auge seria favorito facilmente.

        • William Oliveira

          Excelente comentário, nem consigo acreditar que tem gente que não entende isso, sendo que é só olhar pro Cormier, voando com 40 anos, enquanto o Minotauro tava acabado com mt menos.
          Tantos atletas como o Ellenberger, com menos de 35, que não são nem sombra do que já foram, e a galera acha que quilometragem é bobagem, e “desculpa de viúva do PRIDE” haha, é foda..

          Abraço.

      • KRS Porlaneff

        Cara, você está misturando os assuntos. Em momento algum eu falei que o Fedor perdeu pro Werdum fora do auge (aliás, cadê a palavra “Werdum” no que eu escrevi ali em cima?), e o Fedor ainda estava no auge quando perdeu inclusive para o Hendo. Mesma coisa quando o Spider perdeu para o Weidman. Hunt também vinha em excelente forma e com um título do K1 fresquinho quando ele enfrentou o Fedor.

        Hoje, passados aí uns 10 anos de quando o Fedor estava no auge, ele não tem a mesma força, a mesma resistência, o mesmo gás e o mesmo preparo físico. Se o Fedor do PRIDE entrasse numa máquina do tempo e viesse para o tempo presente, apostaria nele inclusive numa luta contra o Jon Jones.

        Com relação ao Bader, leva em conta também que o Fedor do PRIDE luta como HW e praticamente só enfrentava HW, enquanto Bader agora faz umas lutas HW porque sempre esteve na LHW.

        Falei e repito: o melhor Ryan Bader – que foi na minha opinião o Bader entre 2012 e 2016, entre perder para o Machida e perder para o Rumble – nem faria cócegas no Fedor do PRIDE.

        • Dan Fernandes

          Amigão, eu não falei explícitamente o seu nome, falei de forma geral, onde muitos usam esse argumento para tapar o sol com a peneira, quando eu citei o mark hunt que era campeão de K1, usei esse exemplo pelo fato de que hunt ficou por cima de fedor, dominou por um bom tempo e quase finalizou, sendo que Hunt é um trocador, acredito sem sombra de dúvidas, que se fosse Bader no lugar do mark Hunt, por cima do fedor, hoje fedor não teria os anos de invencibilidade que ostentava

          • KRS Porlaneff

            Se fosse o Bader, acho que teria acontecido a mesma coisa que aconteceu com o Coleman e o Randleman.

      • William Oliveira

        Mark Hunt era campeão do K1 e é um kickboxer. Bader é um wrestler. Comparação sem sentido algum.

        • Dan Fernandes

          Comparação sem sentido ? Mark Hunt era um campeão de K1 na época, e ficou por cima do fedor, dominou por um tempo , bateu e quase finalizou o Russo, isso pq o Hunt é um kickboxer como você mesmo disse, fiz a comparação pois, um kickboxer fez um estrago no fedor estando por cima, imagine Ryan Bader, um puta wrestling que sabe Bjj, a comparação não foi sem sentido, só não achei que teria que fazer uma explicação de algo subentendido, já que mencionei Hunt, numa luta entre Bader e fedor

          • William Oliveira

            É óbvio que é uma comparação sem sentido, contra o Hunt a luta no chão era o que o Fedor queria, por mais que tenha ficado em uma posição ruim momentaneamente, já contra o Bader o Fedor vai querer manter em pé e ir pro nocaute. São lutas diferentes. N é pq o Hunt deu trabalho que o Bader daria. Bader não apresenta o perigo que o prime Hunt apresentava, em pé.

          • Dan Fernandes

            posição ruim momentaneamente ? kkkkkkkkkkkkkkkkk por essa tua falacia, acredito que você se quer viu a luta, fedor alem de ter apanhado no groundAndpound, quase foi finalizado por um kickboxer, se fosse Bader na mesma posição, a historia com certeza seria outra. Se hunt deu trabalho estando por cima, Bader com certeza mataria se estivesse por cima tambem, reze para a mao do russo entrar, se bader derrubar , a luta acaba ainda no 1R.

    • William Oliveira

      Não tem isso de golpe de sorte. Fedor é um monstro no timing, se ele acertar uma overhand no Bader e o nocautear, é pq ele continua com um timing ótimo, embora tenha decaído fisicamente. Olha o que ele fez com o Arlovski. Puro timing.

      • KRS Porlaneff

        Claro que existe golpe de sorte, que é quando o golpe é aplicado despretensioso e acaba a luta ou perto disso – tipo o do Pantera.

        • William Oliveira

          Despretensioso? O objetivo daquela cotovelada era terminar com a luta. E assim fez.
          Foi um golpe de baixa chance de sucesso que acabou entrando, mas não há sorte alguma em achar o tempo certo e o encaixe perfeito pra qualquer que seja o golpe.

          • KRS Porlaneff

            Negativo, chapa. Aquilo era um mata-cobra e o cotovelo pegou, simples assim.

            Golpe de sorte e a sua tentativa de “baixa chance de sucesso que acabou entrando” é exatamente isso.

          • William Oliveira

            Então todo chute rodado que o Barboza acertou até hj foram golpes de sorte, pq assim como aquela cotovelada, são golpes com baixa chance de sucesso.
            Pra mim isso não faz o menor sentido. Se o cara jogou o golpe pra nocautear e teve sucesso, é mérito dele, teve a leitura correta do tempo e movimento certos.

          • KRS Porlaneff

            Barboza é treinado e especializado em chutar, mesmo que os golpes tenham baixa probabilidade de acerto. São casos diferentes – e bem diferentes – e você sabe disso.

            Duvido e DU – VI – DO MUI – TO que o Pantera treinou aquela cotovelada em curta distância tentando mata-cobra. Aconteceu do mata-cobra acertar com o cotovelo e o Jung apagar, mas ninguém vai me convencer (a não ser com uma boa argumentação) que a intenção do Rodriguez foi de dar a cotovelada.

            Pode não fazer sentido pra ti e eu respeito a sua opinião, mas nesse caso estava nos 10 últimos segundos de luta, com Pantera e Zumbi tentando – até com pouca técnica – só o KO tardio, na base do bang-bang, pra luta não ir pra decisão dos juízes.

          • William Oliveira

            Os casos não são diferentes, é a msm coisa.

            Foi um golpe fantástico e que o Yair certamente treina, o Yair prática Taekwondo desde pirralho, esses golpes não ortodoxos são comuns no arsenal de lutadores que vem desse background. O Yair inclusive tentou esse golpe durante a luta brother. Só que o primeiro não pegou, esse sim. Mérito dele. Timing e criatividade fenomenais.

          • KRS Porlaneff

            Claro, taekwondo é uma arte marcial conhecida justamente pelos seus golpes poderosos com os braços, né?

          • William Oliveira

            Não, mas pela prática de golpes não ortodoxos, lutadores de Taekwondo são geralmente mais mente aberta e criativos do que strikers comuns. Não me surpreende em nada que ele tenha incorporado cotoveladas giratórias ao seu arsenal com ótimos chutes, é obviamente um baita talento natural do esporte. Enfim, ce não vai mudar de ideia, mas não foi sorte. Abraço.

  • Douglas Karpinski

    Bader ta vindo de uma sequencia boa, a idade ja esta pesando e muito no Fedor, mas estamos falando de Fedor Emilianenko, o maior peso pesado da história, temos que respeitar, vou ser old school e vou apostar nele….

    • Nathan Dreak

      Na minha opinião ainda o coloco como o maior da história em todas as categorias pelo que fez. Mas hoje aposto no Bader. Pela idade também, mas muito mais pelo seu histórico. Está lutando só porque não consegue largar.

      • KRS Porlaneff

        Eu vou torcer pro Fedor porque é praticamente impossível pra mim torcer contra o padeiro, mas hoje Bader é completo favorito. Fedor atualmente perdeu pra Matt Mitrione (que no PRIDE seria o tipo de lutador que
        J
        A
        M
        A
        I
        S

        venceria o Fedor), que foi dominado por Ryan Bader, um LHW típico, e sinceramente não vejo hoje o Bader sem levar esse GP. Mas que eu queria ver Fedor ganhando o GP e se aposentando por cima, com essa vitória maiúscula, isso eu queria.

  • William Oliveira

    Bader favorito, mas jamais duvidarei do russo. É uma lenda. Vencendo ou não no sábado.

    #FedorTeam
    #GOAT

  • William Oliveira

    E ah, Renato, o Minakov já falou em mais de uma oportunidade que não lutará com o Fedor. Se ambos ganharem, Fedor deve vagar o cinturão e aí o Minakov luta com outro lutador por ele. Isso caso o Minakov vença o Cheick Kongo né, que tá com uma sequência boa de vitórias.

    Minakov disse que respeita muito o Fedor e que não conseguiria lutar com ele, por serem de gerações diferentes do MMA russo, e por tudo que o Fedor representa pra esses caras. Fedor também sempre deixou claro durante sua carreira que não gostaria de enfrentar compatriotas. Há quem sempre quis assistir um confronto dele com o Sergei Kharitonov, mas parece que isso jamais vai rolar.
    Vou além e digo que Kharitonov e Minakov sim é uma luta dentre russos que pode rolar, e que seria bem interessante. Kharitonov tem que ganhar do Mittrione antes, no entanto.

Tags: , ,
Instagram