Demetrious Johnson precisa de TJ
Dillashaw para cimentar seu legado?

Leo Salles | 20/03/2018 às 13:56

Moçada do Sexto Round,

Indubitavelmente, Demetrious Johnson, campeão dos moscas e número um peso-por-peso do UFC, é um dos maiores nomes da história do esporte. Único detentor do cinturão da categoria criada em 2012, ”Mighty Mouse” vem quebrando recordes e buscando aumentá-los.

Um homem, muitos recordes…

O fato é que Jonhson, esportivamente, é um talento raro somado à aplicação tática, cuja dedicação nos treinos é um dos pontos mais altos de quem convive com ele. Não é à toa que está há 14 lutas invicto, sendo 11 destas defendendo o título dos moscas.

O maior evento de MMA do mundo, percebendo a dificuldade em fazer de ”Mighty Mouse” um produto comercialmente vendável, quer colocá-lo contra outros desafios mais perigosos.

E TJ Dillashaw, campeão dos galos, se colocou à disposição para descer aos moscas e encarar Johnson.

Um combate que muitos fãs gostariam de assistir e que desse um retorno mais significativo para o campeão até 57kg.

Já são praticamente cinco meses que esta conversa de desenrola, mas nada acontece. E, no final de fevereiro, Ali Abdelaziz, manager de Cejudo, disse em sua rede social que a revanche está marcada para acontecer no verão americano.

Muitos não deram bola, porém o Combate.com  apurou na semana passada que a luta está marcada para o UFC 225, em junho, em Chicago.

Muito se tem falado nos próximos passos do campeão até 57kg. Sobe para os galos e busca novos desafios? Faz superlutas contra atletas de cima? Se mantém nos moscas para se tornar rei absoluto?

Honestamente, se o UFC realmente confirmar este combate, não acho um retrocesso ”Mighty Mouse” manter-se enfrentando apenas seus oponentes originais da divisão.

Só TJ pode mudá-lo de patamar?

Tem todas as chances de ampliar seu recorde de defesa de cinturão e não é culpa dele se a categoria não tem revelado nomes que o façam frente.

O nível de atuação do campeão perante seus oponentes está acima da normalidade. Logo, a zona de conforto de Johnson está em manter a cinta em casa e ser o maior de todos, comparando-se com o domínio de cada campeão em suas respectivas divisões.

São escolhas que o atleta de ponta como Johnson deve fazer. Contudo, ele precisaria mesmo de Dillashaw para pavimentar seu legado? Teria a necessidade de fazer superlutas ou logo disputar a cinta dos galos, eventualmente, para que fosse mais reconhecido?

Entre os fãs mais hardcores e imprensa especializada, certamente ”Mighty Mouse” seria apontado como um dos maiores atletas da história do MMA.

Já ser o melhor, ou então estar num top 3 ou top 5,  a conversa poderia ser outra. E, então, vai depender da vontade do americano em ser mais ambicioso e obcecado por esta honraria.

Por outro lado, alguns podem achar que não enfrentando adversários mais graúdos possa afetar a brilhante carreira do ratinho atômico. Pode ser um risco que ele corre, porém seria uma injustiça por tudo o que tem mostrado no octógono.

Pelo perfil do campeão dos moscas, me parece bem tranquilo naquilo que está ao seu alcance, ou seja, ser o melhor de todos os tempos dos moscas já é uma meta consolidada. Agora, se quisesse expandir o seu legado e ter novos desafios, como contra Dillashaw, não afetaria o que fez até aqui em sua carreira.

Moçada, acha que o legado de Demetrious Johnson está em perigo?

Vamos bater um papo nos comentários!

Abraços!

  • Carlos Lima

    Ótimo artigo. Para mim, o melhor cenário seria Dilla baixar e disputar a cinta (conforme prometido, antes ainda ‘Little Mouse’ recusou para bater recorde, não gostei, mas, ok). Agora, essa história de revanche com Cejudo é estranha, precisava saber qual razão dessa luta com o Snake não sair do papel ainda.

    • Baixista Loko

      Falta de vontade de alçar vôos maiores , pois ja se sente no conforto com o que consquistou.

      • Carlos Lima

        Pois é, e isso não quer dizer que esteja errado ou não, é de livre escolha. Legado está construído, agora, se quiser entrar mais pra história, isso envolve riscos, e ao que parece, este é o maior adversário do DJ.

    • Xizou

      Ele ja aceitou e pediu algo não tão difícil que era lutar num card recheado com nomes que garantam ppv agora nunca vi mais o Dilashaw falando nada

      • Carlos Lima

        A grandíssima maioria das coisas que acontecem no backstage não sabemos.

  • Ton lima

    Tenho respeito por esse cara, mas “um dos maiores da historia” é demais para um campeão com o cartel recheados de vitorias contra Tim elliot, Ray borg, Kyoiji horiguchi, Cris cariaso, Wilson reis, Jhon moraga e tantos outros “Porcos para abate”.
    A organização tenta ajuda-lo botando fogo pra uma luta com o campeão de cima a anos, mas ele nunca mostra interesse, nem mesmo com o TJ aceitando enfrenta-lo em sua propria cartegoria, o cara não se ajuda…

    • Igor Barbosa

      Henry Cejudo (KO), Joseph Benavidez duas vezes (KO na segunda), John Dodson duas vezes…

      • Ton lima

        Cerrudo ainda tava muito cru em pé, na primeira contra o benavidez foi uma vitoria meio polemica (segunda nocautaço), na primeira contra o dodson levou 3 knockdown (segunda foi um sono de luta)…
        Não desmerecendo, eu o respeito muito, meu ponto é que faltam grandes nomes no cartel dele para que possa ser chamado de “um dos melhores da historia” sem contestação!!

  • Tairon de Oliveira

    R: Sim.

  • Ricardo Cortez Lopes

    Um dos grandes com certeza o cara é. Mas para ser o fenômeno que ele poderia ser, só fazendo coisas que as pessoas consideram difícil. Infelizmente, tem muita gente que acha que ele pegou nomes fáceis. Eu já acho que ele FEZ parecer fácil e esses lutadores são ótimos, mas não vai ser o meu reconhecimento individual que vai colocar o cara como GOAT

  • Douglas Karpinski

    Em pensar que o Arlovski em decadencia, com uma luta ganha umas 3 x mais que o Mouse….

    • William Oliveira

      Ele tá no jogo faz mt mais tempo tbm, merece..

  • KRS Porlaneff

    Resposta do título do tópico: não.

    DJ não precisa cimentar legado nenhum. Ele é o rei absoluto da categoria, ninguém conseguiu e nem sei se vai conseguir bater ele com 57kg – e aí tem que subir pra 61kg só porque “precisa cimentar legado”?

    Situação de perder-perder: se ele vence, vai ter meio mundo reclamando que ele não enfrentou aquele Dillashaw que destruiu o Barão no UFC 173. Se ele perde, é crítica em cima da limitação da categoria (FLY) e crítica em cima da limitação dele porque quando pega um cabeça da BW perde.

    A verdade é que tá cheio de fã só interessado em ver fulano ou sicrano perdendo, não importa se o cara é peso-palha masculino e enfrente Lois Smolka ou se ele é peso-palha masculino e enfrente o Fedor do PRIDE.

    • Verdade. Não vai satisfazer o que ele decidir.

  • bedotRJ

    Ele tinha que subir e enfrentar o Dillashaw nos galos, sem correr o risco de perder a própria cinta. Vencendo, ele acumula dois cinturões, entra para um seleto grupo de atletas que conseguiram essa façanha e aí decide se retorna pros moscas pra continuar depenando a turma de lá ou se tenta ser um campeão dominante também nos galos. Papo de maior de todos os tempos (em contraste com ser “apenas” um dos grandes) tem necessariamente a ver com sair da zona de conforto. DJ vai decidir o que quer para si.

  • Vinicius Menor

    Falta ambição no formiga … e isso nao é errado … nem todo mundo tem essa ambição que o irlanda tem por exemplo… ele pode estar contente com o que ja tem, bateu o recorde de defesa de cinturao e mesmo nao sendo o mais popular dos campeões, querendo ou nao ficará para historia isso é fato. Se tivesse a mesma oportunidade faria diferente… ja que estava na chuva tomando pancadas eu me molharia de vez e me testaria em outras categorias (meu legado ja estaria feito mesmo), mais como nao sou eu, entendo a opção do formiga. Ja estou bem de vida, rei absoluto na minha divisão, meu bairro todo nem imagina que eu ja perdi uma luta kkkkkkkkk todo mundo me respeita e me da a vez na fila do mercado e da padaria kkkkkkk ahhh deixa do jeito que ta mesmo vaii, mexe comigo nao by formiga

  • Yosvani bolt

    Não precisa cimentar o seu legado,porque na minha opinião já está completo. Mesmo que eu quero que ele suba e lute nos galos, ele não vai, entendo a sua zona de conforto, ele está feliz na sua categoria lutando com pessoas do seu tamanho, e para quem está atento nessa categoria sabe que alguns lutadores são mais altos que ele. Alguns fãs são idiotas por acharem que o DJ não lutou com alguém com nome, Cejudo que é um lutador olímpico de wrestling, Dodson que era uma ameaça para qualquer da categoria, Benavidez que já foi campeão peso-galo, Wilson Reis que é faixa preta de Jiu-Jistu, Ray borg que foi uma luta dura para ele e que está actualmente entre os top dos moscas, esses são lutadores que merecem respeito por não desistirem e querem lutar o actual campeão, forem eles que fizeram o DJ no que é actualmente, eles podiam vencer ele, mas ele é imprevisível, criativo e muito rápido que é a sua maior habilidade, o TJ que falou merda sobre seu recorde de títulos, mas no fundo, sabe que ele é o melhor, para o Dana o Conor é o P4P número 1 do UFC, mas para os especialistas e para os outros lutadores, até mesmo campeões como DC, Max Holloway, e o resto deles sabem que ele é o P4P número 1 do UFC, quebrar o recorde do Anderson Silva com 11 defesas, já o põe entre um dos melhores de todos os tempos.
    Caso essa super luta com o TJ acontecer e ele perder não vai apagar o seu legado. Merece respeito e uma Grande quantía de Dinheiro

    • Yosvani bolt

      Foram*

  • Thiago_NCO

    Bom, se ele precisa? Depende unicamente dele.
    Quer ser apontado como UM DOS maiores? Você já é, pode ficar onde está, faça revanches/trilogias contra os mesmos caras até enjoar, pois qualquer lista séria hoje já tem que incluir o Mouse no Top 5 de todos os tempos.
    Agora, se quiser ser reconhecido como O MAIOR, aí, meu amigo, não tem jeito! Vai ter que encarar outros ares, sim.
    Concluindo: Ele é obrigado? Claro que não. Ele já é top 5 de todos os tempos e isso é um PUTA feito… mas que é um desperdício, ah, isso é…

  • Mauro

    Aos brasileiros: Anderson precisa enfrentar o Jones, Lyoto ou shogun para ter como verídico o seu legado?

    Demetrius é uma grande lenda, pra mim um dos maiores de todos os tempos. Ninguém aqui fica tantos anos invicto nem em briga de bar, dirá em luta de MMA no maior evento profissional de todos os tempos. Não precisa dessa luta.

    Claro que desejo essa luta também, mas Demétrius não necessita dela.

    • Diogo Barbosa

      Corrigindo: Aos fãs de Anderson, não necessariamente brasileiros. Se assim fosse você mesmo teria a resposta.

  • Paul Kersey

    Eu acho que ele tá no mesmo patamar de outras lendas, mas se ele quiser superar de maneira indubitável, deveria não só lutar contra Dillashaw, como tb essa luta ser pelo cinturão dos Galos.
    Não entendo como DJ, com 11 defesas, P4P número 1 do mundo, não reivindica o direito de lutar por um segundo título. É falta de ambição do cara.

  • Igor Barbosa

    Pra mim, o legado dele já está mais do que estabelecido. Conformo eu tinha dito no tópico sobre a revanche contra o Cejudo no UFC 225, o DJ venceu Benavidez duas vezes, nocauteando naa segunda, Cejudo, Dodson também duas vezes, e todos são lutadores muito desafios bem espinhosos. Fora outros bons lutadores que fez parecer amadores. Não é só vencer. É a forma como vence. Olha esse armlock no Ray Borg. Parecia coisa de “The King of Fighters”, não é normal. Além de tudo isso, sempre foi um puta campeão. Nunca negou revanche, nunca travou a categoria, nunca precisaram criar cinturão interino em todos esses anos. E meesmo nos moscas, o DJ ainda é bem pequeno, imagina nos galos. Levaria uma desvantagem absurda.

    Agora mesmo que não suba e defenda o cinturão contra o Dillashaw, seria bom pra acabar com a birra injustificável que uma parcela dos fãs ainda tem com ele. Não é nem o DJ em si, ou os desafiantes. Infelizmente tem gente com birra da categorias pelos caras serem pequenos. Um absurdo.

  • Iago Batista

    sim

    categoria rasa e repleta de lutadores medianos

  • Esquerda Valente

    Respondendo ao título, não.

    E repito o que disse há alguns dias por aqui. Se todos os adversários vencidos pelo DJ são de péssima qualidade, um desses “péssima qualidade” demoliu o TJ no 1° round. Só aí, esse argumento torna-se infundado.

    • William Oliveira

      Vc acha que o TJ do TUF é o msm TJ de hoje? Sem sentido nenhum isso aí. Se for assim o RDA nem é tão bom, perdeu pro Clay Guida nos primeiros anos de UFC..

      Se tivéssemos Dodson e TJ hoje, eu sei que iria de TJ.

      • Esquerda Valente

        Concordo que são épocas distintas. Por mais que o TJ tenha evoluído a passos largos a ponto de se tornar um ultra SSJ, o resultado consta como derrota. Não muda o que aconteceu.

        • William Oliveira

          O fato de ser muitos e muitos anos atrás anula a importância dessa vitória, nessa época DJ tava perdendo pro Brad Pickett.

          • Esquerda Valente

            Época em que o DJ estava engatinhando e o Pickett no auge. O tiozão chapeludo não vivia essa fase terrível como hoje. Claro que hoje nem precisa afirmar quem seria o favorito numa possível revanche, assim como TJ x Dodson. Não há demérito nessas derrotas. De fato, aconteceu num momento distante do atual, em que os atuais campeões não tinham o mesmo nível técnico de hoje. O mesmo aconteceu com Miocic e tantos outros.

  • Douglas Castilho

    Por mim tanto faz, mas a arregada histórica (equiparada com a do Aldo contra o McGregor) dizendo pro TJ remar nos Moscas para enfrentá-lo foi de matar.
    O problema é que parece que ele está lá pelo esporte (o que não é verdade, pois vive chorando para colocá-lo em cards que carreguem ele no PPV), não pelo dinheiro, e só se faz dinheiro com grandes lutas.
    Ele limpou a categoria, será que não quer algum desafio, juntando o útil ao agradável?! Para ele não querer fazer acredito que ele tem medo de levar outra surra de um lutador do Peso Galo, mesmo 6 anos depois.
    Vai se aposentar como um “nobody”, esquecido e que ninguém sentirá falta alguma, pois não deixou marca alguma no esporte ou pro público.
    E nem vale argumentar que ele é o lutador com mais defesas de cinturão e blá blá blá… Levando pro lado do futebol, jogou onde? Ou no caso, lutou com quem?!
    Até o Anderson Silva com doping e sendo surrado deixará um legado maior que o do DJ.

  • Mateus Elias

    É o melhor de sua categoria. Um dos tops do MMA, mas acho que sua categoria não tem muito carisma. Enfrentar o Dillashaw vai ajudar no crescimento do nome comercial do DJ, que é menor que muitos lutadores que sequer lutaram por um cinturão, nem tanto pela consolidação do seu legado.

  • Xizou

    Depois que o Demetrius disse que topava nunca mais vi o Dillashaw falar nada

    • William Oliveira

      Dillashaw esteve no MMA hour esses tempos e falou de novo sobre a luta, só dar uma olhada dps.

  • Paulo Magalhaes

    Rapaz ele tinha que subir isso sim, nao TJ descer. Nao entendo o DJ, acho ele favorito contra o Dillashaw, um embate completamente vencivel, e ainda manteria sua cinta em caso de derrota, acho que falta uma proposta financeira mais atraente.

  • Xizou

    Dana descartou e falou que a luta nem foi cogitada, ou seja, vai rolar

  • Lee

    A verdade é que não passa de um café com leite. As pessoas simplesmente nao se importam com as lutas dele. Qualquer mediano chama mais atenção do que esse malandro aí, e por isso tanto faz ele cimentar ou não. Quem realmente vai se lembrar? Quem busca highlights dele, por exemplo? Quem o assiste? È o tipo de lutador que até quem acompanha com certa regularidade não faz questão de vê-lo lutar (as audiências e Ppv falam por si só). No caso desse maluco fica evidente que carisma que autopromoção faz muita falta.

Tags: , , ,
Instagram