Demetrious Johnson pediu
para sair #resenha

Renato Rebelo | 31/10/2018 às 15:01

Pessoal, na resenha de hoje analisei a vontade de Demetrious Johnson deixar o UFC e os motivos pelos quais Dana White topou liberar o seu maior campeão.

Venham comigo!

  • Lee

    Essa divisão nao devia nem existir…parece um sub-15. Acho que a maioria nao liga, mesmo que digam o contrário…

    • Luciano Silas

      em um mundo justo homenas com menos de 1.65 de altura deveram ser exterminados para que a seleção natural livre o mundo desse tipo de defeito

      • KRS Porlaneff

        Em um mundo justo, um cara do tamanho e do talento de Demetrious Johnson dá uma surra gigantesca em você até se você tiver mais de 3 metros de altura.

        • Santiago

          O Manolo não veria nem a cor da bola, tamanho a surra.

      • Santiago

        Em um mundo justo você precisaria de mais dois ou três amigos do seu tamanho pra lutar 15 minutos com o Demétrius Jhonson.

  • Rudá Costa

    Vai tarde … Nunca gostei

  • Nathan Dreak

    Para o talento dele é realmente gritante sua impopularidade. Não acho que o UFC tenha culpa nisso. Acho que realmente tentou alavancá-lo mas não conseguiu.

    De fato, DJ e muitos baixinhos sofrem esse preconceito no MMA. Isso explica uma parte. Embora o UFC não divulgue os números, pelas informações concluímos que muitos outros baixinhos conseguiram vender muito mais. Casos de Edgar, TJ, Aldo, entre outros.

    Veja Edgar por exemplo, enfrentou quem apareceu pela frente, pegou caras maiores boa parte da carreira. E não é só isso, tem também a postura do lutador, declarações, imagem. DJ por sua vez sempre teve imagem péssima, evitou lutas maiores o quanto pode. Preferiu lutar com Wilson Reis, Ray Borg, mesmo quando não tinha mais adversários e já o colocavam contra Dominick Cruz, lá atrás. Depois teve Cody, depois TJ. Este último o desafiou até no seu próprio peso. E a forma de evitar o TJ no próprio peso já ficaram feias demais. Estamos em um momento que, no UFC, não tem mais solução a imagem dele.

    Não se pode culpá-lo agora por querer mais dinheiro e enfrentar adversários mais fracos já que popularidade não tem solução. Sua escolha é natural. Mas ele também não pode reclamar muito de impopularidade pois nunca se ajudou.

Tags: ,