Atacando de Joe Silva: lutas
a casar pós-UFC Chile

Laerte Viana | 21/05/2018 às 13:47

Fala, galera!

Se pegarmos as limitações do card, podemos dizer que a estreia do UFC no Chile foi com o pé direito. Com quatro nocautões e duas finalizações de tirar o chapéu, o público presente na Movistar Arena, em Santiago, não tem do que reclamar.

Quanto aos resultados, sem grandes surpresas: troca de bastão na luta principal, prospectos dando show e nomes sem muito alarde fazendo bonito para buscar um lugar ao sol.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC Chile:

1num

Kamaru Usman x Stephen Thompson / Darren Till 

E deu a lógica no main event. Com um estilo de jogo bem favorável contra Demian Maia, Kamaru Usman levou no banho-maria sua oitava conquista no maior octógono do mundo, o credenciando como um dos principais nomes até 77kg. Uma vez no top 5, certamente será trabalhado para ficar próximo à cinta.

Por isso acho que o duelo contra Santiago Ponzinibbio, que está em 10º, perdeu o timing. Olhando para frente e considerando que o próximo a disputar o cinturão deve ser Rafael dos Anjos ou Colby Covington, o nigeriano poderia ser colocado numa eliminatória contra o vitorioso de Stephen Thompson x Darren Till, que rola no próximo domingão.

NUM_2

Demian Maia x Tim Means

Até que Demian Maia saiu bem na foto. Digo, a tarefa era inglória e a vitória seria roteiro de filme de superação, então podemos considerar que o fato de ter levado o primeiro round e resistido firme durante 25 minutos, mesmo sem gás, deixaram de bom tamanha a atuação do paulista.

Aos 40 anos e com três lutas restantes no contrato, Demian tem que focar em ganhar os últimos cheques da carreira e, quem sabe, encabeçar a lista de maior vitorioso da história do UFC (tem 19 triunfos, um a menos que Michael Bisping e Georges St. Pierre).

Partindo desse pressuposto, nada de trombar com algum meninão jovem cheio de gás para gastar. O ideal é enfrentar outro veterano, sem grandes perspectivas. E é aí que entra Tim Means, de 34 anos, que já lutou três vezes em solo brasileiro e provavelmente aceitaria um encontro em São Paulo, em setembro.

NUM3

Tatiana Suarez x Claudia Gadelha / Carla Esparza

Como diria o querido Rhoodes Lima, Tatiana Suarez foi rápida e rasteira para despachar Alexa Grasso com pouco mais de dois minutos, mostrando sua técnica refinada no chão. Aliás, digo sem medo de parecer precipitado: a campeã do TUF 23 é material para ser campeã. Se chegará no topo em dois, três ou cinco anos, só o tempo dirá.

Para sabermos se Suarez já está pronta ou ainda precisa ser lapidada, sugiro um embate com a vencedora de Claudinha Gadelha x Carla Esparza, que vão medir forças no UFC 225, em junho. Esse possível duelo tem tudo para ser um futuro title shot eliminator, principalmente se levarmos em conta que Rose Namajunas x Jéssica Bate-Estaca ainda sequer foi oficializado.

NUM4

Vicente Luque x Alan Jouban 

Quase comecei falando que Vicente Luque é um talento nato e precisa ser mais tratado com mais carinho pela companhia, mas lembrei que falo isso em todas as apresentações do brasiliense. Para não ser repetitivo, só vou enfatizar que o rapaz de apenas 26 anos segue em franca evolução.

O belíssimo nocaute sobre o duro Chad Laprise coloca Vicente na boca do top 15, grupo no qual certamente já estaria presente se não fosse o tropeço diante de Leon Edwards – venceu seis das últimas sete, todas pela via rápida.

Por conta da alta concorrência nos meio-médios, é provável que Luque tenha que bater mais um para entrar no ranking. E um nome relevante seria o porradeiro Alan Jouban, que nocauteou Ben Saunders em fevereiro deste ano. Outra opção interessante é pegar quem levar a melhor entre Mike Perry e Yancy Medeiros, que vão sair na mão no UFC 226, em julho.

NUM5

Michel Trator x Alex Cowboy

Rapaz, que fase iluminada vive Michel Trator. Nem a forçada subida de categoria tirou o conterrâneo de Lucas Rezende do trilho das vitórias, por mais que essa contra Zak Cummings tenha sido contestável. De qualquer maneira, imitou a seleção da Alemanha e pintou o sete. Sim, sete triunfos seguidos!

A dúvida que fica é em relação ao peso que Trator terá que bater no próximo compromisso. Peso leve de origem, o paraense já avisou que vai pedir para voltar aos 70kg, uma vez que tem consciência da enorme desvantagem física nos meio-médios. Se os patrões vão acatar o pedido, aí já é outra história. E eu acho difícil, pelo menos por hora.

Sendo assim, seguindo a linha de que Trator será obrigado a continuar batendo 77kg por mais uma ou duas rodadas, um confronto com o compatriota Alex Cowboy, número 13 no ranking, está na medida para ambos. PS: Desconsiderem o casamento entre Cowboy x Jorge Masvidalfeito no mês passado.  É provável que Gamebred pegue alguém melhor colocado.

Casamentos extras: 

  • Talentoso esse Dominick Reys, hein? Com somente 11 meses de UFC o Devastador, que tirou Jared Cannonier para nada, pede passagem no ranking dos meio-pesados com dois nocautes e uma finalização, ostentando uma invencibilidade de nove lutas. Quem também está 3-0 na casa e coincidentemente com os mesmo 9-0 no currículo é Jordan Johnson, número 15 até 93kg. Nem preciso falar mais nada, né? É só agendar essa peleja.
  • Apesar de ter tido apenas 18 dias de preparação, Alexandre Pantoja fez bonito contra o jovem Brandon Moreno e voltou a ter seu braço erguido, se recuperando do polêmico revés diante de Dustin Ortiz, em janeiro passado. O resultado coloca o carioca no top 10 dos moscas, o deixando em evidência na divisão. Quem também está surfando na boa fase é John Moraga, embalado por três boas performances. Que tal, então, colocá-los frente a frente?
  • Alguém anotou a placa? Em míseros 33 segundos, Poliana Botelho deu cabo da japonesa Syuri Kondo e venceu a segunda no Ultimate, dessa vez com assinatura própria, de maneira agressiva. Esperta, a mineira pediu uma ranqueada, porém acredito que seja necessário subir mais um degrau antes do ranking. Um desafio e tanto seria Cynthia Calvillo, que estará livre para voltar ao octógono a partir de junho, depois de cumprir seis meses de suspensão por dar um tapa na pantera.
  • Se há pouco tempo eu não botava minhas fichas em Gabriel Benitez, admito que começo a repensar minha posição. Independente de Humberto Bandenay ser ou não um desafio relevante, o nocaute em 39 segundos, cinco meses após bater Jason Knight de forma convincente, permite uma valorização maior ao mexicano, que já soma 5-2 na casa. Chas Skelly, sumido há um ano, seria um bom teste para a sequência de Moggly.

Amigos, me ajudem com os destinos de Alexa Grasso, Jared Cannonier, Chad Laprise, Zak Cummings e companhia? Mandem bala!

  • Carlos Eduardo Reis

    O casamento Trator x Cowboy não faz o menor sentido, com todo o respeito. Cowboy acabou de vencer um ex campeão interino da categoria (em decadência, mas um ex campeão), pegando a luta encima do laço, está rankeado, recebeu bônus de performance/luta da noite nas últimas 3 apresentações, só faz lutas empolgantes e como “prêmio” vai receber um Trator, que fará sua segunda luta na categoria, sendo forçado a tanto (porque já declarou n vezes que quer retornar ao peso leve), e que vem de vitória contra um cara que sequer é rankeado? Ou és muito fã do Trator, ou é inimigo do menino Cowboy…

    • Sergio Araujo

      mesmo pro Trator, não é vantagem pra ele ficar nessa categoria não. O kra tem q dar um jeito de bater o peso dos leves pq a desvantagem física nos meio médios é muito gritante.

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Também acho que não é vantagem, só acredito que não vai permitir, pelo menos por hora, seu retorno aos leves.

        • Sergio Araujo

          O kra num pode agendar uma pesagem fora de competição não? Pelo que soube vão fazer isso com a Dern…

      • Zenette Vutton

        Dificil, ele é muito largo pros lados
        Olha o Shape dele, é um tipo bem bizarro de corpo, é tipo o KG, ele é gordo, tem tendencia a engordar, tem vicios alimentares ou muita massa muscular, geralmente está muito acima do peso da categoria e tem dificuldade em perder peso.

        Ele é MUITO LARGO

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Não sou muito fã do Trator e muito menos inimigo do Cowboy. Apenas dei a minha opinião, assim como você tem o direito de dar a sua, fazendo “o menor sentido” ou não.

      Independente do Trator estar numa divisão nova, já são sete vitórias consecutivos, isso conta muito. Outra coisa: o Cowboy, mesmo quando já viveu dias melhores, nunca foi agraciado pelos patrões com adversário mais relevantes, parte de cima do ranking e tudo mais. Sem contar que ele não nega luta. Se for oferecido, vai aceitar.

      E sim, pode ter outros casamentos que façam sentido, mas se formos analisar varios pontos, esse não é esse absurdo exagerado que você citou.

      • Carlos Eduardo Reis

        Calma, parceiro, a questão de “ser fã” do Trator, ou “inimigo do cowboy foi ironia, brincadeira. Sei que, ainda que fosse o caso, você daria sua opinião sem levar isso em conta. Claro que tens direito a ter uma opinião, seja ela qual for, e é inclusive ela o objeto dessa coluna. Respeito a você, principalmente, respeito a opinião, só discordo desta última, pelas razões que expus.

        Ao meu ver, a série de vitórias do Trator é sim fato relevante, mas ele foi enxotado da LW por não bater o peso, e está fazendo apenas sua segunda luta na WW, vindo de uma performance não tão impressionante, e em vista disso, não merece um rankeado. Quando ao cowboy não ser valorizado pelo evento como deveria, acredito que a maioria concorde que isso não está certo, por tudo o que ele vem fazendo, em especial quanto as performances e por “salvar” muitas vezes os patrões aceitando casamentos cascudos encima da hora. Por isso acho que ele não merece pegar o Trator, mas sim um lutador rankeado. Pro Trator, daria um bom WW, face a sua série de vitórias, mas que ou não seja rankeado, ou que venha de derrota.

    • William Oliveira

      Concordo totalmente.
      Meritocraticamente falando, esse casamento seria bem absurdo, e provavelmente seria uma luta chata, ainda por cima.

    • Douglas Karpinski

      trator não pertence a essa categoria…. espero que seja a ultima luta dele nesse peso e com um pouco de disciplina faça um bom corte de peso e volte…….

  • Daniel Piva

    Sei que você indicou o Dong Hyun Kim para o Elizeu Capoeira – e eu concordei -, mas não acha que seria interessante um duelo entre ele e o Vicente Luque?

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Também é uma opção, seria bem bacana, mas ainda dou a “prioridade” pro Capoeira pela sequência de 5 triunfos. Hehe

      • Sergio Araujo

        O Capoeira podia até furar a fila mais na frente um pouquinho…

  • Sergio Araujo

    Usman x perdedor de RDACovington
    Maia x perdedor de CowboyEdwards
    Suares x ganhadora de GadelhaEsparza
    Grasso x perdedora de GadelhaEsparza
    Luque x Kim ou Nelson
    Trator x Dariush
    Reys x ganhador de VillanteAlvey
    Pantoja x Moraga
    Moreno x Nguyen
    Botelho x Calderwood

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Se o Trator voltar para os leves, com certeza um duelo contra o Dariush seria uma boa opção.

  • Laerte Viana Venâncio Alves

    Malandro. Haha

  • Zenette Vutton

    Tati Suarez vs Gadelha/Esparza? A Categoria é rasa mas não é pra tanto fi
    Joga a Tati pras várias Newbie que surgiram por ai que tem 2 vitorias no UFC.

    Luque x Jouban? Jouban merece um não Rankeado, já teve muita chance de engatar e não fez, Luque já venceu (e muito bem) várias lutas, já merece um Top15

    Trator x Cowboy não faz sentido, Cowboy merece alguem acima dele no Ranking! Todas as ultimas lutas dele ou ele venceu ou ele fez uma ótima luta que nem mesmo a derrota foi um problema (vs Yanci)

  • Igor Barbosa

    Alexa Grasso x Joanne Calderwood
    Jared Cannonier x Jake Collier
    Diego Rivas x Felipe Sertanejo
    Guido Cannetti x Kyle Bochniak
    Veronica Macedo x Shana Dobson
    Andrea Lee x Ashlee Evans-Smith
    Chad Laprise x Warlley Alves
    Zak Cummings x Luan Chagas
    Brandon Moreno x Ben Nguyen
    Syuri Kondo x perdedora de Jessica Aguilar x Jodie Esquibel
    Humberto Bandenay x Kyle Bochniak
    Henry Briones x demissão
    Frankie Saenz x Renan Barão
    Claudio Puelles x Rolando Dy
    Felipe Silva x Sheymon Moraes
    Enrique Barzola x Andre Fili
    Brandon Davis x Cory Sandhagen

    PS: esse evento de sábado provavelmente bateu o recorde de musas no mesmo card…

  • Shotokan Karate

    Mais uma postulante ao cinturão da mais gostosa do UFC

  • Volney Damacena

    PESO PALHA (115)

    Campeã: Rose Namajunas

    1 Joanna Jedrzejczyk 2 Jessica Andrade 3 Claudia Gadelha 4 Karolina Kowalkiewicz 5 Tecia Torres 6 Carla Esparza 7 Michelle Waterson 8 Felice Herrig 9 Tatiana Suarez 10 Cynthia Calvillo 11 Alexa Grasso 12 Randa Markos 13 Cortney Casey 14 Nina Ansaroff 15 Maryna Moroz 16 Joanne Calderwood 17 Poliana Botelho

    PESO MOSCA (125)

    Campeão: Demetrious Johnson

    1 Joseph Benavidez 2 Henry Cejudo 3 Ray Borg 4 Jussier Formiga 5 Sergio Pettis 6 Alexandre Pantoja 7Brandon Moreno 8 Ben Nguyen 9 John Moraga 10Dustin Ortiz 11 Wilson Reis 12 Matheus Nicolau 13 Tim Elliott 14 Deiveson Figueiredo 15 Magomed Bibulatov 16 Será anunciada/o (S.A.)

    Campeã: Nicco Montano

    1 Valentina Shevchenko 2 Sijara Eubanks 3 Lauren Murphy 4 Alexis Davis 5 Roxanne Modafferi 6 Barb Honchak 7 Liz Carmouche 8 Katlyn Chookagian 9 Jessica-Rose Clark 10 Jessica Eye 11 Montana De La Rosa 12 Rachael Ostovich 13 Mara Romero Borella 14 Paige VanZant 15 Lauren Mueller 16 Shana Dobson 17 Andrea Lee 18 Veronica Macedo 19 (S.A.)

    PESO GALO (135)

    Campeão: TJ Dillashaw

    1 Cody Garbrandt 2 Raphael Assuncao 3 Dominick Cruz 4 Jimmie Rivera 5 John Lineker 6 Marlon Moraes 7 John Dodson 8 Aljamain Sterling 9 Bryan Caraway 10 Pedro Munhoz 11 Rob Font 12 Thomas Almeida 13 Brett Johns 14 Eddie Wineland 15 Brian Kelleher 16 Alejandro Perez 17 Matthew Lopez 18 Guido Cannetti 19 Frankie Saenz

    PESO GALINHA (135)

    Campeã: Amanda Nunes

    1 Julianna Pena 2 Ketlen Vieira 3 Raquel Pennington 4 Germaine de Randamie 5 Cat Zingano 6 Marion Reneau 7 Sara McMann 8 Bethe Correia 9 Aspen Ladd 10 Lucie Pudilova 11 Irene Aldana 12 Sarah Moras 13 (S.A.) 14 (S.A.) 15 (S.A.)

    PESO PENA (145)

    Campeão: Max Holloway

    1 Jose Aldo 2 Brian Ortega 3 Frankie Edgar 4 Jeremy Stephens 5 Cub Swanson 6 Josh Emmett 7 Ricardo Lamas 8 Chan Sung Jung 9 Darren Elkins 10 Renato Moicano 11 Mirsad Bektic 12 Dooho Choi 13 Myles Jury 14 Calvin Kattar 15 Zabit Magomedsharipov 16 Gabriel Benitez 17 Enrique Barzola 18 (S.A.)

    Campeã: Cris Cyborg

    1 Megan Anderson 2 Holly Holm 3 Tonya “Triple Threat” Evinger 4 Yana Kunitskaya 5 (S.A.) 6 (S.A.) 7 (S.A.) 8 (S.A.) 9 (S.A.) 10 (S.A.) 11 (S.A.) 12 (S.A.) 13 14 (S.A.) 15 (S.A.) 16 (S.A.)

    PESO LEVE (155)

    Campeão: Khabib Nurmagomedov

    1 Tony Ferguson 2 Conor McGregor 3 Eddie Alvarez 4 Dustin Poirier 5 Kevin Lee 6 Justin Gaethje 7 Edson Barboza 8 Nate Diaz 9 Michael Chiesa 10 Al Iaquinta 11 James Vick 12 Anthony Pettis 13 Olivier Aubin-Mercier 14 Evan Dunham 15 Francisco Trinaldo 16 Alexander Hernandez 17 Beneil Dariush 18 Claudio Puelles

    PESO MEIO-MÉDIO (170)

    Campeão: Tyron Woodley

    1 Stephen Thompson 2 Rafael Dos Anjos 3 Colby Covington 4 Robbie Lawler 5 Kamaru Usman 6 Demian Maia 7 Jorge Masvidal 8 Darren Till 9 Neil Magny 10 Santiago Ponzinibbio 11 Donald Cerrone 12 Gunnar Nelson 13 Dong Hyun Kim 14 Leon Edwards 15 Alex Oliveira 16 Vicente Luque 17 Carlos Condit 18 Michel Prazeres 19 (S.A.)

    PESO MÉDIO (185)

    Campeão: Robert Whittaker

    1 Yoel Romero 2 Luke Rockhold 3 Chris Weidman 4 Kelvin Gastelum 5 Jacare Souza 6 Michael Bisping 7 Derek Brunson 8 David Branch 9 Uriah Hall 10 Thiago Santos 11 Lyoto Machida 12 Brad Tavares 13 Krzysztof Jotko 14 Antonio Carlos Junior 15 Paulo Costa 16 (S.A.)

    PESO MEIO-PESADO (205)

    Campeão: Daniel Cormier

    1 Alexander Gustafsson 2 Volkan Oezdemir 2 Glover Teixeira 4 Misha Cirkunov 5 Ilir Latifi 6 Jan Blachowicz 7 Jimi Manuwa 8 Ovince Saint Preux 9 Mauricio Rua 10 Corey Anderson 11 Tyson Pedro 12 Patrick Cummins 13 Gadzhimurad Antigulov 14 Gian Villante 15 Dominick Reyes 16 Jared Cannonier 17 (S.A.)

    PESO PESADO (265)

    Campeão: Stipe Miocic

    1 Francis Ngannou 2 Alistair Overeem 3 Alexander Volkov 4 Fabricio Werdum 5 Cain Velasquez 6 Curtis Blaydes 7 Mark Hunt 8 Derrick Lewis 9 Marcin Tybura 10 Aleksei Oleinik 11 Andrei Arlovski 12 Stefan Struve 13 Tai Tuivasa 14 Junior Albini 15 Tim Johnson 16 Shamil Abdurakhimov 17 Justin Willis 18 (S.A.)

  • magnuseverest

    Veronica vs Dern na Fly.

Tags: , , , , , , , , , , ,