Texto:" /> Duelo Michael Chiesa x Anthony Pettis vai rolar no UFC 226 | Sexto Round
 

Michael Chiesa x Anthony Pettis
é remarcada para o UFC 226

01/05/2018 às 21:42

Texto: Combate.com

Nesta segunda-feira, a luta entre Michael Chiesa e Anthony Petis recebeu nova data para acontecer.

O duelo entre os pesos-leves, originalmente marcado para o UFC 223 do último dia 7 de abril em Nova York, vai acontecer no dia 7 de julho, no UFC 226, em Las Vegas.

O confronto entre Chiesa e Pettis foi cancelado dois dias antes do UFC 223, após Chiesa sofrer cortes devido ao ataque de Conor McGregor a um ônibus que transportava lutadores da arena ao hotel.

O atleta foi atingidos por estilhaços de vidro de uma janela, quebrada quando McGregor jogou um carrinho de carga na sua direção.

Chiesa é atualmente o nono colocado do ranking peso-leve, e vem de uma derrota para Kevin Lee em junho de 2017. Petis ocupa a 12ª posição do mesmo ranking, e sofreu uma derrota para Dustin Poirier em novembro passado.

  • Mauricio

    Pettis teve uma queda incrível de rendimento. .. Ou nunca foi grande coisa… eis a dúvida

    • Lucas Toledo

      É um caso parecido com o do Aldo, em alguns aspectos. Acho que parte se explica pelo surgimento de uma nova geração de lutadores, que vieram com um jogo mais lapidados e mais completos, e os jogos dos ex-campeoes não evoluiram ao mesmo passo.

      Outro ponto é que quando se é campeão, seu jogo é o mais visto e mais estudado pelos adversários, as brechas aparecem e serão exploradas com o tempo, fatalmente.

      E por último, acho que nenhum superou a quebra mental das derrotas pra RDA e McGregor.

    • KRS Porlaneff

      Pra mim ele nunca foi grande coisa.

      Vi muito o WEC e acho que a maioria da galera que é/era fã dele o achava imbatível por conta do “Showtime Ninja Kick” que ele aplicou no Bendo no último evento da liga. Quando ele chegou no UFC perdendo para o Clay Guida que já não era essa ameaça toda, tive certeza que ele era extremamente superestimado. A luta contra o Stephens – que pra mim o barbudo ganhou – só sacramentou minha opinião a respeito dele.

      Aí ele massacrou o Lauzon que também nunca foi muito longe e atropelou o Cerrone na época pré-falência (quando ele estava lutando pior). Não tiro os méritos dele na revanche contra o Bendo, apesar que o fator psicológico do Mr. Palito de Dente pesou demais naquela defesa de cinturão, e vi o Melendez melhor no primeiro round.

      RDA foi luta dura e seria luta dura pra qualquer um, nem dá pra tirar os méritos do brasileiro, mas Alvarez conseguiu ganhar dele “com um olho só”. Como de Edson Barboza em diante Pettis se tornou lutador comum, na minha opinião, paro a análise das lutas aqui.

      Acho Pettis um lutador de nível médio-alto mas que leva seu apelido “Showtime” a sério demais, como se ele se cobrasse em todas as lutas fazer algo mirabolante. E na LW do UFC, desde antes da chegada dele, já não tinha espaço no top 10 para lutadores mais preocupados em dar espetáculo. Nessa época ele explorava pouco a sua principal qualidade (achar brechas nos pontos fortes do adversário) e acabou que tentou transformar sua marca registrada em ponto de definição de luta, mas diante de estratégias retas e pontuais como as adotadas por RDA, por exemplo, esquece.

      Isso que eu nem entrei no ponto onde a USADA começou a cair em cima dos lutadores.

  • Mike Martin

    E agora ou nunca ou ele ressurge das cinzas ou se afunda de vez no poço

  • Rudá Corrêa Viana

    O ex campeao dos leves está tao decrépito que so me resta uma coisa:

    Chiesa por mata leão no R1 ou R2?

  • Lorenzo Fertitta

    Acho que o Chiesa não vai conseguir achar nada no chão. Aposto em uma luta disputada predominantemente em pé, sem grandes emoções, e com o decadente Pettis controlando com tranquilidade e vencendo em uma morna UD, tal qual fez contra o Jim Miller.

    • Otaviano Jr

      concordo com tudo, acho o Pettis muito traiçoeiro apesar de tudo

  • Esquerda Valente

    Chiesa finaliza

  • Iago Batista

    Chiesa vai apertar o pescoço dele