Caos no UFC 223: tudo mudou
#jornaleiroresponde

Renato Rebelo | 06/04/2018 às 21:16

Pessoal, nessa edição do #jornaleiroresponde, matutei o caos que tomou conta do UFC 223 deste sábado.

Khabib Nurmagomedov, que começou com Tony Ferguson, passou por Anthony Pettis, Paul Felder e terminou com Al Iaquinta. Já o evento, que tinha 13 lutas, vai ao ar com nove – graças a rompante de Conor McGregor. E aí, o que fazer dessa situação toda?

Venham comigo!

  • Joao Vinicius Barbosa

    Gravem bemmm! Nocaute avassalador de Iaquinta pra cima do Russo xarope!

  • bedotRJ

    Não entendi não botarem o Pettis no evento. Se ele ficou livre e o Paul Felder também, por que não um confronto direto? Seria importante pra minimizar um pouco os prejuízos com o público. Card numerado com 9 lutas é esculacho.

    • Henrique

      Ambos são parceiros de treinos, meio complicado.

      • Renato Rebelo

        Sim. Treinam na Roufusports

      • bedotRJ

        Mas então podiam ter feito um arranjo envolvendo a outra luta peso leve do card, Evan Dunham vs Olivier Aubin-Mercier. Dunham vem de 5 lutas sem perder (4 vitórias e 1 empate) e já foi rankeado. Aubin-Mercier vem de 3 vitórias. Qualquer um deles faria sentido contra o Pettis. O outro pegaria o Felder. Acho que o UFC poderia ter tentado esse arranjo, até por respeito ao público. 9 lutas é muito pouco.

        • William Oliveira

          Provavelmente Pettis deve preferir pegar o Chiesa em um evento nas próximas semanas/meses. É o que deve acontecer.
          Teria aceito somente o Khabib, e por ser uma oportunidade irrecusável.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Sabia, nem demorou, Dana White usando a putaria do McGregor pra promoção do evento, devia ter vergonha

    https://twitter.com/danawhite/status/982423649050382337

    • Paul Kersey

      O careca urubuzou agora…

    • MWFoschera

      Criticou tanto o zé ruela do McChicken, aí vai e pega o vídeo dele fazendo merda e usa como promoção do evento. Fuck the logic.

    • Marcelo

      Não se chama Grana White à toa.

  • Lucas Toledo

    Acho que vou colocar 100 doletas no Iaquinta…

  • William Oliveira

    Perfeita a análise Renato, concordo com cada palavra, o poder de nocaute e timing do Iaquinta são muito mais perigosos do que o volume e grappling do Holloway, ainda mais o nova-iorquino com um camp completo.

    Também resumiste muito bem toda a loucura da semana, parabéns.

    • Vinicius Maia

      O problema que ele ta muito tempo sem lutar e sua última luta foi contra o Diego Sanchez. Um ex lutador em atividade. Complicado. Al Iaquinta tem 1 luta em 3 anos. Khabib acabou de lutar em novembro.
      Bem complicada a luta pro Al.

  • William Koppe

    Cem dólares de cachaça? Só estando bêbado mesmo pra lançar esse desaforo rs

  • Lucas Venagas

    se iaquinta ganhar tem que ser campeao,ele bateu o peso,a comissao que fez merda,se pedisse a toalha ele bateria o peso exato da luta por cinturao

    Se ganha e essa porcaria de comissao de NY que é a mais chata do mundo impedir o cara de ganha o cinturao depois da luta

    O ufc que faça justiça,deixe o cinturao vago na segunda e proclame o iaquinta campeao na terça

  • Leo Corrêa

    #foramcgregor

  • Leonardo Pateira

    Eu tenho duas dúvidas. A primeira. Porque o Paul Felder foi primeira opção do que Iaquinta? E porque o UFC não casou Felder x Pettis?

    • William Oliveira

      Felder bateu exatamente 155 lbs, peso oficial da categoria.
      Iaquinta bateu 155.2, ou seja, cerca de 100 gramas acima do peso da categoria.
      Lembrando que para lutas que NÃO sejam pelo título, há 1 lbs (meio kg, quase) de tolerância.
      Assim sendo, Khabib estará elegível para ser campeão e Iaquinta não.
      Dana White disse que, caso ganhe, reconhecerá Iaquinta como campeão entretanto, pois ele se pesou usando os shorts da Reebok, e sem certamente bateria 155 lbs.

Tags: , ,