TJ Dillashaw x Brasil:
Moraes ou Assunção?

João Vitor Xavier | 08/08/2018 às 14:00

TJ Dillashaw encerrou sua rivalidade com Cody Garbrandt de forma espetacular no UFC 227 do último sábado (4).

Mostrando superioridade técnica e de gameplan, o campeão aproveitou descuidos do ex-companheiro de equipe para nocauteá-lo no primeiro assalto da luta principal do evento.

E, agora, que os capítulos com “No Love” já foram escritos, Dillashaw tem boas opções para suas próximas defesas.

Campeão incontestável

Novo campeão peso mosca, Henry Cejudo imediatamente colocou seu nome no chapéu. Outra opção viável e, aparentemente popular entre os fãs americanos, seria uma revanche contra Dominick Cruz.

Porém, não acho justo que o próximo adversário de TJ seja outro atleta que não Marlon Moraes ou Raphael Assunção, ainda que eu veja o ex-campeão Cruz com fortes possibilidades.

Por um lado temos “Magic”, que estreou perdendo luta muito equilibrada para o “rival” Assunção no UFC Rio do ano passado, mas não baixou a cabeça e conquistou três vitórias seguidas contra adversários muito, muito duros.

E não foi só isso. Tirando o duelo contra John Dodson, que foi equilibrado e chegou à decisão dos juízes, Marlon nocauteou de forma brutal Aljamain Sterling e Jimmie Rivera.

A vitória sobre Rivera foi especialmente impressionante, por uma série de fatores. Marlon acabou com a luta em 33 segundos, usando um belo chute para apagar o americano. Outro fator é que Rivera estava muito perto do topo da lista de desafiantes, atrás apenas da dupla Garbrandt e Cruz.

Podemos argumentar que o triunfo diante de Rivera vale muito mais que a sequência impressionante de Assunção no peso galo.

Porém, vale lembrar que Raphael venceu Marlon há pouco mais de um ano. A favor de Assunção está seu recorde no UFC – são 13 lutas, com 11 vitórias e apenas duas derrotas. Isso sem contar que o brasileiro já venceu o atual campeão (apesar de ter perdido a revanche).

Quem merece mais?

Porém, os pontos baixos de Raphael (na visão do Ultimate) me fazem crer que o title shot vai para Marlon.

Assunção tem a maioria de suas vitórias por decisão – domina os adversários, mas não consegue finalizá-los ou nocauteá-los (são 2 nocautes e uma finalização em 11 vitórias).

Temos que mencionar também que Rapha não tem o carisma que se espera de um campeão do mundo. Isso conta muito para o UFC.

Marlon, por sua vez, é um nocauteador nato e vem de duas interrupções violentíssimas, contra caras mais ranqueados que os adversários do compatriota. Vencer John Dodson, Aljamain Sterling e Jimmie Rivera em um período de oito meses não é para qualquer um.

O friburguense também tem mais nome e carisma, cortesia de seu tempo como campeão do WSOF e de sua influência na equipe de Mark Henry, que conta com outros astros do esporte, como Frankie Edgar, Eddie Alvarez, entre outros.

Em um mundo ideal, TJ Dillashaw teria que enfrentar Marlon Moraes e Raphael Assunção em sequência, para depois pensar em uma revanche com Cruz. Vamos ficar ligados nos próximos capítulos…

  • Alan Freire

    TJ Dillashaw vs Marlon Moraes e Dominick Cruz vs Raphael Assunção me parece o ideal.

  • Lucas Koya

    Tomara q seja TJ x Marlon, slc, vai ser foda em pé

  • Bernardo Garcia

    Meu voto é no Marlon. Além de ser mais “comerciável”, é uma luta inédita a ser feita na categoria, sinceramente não tenho tanto interesse em rever Dillashaw x Assunção 3.

  • Ton lima

    Espero muito ver TJ vs Marlon, Assunção não vai ganhar essa chance vindo de vitoria sobre o grande Rob font na decisão nunca…
    Sem contar que é uma luta inédita, chega de ver TJ contra os mesmos caras sempre.

  • Mauro

    TJ dillashaw quer o dominick Cruz, e não o culpem, se nós sempre o diminuímos por ter perdido para o Cruz. Ele quer provar ser o maior pena de todos tempos, quer o cruz.

    Na verdade, ele já queria o Cruz antes mesmo da revanche com Cody, mas o UFC não quis. Se o UFC lhe der a opção de escolher, creio que escolha cruz.

    • Wellington Fonseca

      Maior galo, certo?

      • Mauro

        Isso ! Confundi a merda toda, hehehe.

      • Mauro

        Pra ele, se ele bater em todos os campeões que essa categoria teve (Barão, Cody, é dominick), se torna incontestável. Ele prefere isso que vencer Moraes, que tem um agente influente no UFC, mas para Moraes ter ts, só UFC impondo. Se UFC for deixar ele escolher, ele escolher dominick.

    • Daniel Piva

      E, apesar do Cruz estar mais uma vez há um bom tempo afastado (desde 30 de dezembro de 2016), eu também tenho mais interesse em ver essa luta. Uma vitória do TJ o sacramenta – pelo menos momentaneamente – como o melhor galo. Um novo triunfo do Cruz sacode novamente a categoria toda.

      Quanto aos brasileiros, será que não vale colocá-los em colisão novamente e definir o próximo desafiante? A vitória do Assunção foi apertada, mas fica esse asterisco para o Marlon Moraes. Já o Assunção, desde então, não perdeu, mas não empolgou.

      • Mauro

        O público americano deve concordar…

        Dominick, o último cara que parou TJ, fazendo revanche com TJ, que tem atropelado todo mundo.

    • Igor Barbosa

      Até entendo seu argumento, mas além da inatividade do Cruz, ele perdeu o cinturão de forma humilhante. E a categoria se fortaleceu demais, é uma das melhores do UFC. Sou contra restringi-la a Dillashaw, Cruz e Garbrandt, não tem necessidade nenhuma disso.

  • Iago Batista

    Dar o ts pro Cruz é premiar a inatividade dele

    • Alyson D’Gramont

      E o title shot pro McGregor não foi a mesma coisa?

  • Walter Filho

    Infelizmente o Assunção não se ajuda. Depois de vencer o Marlon ele pegou o Matthew Lopez e o Rob Fonte, enquanto o Marlon enfileirou Dodson, Sterling e Rivera. Não sei até que ponto ele teria “força” para simplesmente negar essas lutas e pedir caras próximos a ele no ranking, mas o fato é que essas vitórias tem pouco peso em uma corrida pelo TS. Dos 3 possíveis, ele é o menos provável de receber a chance, mesmo vindo com a maior sequência de vitórias.

  • FabioH

    Tem que ser o Marlon, a sequência dele é mais relevante que a do Raphael, o Dominator não pode ficar tanto tempo inativo e voltar direto pra um TS

  • KRS Porlaneff

    Gente, cadê o instagram do Sexto Round?

    • emisson

      O perfil foi deletado pelo instagram e Renato teve de criar outro: @sextoroundmma

  • Igor Barbosa

    Além de tudo isso, a grande maioria das pessoas acham que o Marlon venceu aquela luta contra o Raphael Assunção. Isso acaba sendo mais um “critério de desempate” a favor do Moraes,

  • bedotRJ

    Vou na contramão do pessoal e voto no Assunção. Acho que 11 vitórias em 12 lutas, uma delas contra o atual campeão e outra contra o lutador que querem cono desafiante, precisam ter seu reconhecimento na forma de um title-shot.

  • Alyson D’Gramont

    Se o Garbrandt tivesse ganhado provavelmente o Marlon ganharia o title shot, porém, como o campeão continua sendo o Dillashaw talvez o próximo desafiante seja o Raphael, por conta da rivalidade entre os dois que lutaram duas vezes sendo que o Raphael venceu uma e o Dillashaw a outra – ambas por decisão -, um terceiro embate entre os dois iria por em prova quem de fato é o melhor entre os dois.

  • Mike Martin

    Pra mim Assunção e o cara da vez, Marlon e Cruz podem esperar mais um pouco marcaria Rivera X Cody, Marlon como 1 da fila e o Cruz em seguida, alias pra mim categoria mais equilibrada técnicamente em termos de ranking

Tags: , , ,