UFC Boise: os palpites
dos colunistas do Sexto Round

admin | 13/07/2018 às 14:09

Pela primeira vez, a cidade de Boise, Idaho, recebe uma edição do Ultimate. Neste sábado, a partir das 19h15 (horário de Brasília), o UFC Fight Night 133 terá como luta principal um encontro de gigantes: Junior Cigano e Blagoy Ivanov. 

Longe do octógono desde maio de 2017, quando foi nocauteado por Stipe Miocic no UFC 211, o brasileiro tenta não só se recuperar do revés, mas iniciar uma sequência de vitórias. O ex-campeão dos pesados passa por uma fase de “perde e ganha” em seu cartel.

Fazendo sua estreia no UFC, Blagoy Ivanov chega no maior evento do mundo com boas credenciais. O búlgaro é ex-campeão do WSOF e já foi campeão mundial de sambo com vitória sobre Fedor Emelianenko. ‘Bagata’ promete ser um grande nome da divisão.

No co-main event, um interessante combate entre os meio-médios. O “queridinho’ Sage Northcutt encara Zak Ottow, em mais um duelo de gerações no octógono.

Ótima oportunidade, então, para os palpites dos colunistas do Sexto Round.

Vamos a eles!

André Azevedo: Apesar de ser uma dureza, o estreante búlgaro nunca lutou com um cara do nível do Brasileiro. Cigano via KO.

David Carvalho: Cigano, KO.

Felipe Paranhos: O que fazer? Jamais colocaria meu sofrido dinheiro nesse palpite, mas vou fingir confiança: Cigano, nocaute.

João Vitor Xavier: Cigano, decisão.

Laerte Viana: Ivanov tem chances de quedar o brasileiro e controlar por cima, mas vou dar um voto de confiança no ex-campeão, acreditando que vai reapresentar o boxe agressivo para controlar o ímpeto do estreante. Cigano, TKO.

Leo Salles: Cigano por decisão

Lucas Carrano: Rapaz, tô com a pulga atrás da orelha com essa luta, mas alguma coisa me diz que veremos um Cigano ainda meio abaixo e isso deve ajudar o búlgaro. Ivanov vence na decisão. 

Lucas Rezende: Ivanov, KO.

Luiz Fernando Ferreira: Ivanov, TKO.

Renato Rebelo: Apesar dos muitos pesares, ainda acho que Cigano tem garrafas a vender. Sim, Ivanov é terrível: alto risco, baixa recompensa. Digo, o cara é estreante, anônimo para o público do UFC, mas compõe a seleção búlgara de judô, venceu Fedor Emelianenko na final do Mundial de Combat Sambo, está 16-1 no MMA, vem treinando na AKA e sobreviveu a uma facada no coração. Pesadelo, né? Mas Cigano, com envergadura e boxe superior, aproveitou bem o período de inatividade para regenerar células cerebrais e melhoras aspectos técnicos. Meu último voto de confiança: Dos Santos, TKO.

Rodrigo Tannuri: Torço muito pra que Cigano volte a ser um bom lutador, mas o tempo afastado me preocupa. Em pé, é bem superior, mas seu amor pela grade é interminável e, se isso rolar de novo, vai pagar caro, pois é tudo que Ivanov quer. O búlgaro é raçudo e vai utilizar o sambo pra deitar e rolar em cima do brasileiro. Vou arriscar. Ivanov, TKO.

Thiago Sampaio: Ivanov, nocaute.

André Azevedo: Sage está amadurecendo a cada luta e melhorando sua técnica. Ainda vejo o chão como ponto fraco, mas o vejo dominando a contenda contra o mediano Ottow. Sage via decisão. 

David Carvalho: Ottow, TKO.

Felipe Paranhos: Não acho que o que foi suficiente para vencer os restos mortais de Josh Burkman, Kiichi Kunimoto e Mike Pyle vai funcionar desta vez. Northcutt, decisão.

João Vitor Xavier: Northcutt, decisão.

Laerte Viana: Sage teve dificuldade para vencer adversários medianos. Ottow, por mais que também pertença a série B, tem um jogo de amarração ruim para o garotão super sayajin. Torço pra o Super Sage vingar, mas ainda não boto fé. Ottow vence na decisão dividida.

Leo Salles: Northcutt por decisão

Lucas Carrano: Arrumaram essa na medida pro menino Northcutt recuperar a moral. Sage vence por TKO. 

Lucas Rezende: Ottow, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Sage, decisão.

Renato Rebelo: The Barbarian, apenas razoável em pé e não chão, é luta extremamente vencível para o “menino dos olhos” de Dana White. Ainda assim, acho que Super Sage vai cortar um dobrado contra um cara com 10 anos a mais de estrada. Joguei a moeda pro ar e deu Sage por decisão – e imposição física.

Rodrigo Tannuri: Apesar do haterismo dos fãs, gosto muito do prodígio Sage. No entanto, acho que tem sofrido, desnecessariamente, contra adversários tranquilos. Não que Ottow seja bom, mas é competitivo o suficiente pra brecar uma nova ascensão. Nem o fator físico fará a diferença pro Super dessa vez. Ottow, decisão.

Thiago Sampaio: Ottow, finalização.

André Azevedo: Depois de dois anos e meio sem lutar e vindo de duas derrotas seguidas, Money voltará sedento por vitória. Apesar de Jury ser um bom lutador, o jogo de abafa e pressão de Chad prevalecerá, na minha opinião. Chad Mendes via decisão.

David Carvalho: Jury, decisão.

Felipe Paranhos: Apesar do tempo de inatividade, Mendes é muito mais completo do que Jury. Meu maior receio é o efeito USADA. De qualquer forma, vou com ele. Chad, decisão.

João Vitor Xavier: Mendes, decisão.

Laerte Viana: Se em condições normais Chad Mendes já não iria ter facilidade para derrubar Jury, a tarefa fica ainda mais complicada retornando de uma inatividade de dois anos e meio. Os quase 20 cm a mais também pesarão a favor de Fury, que vencerá por pontos.

Leo Salles: Jury por decisão

Lucas Carrano: Jury sempre teima em me decepcionar quanto mais espero dele e, por mais que Mendes venha de um longo tempo fora, creio que pressão do Alpha Male fará a diferença. Chad Mendes vence na decisão.

Lucas Rezende: Mendes, KO.

Luiz Fernando Ferreira: Mendes, decisão.

Renato Rebelo: Money Mendes não é o tipo de sujeito que fica dois anos comendo Cheetos no sofá. Acho que o bichinho vem babando e, como sabemos, vencê-lo é luxo para poucos, muito poucos. Mini Mendes por decisão.

Rodrigo Tannuri:  Será que Mendes será outro após ser pego pela USADA? Temo que sim, mas quero acreditar que verei o mesmo atleta com fome de vitória, explosivo e poderoso. Jury parece ter se encontrado nos penas, mas, lutador por lutador, ainda sou mais o veterano da Team Alpha Male. Mendes, decisão.

Thiago Sampaio: Mendes, decisão.

André Azevedo: Marion Reneau via decisão. 

David Carvalho: Zingano, finalização.

Felipe Paranhos: Reneau teria potencial de ser campeã se não tivesse começado no MMA tão tarde. Zingano seria campeã se não tivesse tido tantos problemas em sua vida pessoal. Acho que Cat se recupera. Zingano, decisão.

João Vitor Xavier: Zingano, nocaute técnico.

Laerte Viana: Zingano parece desmotivada, fato que preocupa bastante em relação a sua performance. Entretanto, não vejo Reneau aplicando seu bom jiu-jítsu em Zingano. Sem confiança nenhuma, vou de Zingano por decisão.

Leo Salles: Zingano por decisão

Lucas Carrano: Ai, ai, Zingano é outra que teima em nos decepcionar sempre que possível. Darei então minha última chance a Alpha, antes de colocá-la na lista dos “impalpitaveis”. Zingano leva na decisão.

Lucas Rezende: Zingano, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Zingano, decisão.

Renato Rebelo: A fase da Alpha tá tão complicada que a querida quarentona, vinda de duas vitórias, pode complicar. Vou de The Bruiser por decisão.

Rodrigo Tannuri: Meu Deus! É sempre um perigo apostar na louca Zingano, mas a coroa Reneau, apesar das vitórias, nunca me passou confiança. Se não for agora, acho que a Alpha se aposenta. Darei o último voto de confiança, com muito medo de errar. Zingano, decisão.

Thiago Sampaio: Reneau, decisão.

André Azevedo: Que guerra!! Gosto demais do jogo dos dois. Tem tudo para ser FOTN. Nessa vou com Volkanovski via decisão.

David Carvalho: Elkins, decisão.

Felipe Paranhos: Acabou o conto de fadas do ‘Damage’. Volkanovski, TKO.

João Vitor Xavier: Volkanovski, decisão.

Laerte Viana: Por mais que atravesse fase iluminada, Elkins dificilmente conseguirá grudar Volkanovski no chão para ter vantagem no duelo, uma vez que em pé a vantagem é toda do australiano. Explosivo e mais ágil, Volkanovski nocauteia.

Leo Salles: Elkins por decisão

Lucas Carrano: Elkins é um sujeito encardido e um baita de um sarrafo pra divisão dos penas, mas vejo Volkanovski vindo com a faca nos dentes nessa e levando a melhor. Hulk vence por TKO. 

Lucas Rezende: Elkins, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Elkins, finalização.

Renato Rebelo: Infelizmente, acho que The Damage vai levar outra lapada à la Bektic, mas com final mais óbvio. The Great via decisão.

Rodrigo Tannuri: Por mais que Volkanovski esteja impressionando no UFC, acho que Elkins é o adversário perfeito pra pará-lo. O americano é raçudo, bem condicionado, maior e, novamente, vai virar a luta, quando o adversário cansar. Elkins, decisão.

Thiago Sampaio: Elkins, finalização.

Restante do card do UFC Boise:

Dennis Bermudez x Rick Glenn
Randy Brown x Niko Price
Eddie Wineland x Alejandro Pérez
Justin Scoggins x Said Nurmagomedov
Kurt Holobaugh x Raoni Barcelos
Liz Carmouche x Jennifer Maia
Mark De La Rosa x Elias Garcia
Jessica Aguilar x Jodie Esquibel

Ranking dos Colunistas:

1 – Laerte Viana: 49-33 (59,7%)
2 – Felipe Paranhos: 48-34 (58,5%)
2 – Lucas Carrano: 48-34 (58,5%)
2 – Renato Rebelo: 48-34 (58,5%)
3 – David Carvalho: 47-35 (57,3%)
3 – Leo Salles: 47-35 (57,3%)
3 – Lucas Rezende: 47-35 (57,3%)
4 – João Vitor Xavier: 46-36 (56%)
4 – Thiago Sampaio: 46-36 (56%)
5 – Luiz Fernando Ferreira: 44-38 (53,6%)
5 – Rodrigo Tannuri: 44-38 (53,6%)
6 – André Azevedo: 38-44 (46,3%)

  • Matheus V.

    Ivanov, KO
    Ottow, SUB
    Jury, DEC
    Reneau, SUB
    Volkanovski, DEC

  • William Oliveira

    Cigano – TKO
    Sage – DEC
    Jury – DEC
    Reneau – SUB
    Volkanovski – TKO

  • Alan

    Darren Elkins X Alex Volkanovski poderia estar no card principal e Dennis Bermudez X Rick Glenn no card preliminar como Também Randy Brown X Niko Price.

  • Stive Ribeiro

    O mma anda cada vez mais imprevisivel ultimamente esta dificil palpitar algo ,ja cansei de quebrar a cara kkkkk bye bye Sporting bet

Tags: , , , , , , ,