Atacando de Joe Silva: lutas
a casar pós-UFC Glendale

Laerte Viana | 15/04/2018 às 20:10

Fala, galera!

Como esperado, o show entregue em Glendale, nos Estados Unidos, nos entregou uma daquelas batalhas que fica na memória por um longo tempo.

E não poderia ser diferente quando temos um main event composto por dois camaradas que amam uma boa anarquia. Justiça seja feita, o resto do card também foi de alta qualidade, com direito a três promessas brasileiras fazendo bonito.

Com os cenários desenhados, vamos deixar a conversa fiada de lado e falar do que de fato interessa: os próximos passos dos principais nomes do UFC on Fox 29:

1num

Dustin Poirier x Eddie Alvarez 2

Se tem Dustin Poirier em ação, tem emoção. Se tem Justin Gaethje em ação, tem emoção em dobro. E se tem os dois juntos no octógono, temos a potencial melhor luta de 2018.

Ainda na onda do uso excessivo do verbo ter, temos, também, duas certezas. 1) O Diamante foi lapidado e chegou, de fato, ao estágio que todos esperavam. 2) O ex-WSOF, por sua vez, não vai ter vida longa frente à nata.

Poirier, inclusive, poderia muito bem ser o primeiro desafio do campeão Khabib Nurmagomedov. O problema é que o russo, além de ter a sombra de Conor McGregor, só deve retornar no fim do ano.

Por isso o melhor caminho é a revanche contra Eddie Alvarez, que também nocauteou Gaethje recentemente. Eliminatória pelo posto de desafiante e tira-teima do ótimo primeiro encontro entre eles.

NUM_2

Alex Cowboy x Jorge Masvidal

Se não fosse o tropeço inesperado diante de Yancy Medeiros, fatalmente Alex Cowboy estaria próximo do top 10. Todavia, a guerra travada diante de Carlos Condit o recoloca em boa posição até 77kg, o elevando a outro status.

Para seu azar, a grande maioria dos ranqueados já possuem compromissos, portanto não seria surpresa se o brasuca fosse escalado contra alguém fora do ranking.

Mantendo a visão otimista, vou acreditar que o Cowboy será agraciado pelos patrões com um adversário melhor colocado, como forma de gratidão por estar sempre disposto a salvar os eventos.

E quem está sem par no baile é Jorge Masvidal, o sexto, mas que não atravessa boa fase e precisa se recuperar das duas derrotas recentes.

NUM3

Israel Adesanya x Julian Marquez 

A vitória de Israel Adesanya ficou como segundo plano. O que merece ser destacado é que o hype em torno do nigeriano precisa ser contido. O sufoco para bater o esforçado Marvin Vettori deixa claro que há muitas brechas em seu jogo.

Compreensível pelo pouco tempo no MMA.

Se a organização não queimar etapas, certamente Adesanya será trabalhado contra nomes menos badalados, que possam servir como testes para o africano.

Sendo assim, o também striker Julian Marquez, que estreou com vitória em dezembro passado, após impressionar no Dana White’s Tuesday Night Contender, é um nome na medida.

NUM4

Antônio Cara de Sapato x Brad Tavares 

No maior teste de sua curta carreira, Antônio Cara de Sapato mostrou, além da competência de sempre no chão, maturidade de gente grande para despachar o duro Tim Boetsch ainda no round inicial.

A quinta vitória seguida (a quarta por finalização) coloca o carismático paraibano em evidência nos médios, com boas chances de pintar no top 15.

O próximo passo poderia ser contra Paulo Borrachinha, outra promessa brasileira? Poderia, mas dificilmente será.

Quem surge como boa opção é Brad Tavares, que embora não tenha um estilo atrativo, vem de quatro triunfos, está entre os 13 melhores da categoria e nocauteou Krzysztof Jotko, parceiro de treinos do Sapato. Boa pedida para colocar o brasileiro perto do top 10.

NUM5

Gilbert Durinho x Olivier Aubin-Mercier

Está na hora do UFC começar a investigar mais a fundo o que Gilbert Durinho está colocando nas luvas antes de subir no cage – ô mão pesada dos infernos.

Brincadeiras à parte, o fato é que o craque da arte suave vem pegando gosto em apagar os rivais na base da brutalidade, provando que o ditado “só o jiu-jítsu salva” já não cola mais com ele.

A atuação foi tão convincente que me fez mudar os planos traçados na última semana. Assim como Durinho, Olivier Aubin-Mercier foi outro que causou espanto ao nocautear Evan Dunham.

Os dois iriam se enfrentar em fevereiro passado, porém o combate foi cancelado em virtude de alguns problemas que o brasileiro teve no corte de peso. Com a dupla em alta, é só remarcar a peleja.

Casamentos extras: 

  • Confesso que esperava mais de Michelle Waterson, até porque Cortney Casey não é nenhuma maravilha. De qualquer forma, a impressão que fica é que a a ex-campeã do Invicta será uma porteira do top 5, sempre perambulando entre as sete, oito primeiras até 56kg. Karolina Kowalkiewicz, que passou raspando por Felice Herrig no UFC 223, renderia um casamento interessante.
  • Integrante legítimo do top 10, o experiente John Moraga foi bem ao bater o favorito Wilson Reis e engatar a terceira, seis meses depois de surpreender ao apagar o até então invicto Magomed Bibulatov. Apesar da boa fase, a verdade é que Moraga não vai muito longe na divisão, portanto terá que se contentar com desafios no meio da tabela. Pensei em enfrentar o meninão Ben Nguyen, finalizado por Jussier Formiga há dois meses.
  • Acredite se quiser: aos 36 anos, em pleno 2018, Yushin Okami voltou a triunfar na maior organização de MMA do mundo. O monólogo contra Dhiego Lima serviu para quebrar um jejum de cinco anos do japonês na empresa presidida por Dana White. Se vai ter vida longa nos meio-médios, aí já é outra história (acho bem improvável, diga-se de passagem). Para sabemos, sugiro bater de frente com o sumido Tarec Saffiedine, que ainda não mostrou a que veio no Ultimate.

Amigos, me ajudem com os destinos de Justin Gaethje, Carlos Condit, Tim Boetsch e companhia? Mandem bala!

  • Rafael Filipe Fonseca Menezes

    Podiam colocar à prova dois hypes de uma vez e casar Adesanya vs Borrachinha. Aposto vivamente no primeiro.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Faz sentido, mas acho pouco provável que façam isso.

    • William Oliveira

      Borrachinha já está rankeado e inclusive declarou n ter intenção alguma de olhar pra trás no ranking, estava casado com o Hall (#10) até se machucar. N vejo ele aceitando isso, e tbm não acho que seja interessante casar 2 prospectos tão cedo assim, deixa isso pra dps..

    • Diogo Barbosa

      Seria massa, mas meio que é trocar dois “dois mercados” por um.

  • Thiago Tanikawa

    Poirier vs Lee ou Barboza: cansei de casar ele de novo com o Alvarez, parece que nunca vai ter revanche…Barboza ou Lee seria inédito e também colocaria qualquer que fosse o vencedor mais perto do cinturão.
    Gaethe vs Felder: Felder,na minha visão,não é um striker tão peigoso quanto o Poirier,mas tá vindo bem e tá entre os top 15. Uma luta colocaria o ex-campeão do WSOF a teste, provando se ele realmente é de alto nível ou se foi um “one hit wonder”.
    Cowboy vs DHK: venho casando essa luta faz um tempo, o coreano ainda é ranqueado e tem uma boa bagagem,mas o vejo como um adversário vencível pro brasileiro. Luta interessante.
    Condit vs Brown: eu odiaria ver o Condit aposentando depois de 4 derrotas,então prefiro que ele luta uma última vez e que seja contra o Brown,já que os dois ainda têm interesse de se enfrentar.
    Aldesanya vs Akhmedov: estou sem ideias pro Jon Jones 2.0,então fico com o cara que empatou contra o seu adversário da noite passada.
    Waterson vs Gadelha ou Esparza: a Karate Hottie é a definição de porteira e acho que caso enfrente a vencedora do duelo em Chicago ela vá perder,mas ao menos vai credenciar uma nova contender.
    CdS vs Tavares: concordo que os dois devam se enfrentar,vêm em boas sequências e podem se estabelecer como nomes sólidos caso um vença o outro.
    Boetsch vs perdedor Branch vs Marreta: é surreal pensar a quanto tempo o Tim Boetsch vem sobrevivendo no UFC…mas nunca vai chegar muito longe. Espero vê-lo contra o perdedor de Branch e Marreta.
    Moraga vs Formiga: já que o DJ se recusa a dar a nós o que a gente quer…considerem essa luta um title eliminator.
    Burns vs Dariush: Durinho anda me surpreendendo bastante,já são dois nocautes seguidos. Nunca achei ele grande coisa,mas vendo as últimas atuações dele,acho que pode se estabelecer como um integrante sólido do top 15…e a julgar pelo queixo que o Dariush anda apresentando,não me surpreenderia de ver ele nocauteado também.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Rapaz, gostei de Durinho x Dariush. Seria outra boa opção.

  • Louis

    Como eu já falei anteriormente, uma revanche entre Poirier e Alvarez apenas favorece o segundo. Oras, o Alvarez vem de apenas uma vitória nas últimas 3 lutas, sendo que em uma – contra o Poirier – estava perdendo claramente até soltar golpes ilegais, com o resultado sendo estranhamente um NC, ao invés de DQ.

    Poirier não tem nada a ganhar com essa luta. Se eu fosse ele, não aceitaria, e tentaria arrumar um TS pro segundo semestre, já que o Conor provavelmente não voltará esse ano, enquanto o Ferguson se lesionou gravemente e também não deve voltar em 2018.

    Ah, e não sei não se o vencedor de um possível Poirier x Alvarez 2 seria o próximo desafiante, hein… Não esqueçam que têm Ferguson e Conor na fila. Então vamos supor se o Poirier e o Alvarez lutem agora no segundo semestre, em seguida o vencedor voltaria no próximo ano, certo? Mas no próximo ano já é tempo do Ferguson voltar a ativa e do Conor resolver suas questões.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Eu me amarraria em ver Poirier x Alvarez 2. Da para se enfrentarem em julho, por exemplo, e estarem prontos lá para novembro.

  • Anderson Tomaz

    56kg?

  • Henrique

    Poirier x Alvarez / Gaethje x Pettis
    Cowboy x Masvidal / Condit x Brown
    Adesanya x Marquez / Vettori x Janes
    Waterson x Kowalkiewicz / Casey x Moroz
    Sapato x Tavares / Boetsch x Breese/Kelly
    Salikhov x Ayari / Rainey x Enkamp
    Moraga x Formiga / Reis x Nguyen
    Jotko x Akhmedov
    Durinho x Taisumov / Moret x Frevola
    Okami x Saffiedine / Lima RH
    Wieczorek x Magomedov / Bhullar x Golm
    Pérez x Wineland / Lopez x Quiñónez
    Sanders x Kang / Williams RH

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Gostei de Jotko x Akhmedov e Boetsch x Breese/Kelly, especialmente se o inglês vencer.

      • Henrique

        O que achou de Durinho x Taisumov?

        • Laerte Viana Venâncio Alves

          Pedreira pro Durinho. Não casaria essa luta agora.

          • Henrique

            Laerte, sabe me dizer por que o Taisumov não consegue lutar nos EUA? Se não me engano ele já lutou lá uma vez pelo M1 Global.

          • Laerte Viana Venâncio Alves

            Cara, essa eu vou ficar te devendo. Sei que ele tem problemas com o visto, mas não sei especificamente qual é o empecilho.

          • Diogo Barbosa

            Eu vivo “in love” com o Maibek, mas ele não luta com boa frequência e o tempo passa igual. Vai acabar tendo uma carreira razoável sem sequer ter chegado ao seu máximo.

  • Diogo Barbosa

    Caramba, a luta do Adesanya, pra mim só alimentou o Hype uma vez que até pouco tempo sequer sabia quem era.
    Achei razoável a defesa de quedas e enquanto estava no chão, diferente de muito striker bom, se preocupou em levantar ao invés de fazer as vezes do jiujiteirão. Pra mim isso é uma qualidade enorme.
    Não pecou no gás, selecionou bem os golpes e fez tudo o que quis como o striker de elite que é, só acho que ele deve se preocupar menos com o show e entrar pra finalizar.
    Óbvio que pode melhorar ainda mais a defesa de queda e o chão defensivo, mas pra mim , a maturidade na zona de desconforto que mostrou ontem foi mais importante que uma vitória avassaladora com um rodado,carpado, duplo de costas.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Questão de pontos de vista diferentes. Mas seu ponto é bem convincente, faz sentido.

      • Diogo Barbosa

        Sim, é como disse p o William, gosto de ver maturidade nos lutadores que são cogitados p ser campeões, e uma coisa que mostra isso é quando ele reconhece sua zona fraca e treina p se defender nela ( e não virar um expert).
        Um exemplo disso é Amanda poupando gás nas lutas, Wittaker preocupado em não ser quedado ou se levantar, etc., Pra mim isso separa aquele cara que pode chegar a ser campeão daquele que pode vir a defender sua cinta.

        Laerte, aproveitando o gancho, gostaria de propor a vocês um quadro ou apenas um possível assunto a se comentar. Poderiam dispor sobre os lutadores que voam abaixo do radar, aqueles que nem tem Hype mas ameaçam meio mundo sem muitas vezes estarem ranqueados, aqueles que quando perdem levam a alma ou são derrotados por “fatalidades”. Exemplos pra MIM são Taisumov, Dairush,

        • Laerte Viana Venâncio Alves

          Boa ideia, fera. Vou discutir com a chefia. hehe

          Obrigado!

        • felipe

          Poe o Bektic ai tb. Pra mim vai ser campeão.

          • Diogo Barbosa

            Bektic, Giuselepe e Volkanovski são bons prospectos pra mim que voam abaixo do radar (não muito abaixo) por enquanto

    • William Oliveira

      Ele é mais um showman do que um nocauteador, desde o kickboxing isso.

      Pro MMA, essa abordagem é mais arriscada, uma vez que as luvas são menores e ainda tem o perigo de finalizações, mas acho que o cara é metódico e técnico o suficiente em pé p/ conseguir se virar dando show, enquanto não se coloca em muito perigo.
      Se ele não der show, não é o Adesanya, faz parte haha

      Tbm gostei da performance dele, só se decepcionou muito msm quem subestimou e/ou não valoriza como deveria o italiano, que é um baita produto na mão da Kings MMA, e se for bem lapidado, deve ser um baita peso médio em alguns anos.

      • Diogo Barbosa

        Simm, os resultados dele dirão mais sobre o quanto é importante ser campeão no MMA do que sobre seu talento.
        Eu fico feliz quando vejo um prospecto sair da zona de conforto, precisar fugir da área da luta que não tem domínio, por essas eu gosto mais de Moicano que Pantera.

    • Igor Barbosa

      Concordo plenamente. Soube se virar bem no chão, e não achei a defesa de quedas tão ruim não. Acho que ele pode chegar longe sim.

  • Nathan Dreak

    Na minha visão ficou claro que Justin Gaethje não renderia o esperado já na luta contra o Eddie Alvarez. Uma pena pelo estilo e pela vontade dele. Mas essa luta só confirmou. Condit, como esperado, parece que só foi lá pelo cheque.

    Cara de Sapato vem evoluindo, mas me surpreendi com o Durinho. Ainda não acredito nele contra os tops da divisão, mas mesmo assim achei que está indo mais longe do que o esperado. Em suas primeiras lutas parecia unidimensional. Wilson Reis foi muito bem nas quedas, principalmente contra um wrestler, mas muito mal na trocação.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Concordo com os pontos levantados.

  • bedotRJ

    Poirier vs Kabib (Alvarez vs Barboza/Lee)
    Gaethje vs Iaquinta
    Cowboy vs Magny/Nelson
    Condit vs Okami
    Adesanya vs Di Chirico
    Vettori vs Anders
    Waterson vs Kowalkiewicz
    Casey vs Sucuri
    Sapato vs Hall
    Boetsch vs Braga Neto
    Tavares vs Brunson
    Jotko vs Dollaway
    Moraga vs Formiga
    Reis vs Benoit
    Durinho vs Aubin-Mercier
    Dhiegho Lihma RHHH

    • William Oliveira

      “Condit vs Okami”

      Tá de sacanagem né kkkk deus do Just Bleed chora no banho com essa sugestão! Sacrilégio!

      • Victor Martins

        Nas circunstâncias atuais acho que o Okami iria dominar a luta.

      • bedotRJ

        Um adversário contemporâneo e de algum prestígio. Acho mais interessante do que colocá-los pra ser escada de jovens em ascensão. É aquela luta pro NBK mostrar se ainda quer ser alguém na fila do pão.

        • William Oliveira

          Melhor dar um striker da velha guarda então, ao invés de um grappler chato.. Tarec Saffiedine, Matt Brown ou quem sabe o Siyar Baharduzada, se ele passar pelo Luan Chagas.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Cara, eu juro que minha segunda opção era Adesanya vs Di Chirico. hahaha

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Ah, Cowboy x Magny/ Nelson também era uma opção, mas os dois se enfrentam só em maio e o brasileiro não gosta de ficar muito tempo parado. O Gunnar, se vencer, não tem um histórico de lutar com frequência alta.

  • Paulo Henrique Belinelli

    Justin Gaethje x Chiesa ou Pettis pra ele tentar ajustar seu jogo suicida, Carlos Condit x Dong Hyun Kim, Tim Boetsch x Borrachinha !

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Grandes chances do Condit ser amarrado pelo jogo chato do DHK. Não faria essa, admito que torço pro Condit encerrar logo essa má fase.

      • Paulo Henrique Belinelli

        É triste ver ele nessa fase mesmo, antes tivesse parado depois da luta contra o Lawler.

  • Bodhisattva
  • Paulo Magalhaes

    Cara e o Condit ein. Me agoniou quando ele tomou aquela pedalada e passou a cabeça deixando uma listra de sangue no chão. Aquela chamada do “the natural born killer” ainda arrepia, mas acho que pode fazer a despedida contra Matt Brown so pra pegar um bom cheque e partir, deixou sua marca é filho de promotores de justica de Albuquerque, provavelmente já tem uma vida confortavel, tem que agora só administrar os cafes e cuidar da familia. Vai deixar saudades. Maximo respeito

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Assino embaixo. Condit é um querido, como diria o Tannuri.

  • Tairon de Oliveira

    Casem logo Poirier vs Alvarez 2!

    PS: Chupação de ovo do Adesanya pelo pessoal do Combate tava quase no mesmo nível do Ngannou…

    • Bodhisattva

      Demais….. Luciano Andrade então…. pqp…. ta “in love” com o nigeriano, como alguns daqui tb….
      Mas aí Tairon, gostei de ver teu trabalho como técnico, tirou onda….. kkk
      https://www.youtube.com/watch?v=TYr8QxvdRtQ

      • Tairon de Oliveira

        Pior que tirando o cabelo e as canelas, o físico é parecido. kk

    • Bodhisattva

      Teu gêmeo perdido….. Igualzinho!!! (talvez não na técnica) kkkk
      https://www.youtube.com/watch?v=WwaQml0IsFo

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      haha, realmente o pessoal tava elogiando bastante.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Okami x Saffiedine é bem bolado, o belga tá sumido, vai lutar pelo emprego

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      E eu tinha esperanças no Saffiedine quando ele chegou…rs

      • Idonaldo Gomes Assis Filho

        Todos tinham haha

  • Iago Batista

    nessa brincadeira de Joe Silva não gostei das lutas do Sapato e do JonJoneszinho. Sapato ta precisando de uma luta boa, ta na hora de jogar aos leões e Brad Tavares todo mundo sabe quem não é um. Dá o Hall pra ele que ta na medida. E pro Israel, tem um playboy maromba que diz que vai ser a próxima lenda do Brasil dentro do UFC mas só corre atrás de molezinha: Borrachinha vs Style Bender, hype vs hype; vamo ver quem é o “bambambam” da parada.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      A questão é que o Brad Tavares está perto do top 10 dos médios, já é um ranqueado que está na frente do Sapato. A categoria ali tá cheia, não acho que vão jogar ele aos leões agora.

      • Iago Batista

        mas já passou da hora! Sapato já tem um par de lutas e nada de darem uma grande oportunidade

    • William Oliveira

      Ué, vc considera o Hall um leão? Pois o Borrachinha tava com luta casada contra ele, como que só corre atrás de molezinha então? kk

      Dito isso, acho o Tavares mais lutador que o inconsistente Hall. Tavares tá inclusive algo doido como 12-5 no UFC.. Hall deve estar até negativo.

      • Iago Batista

        não considero Hall um “leão”, mas ta misturado. kkkkkk foi o primeiro nome que apareceu na lista que não está com luta marcada e acho que Sapato ta merecendo uma moralzinha maior que o playboy por tá a mais tempo e vencido nome melhores. E pra entrar nesse meio, acho o Hall ou o Brunson mais que na medida. Borracha ainda não me convenceu que é número 14 do mundo por vencer o Hendricks que tinha acabado de perder pro Boescth, colocar ele pra provar esse merecimento de ESTAR lá é muito bem vindo

        • William Oliveira

          Concordo que o Sapato merece um oponente melhor rankeado que o Borrachinha. Anunciaram de novo Hall x Borrachinha, então daria pro Sapato o próprio Brunson que vc mencionou, até pq ele está acima do Hall no ranking.

  • Felipe Monteiro de Oliveira

    Claro que não pode botar o cara de sapato contra o borrachinha, até prq queimaria um dos dois onde a médio prazo o Ufc terá de fato 3 médios brasileiros chegando no topo da categoria… com o spider fora, o Romero perto da findá e o Luke correndo, teremos uma renovação brasileira na qual o ufc terá que cuidar bem e são eles: MARRETA, BORRACHINHA, E O CARA DE SAPATO.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Três bons nomes, com certeza, mas não acho tãoooo improvável que o Borrachinha enfrente o Sapato ou Marreta num futuro próximo.

  • Carlos Eduardo Reis

    Apesar de o casamento Poirier x Alvarez ser muito bom, eu casaria Dustin x Ferguson. É certo que o UFC casará Connor x Khabib. Ferguson perdeu o bonde, e precisará enfrentar alguém, e teria que ser alguém que esteja na melhor posição (não me refiro ao ranking), e este alguém é o Poirier, que vem de um histórico recente mais relevante que o Alvarez.
    Quanto aos demais casamentos, de acordo.
    Quanto aos pedidos de sugestão, casaria o Gaetjhe contra o Iaquinta, pois este último merece pegar alguma luta relevante e com alguém que esteja acima, por ter salvo o último PPV; Condit, casaria contra o Matt Brown, seu adversário original; Boetsch x jotko; Casey x Herrig.

    • Netto Santos

      Acho que o Ferguson rompeu algum ligamento do joelho, precisou de cirurgia e se voltar esse ano vai ser só la pra novembro ou dezembro, sendo assim, se rolar mesmo Khabib x McGregor, nada mais justo que casarem Poirier x Alvarez pelo TS.

      • Carlos Eduardo Reis

        Tem razão, havia me esquecido do fator lesão, do Ferguson, e do quanto ele demorará a estar apto. Poirier x Alvarez é então, de fato, a luta a se casar. E que luta!

      • Laerte Viana Venâncio Alves

        Verdade, Ferguson não deve voltar tão cedo. Infelizmente…

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Boa! Gostei das sugestões.

  • Sergio

    Poirier x Alvarez 2
    Gaethje x Massaranduba
    Cowboy x Cowboy 2 (ou Leon Edwards)
    Condit x Matt Brown (valendo aposentadoria pra quem perder)
    Adesanya x Perdedor Branch x Marreta
    Watterson x Herrig
    Cara de Sapato x Perdedor Gastelum x Jacaré
    Reis x Deiveson
    Durinho x OAM

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Vamos devagar com o Adesanya… rsrs

  • Thiago Luiz Albuquerque

    Poirier x Alvarez = vencedor x Khabib

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Isso aí.

  • Igor Barbosa

    – Poirier x Nurmagomedov (merece MUITO, e não sou a favor de colocar o McGregor pra disputar cinturão depois de tudo que aconteceu)
    – Gaethje x Al Iaquinta;
    – Carlos Condit x Bryan Barberena
    – Marvin Vettori x Tim Boetsch
    – Cortney Casey x perdedora de Tatiana Suárez x Alexa Grasso
    – Muslim Salikhov x Randy Brown
    – Ricky Rainey x Brian Camozzi
    – Wilson Reis x Alexandre Pantoja
    – Krzysztof Jotko x Paulo Borrachinha
    – Dan Moret x Thibault Gouti
    – Shana Dobson x Melinda Fábián
    – Lauren Mueller x Mara Romero Borella
    – Dhiego Lima x RH
    – Adam Wieczorek x perdedor de Junior Albini x Alexey Oleynik
    – Arjan Bhullar x Zu Anyanwu
    – Alejandro Pérez x Eddie Wineland
    – Matthew Lopez x Luke Sanders
    – Patrick Williams x perdedor de Diego Rivas x Guido Cannetti

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Gaethje x Iaquinta seria uma anarquia das boas!

  • Malk Suruhito

    Pô @laertevianavenncioalves:disqus, coloca um adendo ai: “… Kowalkiewicz, passou raspando GRAÇAS A UM JUIZ CEGO por Felice Herrig…”

Tags: , , , , , , , , , , , , , , ,