Imprensa marcial e os palpites para sabado à noite

Renato Rebelo | 27/12/2012 às 15:20

Carlão Barreto – Comentarista do Combate

Muitos falam que esse combate será bem diferente do 1º encontro, que o Cain Velasquez estava fora de ritmo e por isso foi nocauteado com facilidade. Inclusive, vejo muita gente falar que desta vez o Velasquez irá vencer o campeão do pesados com seu ground and pound avassalador… Em minha opinião, essa luta terá um desfecho igual ao primeiro encontro. Vejo Junior Cigano muito confiante e, pelo que ouvi de sparrings e companheiros de treino, ele está com um condicionamento físico invejável – pronto para lutar 5 rounds. Não sou Mãe Dinah, mas acho que essa luta não chegará ao 3º round. Respeito muito a força e talento do desafiante, porém, o momento é do brasileiro. Ele está maduro, muito confiante e bem treinado. Cigano é um campeão legítimo, não precisa provar nada para ninguém… Existe um perigo real? Lógico! Seu adversário é o melhor de todos os oponentes que poderia enfrentar, mas Cigano é um caçador, seus punhos são precisos e potentes e, no dia 29, creio que Velasquez ainda continuará sendo o nº2 da categoria.

Marcelo Russio – Editor do SporTV.com 

A luta entre Cigano e Velásquez coloca frente a frente os dois melhores pesos-pesados da atualidade. Cigano tem o melhor boxe do MMA, e uma defesa de quedas muito eficiente. Velásquez demonstrou que, no chão, possui um ground and pound mortal. O chavão “duelo de estilos” se encaixa perfeitamente para definir o confronto. Se mantiver a eficiência do boxe, com golpes precisos e – principalmente – a movimentação e a velocidade incomuns para um pesado, Cigano defenderá o cinturão. Se buscar surpreender e levar Velásquez para o chão, o brasileiro correrá sério risco. Na minha opinião, Cigano não tentará mudar o que vem dando certo, e vencerá a luta no terceiro round por nocaute técnico.

Marcelo Dunlop – Editor da Gracie Magazine 

Preparo, treino, habilidade, tudo isso faz diferença numa disputa de título entre dois lutadores de elite. No caso de uma revanche, no entanto, nada parece ser tão importante quanto a confiança e a cabeça. Junior “Cigano” dos Santos simplesmente destroçou o temido Cain Velasquez no último encontro de ambos, em novembro de 2011. A luta pode ser totalmente diferente? Sim. Mas na cabeça de Cigano não tem mais mistério. Inflado de motivação e seguro de si, ele sabe que agora basta subir lá e botar todo o treino duro à prova – e olha que o bicho treinou como se tivesse perdido para Cain! Dá Cigano, portanto, numa das melhores lutas do ano no UFC.

Guilherme Cruz – Repórter da Tatame

Cain Velasquez é a maior ameaça ao cinturão do Junior Cigano no UFC. Ele tem um wrestling de alto nível, uma mão pesada e trabalha bem chutes e joelhadas. Ainda assim, acho que ele perde novamente. O boxe do Cigano é amplamente superior e tem uma boa defesa de quedas. Ele, talvez, tenha que mostrar um pouco do seu jogo de chão nesta luta, caso seja quedado, mas é faixa-preta e vai conseguir se virar no solo e levar a luta de volta à sua área. A luta termina no segundo round, com nocaute do brasileiro.

André Azevedo – Apresentador do Combate 

Uma dureza pro brasileiro! Uma das lutas mais esperadas do ano e um belo espetáculo pra fechar 2012. Creio que o Cain Velasquez venha 110% preparado para tentar tomar – de volta – o cinto do nosso campeão peso-pesado Junior Cigano. Focado, treinado e no shape ele é a mais perigosa ameaça para o brasileiro na categoria. Segundo o próprio Cigano, ele acredita que Velasquez venha para tentar quedar e imprimir seu forte jogo de ground and pound. Mas pessoalmente eu confio muito no boxe de Cigano….é um cara que se move como um peso-médio e bate forte como um peso-pesado. Acho que o cinto continua aqui no Brasil, com uma bela vitória por KO de JDS.

Alexandre Matos – Editor do MMA Brasil

Esta é uma luta muito difícil de ser prevista, ela reúne os dois melhores pesos pesados do mundo. A única coisa que me parece óbvia é a vontade de cada um: Junior Cigano tentando manter a luta de pé com seu boxe e movimentação, Velasquez tentando deixá-lo de costas para o chão. Mas até definir quem vai impor seu desejo é difícil. Acho também que a defesa de queda do brasileiro valerá menos que sua movimentação. Velasquez botou Lesnar de costas para o chão. Com facilidade. Se ele grudar sem sucumbir ao mundialmente famoso uppercut de Cigano, vai conseguir levar a luta para o chão. Em algum momento, Velasquez deve conseguir derrubar e amassar no ground and pound. O lado bom de uma eventual derrota de Cigano é a chance de vermos a terceira luta entre os melhores pesos pesados do planeta. E quem sabe a quarta, quinta…

Tags: