Darren Till ensina como vencer
o nº1 e dar um passo atrás

João Vitor Xavier | 30/05/2018 às 15:22

Ainda que a vitória de Darren Till sobre Stephen Thompson tenha sido bastante polêmica, com a maioria da imprensa especializada discordando do resultado, a verdade é que o inglês teve sim boa performance no UFC Liverpool do último domingo.

Alívio

Perdendo ou ganhando, ele se deu muito bem contra o quase indecifrável carateca norte-americano, mesmo que o duelo tenha tido vários momentos de tédio.

Quer dizer, dentro do que é possível fazer contra Thompson, defendo que Till teve sim ótima atuação.

Porém, o triunfo do inglês mais brasileiro do UFC acaba ficando em segundo plano, pois ele não bateu o peso na véspera do confronto.

Till ficou mais de 1kg longe do limite dos meio-médios e ainda precisou se pesar abaixo dos 85,2 kg horas antes do duelo contra “Wonderboy” para que a luta não fosse cancelada.

O próprio Till parece ciente de que isso coloca um grande asterisco na maior vitória de sua carreira. Em entrevista após o UFC Liverpool, o “Gorila” fez uma feroz auto-crítica e declarou que Thompson merecia o title shot antes dele.

Eu não bati o peso, então não acho que mereça lutar pelo título em minha próxima luta. Não mereço, simples assim. Eu acho que Stephen merece. Ele ou Kamaru Usman. Um dos dois deveria enfrentar o vencedor de Rafael Dos Anjos e Colby Covington. Eles merecem mais. Eu ainda quero vencer todos da divisão. Quero voltar e colocar o erro do peso no meu passado”, declarou Till em coletiva pós-UFC Liverpool.

A honestidade de Till é brutal, mas faz sentido. Concordo com ele que Thompson merece mais uma chance pelo cinturão. Tudo indica que o inglêsterá a oportunidade de fazer mais um grande duelo que seja eliminatório. Afinal, bem ou mal, ele venceu o número um do ranking do Ultimate.

Só acho que essa luta não lhe será favorável. Acompanho o raciocínio do meu amigo Laerte Viana – o UFC deve mesmo casar Till com Usman.

Rota de colisão

O nigeriano vem de vitória sobre o último desafiante ao cinturão linear e, assim como o rival inglês, está invicto no UFC.

Não acho que essa seja uma luta favorável para o estilo de Darren. Usman tem impressionante qualidade nas quedas e também não é bobo em pé. Não sei se Till consegue resistir ao jogo de pressão do “Pesadelo Nigeriano”.

Portanto, a punição do “Gorila” está bem clara: ao invés de uma luta pelo cinturão linear (se vencesse Thompson batendo o peso, poderia ir direto para o duelo com o vencedor do duelo entre Tyron Woodley e o campeão interino que sairá do UFC 225), Till terá que encarar um wrestler de mãos pesadas e que pode ter o antídoto para o seu jogo.

Enquanto isso, não vejo a cotação de Thompson diminuindo.

O carateca fez tudo certo: como líder do ranking até 77kg, salvou a estreia do Ultimate na cidade dos Beatles ao aceitar encarar o número oito fora de casa, não cancelou o combate mesmo quando o adversário não bateu o peso e ainda quase foi vitorioso.

Não me surpreenderia se “Wonderboy” permanecesse no topo da lista dos meio-médios.

  • Julio Varoni

    Boa análise!
    Till surpreendeu com tal declaração. Ganhou o meu respeito, mesmo eu achando que ele perdeu a luta do último domingo.

    E acho que Usman será o novo campeão. O cara é sinistro e dá sinal que ainda vai melhorar.

  • Shotokan Karate

    Pelo menos Till é honesto. Ganhou pts com essa.

  • Sergio Araujo

    Acho q colocar Till x Usman é queimar um contender. Preferia colocar o Usman com o perdedor de RDA x Covington e Till pega Robbie Lowler

  • Mauro

    Falam tanto do Till, vejo mais problemas no Stephen. O sujeito parece não conseguir improvisar. Não falo nem mudar de estilo, digo mudar de estratégia no decorrer da luta.
    Ele começa, no primeiro round, com os braços pro alto, base de karateca e andando pra trás. Se, no quarto round, não tiver fluindo, ele continua com os braços pro alto, base de karateca, e andando pra trás. Não tenta um chute diferente, não tenta uma cotovelada, uma joelhada, não tenta quedar e mostrar se os treinos dom Weidman estão valendo de algo.
    Nas suas três derrotas, sendo elas garfo ou não, foram sempre iguais, não estava fluindo, e ele não mudou. Não sou fã, acho-o tedioso pra caramba, mas tecnicamente o considero o melhor da categoria, mas parece um robozinho sem pensamento próprio, foi programado para aquilo, e fará por 5 rounds aquilo, sem mudar!

    • UFC Callcenter Edgar At Line

      ALÔ, ALÔ!!!

      Vc não torce pro Thompson pq o carateca tem 2,20m, pesa 190kg em off e é branco opressor, sacerdote-mor do Edgarismo.

      OSS

      • Mauro

        Na verdade, é mais por achá-lo entediante mesmo.

        • UFC Callcenter Edgar At Line

          ALÔ, ALÔ!!!

          Versão entretedora de Thompson x Till para os seguidores do Edgarismo:

          https://www.youtube.com/watch?v=Xn5n0qvvnTw

          OSS

          • Iago Batista

            kkkkkkkkkkkkk chegaram a esse ponto? kkkkk

    • Joe Silva

      E será que os treinos com o Thompson estão valendo de alguma coisa para o Weidman? Será que ele aprendeu a dar um rodado decente?

      • Mauro

        Estou curioso para saber isso.
        Mesmo tendo tomado aquele nocautaço, achei a trocação do Weidman melhorada contra o Romero. Se um dia ele voltar a lutar, o que tá difícil, quem sabe veremos.

    • Igor Martins

      O engraçado é que vendo e revendo a luta, se vê que o Wonderboy tem técnica superior e poderia ter se soltado mais. ..e aytaido mais o ingles pro seu jogo que pra mim onwonderboy ganhou a luta. assim como pra maioria dos sites especializados.

    • Malk Suruhito

      Para um cara que se tornou campeão em N categorias como Striker, treina desta forma desde que começou a andar e tem 57-0 no kickboxing com 40 nocautes, acho complicado mudar alguma coisa nesta altura do campeonato. Não é como o Lyoto, que sempre treinou várias artes marciais (inclusive sumô, que usa em substituição ao westling para evitar quedas) e meio que se moldou ao MMA enquanto seu irmão se especializou em karatê, tem muito mais prêmios que ele na modalidade mais nunca deslanchou no MMA. É quase que pedir para um Tulio Maravilha se torne um driblador como o Robinho ou Neymar.

  • Ton lima

    Bela declaração do Till, não merece mesmo ir ao cinturão.
    Mas vou ter que discordar dos colunistas, pois numa possível luta Till vs Usman eu vejo o Inglês tendo o antidoto pro jogo do Kamaru – luta de guarda baixa, finta muito, é agressivo, tem uma trocação bem superior, é bem maior e também vem mostrando ótimo condicionamento e Absorção de golpes…

    • Igor Martins

      A questão é que tem o outro lado….que se o negão botar pra baixo aí complica e muito pro inglês. Usman Tem até uma trocação regular, bate forte tbm, já o till queda e chão não se iguala..ao usman, mas deve ser interessante essa luta quem conseguir levar e manter no seu habitat natural tem tudo pra ganhar, acho que vai ser bem equilibrada

      • Ton lima

        Até concordo, mas o Usman não tem uma transição de solo tão boa assim não. Ele realmente queda muito bem e acredito que alguma hora ele vai quedar o Inglês, só que se vai conseguir manter um cara tão forte e ativo quanto Till de costas no chão é que é a questão…

        • Igor Martins

          Sim transições não..mas controle de posição sim, a verdade é que o funil da divisão é essa pedreira..bobeou perde “passou’ pelo Wonderboy na bacia das almas , uma mão pode entrar e definir tudo nesse top 5 dessa categoria , querer achar que ele vai impor o jogo dele assim isso não vai de certeza, se ele tem a mao esquerda e precisão , usman no jogo de abafa, quedas e gnp é muito forte e bate forte tbm. E uma vez no chão muda muito . Difícil dizer que o o usman não o coloca no chao..e possa controlar tbm. Força e resistência pode ajudar, mas a técnica nesse jogo de wrestling é pra quem sabe.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Mesmo tendo negócio de sinceridade e tal, achei meio burrinho de falar que o Thompson merece mais o TS que ele haha, não quero que os lutadores se promovam como o Covington, mas ao menos um pouco de auto estima deveria ter.

  • Diogo Barbosa

    Como já disse no MMABrasil, essa declaração foi somente um “mea culpa” pela balança, uma forma de dar uma acalmadinha nos críticos.
    Tem ainda o resto do ano para a categoria se alinhar, afinal, embora a maioria tenha esquecido, após a luta de Colby contra RDA ainda haverá a luta com Woodley, que deve levar ao menos mais uns seis meses (sendo positivo),
    Quanto ao Usman, o maior perrengue que Darren poderia passar seria com Wonderboy, e (será) com Woodley que joga na mineiragem.
    Usman não representará tanto perigo quanto dito no texto. O Inglês controla muito bem a distância e tem boa precisão, para ser quedado o adversário tem que passar pelo striking na longa E na curta ( já que o cara se amarra em cotoveladas), isso sem falar que Kamaru é altamente atingível.
    Cedo ou tarde ele perde a invencibilidade, mas acho bem improvável que seja para o Kamaru Usman.

    • William Oliveira

      Eu discordo e mt.. o casamento Till/Thompson era favorável ao Till, e até acho que ele sofreu mais do que deveria por alguns erros estratégicos, já o Usman.. é um diferente animal. Atingível, beleza, mas o Usman parece ter um bom queixo e bom condicionamento, wrestling de alto nível adaptado pro MMA e é mt forte.

      O Till já foi quedado muitas vezes durante a carreira, e certamente será pelo Usman, pois apesar de controlar bem a distância ele não é um striker muito ativo como era o Barão ou o Aldo, o que impedia esse chain-wrestling chato. Enfim, acho que a pergunta a ser feita é se o Usman consegue manter o Till no chão como o Kevin Lee fez com o Barboza, pq quedar.. isso ele vai.

      • Diogo Barbosa

        Não sei se o queixo é bom ou razoável, até então ele foi atingido por caras com um punch/técnica “mais ou menos”. Outra coisa é se o Usman conseguiria derrubar com a mesma facilidade e sem ser atingido que o Lee, que estava lutando contra um cara quase não boxeia ou tenta joelhadas e cotoveladas no clinch.
        Sobre Wonderboy falo principalmente pelo jogo chato pra cacete de cisca aqui cisca lá e a dificuldade de achar alguém pra simular isso, sem falar que ele tem certo poder de decisão (literalmente, ba dum ts) de resto, muita coisa do camping para o Usman, por exemplo, se aplicará em uma eventual luta contra colby ou Woodley etc.
        Enfim, não acho que dê Usman, acho até que ele vá preferir lutar contra Colby numa eventual derrota que já é uma luta pré vendida.

  • Igor Barbosa

    Romero não bateu o peso numa disputa de cinturão interino, e ainda assim foi agraciado com uma oportunidade de disputar o cinturão linear de novo. Mackenzie Dern não bateu o peso e não tenho dúvidas de que vai enfrentar uma ranqueada na próxima luta. Concordo com isso? Não, mas sou contra usar dois pesos e duas medidas. Por isso acho que Till deve subir no ranking e fazer uma eliminatória com o Usman, quem vencer enfrenta o vencedor de Woodley x RDA/ Covington.

    De qualquer maneira, vão ter que esperar ainda a disputa do cinturão interino, e a unificação dos cinturões. Não tinha como alguém se credenciar pra uma disputa pelo linear agora, pois isso significaria ter que esperar quase 1 ano.

    E Thompson precisa ser mais convincente. A passividade custou as lutas contra o Woodley (a segunda) e o Till. Precisa mostrar mais antes de se credenciar a uma disputa de cinturão de novo.

Tags: , , ,