Retorno de Nate Diaz é
excelente notícia...mas e aí?

João Vitor Xavier | 02/05/2018 às 16:07

Nate Diaz é o tipo de lutador que não passa batido por nenhum fã de MMA. Todos têm sua opinião sobre o bad boy de Stockton, hoje um dos atletas mais famosos do esporte, mesmo sem lutar desde agosto de 2016.

Seus duelos épicos contra Conor McGregor catapultaram o nome de Diaz ao estrelato e seu provável retorno no início do próximo semestre – mais precisamente no UFC 227, de quatro de agosto, em Los Angeles – é sim excelente notícia. Para o UFC e para os fãs.

Como diria Eminem: “Precisamos de um pouco de controvérsia”

Mesmo quem o odeia reconhece (ou deveria) que Nate não faz lutas chatas. Até o build-up é chamativo.

Seu estilo “f..-se” fora e dentro do octógono são divertidos sim.

E isso, claro, se traduz em grana, principalmente após a rivalidade com McGregor. Tanto que já há uma lista de atletas pedindo sua cabeça.

Inclusive o campeão meio-médio Tyron Woodley. Nate está 1-1 na categoria em suas últimas lutas e, mesmo assim, o dono do cinturão quer enfrentá-lo. Sinal de que Diaz é, de fato, um astro do MMA.

Mas não acho que um duelo com Woodley seja bom para o retorno do irmão mais novo de Nick Diaz. Primeiro que Nate está longe de merecer um title shot até 77 kg. Depois, o jogo não casa. “The Chosen One” é mais forte, tem as mãos pesadíssimas e é um wrestler de primeira. Não daria luta!

Ainda que outros meio-médios estejam lambendo os beiços para enfrentar Nate, penso que seu retorno seria melhor aproveitado nos leves. E contra outro “porradeiro”.

Ele está treinando muito. Todo dia. É o que ele ama fazer. É só uma questão de dinheiro. Depois das duas lutas com o McGregor, não o culpo”, disse o amigo Jake Shields no MMA Hour.

Nada de wrestlers ou atletas que consigam frear o excelente jogo em pé de Diaz ou neutralizá-lo no chão – tarefa difícil, mas longe de impossível.

Neste cenário, vejo com bom gosto as especulações em torno de nomes como Dustin Poirier e Eddie Alvarez. Os dois parecem estar interessadíssimos em pegar Diaz e dariam lutas épicas ao norte-americano.

#tantofaz

Além disso, uma eventual vitória sobre qualquer um dos dois colocaria Nate na marca do pênalti para enfrentar Conor McGregor novamente.

A trilogia é inevitável e, com Diaz vindo de triunfo, venderia ainda mais.

Porém, outro nome me deixa animado para receber Nate de volta ao Ultimate: Justin Gaethje.

Em baixa após duas derrotas consecutivas, o norte-americano tem o estilo perfeito para testar Diaz e lhe dar, ao mesmo tempo, uma luta divertida e emocionante.

Seus chutes baixos, principalmente, farão com que Nate tenha que responder a dúvidas que pairam sobre seu jogo desde que Rafael Dos Anjos o dominou em dezembro de 2014. Na ocasião, Diaz não conseguiu lidar com a variedade de ataques de RDA e foi dominado pelo brasileiro, que usou e abusou dos low kicks.

Gaethje lhe proporcionaria a chance de mostrar a muita gente que, neste tempo fora, Nate evoluiu em pé. O ex-campeão do WSOF também tem boas quedas, e pode forçar Diaz a responder mais perguntas sobre seu estilo.

Não sei quem o UFC prepara para receber Diaz de volta, mas espero que o senso comum prevaleça. Nada de wrestlers ou de atletas gigantes do meio-médio. Vamos (re)começar aos poucos.

Sem medo de soar como fanboy, digo que ele mereceu o direito de ter um retorno à sua altura e contra alguém que possa destacar todos os seus atributos.

  • Edinelson Santos De Oliveira

    Pra fazer o diaz voltar a lutar é simples, e só pagar uma grana alta e dar a ele um camarim com muita maconha pra ele

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Excelente notícia pro UFC como empresa, Nate Diaz era bom quando ainda era lutador comum, depois que teve as lutas com o McGregor ele acha que é o foda, eu acho que ele nem garante vendas de PPV sozinho pra falar verdade, se for pra ficar furando fila nem quero ver ele voltar

    • Zenette Vutton

      Claro que ele não vai levar um PPV sozinho. PPV quase sempre tem duas disputas de cinta, o peso do PPV fica pros Champ/Desafiante. Nate é um porteiro com personalidade Gângster famoso, que faz boas lutas e sabe entreter o público, não um Champ/Desafiante. Nate é aquele cara que só vai pra agregar no PPV mesmo. Mas vendo que tem uns Campeões ai que fazem sofrendo 300k de PPV, acho que se Nate tivesse como Campeão ou Desafiante, ele facilmente poderia dar ótimos números de PPV (600k+), obviamente se o resto do Card colaborar, rs.

    • Zenette Vutton

      Enfim, nesse UFC 227, ele estará no Card Principal obviamente, mas não será nem Main nem Co-Main Event, estará lá pra dar um Up na qualidade do evento e no PPV. Afinal “Nate is Back” vai repercutir bem. Assim como Ronda, Conor, Spider, Jones, GSP & Cia.

  • Nathan Dreak

    As lutas dele são boas, mas honestamente não ligo muito. Não o vejo com chances nem contra Khabib, Fergusson menos ainda Woodley.

  • Bruno Lima

    Pro UFC é uma boa notícia depois das lutas com Conor o Nate tem potencial pra aumentar o pay per view de qualquer card só que terá que abrir os cofres.kkk

  • Bruno Lima

    Nate vs Poirrier ou Alvarez seriam lutas épicas

    • Zenette Vutton

      Alvarez amarraria.. não toparia se arriscar a perder quando está beirando um TS, ainda mais pra um cara que tá longe do mesmo..

      • Guilherme Martins

        Só lembro do Alvarez ter amarrado na luta contra o Pettis. Nas lutas dele contra porradeiros, quase todas foram sensacionais

  • Edu Goes

    Justin Gaejthe vs Nate Diaz seria insano!

  • Roberto jr

    O woodley nao tem gás pra amarrar o nate numa possível luta de 5 rounds. Nem com bolsa de oxigênio extra.

    • Zenette Vutton

      Pior: É capaz do Woodley ficar acuado e temer os poderosos Jabs-Diretos do Nate.

    • Letícia Cordis

      Acho mismatch Nate x Woodley. O campeão, além de saber amarrar, tem uma mão pesada que o Diaz jamais deve ter visto na vida.

  • Sergio Araujo

    Discordo totalmente da opinião do autor. Acho que devem jogar ele pros tubarões do meio médio mesmo. Se ele der caldo, então merece a grana que tá pedindo, caso contrário baixa a bola.

    • Zenette Vutton

      Rapaz, acredito que ele quebraria um Gunnar/Magny/Condit/etc

      • Sergio Araujo

        Falei tubarões e não a galera do meio da tabela.

        • Zenette Vutton

          Magny tá a 1V de ir a um TS ou colar no Top3…
          Gunnar é um cara com longo futuro pela frente..
          Condit é um cara com história na categoria,hoje realmente vem mal..
          Mas não são nem um pouco ruins.

          • Sergio Araujo

            Magny que perdeu 2 das últimas 4 lutas está a 1V do TS? Fala sério!

            Eu casaria ele com o Lawler. Seria uma lutaça e um bom desafio pra quem tá se achando a tampa da garrafa.

      • Anderson Schaefer

        me deixa extremamente triste em falar isso mas, ganhar do condit não e parâmetro pra ninguém hoje em dia

      • Iago Batista

        n sei se o Nate ganha do Perry, quanto mais essa galera….

        • Zenette Vutton

          Perry é um Brawler, é o tipo de lutador que sofre com estratégias (ok, eu sei que nate não sabe nem que diabos é “estratégia” kkk), e tipo, o jogo e as características do Nate complicariam muito a vida do Perry. Mas uma coisa engraçada é tipo.. eu apostaria numa luta de 3 Round no nate contra os três que citei.. mas em 3 Rounds não apostaria no nate contra o Perry.. e o Perry é inferior ao tres que citei.. mas enfim kk

  • KRS Porlaneff

    O retorno de Nate Diaz me empolga tanto quanto a Globo passar mais três edições de Big Brother no ano, ao invés de uma só.

    E ainda é a prova que McGregor sairá 1000% impune de toda aquela merda que ele provocou em NYC.

  • Walter Filho

    O Nate foi um lutador bem OK durante toda a sua carreira. Engatou uma boa sequência em 2011, conseguindo disputar a cinta, mas tomou uma aula de MMA do Bendo, daquelas que faz você se perguntar como aquele cara tava disputando uma cinta estando em um nível tão abaixo do campeão. Sendo bem sincero eu vejo ele perdendo de quase todo mundo no top 10 dos leves, ainda mais com esse estilo de defender soco com o queixo.
    Deu sorte do seu jogo casar com o da maior estrela da história do MMA, garantindo duas bolsas gordas pra ele, mas se pegar um lutador que varia um pouco o estilo, ele perde rounds de 10-8
    Aquele boxe na base do jab+direto só passa a funcionar quando o adversário morre no gás (isso é mérito dele). No primeiro round da primeira luta e nos dois primeiros da segunda luta dele contra o Conor, os dois pareciam estar em esportes diferentes. Não sei se o irlandês chegou a tomar 3 golpes nesses 15 minutos.
    Tanto é que ele sabe que a chance dele se manter relevante é lutando com o McGregor, porque o UFC chegou a oferecer disputas de cinta nos leves e nos meio médios e ele recusou.

    • Iago Batista

      só n ganhou meu like pela narração da luta contra o Irlanda, mas concordo com tudo que disse

  • Zenette Vutton

    A Real é que o UFC é inteligente né bicho. Mas tipo, Nate tb não é de correr de adversário algum. Mas visando $ acredito em lutas casadas “fáceis” pro Nate vencer, e vencer.. ou pelo menos casamentos que dêem ótimas lutas, pra manter ele no Noticiário a todo vapor, espero que casem-o com Barboza, Gaethje ou Poirier! São três caras que deriam boas lutas. Se jogar o Alvarez, vai rolar agarra-agarra.

  • mario

    Nate Diaz é o tipico lutador “bom pra empresa”. Causa altas confusoes, provoca muito e chama a galerinha pra sala pra assitir.. tecnicamente é um lutador normal, tomou duas sovas pro Conor no round 1 nas duas lutas e so ganhou uma e sobreviveu a outra graças ao gás limitado do Frangogregor e ao seu queixo de saco de pancadas potente.. fora isso, ganhou uma, perdeu outra, mas nunca se firmou entre os top 5, bem irmãos Diaz mesmo.. faz lutas divertidas bem circão q o povão gosta de ver, tem um boxe interessante e um jj bom, e só.. e sozinho nao conseguiria metade do hype em cima dele se nao fosse o Conor.. enfim, joga pros tubarões dos leves pra ver no que dá

  • Paulo Zanchet

    O Nate é engraçado: irreverente, debocha dos adversários quando o golpe entra, dá tapão de mão de aberta, faz seu espetáculo… E, claro, venceu o McGregor, ficando mais popular. Acho que muitas vezes ele é subestimado, mas, de repente, com seu bom queixo e gás acima da média, ele começa a crescer na luta e dar trabalho. Embora lento, tem um boxe legal, onde usa sua envergadura a favor. Seu jiu-jitsu também é eficiente. E as provocações dele dão uma quebrada no psicológico do adversário, facilitando seu jogo.

  • GERMAN0

    Jab direto, tapa na cara e catarrada pra esquerda … Nate possui o melhor combo do MMA

    também tem a variação … jab direto, dedo médio e tapa na cara

    • Diogo Barbosa

      Tem o triângulo com duplo foda-se.

  • Lero

    Diaz vs Barboza

  • Igor Barbosa

    Vale lembrar que o Nate Diaz estava praticamente aposentado antes de lutar com o McGregor. Por conta disso, o UFC casou a luta achando que seria fácil pro Connor, e por causa do pré-luta. Sinceramente, tá na hora de o UFC ao menos fazer como o Bellator, e separar o lado esportivo da palhaçada. Desde que não atrapalhem o andamento de categoria nenhuma, podem fazer até Nate Diaz x McGregor 3. Ou Nate Diaz contra outro zé graça qualquer.

  • Kalil Restivo

    Sinceramente, para mim os irmãos Diaz são muito superestimados.
    Tudo bem, têm um boxe decente e um bom jiu, além de serem marrentos/bad boys,embora não sejam excelentes em nada.

  • Letícia Cordis

    Concordo demais, parabéns pela sensibilidade do texto. Ressaltando que o Diaz, pra mim, tem condições reais de ganhar do Gaethje, e então penso que talvez seja melhor dar alguém mais vencível para ele se reerguer, do que colocá-lo com o Nate.

Tags: ,