UFC 223: os palpites dos
colunistas do Sexto Round

admin | 06/04/2018 às 18:51

O Estado de Nova York receberá um dos cards mais problemáticos da história do MMA. O UFC 223, que acontece neste sábado, a partir das 19h15 (horário de Brasília), teve sua luta principal alterada três vezes em apenas uma semana e agora o novo main event será Khabib Nurmagomedov x Al Iaquinta.

Além da disputa masculina, os fãs na Barclays Center irão presenciar a revanche entre Rose Namajunas e Joanna Jędrzejczyk no co-main event.

Khabib Nurmagomedov penou para conseguir o seu title shot, mas por muito pouco o sonho de disputar o cinturão do UFC não foi adiado mais uma vez. Invicto no MMA com 25 lutas, o russo teve praticamente quatro hipotéticos casamentos (em um período de seis horas) até fechar com Iaquinta.

Iaquinta, que lutaria com Paul Felder no mesmo card, terá a maior desafio de sua carreira, podendo se o primeiro homem a derrotar Nurmagomedov. Porém, o combate não valerá o título para o americano, já que ele não bateu o peso exato (155 pounds).

Na revanche feminina, Rose Namajunas terá a oportunidade de provar que a noite de quatro de novembro de 2017 não foi sorte. A nova campeã da categoria peso-palha feminina pode decretar de vez o fim da era Joanna Jędrzejczyk.

Do outro lado do córner, Joanna precisa provar que o UFC 217 foi apenas um acaso do esporte, já que nova derrota praticamente sacramentaria a sua subida de peso em definitivo.

Ótima oportunidade para os palpites dos colunistas do Sexto Round e de Hericly Monteiro, o campeão do Confere em 2017.

Vamos a eles!

André Azevedo:  Main event mais doido dos últimos tempos. Khabib via TKO.

David Carvalho: Iaquinta? Bom, esportivamente nenhum sentido, mas confesso que é uma luta curiosa. Enfim, khabib é um degrau bem acima, fico com Nurmagomedov por TKO.

Felipe Paranhos: Que loucura. Iaquinta tem mais chance que Felder, Pettis e até Holloway, na minha opinião – no caso de Max, especificamente pela falta de treino. Mesmo assim, é pouco. Khabib, TKO.

Hericly Monteiro: Por mais que eu goste do “Raging Al” não existe qualquer chance do americano ganhar em condições normais. Khabib por TKO.

João Vitor Xavier: Não vejo como Iaquinta, possa oferecer resistência prolongada a Khabib. O russo conseguirá colocar a luta no chão e, eventualmente, conseguirá os três tapinhas. Khabib, finalização.

Laerte Viana: Desisto de tentar formar um palpite com argumentos. Seja lá contra quem for (é capaz de mudarem o main event mais umas 15 vezes) Khabib vai seguir invicto. Nurmagomedov por finalização.

Leo Salles: Em cima da hora, mais um adversário improvável para o russo. Se bem que Iaquinta já vinha no embalo para encarar Felder, porém Nurma não vai perder tempo para derrubar e amassar “Raging”. Khabib por TKO.

Lucas Carrano: Khabib, decisão.

Lucas Rezende: Khabib, TKO. 

Luiz Fernando Ferreira: QUE TARDE MALUCA! O trabalho para montar a coluna dos palpites será bem maior do que o Nurmagomedov terá com Iaquinta. Khabib, TKO.

Renato Rebelo: Pra mim, luta pior pro russo do que Holloway. Iaquinta é maior – por ser um peso-leve natural -, tem taxa de defesa de quedas superior ao do havaiano (85% x 83%), tem capacidade de nocautear com golpes singulares e ainda estava treinado e em forma para lutar nesse evento (enfrentaria Paul Felder). Com tudo isso tido, ele ainda não vai parar as quedas do grappler superior e terminará finalizado – como já foi três vezes na carreira. Khabib, finalização.

Rodrigo Tannuri: Nurmagomedov não merecia o que aconteceu. Sobrou pra Iaquinta. Nurmagomedov, TKO.

Thiago Sampaio: Dentre as opções de emergência que o UFC buscou para salvar a luta principal, Iaquinta foi a melhor. Treinou para lutar neste evento, bate forte e vem de sequência de vitórias. Mas apesar da experiência no wrestling, o americano também depende de um nocaute para vencer. Pode até defender uma ou outra investida de queda do russo encardido, mas quando for para a grade, vai ser amassado eternamente. E cinco rounds não são brincadeira. Khabib, finalização.

André Azevedo: Apesar do equilíbrio meu feeling está com a Joanna. Acredito que a Polonesa irá retomar o cinturão numa luta dominante de 5 assaltos. And newJoanna por decisão unânime.

David Carvalho: Por mais que tenhamos visto um jogo mental pesado na luta passada, Joanna disse que teve problemas no corte de peso, mas vi uma Namajunas com o jogo perfeito, controlando a distância, batendo em linha e nada assustada com a persona da ex-campeã. Acredito que será mais do mesmo, mas serei conservador apostando que esta luta irá para os pontos, onde Thug Rose vence na decisão.

Felipe Paranhos: O histórico UFC 217 foi um daqueles que me arrependi profundamente de não ter visto. Mas a tendência é, realmente, o cinturão mudar de mãos. Não que Rose tenha simplesmente dado sorte, mas a balança pende mais para o lado de Joanna no casamento de estilos e na capacidade de superar adversidades dentro da luta. Jędrzejczyk, TKO.

Hericly Monteiro: Terá sido Namajunas o Matt Serra do peso-palha feminino? Acho que não. Namajunas por finalização.

João Vitor Xavier: Eu devo ter sido o último colunista a “entregar” os palpites e a culpa é desta luta. Há tantos cenários possíveis para o desenrolar deste combate. Até acredito na recuperação da ex-campeã, que sofreu com o corte de peso. Mas os poucos minutos das duas em pé na primeira luta me mostraram que Rose tem o número da adversária. Vejo Namajunas tendo sucesso na trocação, mas colocando a luta no chão e finalizando. Rose, finalização.

Laerte Viana: Embora Rose tenha tido chocado o mundo, continuo vendo em Joanna uma lutadora mais completa. Se deixar a soberba de lado e abusar da velocidade e trocação mais refinada, acredito que o cinturão volte para a Polônia. Jedrzejczyk, decisão.

Leo Salles: Por mais que muitos pensem que foi um golpe de sorte que deu a Namajunas o cinturão dos palhas, o fato é que Joanna ”sopa de letrinhas” vai vir mais precavida. Ainda  vejo a polonesa como a melhor da categoria e se mantiver bem a distância e controlas os ataques, acredito que vá recuperar o cinturão. Joanna, por decisão.

Lucas Carrano: Rose, finalização.

Lucas Rezende: Joanna, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Neste combate, saberemos se Joanna possui poder de reação, principalmente no jogo mental. A polonesa é mais lutadora e acredito que o UFC 217 foi acidente de percurso. Se manter a estratégia em dia e estar 100% focada, veremos a velha Joanna diante de Rose. Jonana, TKO.

Renato Rebelo: Acho que Rose tem o número da Joanna. A campeã mundial de muay thai já levou muito golpe na cabeça e anda sendo anestesiada em praticamente toda luta. Como a noiva de Pat Barry tem mãos rápidas e pesadas – e ainda é superior no chão -, acho que ela comete o crime novamente. Com mais dificuldade, mas comete. Rose, finalização.

Rodrigo Tannuri: Confesso que torci e vibrei com Rose na primeira luta e, pra revanche, acho que o desfecho será o mesmo. Joanna é o Rockhold feminino, ou seja, não aprende nada com as derrotas. Pagou pela arrogância antes e a mentalidade e postura permanecem as mesmas. Como o tempo de uma luta pra outra foi curto, não acredito que a polonesa vá corrigir os erros. Namajunas, TKO.

Thiago Sampaio: Joanna tem totais condições de dominar em pé até o final. Mas a questão mental após a perda da invencibilidade é duvidosa. Rose vem numa evolução enorme e deve ter o mesmo êxito, desta vez não tão rápido. Namajunas, nocaute.

André Azevedo: Conheci o Calvin no Rio ano passado. Vi alguns treinos dele na Rio Fighters do Milton Vieira. O cara treina forte, tem mãos pesadas, cardio bom. Mesmo assim aposto no talento do Renato. Grande para a categoria e faixa preta de jiu-jitsu eu espero que ele derrube e finalize o americano que tem o chão como ponto fraco. Moicano via finalização.

David Carvalho: As casas de apostas dão Calvin Kattar como franco favorito, mas não vejo todo esse desequilíbrio. Na verdade, Kattar pra mim é azarão. Ele é tecnicamente bom, agressivo, anda sempre na direção do oponente, mas o brasileiro tem mais ferramentas para jogar contra o americano. Acredito em uma luta estudada nos três rounds e Moicano levando na decisão.

Felipe Paranhos: Entre dois caras que aplicam o jogo de contra-ataques muito bem, fico com aquele que é mais frio e calculista e menos exposto a erros. Repito meu palpite da última luta de Kattar, contra o superestimado Shane Burgos: gosto muito do estilo de Calvin, cauteloso e sem medo de priorizar precisão em detrimento de andar pra frente loucamente. Diante da possibilidade de termos um duelo morno, fico com o mais completo em pé. Kattar, decisão.

Hericly Monteiro:  As chances do Moicano nessa luta são muito boas. Ele é melhor que o americano em todos os aspectos do MMA e tende a fazer uma luta tranquila, sem maiores sustos. Renato Moicano por decisão.

João Vitor Xavier: Confesso que Calvin Kattar me surpreendeu com a ferocidade do seu nocaute sobre Shane Burgos. Diante de Moicano, terá um striker diferente à sua frente. Alguém mais metódico, calmo e paciente. Mesmo assim, vejo o americano um pouco à frente. Kattar, decisão.

Laerte Viana: A ótima movimentação de Moicano, o boxe alinhado e o incansável jogo de bate e sai deve ir frustrando o bom Kattar, que deve recorrer ao grappling para tentar controlar o brasileiro. No geral, vejo o casamento mais favorável para o brasileiro. Moicano vence por pontos.

Leo Salles: Minha expectativa é de que seja uma luta divertida, pois ambos gostam da trocação e não gostam de enrolação. Mesmo vindo de derrota para Brian Ortega, acredito que Moicano vai se sobrepor, principalmente se investir nos chutes baixos. Moicano, por decisão.

Lucas Carrano: Moicano, TKO.

Lucas Rezende: Kattar, decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Acredito que o brasileiro terá uma pedreira pela frente, porém, vejo as ferramentas de Moicano superando as de Kattar. Acredito em um excelente duelo de três rounds e com vitória de Moicano por decisão.

Renato Rebelo: Luta equilibrada e difícil de prever, mas acho que o americano mantém a luta em pé e, uma vez lá, é ligeiramente superior ao brasileiro. Vou de Kattar por decisão.

Rodrigo Tannuri: Moicano e Kattar são mais dois integrantes da bela renovação dos penas. Até aqui, o americano me impressionou mais. Acho que sua iniciativa tende a ser bem vista pelos juízes perante a paciência do brasileiro. Kattar, decisão.

Thiago Sampaio: Previsão de duelo equilibrado entre prospectos do peso pena, mas aposto no brasileiro, que deve fazer combate inteligente, mantendo a distância como o fez contra Jeremy Stephens. Moicano, decisão.

Restante do card:

Zabit Magomedsharipov x Kyle Bochniak
Karolina Kowalkiewicz x Felice Herrig
Joe Lauzon x Chris Gruetzamacher
Evan Dunham x Olivier Aubin-Mercier
Bec Rawlings x Ashlee Evans-Smith
Devin Clark x Mike Rodriguez

Ranking dos colunistas:

1 – João Vitor Xavier: 23-15 (60,5%)
1 – Luiz Fernando Ferreira: 23-15 (60,5%)
2 – Hericly Monteiro: 20-14 (58,8%)
3 – Felipe Paranhos: 21-17 (55,2%)
3 – Laerte Viana: 21-17 (55,2%)
3 – Lucas Carrano: 21-17 (55,2%)
3 – Renato Rebelo: 21-17 (55,2%)
4 – Lucas Rezende: 19-19 (50%)
4 – Rodrigo Tannuri: 19-19 (50%)
5 – Thiago Sampaio: 18-20 (47,3%)
6 – André Azevedo: 17-21 (44,7%)
6 – David Carvalho: 17-21 (44,7%)
6 – Leo Salles: 17-21 (44,7%)

  • Anderson Tibana

    Depois de tanta bizarrice vou de Iaquinta por finalização no 2º round.

    • Ricardo

      Aí seria tão bizarro quanto rsss

      Mas não acho nenhum absurdo Iaquinta por nocaute. Finalizar o russo é demais da conta.

  • Vinicius Maia

    Amanha o sinal do UFC vai cair e a gente não vai conseguir ver o resultado da luta principal de tão zicado que ta esse evento.

    • Malk Suruhito

      Se chover e for Sky, vai cair mesmo…

  • Iago Batista

    achava que o Pettis ia lutar com o Felder

    • Henrique

      São parceiros de treinos, mas pensando bem seria uma luta divertida.

  • Paul Kersey

    Daqui pra amanhã, Massara consegue o seu TS, cortará o peso em 30 minutos e conquistará o cinturão derrotando o Khabib via armlock voador.

    • Anderson Schaefer

      via massaratame

  • João Mário

    Se tivesse confere, eu chegava de frango atirador e metia Iaquinta KO

  • Jonas Greco

    Moicano x Kattar é uma das lutas mais divertidas desse evento maluco. Embora ainda voe bem abaixo do radar, acho o Moicano o melhor prospecto brasileiro no evento (gosto bastante do Carcacinha, mas o Moicano é um lutador maduro já). Tem um jogo bem ajustado em todos os setores, um bom volume de golpes e é muito oportunista nos contra-ataques. O Kattar é outro puta lutador dessa categoria que está cada dia mais animal, espero nada menos que quinze minutos de anarquia amanhã.

    • Igor Barbosa

      Essa categoria tá ficando uma coisa maravilhosa, ainda tem o projeto de monstro Magomedsharipov.

      • Jonas Greco

        Esse é assustador. Um monstro!

  • Igor Barbosa

    Sei não, mas esse main event tá com MUITA pinta de zebra… Tive o mesmo pressentimento antes da primeira luta entre Joanna e Namajunas. Acho que Iaquinta vai encaixar uma bomba absurda e desligar o Nurmagomedov.

    • Bruno_

      Tbm estou com este mesmo pressentimento q tive na primeira luta da Rose acho q vai pintar uma zebra no main event. Já no Co ME acho q Joanna vence dessa vez

  • Henrique

    Khabib SUB
    Rose SUB
    Kattar DEC

  • Shotokan Karate

    Cade o maior defensor do palhaço no 6R que é o Tairon ?

  • Shotokan Karate

    Palpites. Khabib via execução e Joanna por TKO ou Decisão

  • Tom

    Como é o Westling do Iaquinta? Será que ele consegue defender as investidas do russo e será que ele poderia surpreender e até derrubar o filho do Putim?

    • William Oliveira

      Decente, mas difícil saber exatamente como o seu grappling tá atualmente, luta pouco.

  • Santiago

    Khabib é Joanna, ambos por decisão

  • Álvaro

    Card já era ruim. ficou uma bosta

    • Louis

      Card era excelente.

  • Bruno_

    Vou ousar….Joanna por nocaute no primeiro round

  • William Oliveira

    “Lucas Carrano: Khabib, decisão.
    Lucas Rezende: Khabib, TKO. ”

    “Lucas Carrano: Rose, finalização.
    Lucas Rezende: Joanna, decisão.”

    “Lucas Carrano: Moicano, TKO.
    Lucas Rezende: Kattar, decisão.”

    Pelo menos os 2 concordaram que Khabib leva kkkk
    De resto, são o Yin & Yang do 6R.

Tags: , , , , , , ,