Nocauteado, Wand avisa
que quer mais #resenha

Renato Rebelo | 01/10/2018 às 14:33

Pessoal, na resenha de hoje analisei a luta co-principal do Bellator 206, o quarto encontro entre Quinton “Rampage” Jackson e o brasileiro Wanderlei Silva.

Venham comigo!

  • Vagner Bragança

    Acho que até tem em alguns casos a questão da quilometragem influencia, mas o que demanda mesmo a performance desses caras com mais de 38 é a questão de legado ainda em construção e o biotipo deles.
    Caras com Legado feito têm menos inspiração para treinos e mais treinos,
    só querem a grana mesmo.
    Há, a questão de uso de esteroides por mto tempo tbm influencia.
    Rs.

  • Dan Fernandes

    aí é pura questão financeira, depois de receber um milhão, perguntem a ele se por 300 mil ele faz a próxima luta…

  • Mauricio

    Ver o Wand nocauteado é sempre um grande prazer, então que ele continue lutando…

  • Leandro correa

    Pra mim ele já tinha parado há mais de uma década. Ele era uma lenda na época em que o que mais tinha era lutador incompleto. Tanto ele, como vários outros que fizeram sucesso, quando foram para o UFc viraram lutadores comuns, mas como tinham um nome tradicional, e isso nao se pode tirar…se mantiveram por aqui até o tempo presente.

Tags: , , ,