Atacando de Joe Silva: lutas
a casar pós-UFC Atlantic City

Thiago Sampaio | 22/04/2018 às 20:39

Fala, pessoal! Olha eu aqui em pleno domingo e não é com a coluna “Vale assistir?”! A pedido do próprio matchmaker do Sexto Round, o mestre Laerte Viana, assumi a responsabilidade nesta semana de me aventurar pela segunda vez pela “Atacando de Joe Silva”.

E são muitas as possibilidades abertas depois do evento do último sábado (21), em Atlantic City, pois alguns combates envolviam atletas da elite que estão na expectativa de conseguir uma disputa de título ainda em 2018.

Não só as lutas principais, mas tivemos outros duelos que podem dar uma balançada interessante no meio da tabela de diferentes categorias.

E vamos deixar de enrolação e imaginar o que pode vir após o UFC Fight Night 128.

Kevin Lee x Eddie Alvarez

Que vitória maiúscula do fanfarrão Kevin Lee! Passeou por cinco rounds em cima de Edson Barboza e, ao final, como era de se esperar, desafiou Khabib Nurmagomedov. Mas como o Motown Phenom disputou o cinturão interino não faz muito tempo, a pedida é quase impossível.

E aí onde entra o imbróglio pelo cinturão da categoria dos leves. Meu amigo Laerte Viana casou a revanche de Dustin Poirier com Eddie Alvarez, porém, na semana, foi divulgado que o Diamante pegará um gancho de seis meses de suspensão.

Ou seja: timing perfeito para enfrentar o campeão Khabib em novembro, mês que o russo já revelou que pretende voltar. Isso, claro, se Conor McGregor ainda estiver encrencado com a Justiça, caso contrário o irlandês é o desafiante óbvio (leia-se vendável).

Alvarez, quinto do ranking, não luta desde 2 de dezembro do ano passado, quando nocauteou Justin Gaethje. Dificilmente vai esperar até novembro. Então, um duelo com Kevin Lee, que deve adentrar o top 5, seria ideal para o fim de julho ou agosto.

Se Lee vencer o ex-campeão dos leves, vai ganhar a moral que precisa. Se Alvarez levar, nada impede que um novo confronto com Poirier aconteça no fim do ano, caso a luta entre Khabib e Conor realmente seja marcada.

Edson Barboza x Justin Gaethje

Somadas as surras que levou de Khabib Nurmagomedov e Kevin Lee, Edson Barboza perdeu muitos anos de vida. Com certeza deu muitos passos para trás e uma disputa de título vai permanecer como sonho.

Depois de sofrer nas mãos de dois wrestlers de alto nível, seria bom se na próxima Edson enfim recebesse um adversário que aceitasse a luta em pé, permitindo que ele solte o seu jogo, mas também seja pressionado (uma dificuldade recorrente do brasileiro).

Quem seria esse nome que adora partir para cima, só utiliza o wrestler para defender quedas, também tem o muay thai como carro chefe, anda sempre para frente defendendo golpes com a cara, mesmo que seminocauteado?

Sim, Justin Gaethje! O maluco também vem de duas derrotas e já declarou que só vai fazer mais cinco lutas antes de se aposentar. Disse que luta para dar show. Então, os fãs agradeceriam se fossem presenteados com essa violência lá pelo fim do ano, até para eles se recuperarem das sequelas. De preferência por cinco rounds.

Frankie Edgar x Zumbi Coreano

Superado o primeiro nocaute sofrido na carreira, Frankie Edgar teve mais uma atuação tranquila contra Cub Swanson. Desta vez, resolveu quase tudo em pé mesmo!

Virada a página, a ainda inédita luta contra Max Holloway é muito interessante, mas ele perdeu a vez para Brian Ortega e deve precisar vencer pelo menos mais uma para recuperar o title-shot que era dele.

A opção para o The Answer é o também ex-desafiante da categoria Chan Sung Jung, que anda bem sumido. Ele não luta há mais de um ano, mas, após a vitória de Edgar, foi às redes sociais para dizer que gostaria de enfrentá-lo.

O Zumbi Coreano publicou no seu Instagram uma foto do combate entre eles no vídeo game com a legenda “I want do fight with you #ufc” (Eu quero lutar com você). Se rolar, temos a promessa de um embate entre dois guerreiros, bastante técnicos, que só desistem se o mundo desabar.

Caso o Zumbi continue a habitar o estaleiro, Frankie pode medir forças com o veterano Darren Elkins. Poucos valorizam ele e pode até parecer um grande passo para trás, mas o vesgo vem de nada menos que seis vitórias em seguida e está merecendo uma luta de respeito.

Um encontro com o ex-campeão dos leves seria essa chance ideal!

David Branch x Michael Bisping

Não seria surpresa se David Branch, faixa preta de jiu-jítsu de Renzo Gracie, vencesse o striker Thiago Marreta por finalização. Mas por nocaute no primeiro round, surpreendeu, sim!

Enquanto isso, o inglês Michael Bisping aguarda um oponente para a sua anunciada luta de despedida. Recusou a qualquer custo Vitor Belfort, cogitou Lyoto Machida e nada andou, provocou Luke Rockhold só para ficar bem na fita.

Quem sabe Branch, um atleta experiente, ex-campeão de duas categorias simultaneamente do World Series of Fighting (WSOF) e vindo de boa vitória tenha as credenciais que agradem o The Count para o adeus.

Se o inglês continuar a “botar boneco”, como se fala aqui no Nordeste, outra opção para o vencedor do último sábado é Derek Brunson.

Casamentos extras:

  • Aljamain Sterling conseguiu uma vitória dominante sobre o então invicto Brett Johns, lembrando os tempos em que era chamado de “mini-Jon Jones“. Pediu Dominick Cruz, mas, precisa subir alguns degraus ainda e o ex-campeão adora um chá de sumiço. Por isso, um confronto com John Dodson, 7° do ranking, que se recuperou de duas derrotas ao vencer Pedro Munhoz, parece de ótimo tamanho. Tem uma movimentação frenética que vai exigir bem mais da trocação e um wrestling defensivo na medida para não ser derrubado com facilidade.
  • Naquela luta que estava no card principal só para agradar os que anseiam ver pesos pesados nocauteando, Justin Willis, uma versão obesa de Tyron Woodley, bateu forte como sabe, mas venceu só por pontos o horrendo Chase Sherman. Na categoria mais vexatória da atualidade, o Bonitão (apelido bem condizente se levado na ironia), já belisca uma vaga no top 15 (oh céus!). Justin Ledet, que também venceu três no UFC e está exatamente em 15°, é ideal para a próxima.
  • O neozelandês Dan Hooker anotou mais um nocaute com joelhada assassina. E desta vez, por ter sido contra Jim Miller, um veterano que apresenta sinais claros de fim de carreira, teve um peso ainda maior. Se insinuou para Paul Felder, que o entrevistou pós-luta. Mas o comentarista deve receber uma melhor compensação após ficar de fora do último evento (Al Iaquinta…), mesmo tendo batido o peso. Então, uma anarquia em pé de Hooker com o sempre empolgante Lando Vannata seria bem vinda.
  • Siyar Bahadurzada voltou a mostrar que não se pode bobear com ele. Um chute no estômago levou Luan Chagas a um nocaute com efeito retardatário. Mas o afegão/holandês já mostrou anteriormente dificuldade com atletas da luta agarrada. Sendo assim, o burocrático, mas ótimo wrestler, Ryan LaFlare, que venceu por decisão Alex White no mesmo card, seria um teste e tanto.
  • Corey Anderson venceu o cascudo Patrick Cummins até com sobra, fazendo o que sabe de melhor, impondo o bom wrestling. Como a categoria dos meio pesados está mais varrida do que filmes pós-apocalípticos sobre zumbis, uma opção é Misha Cirkunov. Apesar de vir de duas derrotas, o letão-canadense está logo acima dele no ranking, tem um jiu-jítsu que pode oferecer perigo e é superior em pé.

Amigos, me ajudem com os destinos de Cub Swanson, Thiago Marreta, Jim Miller e companhia? Arrochem!

  • Diogo Barbosa

    Edson tem um problema lascado com a curta distância e vc querendo dar um cara que se fecha e entra igual a louco na curta, êta sangue no zóio!

    Edson vs Chiessa (que não tem lá o melhor jogo de quedas do mundo)
    Lee vs Alvares
    Marreta vs Brunson
    Edgar vs Elkins

    • Iago Batista

      tbm acho que não é uma boa pro Barboza n, mas tem uma galera pedindo já

    • Thiago Sampaio

      Ué, mas a ideia não é dar uma luta vencível para o Barboza, e sim um casamento que faça sentido.

      Tanto Gaethje como Barboza vêm de duas derrotas, ocupam lugares próximos do ranking e têm estilos que renderia uma boa luta.

      Concordo que o favoritismo seria do Gaethje, mas o Edson teria totais condições de nocautear (como quase conseguiu com o Lee).

      Não tem essa de facilitar a vida para brasileiro! Haha

      • Malk Suruhito

        Quando vc tem um lutador highlight como o Barboza, acho sim interessante lhe dar uma chance de recuperação, seja para ele reconstruir a autoconfiança, seja para para amenizar a imagem diante do público. Tem que se ter um jogo de cintura neste sentido.

        • Thiago Sampaio

          Até entendo o ponto de vista. Mas tendo dois “lutadores de highlights” como Gaethje e Barboza, certamente os fãs e até os apreciadores médios do esporte iriam parar para assistir. Sendo luta principal na TV aberta lá fora, iria puxar audiência, principalmente se anteceder a semana de um card numerado. Como são caras que gostam de show, as chances de um deles ser demitido com três derrotas é praticamente impossível.

          • Malk Suruhito

            Ok, mas não precisava ser agora, principalmente com eles vindo de derrotas. Dava uma retocada na poeira de cada um e colocava eles para se deglariarem daqui a duas lutas.

      • Diogo Barbosa

        Tanto faz a nacionalidade, mas depois de duas piabas é bom manter um (dois na verdade) lutadores que têm certo nome com algumas vitórias p valer o ingresso.
        Acho que seria melhor casá-lo com caras que tornam a luta interessante para os dois lados (strikers de longa) talvez um David Teymur , Makdesi ou até mesmo Trujilo que mesmo não trocando muito tem gás pra meia luta..

        • Malk Suruhito

          Eu também acho que independe a nacionalidade. Não acho que tem que ter uma luta de recuperação por conta do Edson ser brasileiro e “O rei de Nova Friburgo”. Fosse o Shan Tsung Jung, Lando Vanata ou Magomedsharipov (como se este precisasse), eu também sustentaria que o mesmo deveria ter uma luta de recuperação, uma boa e velha “carne assada”.

  • Esquerda Valente

    Vencedores:

    Lee x Alvarez
    Edgar x Moicano
    Branch x Brunson
    Sterling x Cruz
    Anderson x Teixeira

    Perdedores:

    Barboza x Gaethje
    Swanson x Elkins
    Marreta x Boetsch
    Johns x Almeida
    Cummins x Pedro

  • Mauro

    Poxa, discordo de quase todos.

    Alvarez x Lee faz sentido, mas talvez seja queimar um contender.
    Branch x Brunson, já que Bisping vai querer moleza para se aposentar. Mas seria melhor Branch x Weidman, mas este está incapaz.
    Não acho que Edgar deva pegar o Zumbi, muito menos o Elkins. Edgar deve esperar a luta do Holloway com Ortega, e se Ortega for campeão, pegar o Holloway. No mais, dos dois, Zumbi então é o mais viável, mesmo ambos estando bem distante no ranking.

    • Henrique

      Acho que o Edgar não vai ficar parado não, até pq Holloway x Ortega só vai acontecer em Julho, não acho que seja passo atras enfrentar Zumbi ou Elkins, vale lembrar que após Edgar vencer Stephens ele enfrentou Yair na sequência.

      • Mauro

        Yair era top 7 na época.
        Edgar agora deve lutar só em fim de ano, talvez só em Dezembro, por quê não só no último card do ano? Dá tempo de esperar Ortega x Holloway.

        • Zenette Vutton

          Edgar jamais esperaria até o fim do ano. O cara tem 38 anos. Ele vai catar tudo quanto é luta. Ainda mais na situação da Categoria, ele já teve muitas chances de pegar a Cinta, sabe que não tem mais mt o que escolher. Se relaxar, tem Aldo/Stephens, Elkins, CHAD MENDES, entre outros prospectos que chegaram agora que podem ser escolhidos na frente do Edgar apenas pra fazer a categoria rodar e renovar.

    • Thiago Sampaio

      Respeito a opinião mas discordo de alguns pontos.

      Edgar foi nocauteado pelo Ortega no primeiro round e perdeu as últimas quatro disputas de cinturão que lhe foram dadas. Não acredito que o UFC vai dar a ele essa moral de sentar e esperar pela disputa de título.

      Até porque a categoria está embolada. Se Jeremy Stephens vence bem o José Aldo, engata a terceira vitória em seguida e fica ali na beira do title-shot. O próprio Aldo, pelo história, se coloca de novo na briga.

      Sem falar que existe a possibilidade de, se o Holloway bater o Ortega, querer subir para os leves para pegar o Khabib.

      Quanto o Bisping querer uma moleza para se aposentar. A categoria não tem tanta luta fácil assim. Todos do top 15 oferecem riscos reais. E o inglês é muito orgulhoso, não iria querer pegar um Chris Camozzi da vida na despedida. Acredito que o Branch está na medida entre o vencível mas respeitável.

      • Mauro

        Creio que interpretou errado o que eu disse. Não disse que Edgar esperaria o ts. Disse que Edgar esperaria o confronto, para então pegar o derrotado, enquanto o vencedor de Aldo x Jeremy vai pro ts.

        Ou seja: Se Ortega for o campeão, Edgar pode pegar o Holloway, e então, caso vença, disputa merecidamente o ts. Se Holloway for o campeão, e Aldo vencer o Stephens, acho que uma trilogia com Aldo valeria mais que uma luta com Elkins. Se, porem, Jeremy vencer, este tem o ts independente de quem seja o campeão, pois faz tempo que lutou com Holloway, e nunca lutou com Ortega.

        • Thiago Sampaio

          Hum, agora entendi. Sim, essas situações citadas fazem sentido.

          Porém, acho improvável que o Edgar espere pelo perdedor de Holloway x Ortega, já que o confronto só aconteceria lá pelo final do ano. Até pela idade, creio que o The Answer vai querer lutar o quanto puder para conseguir um novo title-shot já no fim do ano ou, no máximo, início de 2019. Por isso apontei que uma luta com o Zumbi Coreano (que o desafiou logo em seguida) por volta de julho ou agosto seria cabível.

          Valeu!

          • Zenette Vutton

            Exato, Edgar agora vai pegar tudo que for ofertado.. tá com 38 anos, 1 mês pra ele = 1 ano pra quem tem 20 aninhos. Ele vai partir pro tudo ou nada pra galgar essa Segunda Cinta, ainda mais que ele não é burro e sabe que não tem uma larga vantagem no que tange merecer um TS, se comparado aos demais, logo vai buscar agradar os chefes e fazer o máximo de lutas possíveis, seja contra quem for. Ele pegou o Cub por conta da Idade que já possui. Ah, não esquecemos do Mendes rs. O menino creio que volta ainda esse ano. Se Zabit conseguir algumas novas proezas em pouco tempo, poderia enfrentar o Mendes, que deve retornar já no Top7 por ai..

    • Valdeir Porto Freire

      Assino embaixo em relação ao Edgar.

    • Zenette Vutton

      Concordo em quase tudo.. cara há uma idolatria sobre o Zumbi q pqp.. mas enfim, acho correto suas ideias, Aldo vencendo o Jeremy, tem que pegar o Ortega, este perdendo ou ganhando. Edgar deve pegar o Max, este perdendo ou ganhando. Acho que Zumbi x Elkins tá de excelente tamanho. Até por que entre Elkins e Zumbi, claramente Elkins é mais merecedor de Top’s 3/TS, venceu Pepey, Bektic, Bermudez e Johnson. Enquanto o Zumbi tá 1-0 e lutou 1x nos últimos 56 Meses.

  • Henrique

    Lee x Alvarez / Barboza x Gaethje
    Edgar x Zumbi / Swanson x Moicano
    Willis x Harris/Spitz / Sherman x Bhullar
    Branch x Bisping / Marreta x Brunson
    Sterling x Dodson / Johns x Caraway
    Hooker x Dariush / Miller x Holbrook
    LaFlare x Bahadurzada / Garcia x Warlley/Aliev
    Simon x Benito / Merab x Zahabi
    Chagas x Camozzi
    Anderson x Pedro (se passar pelo OSP) / Cummins x Antigulov
    Martin x Alhassan / Nakamura x Good

    • Thiago Sampaio

      Curto muito Swanson x Moicano!

  • Anderson Schaefer

    acho que o edgar pega que vencer de stephens x aldo, ele lutou duas praticamente seguidas vai querer um descanso, e o barboza resta o gaethje unico do top 10 que ele nao vai passar vergonha ou levar um vareio no chão

    • Netto Santos

      Nem, ninguém quer ver Aldo x Edgar III e Edgar x Stephens foi um dia desses tbm, não faz sentido casar essas lutas.

  • Thiago Sampaio

    Só uma observação importante pessoal. Justin Ledet vai descer para os meio pesados e enfrenta Aleksandar Rakic no UFC Hamburgo.

    Sendo assim, uma boa para o horrível Justin Willis na próxima seria o igualmente freak Shamil Abdurakhimov, 13° do ranking, que vem de vitória sobre o mesmo Chase Sherman.

    O ideal mesmo era que nenhuma dessas aberrações acontecessem.

  • Louis

    Lee x Alvarez pelo TS n ficaria muito apertado para o primeiro não? Lee acabou de lutar(numa luta de 5 rounds, onde tomou alguns danos e fez muito esforço físico), e vai voltar pra julho-agosto contra o Alvarez e depois – se ganhar – lutar com o Khabib em novembro? Caramba, seria muita disposição, hein…

  • Vinicius Maia

    Rapaz, tu deve odiar o Edson pra casar ele com o Gaetje. Luta terrível pro Edson ainda mais que ele fica sem muita escolha de como atuar se for pressionado.

    • Valdeir Porto Freire

      Pensei a mesma coisa.

      • Thiago Sampaio

        Que nada! Curto muito ver o Edson lutar. E justamente por isso, creio que seria uma lutaça contra o Gaethje e os momentos de cada um favorecem para que o duelo aconteça.

    • Carlos Teixeira

      Cara, o adversário ideal para o edson Barboza sem dúvida é: CM PUNK! Esse sim faria uma lutaça co o brasileiro!

  • Petrus Radamés

    Não podemos esquecer que o Lee não bateu o peso, parece que está com muita dificuldade para continuar nos leves

    • Thiago Sampaio

      Sim, mas já declarou que não pretende subir para os meio-médios.

  • Zenette Vutton

    Justin Willis me parecia promissor… o cara treina com o Cormier, mas não manja de chão.. e na trocação se limita a Jab-Direto. Mas tem uma ótima Direita

  • Louis

    Lee x Alvarez por um TS n seria apertado para o primeiro não? Digamos q marquem pra julho-agosto, e se ele ganha, ele pegaria o Khabib em novembro-dezembro…

    Seriam 3 lutas em 7 meses contra os tubarões dos leves. Obviamente isso n vai acontecer.

    Se o Conor n voltar esse ano, vão marcar Khabib x Poirier, não tenho dúvidas. Essa suspensão de 6 meses n significa nada, essas suspensões nunca são cumpridas ao pé da letra. Até novembro/dezembro o americano já deverá estar apto fisicamente.

    • Thiago Sampaio

      Nesse caso, dificilmente o Lee disputaria o título ainda em 2018. Khabib volta em novembro contra o Conor ou o Poirier, como você mesmo falou. Se o Kevin Lee enfrenta o Alvarez e vence, aí sim fica na espreita para um title-shot em 2019 ou talvez faça ainda mais uma luta.

  • Daniel Piva

    Eu concordo com a ideia desenhada para o Lee, mas acredito que o UFC vai trabalhar para ter mesmo Khabib vs Conor e uma nova luta entre Poirier vs Alvarez. Caso esse cenário se confirme, qual seria o melhor caminho para o Kevin Lee? Talvez uma revanche com o Al Iaquinta (apesar de ter perdido, provavelmente saiu com moral da luta contra o Khabib por ter ajudado a salvar o evento)?

    • Thiago Sampaio

      Pensei nesta possibilidade. Lee e Iaquinta desde a luta entre eles vivem trocando provocações. Mas como a vitória do Lee sobre o Barboza foi muito acachapante, creio que vão dar um dos possíveis desafiantes mesmo para ele, numa espécie de eliminatória. Lembrando que o Poirier só deve voltar lá para novembro e o Alvarez dificilmente vai esperar até lá, pois lutou a última vez no começo de dezembro.

  • bedotRJ

    Lee vs Alvarez
    Barboza vs Hooker
    Edgar vs Korean Zombie
    Swanson vs Emmet
    Branch vs vencedor Belfort/Machida
    Marreta vs Anders
    Sterling vs Dodson
    Johns vs Dvalshivili
    Bahadurzada vs vencedor Cummings/Trator
    Chagas vs Camacho
    Beastin 25/8 vs Latifi
    Cummings vs Manuwa

  • Sergio Araujo

    Nossa, Barbosa x Gaethje seria uma luta fenomenal. Colocar os dois Highlights pra se enfrentar seria um sonho.

    Mas discordo dos outros casamentos. Pra mim o Lee e o Pirier já podiam sair na mão já agora no meio do ano. O Alvarez podia pegar o Chiesa pra ontem. Não gostei de dar o Zumbi pra o Edgar mastigar, prefiro o Elkins, ou o Holloway caso perca do Ortega. Também acho que Branch merece coisa melhor que Bisping, algo como Widman (caso se recupere da lesão) ou o perdedor de Jacaré x Gastelum.

    Swanson x Moicano
    Marreta x Machida
    Miller x Louzon

    • William Oliveira

      Miller já venceu o Lauzon duas vezes.

      • Sergio Araujo

        por isso trilogia… casei essa só pra ver se um deles penduraria as luvas depois da luta, pq a situação dos dois tá muito feia.

        • William Oliveira

          Trilogia estando 2-0 pra um, sendo que ambos tem fases parecidas? Não tem sentido..
          Se a ideia é resgata-los é só dar caras fracos, descer o nível da competição.

  • Leandro Reis Carrera

    Tem que casar Bisping com a aposentadoria logo para ele não voltar nunca mais!

Tags: , , , , , , , , , , , ,