Bellator 207 e 208: os palpites
dos colunistas do Sexto Round

admin | 12/10/2018 às 16:27

O feriadão chegou com uma rodada dupla de MMA. As edições do 207 e 208 do Bellator serão o carro chefe deste final de semana. Com as definições dos finalistas do GP dos pesos-pesados, o cage circular promete duelos no mínimo curiosos.

Na noite desta sexta-feira (12), Matt Mitrione e Ryan Bader fazem a luta principal do Bellator 207, em Connecticut . O duelo será a primeira semifinal do GP até 120 kg.

Campeão dos meio-pesados, o ‘Darth‘ tenta ser o primeiro lutador a conquistar dois cinturões de forma simultânea na organização.

Do lado de Mitrione, o ‘Boçal’ está invicto no Bellator e tem a chance de disputar o primeiro cinturão de sua carreira. Além da luta principal, o card conta com o duelo de veteranos entre Roy Nelson e  Sergei Kharitonov, pelo co-main event.

Já na noite de sábado (13), os fãs de Nova York irão presenciar o encontro do lendário Fedor Emelianenko com Chael Sonnen, no duelo principal do Bellator 208. 

O russo que nocauteou Frank Mir em seu último combate, precisa confirmar o favoritismo contra o americano e chegar a mais uma disputa de título aos 42 anos.

Do outro lado do córner, o falastrão não só busca mais uma chance de título na carreira, mas se tornará o único lutador a enfrentar Anderson Silva, Jon Jones e Fedor, três dos maiores lutadores da história do MMA.

Além da definição do segundo finalista do GP, o card terá Ben Henderson enfrentando Saad Awad pela divisão dos leves.

Ótima oportunidade, então, para os palpites dos colunistas do Sexto Round.

Vamos a eles!

Bellator 207:

David Carvalho: Bader tem que usar o grappling, seu ponto forte, e esquecer de trocar com Mitrione. Cansar os braços do “boçal” e tentar um TKO no ground and pound, porém, fico com “Darth” Bader na decisão.

Felipe Paranhos: Bader, TKO.

João Vitor Xavier: Bader, decisão.

Laerte Viana: Não confio no queixo de Bader, mas confio menos ainda na inteligência de Mitrione. Com mais cartas na manga, Bader deve frustrar e decidir nos rounds de campeonato. Bader vence por finalização.

Leo Salles: Bader, TKO.

Lucas Carrano: Bader, decisão

Lucas Rezende: Bader, KO.

Luiz Fernando Ferreira: Bader não tem queixo para ser campeão peso-pesado, mesmo que do outro lado esteja Mitrione e seu QI suspeito, não vejo outro final. A mão vai entrar e o Darth vai cair. Mitrione, KO.

Renato Rebelo: Apesar da diferença de tamanho e da agilidade – bacana para peso pesado – do Boçal, ainda favorecerei a capacidade atlética velocidade e QI de luta superiores do campeão dos meio-pesados. Bader, decisão.

Rodrigo Tannuri: Bader, decisão.

Thiago Sampaio: Mitrione tem a mão pesada e é limitado ao extremo na luta agarrado. Bader já foi nocauteado algumas vezes lutando como meio pesado, mas tem o wrestling forte o suficiente para amassar o adversário, mesmo lutando na divisão de cima. Se não sentir a diferença de peso, o “Darth” deve sobrar. Bader, finalização.

David Carvalho: Ambos partindo para o murro, onde 49 é mais rápido e tem as mãos bem pesadas: Sergei Kharitonov nocauteia.

Felipe Paranhos Nelson, KO.

João Vitor Xavier: Nelson, KO.

Laerte Viana: Nelson está cada vez mais pragmático e previsível, sem conseguir sequer usar o poder de sua cantada mão direita. Se não cair por baixo, Kharitonov tem mais volume de jogo e cartas na manga. Sergei, decisão.

Leo Salles: Kharitonov, decisão.

Lucas Carrano: Kharitonov, decisão.

Lucas Rezende: Kharitonov, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Roy Nelson está cada vez mais lento e muito mais pragmático que antes. Vejo o 49 impondo o seu jogo e vencendo em uma chata decisão. Kharitonov por pontos.

Renato Rebelo: 49 é mais jovem e tem mãos mais hábeis. Nelson é mais resistente e melhor no chão. Mas como o gordinho não queda ninguém faz tempo e seu overhand de direita é manjadíssimo, vou com o veterano do Pride. Kharitonov, decisão.

Rodrigo Tannuri: Kharitonov, decisão.

Thiago Sampaio: O gordinho não passa confiança há anos e continua, como sempre, dependendo de encaixar um pombo sem asa. Ultimamente tem feito lutas bem burocráticas e não deve ser diferente aqui. Apesar de longe do auge, o russo tem se mostrado mais inteiro e deve levar num combate sem muita emoção. Kharitonov, decisão.

Restante do card do Bellator 207:

Lorenz Larkin x Ion Pascu
Kevin Ferguson x Corey Browning
Carrington Banks x Mandel Nallo
Kristi Lopez x Sarah Click
Andre Fialho x Javier Torres
Lisa Blaine x Alexandra Ballou
Nicholas Giulietti x Alex Ortiz
Tim Caron x Reginaldo Felix
Sinead Kavanagh x Janay Harding
Kastriot Xhema x Pat Casey
Michael Kimbel x Alex Potts
Sean Lally x Kemaran Lachinov

Bellator 208:

David Carvalho: Sonnen vai partir para seu gameplan seguro, agora só resta saber se Fedor terá cardio para desvencilhar o americano. Vou arriscar no ‘Último Imperador’ via TKO.

Felipe Paranhos: Sonnen, decisão.

João Vitor Xavier: Fedor, finalização.

Laerte Viana: Sonnen não vai querer trocar e dificilmente vai controlar Fedor no chão. Em suma, o jogo não casa para o falastrão. Se o russo não apresentar uma decadência sem volta, vence sem maiores dificuldades. Fedor nocauteia.

Leo Salles: Fedor, TKO.

Lucas Carrano: Fedor, TKO.

Lucas Rezende: Fedor, KO.

Luiz Fernando Ferreira: Sonnen merece todos os méritos por se colocar em situações maravilhosas mesmo não tendo técnica suficiente para isso. O falastrão está na boca do gol de disputar o cinturão de peso-pesado, quem diria. Porém, o jogo não casa para ele, Fedor mesmo longe do auge não será amarrado por Chael. Uma hora a mão entra e o ‘Gângster’ entrega a paçoca. Emelianenko, TKO.

Renato Rebelo: A carreira de Fedor desce ladeira abaixo? Sim. O russo não é mais peso-pesado há muito tempo? Não, não é. Aliás, se em algum momento na história do MMA a frase “Chael Sonnen tem jogo para quedar e amarrar O Ultimo Imperador” pôde ser dita sem arrancar gargalhadas da audiência, esse momento é agora. Ainda assim, me recuso a acreditar nesse cenário. O russo defende a (s) queda (s) e mata em pé. Fedor, KO.

Rodrigo Tannuri: Fedor, KO.

Thiago Sampaio: Podem falar mal de Sonnen, mas ele merece respeito por dividir o “octógono” (aqui, um cage circular) com os melhores lutadores de todos os tempos. Na fase atual de Fedor, não duvido que o falastrão consiga amarrá-lo e levar numa decisão morna. Mas como começa em pé e o “gânsgster” nunca levou uma pancada de um peso pesado de elite (o Rampage de hoje não conta), não deve resistir. Emelianenko, nocaute.

David Carvalho: Ben Henderson é mais experiente e a cada dia conta mais com o jogo truncado que leva à decisão. Smooth por pontos.

Felipe Paranhos: Bendo, decisão.

João Vitor Xavier: Henderson, decisão.

Laerte Viana: Henderson é mais completo que Awad, que oferece certo perigo na trocação. No combo movimentação, jogo de quedas e melhor cardio, o ex-UFC deve levar a vitória pra casa. Henderson, decisão.

Leo Salles: Henderson, decisão.

Lucas Carrano: Bendo, finalização.

Lucas Rezende: Bendo, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: O Menino Lobo é mais completo e tem tudo para levar a melhor durante 15 minutos. Bendo, decisão.

Renato Rebelo: Apesar de não ter encantado no Bellator, Bendo é extremamente profissional – ou seja, mesmo não tão motivado, está sempre em forma – e difícil de ser batido – por ter poucos buracos em seu jogo. Aposto em Henderson por decisão.

Rodrigo Tannuri: Bendo, decisão.

Thiago Sampaio: Falou em Benson Henderson já sobe o cheiro de split-decision. Saad Awad é um atleta bastante agressivo, porém, Bendo sabe lidar com esse estilo, cadenciando na distância e levando para o solo em alguns momentos. Apesar de burocrático, o ex-campeão do UFC é bem mais completo e deve levar mais uma pelas papeletas, mas até de maneira clara. Bendo, decisão.

Restante do card do Bellator 208:

Alexander Shlemenko x Anatoly Tokov
Cheick Kongo x Timothy Johnson
Henry Corales x Andy Main
Robson Gracie Jr x Peter Nascimento
Tommy Espinosa x Suhrob Aidarbekov
Frank Buenafuente x James Gonzalez
Jeremy Puglia x Eric Olsen
Mike DiOrio x Andrews Rodriguez
Zarrukh Adashev x Christian Medina
Ryan Castro x Dennis Buzukia
Jerome Miclke x Nick Fiore

Ranking dos Colunistas:

1 – Laerte Viana: 75-49 (60,4%)
2 – Felipe Paranhos: 74-50 (59,6%)
2 – Renato Rebelo: 73-51 (58,8%)
3 – Lucas Carrano: 70-54 (56,4%)
3 – Rodrigo Tannuri: 70-54 (56,4%)
3 – Thiago Sampaio: 70-54 (56,4%)
4 – João Vitor Xavier: 69-55 (55,6%)
4 – Lucas Rezende: 69-55 (55,6%)
5 – David Carvalho: 68-56 (54,8%)
6 – Leo Salles: 66-58 (53,2%)
6 – Luiz Fernando Ferreira: 66-58 (53,2%)
7 – André Azevedo: 58-62 (48,3%)

  • Anabolicboy

    Bellator do dia das crianças heheehe.

  • Ruan Lopes

    P q o Bellator tem feito dois eventos em seguida?

    Agora o mais importante, quando Tannuri volta? Abraços da Cidade Sorriso.