Bellator 199 / UFC 224
/ Pantera demitido

Renato Rebelo | 15/05/2018 às 18:22

Está no ar a edição de número 209 do nosso podcast!

Nesta semana, tive as companhias dos colunistas do Sexto Round Lucas Carrano, Lucas Rezende André Azevedo.

Pautas:

2m49s – Bellator 199
4m59s – UFC 224
24m56s – Pantera demitido

Youtube:

Soundcloud:

*Para baixar o programa, basta clicar na setinha apontada para baixo na parte superior do “player” à direita.

** Para escutá-lo no Itunesclique aqui.

  • Sergio Araujo

    Acho que a Ketlen Vieira não precisa de mais uma luta não. Já fez muito mais por merecer o TS que muitas outras que estavam bem menos embaladas. Quero muito ver uma luta da Amanda x Ciborg, mas até uns dias atras a categoria da Amanda tava sem contender, agora que tem não é hora de fazer superluta.

    • Guilherme Martins

      Mano, acho que é meio indiscutível que a Ketlen é a proxima contender, a questão é que além de Cyborg vs Nunes ser a luta mais atraente, se a Ketlen pegar mais um desafio de verdade, e passar, ela pode vim a ser uma luta mais parelha do que ela mostra ser no momento.

  • Marcelo Custódio

    Ah, esse Lucas Rezende, típico nortista com a cabeça keynesiana (comunista do ponto de vista econômico). Parece, como todo bom nortista, ter parado nos anos 1970 em termos econômicos, com sua cabecinha atrasada… Já conversei com tantos assim que cansa!…. ASSIM ELE NOS MATA DE VERGONHA !!!

    Espremer, só saem gritos e palavras de ordem… Mantras repetidos pela elite “iluminada” esquerdista na mídia e na Academia doutrinadora … Mas nenhum raciocínio lógico ou nexo.

    Critica um suposto “fim de aposentadoria”, fica chorando um suposto (quem nos dera!) fim desse ESQUEMA DE PIRÂMIDE que analfabetos políticos como ele nem sabem que assim o é.

    Mas tem todo o jeitinho de ter votado em Dilma e na extrema esquerda e, como todo bom esquerdista, é sem bom senso, lógica ou mesmo raciocínio pra saber que sim, Michel Temer e seu MDB são “centro”… Centro pra escolher qual partido SOCIALISTA da vez irão abraçar, seja o PT ou o PSDB nesse jogo de alternância de cargos entre os dois grupos de poder socialista no Brasil e seus partidecos satélites… Numa verdadeira Estratégia das Tesouras

    E VOCÊ COM A IMPRESSÃO DE QUE HAVIA “OPOSIÇÃO” OU “DIREITA” NO BRASIL, COMO A MÍDIA ESQUERDISTA LHE FAZIA PENSAR! HAHAHA

    O Brasil NÃO tem compromisso com a definição conveniente de “moral” da extrema esquerda ( o duplipensar já previsto por Orwell em “1984” que diz respeito ao duplo padrão moral ) muito menos tem compromisso de “lealdade” com a causa da Revolução pra apoiar esses devaneios de “Temer traidor” de vocês. Ou com a definição de “justiça” de vocês.

    A sorte é que está vindo ai um verdadeiro outsider, uma verdadeira Direita Conservadora e não uma empulhação mequetrefe de pseudo-Direita que a elite midiática criou ( refiro-me ao PSDB ).

    • Louis

      kkkkkkkkkkkk de onde vem esses malucos, pqp

    • Douglas Castilho

      Não ensinam mais na escola sobre sarcasmo?

      • Marcelo Custódio

        Sarcasmo aliado à burrice clássica brasileira antiguinha e mofada e bem fascistoide / socialista é altamente danoso.

        Sarcasmo aliado à algo inteligente, pelo contrário, é ótimo.

        • Esquerda Valente

          “burrice clássica brasileira”

          E você é algum gringo por um acaso? Se for seguir essa sua lógica, então esse conceito aplica-se a você também.

          Será que não percebe que além de estar desrespeitando os outros, está desrespeitando a si mesmo?

          • Marcelo Custódio

            Ah falou o ufanista cego.

            Tolo, a humildade consiste em reconhecer seus erros e de sua cultura.

            É Não está na cultura brasileira a AUTO CRÍTICA, seu lento ou desonesto intelectulalmente mesmo.

            Não está porque é uma cultura pagã e sincrética ,inclusive fomentada pela Esquerda pra desestabilização da nação.

            O AMOR real de verdade passa pela auto crítica, tolo ufanista.

            Deixe esse pensamento de “do contra” ou do “A favor”

            Esse pensamento de time e torcidinha e comece a buscar a Verdade

          • Renato Rebelo

            Marcelo, Sherife Papaco, Esquerda Valente e Bodhisattva, se adicionem no Facebook e terminem o debate por lá. Boa sorte!

      • Marcelo Custódio

        Aliás , NÃO ENSINAM MAIS INTERPRETAÇÃO DE TEXTOS na Escola hoje em dia, não?

        No meu texto tem um monte de sarcasmo …. Só que bem aplicado. 😉

      • Diogo Barbosa

        Nem a desligar o Caps Lock tão ensinando mais.

        • Esquerda Valente

          Nem ensinaram o sujeito como ir a um psiquiatra, pelo visto.

    • Mauricio

      Cara, eu fiquei revoltado com o Rezende Chamando a Dern de gorda cheia de pneu….

    • Victor Martins

      Ei, chega mais, deixa eu te falar uma coisa: Não existe esquerda e direita no Brasil.
      Abraços

      • Esquerda Valente

        A direita é essencialmente contraditória. Batem tanto nas teclas respeito, moral, bons costumes e liberdade de expressão, mas nada disso existe na prática direitista.

        • Bodhisattva

          Nesse contexto, a esquerda seria o quê?

          • Esquerda Valente

            Já que falaram só da esquerda, é bom expor ambos os lados. Ou a direita é toda moralzona, sempre dona da razão?

          • Bodhisattva

            O problema reside exatamente na sua questão. Esse binarismo, de separar tudo em 2 caixinhas. Essas dicotomias fantasiosas, que supostamente delimitam o “bem e o mal”, o “certo e o errado”, o “justo e o injusto”. Não se deve confundir valorações com valores. A justiça, o direito, a moral, o bem, são valores absolutos, os quais deveriam reger a vida de qualquer ser humano, contudo, onde e porque é justo ou injusto, certo ou errado, bom ou mal, moral ou imoral fazer ou deixar de fazer algo, são elementos temporais e espaciais, portanto relativos, pertencentes aos momentos históricos. Não há heróis ou vilões, principalmente quando a assunto é política.

            O discípulo perguntou ao mestre zen:

            – “Como posso distinguir o bem do mal”?

            – “Eis uma pergunta tola. Reflita, e me responda você mesmo”.

            Depois de refletir, disse o discípulo:

            – “É muito simples. Tudo aquilo que é capaz de destruir as coisas feitas com amor, é considerado o Mal”.

            – “Você já viu um tigre? Quando ele sai em busca de comida para os seus filhos e encontra na floresta uma bela corça, fruto do amor de seus pais, ele não a devora assim mesmo?”?

            – “Sinto-me confuso” – disse o discípulo.

            – “O que vai contra a nossa natureza é o Mal” – respondeu o mestre. – “Todo o resto é o Bem”.

          • Sheriff Papaco

            O binarismo, de certa forma, é inevitável e nada fantasioso. Para compreender sua inevitabilidade é necessário compreender a base ideológica desses dois pólos.
            Enfatizando o seu trecho sobre a diferença entre valor e valoração, a Esquerda é que costuma fazer a confusão de um conceito com o outro, enquanto a Direita busca a distinção entre os mesmos. A Esquerda confunde valor e valoração a partir do momento onde nada se torna absoluto e tudo se torna relativo, um problema crônico oriundo de um desejo compulsivo de progressismo no qual o passado sempre deve ser aniquilado em prol de um futuro utópico que nunca chega, já que as bases de qualquer futuro estão no passado.
            Em contrapartida, a Direita compreende que o ato de conservar gera as tradições, e que somente tais tradições permitem um progresso genuíno, um quadro evolutivo. Além disso, tb existem critérios para compreender o que se deve conservar e o que não se deve para que se evite as más tradições. Um desses principais critérios está justamente na diferenciação entre valor e valoração. Nenhuma valoração deve ser tomada como tradição, mas valores são sinônimo de tradição. Um exemplo: é uma má tradição enterrar com um imperador falecido os seus subalternos ainda vivos, pois isso é oriundo de uma valoração da vida humana (a vida do subalterno, nesse caso, é relativizada). Ao invés disso, o que se deve conservar é o ato de servir a alguém, sendo isso algo consequente de um valor: o respeito aquilo que lhe precede ou que lhe é superior. Isso é universal, portanto é uma base para a evolução de algo.
            Em suma: as teses de Direita se pautam na conservação das tradições e daquilo que se entende, por meio de análise, como eterno. Enquanto isso, a Esquerda opta por ojerizar tudo que é passado como “anacrônico”, “obsoleto” ou “draconiano”. Por isso a dicotomia é inevitável e, desse modo, nada fantasiosa. Tais pólos são mutualmente incompatíveis por em nada serem complementares.

          • Bodhisattva

            Como mencionado previamente “A justiça, o direito, a moral, o bem, são valores absolutos, os quais deveriam reger a vida de qualquer ser humano, contudo, onde e porque é justo ou injusto, certo ou errado, bom ou mal, moral ou imoral fazer ou deixar de fazer algo, são elementos temporais e espaciais, portanto relativos, pertencentes aos momentos históricos. Não há heróis ou vilões, principalmente quando o assunto é política. A corrupção não é partidária, infelizmente, é inerente ao ser humano.”…..
            No mundo elementar as diferenças são os tijolos da diversidade e a beleza do universo. Se a raça humana existe hoje, deve tal fato à diversidade, à interação e à combinação de todos os elementos.
            Seja em que canto do mundo for, gente com fome e doença é ruim. Gente que não pode se expressar livremente é ruim. Gente iludida pelo próprio governo é muito ruim. E veja que isso não depende da condição econômica, já que a maior potência econômica do mundo demonstrou que nem seus cidadãos sabiam das falcatruas dos poderosos que prejudicaram a estabilidade do mundo todo, independente de convicções partidárias.
            Na essência, todo ser humano sabe o que é bom ou mau. Sabe o que significam o bem e o mal. Seja para si mesmo seja para o semelhante. Na essência. Variáveis como meio familiar, cultural, socioeconômico e similares afetam tais conceitos um tanto.
            De nada adianta expor o problema sem, no mínimo, apresentar uma sugestão viável de solução.
            E para que não se possa falar de teorias inaplicáveis, é sugerido que se pare apenas com as críticas ao Estado, Governo e governantes por serem omissos ou distantes para com seus governados. Apenas falar, não leva a nada. Para cobrar o bem, faça o bem.
            Depender de qualquer pessoa ou órgão é bastante mau. Depositar esperanças em Direita ou Esquerda, acreditando que o simples fato de o serem, determina o sucesso ou fracasso de suas gestões, renegando a condição corrupta inerente ao ser humano é querer simplificar algo bem mais complexo .O bem maior é ser independente para agir e pensar, sempre. Todos podem ajudar. Não basta ser consciente, é preciso se comprometer em fazer.

          • Sheriff Papaco

            Sim, o Mal não tem partido, de fato. Mas e quando um conjunto de teses de um partido ou uma ideologia adota o Mal em sua gênese? O que pode sair de bom daí?
            Dizem que não há fórmula para o sucesso, mas para o fracasso sim. Adotando a mesma lógica, a Direita não detém per si a solução dos males da Humanidade, mas os elucida, sendo a solução uma consequência a posteriori do descobrimento do problema. A Esquerda, por sua vez, é uma fórmula de como preservar tais males. Aliás, contraditoriamente, se há uma coisa a qual a Esquerda “conserva”, essa coisa se chama “fracasso”.

          • Bodhisattva

            “quando um conjunto de teses de um partido ou uma ideologia adota o Mal em sua gênese?” Vc poderia comprovar isso? Qual seria esse mal ao qual vc se refere?

          • Sheriff Papaco

            Legalização do aborto (aviltando contra o direito natural a vida), legalização das drogas, ideologia de gênero, cotas para formação educacional ou profissional baseados em etnia ou orientação sexual (fomentando o esfacelamento da sociedade ao invés de unificá-la), etc.

            Se isso não é adotar o Mal para estruturar uma tese, uma ideologia ou um partido, não faço ideia do que então o seria.

          • Bodhisattva

            A justiça, o direito, a moral, o bem, são valores absolutos, os quais deveriam reger a vida de qualquer ser humano, contudo, onde e porque é justo ou injusto, certo ou errado, bom ou mal, moral ou imoral fazer ou deixar de fazer algo, são elementos temporais e espaciais, portanto relativos, pertencentes aos momentos históricos. Todos os pontos que vc destacou possuem uma complexidade enorme para serem resumidos em bom ou mau. A exemplo, o aborto seria permitido em caso de estupro? A legalização das drogas, que se mostrou deveras eficiente em diversos países, tanto economicamente, pelos impostos arrecadados, quanto criminalmente,pela redução, tb é vilã? E já que mencionou drogas, o tabaco e o alcool que são as drogas mais letais, que ja mataram mais que ambas as guerras mundiais juntas, tb entram nessa, ou só as drogas que vc desaprova? A ideologia de genero é má, mas o preconceito com as escolhas pessoais de cada um é “bonzinho”. Afinal, os homosexuais deveriam ser tratados, pois são doentes, correto? Respeitar as crenças e religiões tb entra na caixa da maldade? Logo, pra vc, tudo que vc desaprova ou não concorda é maldade? Então, a maldade é uma questão de perspectiva pelo visto.

          • Sheriff Papaco

            “o aborto seria permitido em caso de estupro?”

            Não concordo com quem diz irredutivelmente sobre sua negação, mas tampouco concordo para positivar isso como lei já que, como lei, deve ser cumprido e, bizarramente, a mãe que opta em dar continuidade a uma vida gerada por estupro seria uma “fora-da-lei”.
            Além disso, o argumento para se admitir a continuidade de uma vida gerada por estupro é admitindo que a culpa de tudo é do estuprador. Então que não se tire a vida do feto que nada tem haver com o crime, e sim do estuprador.

            “A legalização das drogas, que se mostrou deveras eficiente em diversos países, tanto economicamente, pelos impostos arrecadados, quanto criminalmente,pela redução, tb é vilã?”

            Primeiro: informe-se melhor sobre os efeitos de tais medidas nesses países. Muitos já voltaram atrás ou consideram voltar já que a relação custo-benefício não compensou. As benesses econômicas e mesmo sociais (como a tal redução a violência) foram superadas pelos problemas de saúde pública com massas de dependentes improdutivos sobrecarregando a parcela que produz e paga impostos para mantê-los.
            Segundo: desse modo, prova-se que a legalização das drogas para reduzir a violência usa de um silogismo tão perverso quanto eu legalizar o estupro para diminuir a quantidade de estupros ou estupradores, ou legalizar o assassinato para diminuir a quantidade de assassinatos ou assassinos.
            Terceiro: leia sobre a Guerra do Ópio na China imperial. É o desdobramento final de qualquer nação que admite drogas legalmente.

            “E já que mencionou drogas, o tabaco e o alcool que são as drogas mais letais, que ja mataram mais que ambas as guerras mundiais juntas, tb entram nessa, ou só as drogas que vc desaprova?”

            Primeiro: mostre esses dados sobre tabaco e álcool matar mais do que guerras mundiais. Não dê uma de Ciro Gomes ou de Lula soltando números e quantidades a esmo para provocar algum choque ou comoção. Não está lidando com um mero incauto que não raciocina sobre quantidades.
            Segundo: confundir álcool e tabaco com crack, cocaína ou mesmo maconha é como confundir sobre o que é mais perigoso, se é uma piscina ou uma arma de fogo. Sim, existem estatísticas que provam que piscinas são responsáveis por muito mais mortes de crianças pequenas do que armas de fogo, mas nem por isso deixarei de ter uma piscina em casa e deixarei armas de fogo dando sopa na sala com um filho meu de três anos.
            Em suma: se álcool e tabaco já matam em larga escala até pq são legalizados, considere o tempo em que levam a gerar esses danos e troque-os por drogas mais pesadas. Com certeza o período para gerarem o mesmo estrago será muito mais curto e o conserto muito mais complicado.

            “A ideologia de genero é má, mas o preconceito com as escolhas pessoais de cada um é “bonzinho”. Afinal, os homosexuais deveriam ser tratados, pois são doentes, correto?”
            Homossexualidade não é doença, mas é um comportamento minoritário e que não atende a fins que colaborem para a manutenção de um Estado. Bote pares homossexuais numa ilha e volte lá em oitenta anos. Isso não é “preconceito”, mas uma conclusão que qualquer garoto do ensino fundamental pode chegar com um conhecimento básico de Biologia.
            Agora transsexualidade, por exemplo, ainda está no CID, e as medidas para tirá-la de lá são mais por motivações políticas do que científicas, diferente da homossexualidade.

            “Respeitar as crenças e religiões tb entra na caixa da maldade?”
            Depende. Se ela religião for o Satanismo, por exemplo, pq eu deveria respeitar algo que viola em diversos aspectos algo que se entende como “Direito Natural”, sendo a vida um desses direitos?

            “Logo, pra vc, tudo que vc desaprova ou não concorda é maldade?”
            O ato de discordar, per si, nada tem de maldade e é uma das bases de qualquer processo evolutivo de ideias. Não confunda discordância com consequências nefastas.

          • Bodhisattva

            Nossa, que preguiça….. Rapaz…. quanta incoerência no mesmo discurso ufanista…..
            “Primeiro: informe-se melhor sobre os efeitos de tais medidas nesses países. Muitos já voltaram atrás ou consideram voltar já que a relação custo-benefício não compensou. As benesses econômicas e mesmo sociais (como a tal redução a violência) foram superadas pelos problemas de saúde pública com massas de dependentes improdutivos sobrecarregando a parcela que produz e paga impostos para mantê-los.”- Me prove, com artigos, estudos e estatísticas, por favor. A verdade apenas pq “vc diz” não conta. Os estudos que comprovam que o o tabaco e o álcool causaram mais mortes que ambas as guerras estão escancarados em uma rápida pesquisa no amigo google, já os dados que vc mencionou estou a procura, mas não encontro em lugar algum.
            Vc afirmou que a esquerda é o “mal absoluto”, mas agora está tentando contornar, falando em satanismo e discordância de opiniões com “consequencias nefestas” , pq não possui um argumento sequer que sustente seu discurso, mesmo tentando ainda que sem sucesso, utilizar palavras cultas.

            “Homossexualidade não é doença, mas é um comportamento minoritário e que não atende a fins que colaborem para a manutenção de um Estado”
            KKKKK Então vamos retirar todos os direitos das minorias e extingui-las! pois isso é o certo e o bom!!! uhauhauahauh

            Que piada!

          • Dirty Harry

            1) sobre países que legalizaram as drogas:
            https://noticias.r7.com/brasil/mais-de-60-dos-paises-que-toleram-uso-de-drogas-registram-aumento-do-numero-de-presos-diz-estudo-07042016
            https://adeilsonfilosofo.jusbrasil.com.br/noticias/239200069/a-holanda-reconhece-legalizar-maconha-foi-erro
            Mas fazer o quê se o indivíduo só usa o Google pra procurar vídeo de putaria?
            2) sobre “mal absoluto”, “satanismo” e “consequências nefastas”, sua resposta foi tão desconexa quanto quem quer saber o que o cu tem haver com as calças.
            3) ninguém tá falando de tirar direitos de minorias, até pq os direitos dois quais elas gozam são universais e estão todos garantidos no Art. 5 da CF88. O resto é pura politicalha militante.
            4)”piada” é um cara que usa apelido de bodhisattva alegar preguiça sendo que uma das maiores virtudes do iluminado é o esforço. Muda teu nick para Jaiminho, o carteiro do Chaves, que fica mais a caráter.

          • bedotRJ

            Vc já reparou que está gastando bytes com um típico “isentão”, aquele que advoga, ao mesmo tempo, pelo fim da dicotomia entre esquerda e direita e pelas teses da esquerda, correto? Estando ciente disso, e sabendo que eles têm bastante tenacidade para insistir com o erro (ou seja, vc não vai convencê-lo de nada) mantenha a boa discussão com foco apenas nos terceiros espectadores.

          • Bodhisattva

            O pensamento binário é fascinante. Para algumas pessoas, a vida é simples: é céu ou inferno. Não existe outra coisa entre um polo e outro, nenhuma área cinzenta, nenhuma dúvida, nada. Para elas, o mundo não é complexo. Daí, para a vida fazer sentido, dizem que todos têm que abraçar uma ideia e simplificar o mundo ao máximo. Se você acha que isso é impossível, sem problema: eles te dão uma mãozinha, taxando você.
            Por exemplo, para esse tipo, se você critica a atuação da polícia em um operação realizada em uma comunidade pobre ou afirma que há suspeitas de envolvimento de policiais em uma chacina, é um defensor de bandidos, da esquerda, da globo, do psol, da maconha, da igualdade de gêneros e etc mesmo quando comprovado ação de milícias e grupos de extermínio integrados, muitas vezes, pela banda podre da polícia.
            Parte da população apoia esse tipo de comportamento policial. Gosta de se enganar e acha que se sente mais segura com o Estado agindo “em guerra” contra a violência – como se isso não fosse, em si, um contrassenso. Essas pessoas são seguidoras da doutrina: “se você apanhou da polícia é porque alguma culpa tem”.
            E se não se importam com inocentes, imagine então com quem, posteriormente, é considerado culpado. Para eles, é pena de morte e depois derrubar a casa e salgar o terreno onde a pessoa nasceu, além de esterilizar a mãe para que não gere outro meliante….. Realmente, o binarismo é louvável.

          • Sheriff Papaco

            A Direita não defende policiais praticantes de abusos ou arbitrariedades. Tanto que o que se entende como policial é o profissional que defende a lei. Policial que pratica abuso ou arbitrariedade não é policial. É tão bandido quanto aquele para o qual foi treinado a combater.
            Além disso, não existe contrassenso em agir em guerra contra a violência, assim como não se existe um contrassenso em pena de morte. Ver pena de morte e assassinato como a mesma coisa é enxergar o resultado de um ato sem se observar suas motivações. A pena de morte se aplica a quem aviltou contra a dignidade humana, e quem avilta contra a dignidade humana automaticamente abriu mão de reivindicar algum valor humano para si. O praticante de assassinato é um exemplo disso.
            Fazer essa confusão é agir com capciosidade.

          • Bodhisattva

            Pena de morte é algo tão retrógrado, que nem deveria ser analisado. Seu pensamento parece ir contra um senso, quase que mundial, sobre o assunto. A pena de morte está caminhando para ser extinta, felizmente. Tirando os EUA, onde a maioria dos estados não só extinguiu a pena de morte,( como tb já legalizou o uso de drogas), os únicos países que ainda à praticam são os que ainda possuem traços do comunismo (pasmem) como Russia e China, ou países de culturas tribalistas na Africa e Oriente médio. Por favor, reflita.

          • Sheriff Papaco

            Em primeiro lugar, “senso mundial” não é parâmetro quando, por uma análise objetiva, compreende-se que o mundo está subvertido nas mais diversas esferas (ética, moral, cultural, filosófica, espiritual, social, etc).

            Segundo, pq um código penal que pode admitir que a pena para um roubo pode ser feita através do ressarcimento do valor roubado não pode admitir que se puna com pena capital aquele que tirou a vida de outro arbitrariamente? Essa é a definição mais básica de assassinato.
            Para mais esclarecimentos, veja esse vídeo:

            https://www.youtube.com/watch?v=LJ8zsAxIpRM

        • Marcelo Custódio

          E qual foi o argumento pra demonstrar que “A Direira é essencialmente contraditória…”, ignóbil fanático militante virtual ?

          Só “Porque sim” ???

          Muito pelo contrário! VOCÊS da extrema esquerda projetam em desafetos seus próprios defeitos e erros.

          ISSO inclusive é estratégia.

          E o fato de NÃO TER REFUTADO ( Claro, vocês não tem como pois são apenas papagaios histéricos de palavras de ordem da vossa elite “intelectual” rica que ficam “floodando” a Internet tentando convencer pela repetição … ) palavra alguma do que escrevi SÓ COMPROVA MESMO QUE ÉS UM IGNÓBIL.

          • Bodhisattva

            “De nada adianta expor o problema sem, no mínimo, apresentar uma sugestão viável de solução.
            E para que não se possa falar de teorias inaplicáveis, é sugerido que se pare apenas com as críticas ao Estado, Governo e governantes por serem omissos ou distantes para com seus governados. Apenas falar, não leva a nada. Para cobrar o bem, faça o bem.
            Depositar esperanças em Direita ou Esquerda, acreditando que o simples fato de o serem, de adotarem suas “bases ideológicas”, determinaria o sucesso ou fracasso de suas gestões, renegando a condição corrupta inerente ao ser humano é querer simplificar algo bem mais complexo .O bem maior é ser independente para agir e pensar, sempre. Todos podem ajudar. Não basta ser consciente, é preciso se comprometer em fazer.”

        • Marcelo Custódio

          A propósito, como já bem dizia o Dr Lyle Rossiter em seu livro “A Mente Esquerdista: As Causas da Loucura Politica”, A mentalidade revolucionária/rebelde ou esquerdista é TRANSTORNO (doença).

          e projetar essa tal “contradição” de vocês que possuem um duplipensar, um duplo padrão moral, na Direita, é sintoma de TRANSTORNO mental. É mecanismo de defesa de gente fraca.

          • Bodhisattva

            Mas no mesmo livro, que apesar de ser escrito por um psiquiatra, não contém absolutamente nenhum argumento científico comprovado, o Dr. Rossiter diz : ” My political views are so obviously correct that anyone who doesn’t accept them just has to be nuts.”…. Ele afirma isso baseado em que mesmo? Só “porquê sim”?

        • Santiago

          Parei de votar em partido de esquerda. São a ala mais hipócrita que já pisou em solo brasileiro. Tudo aquilo que eles dizem que são contra no Brasil eles apoiam em outros países: ditadura, opressão das mulheres e dos homossexuais, violação dos direitos humanos, liberdade de expressão e tudo que não presta. Basta ver as alianças internacionais que os tais partidos de esquerda estabelecem: Cuba, Venezuela, Irã, Ditaduras africanas e países árabes.

          Alguém aqui já ouviu falar em parada gay em Cuba???? Ou no Irã??????? Enfim partido de esquerda é hipócrita demais

          • Esquerda Valente

            Mas a direita não é nada diferente. Eles só sabem apontar o dedo para o outro lado. Tudo o que está do lado deles, mesmo que seja errado, eles se omitem totalmente. Descem a lenha em Cuba, mas ao mesmo tempo, queriam de volta o regime de 64, que foi outra ditadura. Então, é sempre o sujo falando do mal lavado.

        • Marcelo Custódio

          E o IGNÓBIL esquerdista mais uma vez muda o foco do debate e confunde os incautos fazendo tudo patecer uma “batalha equilibrada”

          Não refutou, ofendeu, projetou e … diz que eu ofendi. Se você é ignóbil você merece ser chamado de ignóbil.

          Pra você o problema não é a merda que você escreve. O problema é ser chamado de “ignóbil”. Culpam as vítimas.

          Como Lula que nada refutava. Apenas dizia que é “perseguição” o apontar de seus erros.

          Víbora venenosa e perigosa vocês são.
          VOCÊS degeneram o cérebro de muito jovenzinho carente emocionalmente. São presas fáceis pra vocês.

          É você é um desses casos perdidos.

          Você jovenzinho que tem amigo igual a esse tipo aí na Faculdade se afaste dele. Urgentemente!

    • Esquerda Valente

      Claro, para a direita é sempre mais fácil jogar tudo pro outro lado. Se dizem tão defensores da moral e bons costumes, mas julgam os outros pelas mesmas coisas que fazem.

    • Diogo Barbosa

      Vai toma no cu se for começar com putaria partidária num fórum de MMA.

  • Anderson Gonçalves Vieira

    otima ideia ter o podcast no youtube

  • Ary Graniel Junior

    essoal, o que houve com o 6R??? Faz tempo que está desatualizado, matérias a cada 2 ou 3 dias, colunas inativas… Resenha em vídeo ?? Parece muita preguiça, desculpa aí mas já foi melhor

    • Renato Rebelo

      Nossa prioridade não é replicar conteúdo de terceiros. Nunca foi e será menos ainda (além de q essa parte passará mais para o Instagram). Quanto ao nosso conteúdo, estamos voltando aos poucos.

      • Santiago

        Renatão eu sei que esse é um trabalho voluntário, no qual vc não recebe nenhum centavo, apenas a satisfação, mas pelo menos o fórum precisa ser melhor atualizado. Demora muito pra ser lançado tópicos novos. Ultimamente estou me mantendo atualizado por meio de outros portais, inclusive alguns nem sao especializados em MMA. Aqui tá demorando demais pra ser atualizado. Falo especificamente do Fórum

        • Renato Rebelo

          Só ler minha resposta acima.

          • Santiago

            Meu amigo eu li sua resposta muito bem. Só não sinto tesão em visitar um fórum que demora quase uma semana pra ser atualizado. Ngm sente. Repito: estou falando do Fórum.

  • Nathan Dreak

    Gostei do podcast em vídeo no Youtube. Próximo passo é fazer mesa redonda.

    • Rodrigo Tannuri

      Seria mara!

  • Lorenzo Freitas

    amanda ganha da cyborg, gastelum tem q continuar nos medios, dern tem q perder as graxas

  • Mauricio

    Caramba bicho!
    Os caras fazem um podcast da hora e a galera fica debatendo politica… leva a discussão pra um lugar especifico… o bagulho tem 48 minutos e serio mesmo que vai ficar mo debate por conta de 5 segundos?

    • Rodrigo Tannuri

      Falou tudo, Maurício 🙂 Que polêmica boba!

  • Ricardo Yokoo

    Amigos, tá muito curto o podcast!! Me amarrava em passar mais de 1hora e meia ouvindo as ótimas análises e o bom humlr de vcs!!

  • Mike Martin

    Bom ver o Fitch de novo em um grande evento ,me ” Amarrava ” no seu estilo de lutar rs !

  • Fernando Ribeiro

    Parece que não comentaram sobre a demissão do Pantera, apesar de estar na pauta.

Tags: , ,