Tyron Woodley recusa
Kamaru Usman #resenha

Renato Rebelo | 29/08/2018 às 19:27

Pessoal, na resenha de hoje analisei a postura do campeão dos meio-médios, Tyron Woodley, que já deixou claro que não topa enfrentar o substituto contratado pelo UFC, Kamaru Usman, caso algo aconteça com Darren Till pré-UFC 228.

Venham comigo!

  • Wellington Fonseca

    Na minha modesta opinião, o erro começou quando escalaram o Till pra essa luta. Ok, o cara venceu o Wonderboy, mas ficou muito acima do peso. É igual aquela máxima do futebol de beneficiar o infrator. O que começa errado, termina errado.
    Também creio que não deva ter nenhuma cláusula contratual que obrigue o Woodley a aceitar outro oponente caso o inglês se lesione ou não bata o peso. O campeão pode ser mala, pode fazer lutas modorrentas em suas defesas de cinturão, mas tenho certeza que qualquer um de nós que estivéssemos no lugar dele, faria exatamente igual. Apenas defesa de interesse, pura e simplesmente.

    Só pra constar, não sou fã do Woodley.

    • Alyson D’Gramont

      Pra mim deveriam dar o title-shot pro Usman desde o começo.

    • Dan Fernandes

      Voce esta certo, isso que esta acontecendo com o woodley nao existe, estamos falando de esporte em alto nivel, canso de ouvir o Renato Rabelo dizer : Estilos casam lutas …como pode julgar o woodley por negar a luta contra Usaman? Ele está certo, enquanto ao lineker, bota um cinturão no ombro do rapaz e vamos ver ele sair pegando lutas assim, topando defender o cinturão sem preparo adequado , só na valentia.

    • Lucas Toledo

      Woodley pode ser chato, pragmático, achar que é melhor do realmente é. Mas ele é inteligente e faz o que é preciso pra vencer. Se adapta ao perfil do adversário e luta conforme a luta pede. Pra isso, ele faz toda uma preparação, joga na segurança de manter seu cinturão. É óbvio que pra nós, espectadores, é muito mais legal assistir um Justin Gaethje, mas se o objetivo é manter a cinta, ele tá certo. Mudar o adversário em cima da hora é jogar isso tudo por água abaixo.

    • Marllon

      Simples, o Usman não tem o dom da clarividência, para saber quem vai sair da luta e está treinando da forma mais adequada, o palhaço do Woodley deveria fazer o mesmo, mas o historico covarde dele que inclui desafiar o Nick Diaz(???), evitar o Thompson ao maximo e desafiar o Demian com ele tendo 1 mes pro camp, ira falar mais alto e com certeza ele irá adorar cair fora sem lutar.

  • Alyson D’Gramont

    Além dos Super Leves, dava pro UFC inaugurar tbm a categoria dos Super Meio-Médios.

    • Wellington Fonseca

      Mas hein?

      • Alyson D’Gramont

        É pq o Renato citou o Darren Till e a dificuldade que ele tem pra bater o peso nesse vídeo e isso me lembrou de outro vídeo dele em que ele fala sobre a criação dos Super Leves e como seria a migração de lutadores que não se encaixam no Meio-Médio e no Leve pra essa categoria. A criação dos Super Meio-Médios tbm seria uma boa idéia; seria bom pra lutadores como Darren Till, Georges St-Pierre, Yushin Okami, Neil Magny, Curtis Millender, Dhiego Lima, Dong Hyun Kim, Randy Brown, Kelvin Gastelum, Nick Diaz, Hector Lombard e Johny Hendricks (se um dia ele resolver voltar).

        • Wellington Fonseca

          Ah, bom! Achei que tivesse comentado erroneamente aqui, ao invés do vídeo em que o Renato fala sobre abertura de novas categorias.

  • Mauro

    Edgar treinava para um Striker, que nunca foi testado por verdadeiros grappler. Então o Striker saiu, e Edgar aceitou pegar um grappler melhor que ele. Sendo que Edgar já havia declarado que a luta com o então Striker seria simples: o Striker querendo lutar em pé, e Edgar tentando quedar. Ou seja, provavelmente Edgar estava treinando muito mais chão, e pouco o seu boxe/Thai. Resultado? Edgar nocauteado.

    Eu não culpo muito quando um lutador-ainda mais campeao- recusa alguém com estilo bem diferente do lutador inicial. O Camp volta toda para uma estratégia, ai mudar para alguém bem diferente… (Seria diferente se fosse o Colby como contender, e usman como reserva…).

    • Malk Suruhito

      “que nunca foi testado por verdadeiros grappler”
      Chad Mendez e o Charles do Bronx eram o quê? E coloca o Charlinho contra o T-City só no Glapping que coloco uma grana no rapaz que gosta de batatas.

      • Mauro

        Cara, Chad Mendes já pegou o Holloway? Se já, tô desinformado Oo
        Bronx pegou o Holloway, mas teve uma lesão trágica.

        Já t-city, no grappler, é melhor da categoria.

        • Malk Suruhito

          Vc está falando do Edgar ou do Holloway? Se é do Holloway, desculpe, eu não entendi e sim ao Edgar (ao qual foi minha referência)

          • Mauro

            Holloway, irmão. Edgar já foi testado com umas pá de grappler, até campeão mundial de jiu-jitsu. Se bolou com todos, foi finalizado ou sofreu gnp de nenhum.

            Eu disse que Holloway nunca foi testado contra grappler, e Edgar declaradamente treinava para joga-lo para baixo, e não para trocar. Declarou isso uma 3x. Mas trocou de adversário, contra um cara não tão bom em pé, e arriscadissimo de se jogar pra baixo. Resultado: sem ter treinado tanto a trocação, e com grappler nulo, foi nocauteado.

            Coloquei isso como um motivo para woodley recusar usman. Usman e um grappler de bom nível, enquanto till e um Striker brigador. A estratégia para enfrentar um, é bem diferente para enfrentar outro…

          • Malk Suruhito

            Entendi. Só que tipo, ao menos para mim não consigo ter esta visão que “não treinou a trocação/glapper”. Eu não assimilo essa que um trocador como o Edgar, só por ter dado mais foco a parte de chão do que de striking num camp, ter ficado em desvantagem contra um cara que em qualquer situação tem um trocação pior do que a dele e não tem um chão tão afiado, tem sim uma finalização mortal (tal qual foi o Faber por muito tempo).
            Em si, acho que o T-City (ou seus treinadores) viram uma falha a ser explorada na trocação do Edgar (que não foi explorada anteriormente) e capitalizou em cima, tal qual ocorreu mais de uma vez com Rockhold (ou o Woodley x Lawler). Nem sempre um lutador precisa ser realmente superior em todos os quesitos ou mesmo em um só quesito do seu adversário, ele só precisa identificar um momento que possa capitalizar, sobreviver até chegar este momento e aproveita-lo.
            Por isso o MMA continua sendo um esporte tão fascinante, por nem sempre o que parecia óbvio prevalece.

          • Lucas Toledo

            Se entendi bem, ele disse que o Edgar se preparou pra simplesmente botar a luta pra baixo contra o Holloway e, quando aceitou um grappler melhor que ele, a estratégia do treino todo foi pro ralo.
            Aí, como não dava pra botar pra baixo, foi arriscar em cima, mesmo o cara tendo muito mais altura/envergadura.

            Deu no que deu.

          • Mauro

            Exato. Há um momento da luta que Edgar vai nas pernas do Ortega, e Ortega pega seu pescoço, numa clara ameaça “Põe pra baixo, se tu for macho”, e então Edgar desistiu, ueh.

  • Rafael Fiori

    Esses donos do UFC são uns bosta.
    Ou você luta com quem eu quizer, ou esta demitido.

    • Malk Suruhito

      “Ou você luta com quem eu quizer, ou esta demitido.” – isso é o Coliseu Romano?
      Não existe isso no contrato, só que ele tem que lutar naquele período, mas SEMPRE eles vão escolher contra quem, tanto é que a CADA LUTA, é assinado um contrato para tal, não é um trabalhador de CLT que hoje tu manda ele pintar um quarto de azul e amanhã uma cozinha de amarelo. O contrato com o UFC é de exclusividade com o Atleta por X lutas. E cada luta, um contrato a parte.

  • Daniel Piva

    Por qual motivo o Colby não aparece nem como substituto do Till?

    • Wellington Fonseca

      Lesão. O Till recebeu o title shot justamente porque o mala do Colby estava lesionado e não estaria apto a lutar para a data determinada. O UFC, inclusive, retirou o título interino dele.

  • Douglas Karpinski

    woodley esta se esforçando pra bater o Michael Bisping no quesito pior campeão / cagão da história…

  • Marllon

    Grande imbecil, seo Kamaru é o reserva oficial para a luta ele TEM que lutar contra ele.

  • Joe Silva

    Mas como vai funcionar isso: se o Woodley se machucar o Till não precisará cortar o peso para disputa de cinturão? E o Usman, só na véspera vai saber se poderá usar a libra de tolerância caso substitua alguém? Tá com jeito de que pode ocorrer uma trapalhada gigantesca nisso tudo aí…

Tags: , , ,