Texto:" /> Ex-campeão do UFC, Rashad Evans anuncia aposentadoria do MMA | Sexto Round
 

Ex-campeão do UFC, Rashad Evans
anuncia aposentadoria do MMA

26/06/2018 às 02:02

Texto: Combate.com

Ex-campeão dos pesos-meio-pesados (até 93kg) do Ultimate, Rashad Evans anunciou nesta segunda-feira a sua aposentadoria do MMA. Aos 38 anos, o americano vinha de cinco derrotas consecutivas, admitiu ficar “desconcertado” com a forma que encerrou a carreira e reconheceu a dificuldade em escolher a melhor hora de parar.

“É difícil. Não quero sair perdendo ou nada assim, mas, ao mesmo tempo, é o que eu preciso. É o que eu preciso porque sinto que tenho outras coisas na vida que estão me chamando também. Pensei em quão difícil seria para mim dizer realmente estas palavras ou fazer uma declação sobre isso, mas eu precisava fazer. É parte de me cuidar e aceitar. Não posso mais me enganar sobre isso. Me sinto um pouco desconcertado pelo jeito que minha carreira terminou, mas acho que tinha que ser assim. Não acho que iria parar se não acabasse deste jeito. Ter que parar assim foi difícil, mas não há erros na vida e isso era necessário. Acredito no processo da vida e confio no universo. Sei que Deus decide o que é melhor para mim”, afirmou, em entrevista para a “ESPN”.

Evans também garantiu que não há possibilidade de desistir da aposentadoria para voltar ao MMA como diversos outros lutadores já fizeram.

“Posso dizer com certeza que não vou lutar de novo. Sinto que existem outras coisas na vida que quero fazer. Sei que existem outras na vida que quero fazer. Em um momento da vida, sentia que lutar era tudo. Foi tudo. Coloquei a vida em segundo lugar. Agora a vida está dominando e lutar está em segundo lugar. Estava competindo em um esporte como o MMA, onde você tem muitos caras que não chegaram ao topo da montanha, que não experimentaram as coisas que experimentei, e que estavam famintos por isso, e eu estava apenas morno”.

Rashad Anton Evans, 38, começou seu caminho nas lutas através do wrestling.

Ele competiu na primeira divisão da NCAA (liga universitária dos EUA) pela tradicional universidade Michigan State, pela qual foi medalha de bronze na conferência Big Ten em 2003 e teve como maior feito ser apenas um de quatro homens a derrotar o tricampeão nacional Greg Jones.

Ele descobriu o MMA através do lendário Dan Severn, que o treinou a caminho de cinco vitórias no início de sua carreira profissional.

  • Mauricio

    Foi triste ver o Rashad se aposentar perdendo pra Alvey e Smith, poderia ter parado antes…

    Espero que ele não volte mesmo pois com nivel de lutas mesmo no Bellator ele ia perder pra uma pah de gente lá

    • Thiago Tanikawa

      Rizin se pá

  • KRS Porlaneff

    Pessoalmente não era o tipo de lutador que eu gostava de ver, e quando nocauteou o Chuck Liddell (que é um dos meus lutadores preferidos) peguei raiva.

    Mas não dá pra deixar de reconhecer que foi um lutador que veio do nada, se arriscou num TUF de pesados sendo um LHW que não cortava muito peso, foi campeão (mesmo que brevemente) e era parte fundamental do período onde a LHW do UFC era a maior terra de ninguém AKA “Era pré-Jones”.

    https://uploads.disquscdn.com/images/986fa40f90904376f3a1d48dceac319d7408d8964f83ce53ee7b245ce7c961db.jpg

  • Joe Silva

    Será que ele conseguiria arranjar algumas vitórias e até um TS na MW ou na LHW do Bellator? Fica a curiosidade, mas achei uma boa (e tardia) decisão.

    • Ton lima

      Com o queixo atual dele??
      Pode esquecer, seria nocauteado pela maioria no Bellator (sem contar que a galera lá é “mais forte”, se é que vc me entende…)

  • Thiago Tanikawa

    Pena ter que vê-lo sair com 5 derrotas seguidas. Mas teve uma carreira lendária. Respeito máximo.

  • Honorato Neto
  • Daniel R Carletti

    Decisão tardia mas correta. Já tinha passado da hora.