As cinco entradas mais memoráveis do MMA

Rodrigo Tannuri | 29/10/2015 às 21:30

Ajayô! A última semana foi decepcionante, eu sei. O Renatão me apelidou de guerreiro do MMA por ter visto cinco motivos pra assistir ao UFN 76 e vocês também entraram na brincadeira, mas saibam que o evento serviu pra algo que citarei abaixo.

Pedindo a benção de Genki Sudo, Akihiro Gono e Tom Lawlor, vamos à lista das 5 entradas marcantes no MMA:

Wanderlei Silva – Pride

Rapazeada, sei que a imagem de Wanderlei Silva está deveras manchada, por isso vou tentar aliviar um pouco a barra da lenda. Como o assunto é entrada apoteótica, não dá pra deixá-lo de fora.

Não tem pra Anderson Silva, Rodrigo Minotauro, Vitor Belfort, Maurício Shogun, Lyoto Machida, etc… Wand é o clássico dos clássicos.

Se tem um lutador que define o termo old school, esse lutador é ele. Quando a música Sandstorm, do Darude, entrava em cena, já sabíamos que a chapa ia esquentar. Eu mesmo, que sou um cara pacífico, me sentia pronto pra ligar o ventilador e trocar socos de todos os jeitos e maneiras.

A empolgação era tanta que eu cairia fácil pra dentro de uma gangue formada por Jon Jones, Daniel Cormier e Anthony Johnson (brincadeirinha). Que saudade daquela época, na qual o Cachorro Louco tocava o terror com música, encaradas e nocautes míticos.

Se pudéssemos voltar ao tempo, hein? O respeito era real!

Paulo Thiago – UFC 134

O UFC voltou ao Brasil em 2011 e viu algo que não esperava na edição de número 134. Mesmo com nomes do calibre de Anderson Silva, Rodrigo Minotauro, Maurício Shogun e Forrest Griffin, foi Paulo Thiago quem roubou a cena.

PT, que estava no card preliminar e precisava vencer pra se manter na companhia, teve uma grata surpresa, que serviu como uma monstruosa injeção de ânimo. Policial do BOPE de Brasília, o brasileiro aproveitou o embalo do filme Tropa de Elite, entrou com a icônica música do Tihuana e protagonizou a entrada mais incrível que vi na história do MMA.

Como eu estava lá, posso testemunhar pra vocês. O vídeo já mostra que a recepção da galera foi algo diferente, mas, pessoalmente, vocês não fazem ideia do barulho feito e da energia que circulava.

O silêncio que precede o esporro! Me deu vontade de virar policial só pra descer a lenha na bandidagem.

Hoje, Paulo Thiago não se encontra no UFC, mas entrou pra história não só da organização, como também do MMA.

Aisling Daly – UFN 76

Aconteceu com Daly, o mesmo que rolou com Paulo Thiago. Só que, ao contrário do UFC 134, o UFN 76 não tinha nenhum grande atrativo. No entanto, os fatores paixão e identificação mudaram o cenário.

Ao entrar com Zombie (o Zumbi Coreano também entra com a música), da banda irlandesa The Cranberries, a amiga de Conor McGregor fez o evento ganhar vida.

O público, que já é insano por si só, ficou ainda mais vibrante. Parecia que o país estava indo pra guerra!

Foi por pouco tempo, mas Daly conseguiu criar uma aura invencível. Vocês podem ficar surpresos e também podem não concordar com a inclusão dessa entrada na lista, mas na mesma medida que foi inusitado, foi algo especial e diferenciado.

É engraçado, mas a entrada de Conor McGregor com a cantora Sinead O’Connor, no gigante UFC 189, foi bem mais grandiosa, mas não me tocou tanto quanto essa. Agora, já imaginaram o queridão entrando com essa música? Aí sim, seria mais do que épico!

James Te Huna – UFC on Fuel TV 7

O sempre sério Te Huna surpreendeu o mundo legal com o que fez. No UFC on Fuel TV 7, o neozelandês, simplesmente, brincou com os fãs.

Não bastou entrar com a música tema de MIB (Men in Black), Te Huna se vestiu igual aos protagonistas do filme e, como se não bastasse isso, ainda bolou uma coreografia.

A originalidade foi um show à parte! Na ocasião, Te Huna derrotou Ryan Jimmo, mas, sem dúvida, sua entrada foi infinitamente mais marcante que o triunfo. A curiosidade é que o UFC não mostrou a cena em tempo real.

Ela só foi disponibilizada depois, via Youtube. Olhem só o que a gente ia perder, hein!? E não foi só essa vez que Te Huna veio com algo criativo.

Quando encarou Nate Marquardt, na Nova Zelândia, o atleta homenageou seu país realizando o tradicional Haka. Pena que o resultado adverso ofuscou o trabalho.

Jason Miller – Dream 9

Confesso que foi difícil montar essa lista, porque são várias as entrances marcantes, mas Jason Miller foi além. No MMA, ele até teve seus momentos, mas, no fim das contas, é o seu personagem que mais se destaca ou choca.

No Dream 9, Mayhem, que se traduzirmos é caos, confusão ou desordem (nunca um apelido caiu tão bem pra um lutador), entrou com várias colegiais asiáticas e incendiou o público com sua coreografia.

As caras e bocas dele são impagáveis! Até a lendária Lenne Hardt entrou na roda. Miller, como animador, é muito mais empolgante! Esse sim faz valer o ingresso.

Confesso que perdi a conta de quantas vezes assisti esse momento. Pra falar a verdade, não sei como Ronaldo Jacaré conseguiu ficar sério pra lutar contra esse figurão.

Menções honrosas:

GSP / Fedor / Jon Jones / Yoshihiro Akiyama / Genki Sudo / Kazushi Sakuraba / Akihiro Gono / Alistair Overeem / Diego Sanchez / Vitor Belfort / BJ Penn / Anderson Silva / Urijah Faber / Rampage Jackson / Thiago Silva

  • james

    Queria lembrar do Lyoto entrando com Gonzaginha no UFC 163 foi show a galera cantando

    • Rodrigo Tannuri

      Você gostou? Achei bem cafona kkkkk

    • Bruno Barbosa

      Eu curti muito quando ele entrou “Andar com fé” do Gilberto Gil no UFC Barueri, não tinha como não cantar junto.

  • Gabriel Carvalho II

    Curti a lista.

    Só achei que faltaram Frankie Edgar e Thiago Alves nas menções honrosas. E o Sanchez merecia participação dupla pelo ”yes 30x” naquela luta contra o Stevenson.

    • Renato Rebelo

      A do Frankie com “Kick in the door” do Biggie tb é uma das minhas favoritas – principalmente quando ele entra correndo.

    • Rodrigo Tannuri

      Obrigado, Biel! A do Diego Sanchez quase entrou. Foi insanidade pura kkkkk Mas não esqueci e botei na menção honrosa 🙂

  • Nelson Junior Ticaum

    Por mais artigos do genero!! A aura do Pride era foda!!! O UFC poderia fazer um evento épico c essas entradas… Lenne Hardt anunciando os lutadores no caminno e o Buffer anunciando no 8

    • Nelson Junior Ticaum

      Explicando melhor… A estrutura do Pride era mto foda (das entradas dos lutadores).sei l’a. Pra mim parecia que estava vendo uma luta de dois semi deuses, devido a toda a estrutura do evento…. O UFC poderia aproveitar isso….

    • Rodrigo Tannuri

      Obrigado, Nelson! A Lenne voltou, mas foi pra um evento especial do Bellator. Acho que ela combina mais com essa organização do que com o UFC e você, o que acha?

  • Leonardo Bonardi

    cARA CADE A ENTRADA DO OVEREEM QUANDO ELE LEVOU AQUELE ESCULACHO DO PEZÃO? FOI A MELHOR QUE EU JA VI

    • Marcus Vinícius

      Aquela música é do caralho!!! Bicho parecia ter tomado uma bala pra entrar em cena.

      • Rodrigo Tannuri

        Tomou outro tipo de bala kkkkk E olha que eu estava torcendo pra ele 🙁

    • Rodrigo Tannuri

      Eu quase botei essa na lista. Também adoro. O Overeem entrou dançando praticamente kkkkk Mas está ali, na menção honrosa 🙂

  • julio alves

    faltou a entrada do Ednaldo Lula com a música Tum tata do chiclete com banana kkkkkkkk

    • Renato Rebelo

      Um absurdo ter faltado essa…

  • André Pessanha

    Faltou alguma do GSP, de preferência a da luta contra o Condit, quando ele volta de contusão. O uso dos kimonos e o rap francês deixa as entrances do GSP muito fodas.

    • Rodrigo Tannuri

      Eu botei ali na menção honrosa 🙂 GSP merece tudo de bom!

  • Marcus Vinícius

    Porra, uma das melhores foi o Delson Pé-de-Chumbo entrando com Tua Vitória Tem Sabor de Mel em BH. Vacilou! lol

  • Marcos Felipe

    Rafael Natal pode ter lutado de forma escrota contra o Tom Watson… mas a sua entrada no octógono ao som do hino nacional foi foda pra caralho!

    • Renato Rebelo

      E Pepey entrando ao som de “Tchê Tchê re re” para equilibrar com o sertanejo (Bruno e Marrone) do Felipe Sertanejo?

      • Luis Felipe Fabricio

        E o Werdum com Lepo lepo? kkkkk

      • felipe

        nossa que bosta!!!!!kkkkkkk Nao sei vcs mas as entradas do napao, na parte de som, sao foda

        • Vitor Camilo

          Ele entra com Danzig, realmente, mt bom.

  • Petrus Radamés

    Jurava que teria essa entrada do Fedor. Agora sério mesmo a Lenne Hardt da um clima muito foda pra entrada dos lutadores. Menos na luta que ela anunciou o Fedor falando, “From Russia With Love”, esse cara não ia pra dar amor pra ngm não.

    https://www.youtube.com/watch?v=qgRfzHRRulk

    • Rodrigo Tannuri

      Essa eu não preciso falar nada. Está lá na menção honrosa 🙂

  • Chico Guazzelli

    a minha favorita é essa do anderson dançando nas menções honrosas!

    • Rodrigo Tannuri

      Mostrou ter um baita gingado kkkkk Anderson mandaria bem no Dança dos Famosos…

    • Bruno Barbosa

      E também nos 43 segundos do vídeo ele deu uma premonição do que ia acontecer com o Vitor Belfort hahaha

  • Leonardo Pateira

    Boa lista. Mas as minhas preferidas são:

    Gono com DJ Ozma (versao do Pride Bushido)
    Sergio Junior com a dança da motinha (vi 3 vezes ao vivo e é muito boa)
    Lula Molusco com a musica do Jaspion do Gigante Daileon no WFE

    E óbvio, Fedor Emelianenko x Crocop (a entrada de ambos nesse dia a energia foi fora do normal), lembro até hoje Mauro Ranello fazendo uma introdução espetacular na hora do Fedor aparecendo pro público. Emocionante

  • Felipe Besada

    Tito Ortiz no UFC 33 e as do Yoshihiro Akiyama, em especial a do K1 Heroes 1

  • Tiago Nicolau de Melo

    Ótima lista, realmente. Acho as do Aldo muito boas, focado! Mas nada fora do normal pra merecer estar entre essas pérolas.
    Vai rolar uma das melhores encaradas?

    • Rodrigo Tannuri

      Obrigado, Tiagão! Espero que role sim. Me amarro nelas e já tenho meus preferidos kkkkk

      • felipe

        boa rodrigao!!!!espero que role as encaradas mesmo, seria muito top!!!!

        • Rodrigo Tannuri

          Obrigado, Felipão! Eu ou o Paranhos faremos essa lista.

  • Leonardo Weber

    o vídeo da entrada do PT não demonstra nem 20% do que foi a entrada para quem estava lá. Aquele evento foi incrível. O nocaute do minota foi outro momento sensacional. Não vi em nenhum outro ufc a atmosfera que havia naquele

    • Rodrigo Tannuri

      Pra mim, pode ter infinitos eventos no Brasil, que jamais conseguirão repetir o que aconteceu nesse 🙂

    • Francisco Júnior

      Vi pela televisão e realmente foi uma reação sensacional. Mas puxando um pouco a sardinha pro meu lado, estive no UFC Natal e no momento da finalização do Formiga, o ginásio quase veio abaixo. Parecia um gol de virada aos 45 minutos do segundo tempo. Claro, eram menos pessoas que no Rio, Formiga não é uma lenda, mas a torcida de Natal deu show. Espero que voltem um dia.

  • Vitor Camilo

    Não tinha visto a entrada da Daly, sensacional! Cranberries é massa!

    • Rodrigo Tannuri

      Música mítica!

  • Bernardo Oliveira

    Faltou Miesha Tate no UFC 168. Além de ser gata, entrou cantando e até o cutman cantou a música da Katy Perry. hahaha

    03:33

    https://www.youtube.com/watch?v=CwVYLoaSzPY

  • Carlos Montalvão

    Da Aisling Daly foi arrepiante.

    Vale adicionar à lista honrosa as do McGregor e Mendes quando lutaram pelo interino

  • André Guilherme Oliveira

    Caras, pra mim as mais marcantes são as que vão sempre ser lembradas. A entrada do Royce com a família é uma entrada épica e não foi listada, aquilo é sinistro.
    As do Genki Sudo são fenomenais, eram um show a parte e David “Caveman” Rickels também é muito épico com suas entradas customizadas.

    Mas no final acho que não tinha nada como as entradas do Wand no Pride.

    • Rodrigo Tannuri

      Eu tentei fugir da entrada do Royce. Como todos falam dela, tentei destacar algumas subestimadas. Genki Sudo é outro mitão no quesito kkkkk

  • As do Sakuraba eram sempre míticas, mas essa em que ele se vestiu de Mario Bros hauehuahau mito!!

    • Rodrigo Tannuri

      Genial, né? kkkkk

  • julio alves

    tem a entrada do jon jones que ele fez uma dancinha
    https://www.youtube.com/watch?v=pZpJNGAAr8M

    • Rodrigo Tannuri

      Essa entrou na menção honrosa. Me amarro nela também 🙂

  • felipe

    nao me lembro do lutador que entrou com o som do survivor burning heart, o rhodes falou que ele nao deveria ser mandado embora nunca do ufc, só por ter escolhido o som!!!!

  • Bruno Barbosa

    Anderson Silva, Vitor Belfort, Júnior Cigano, tem nem como contar o tanto de entrada que me faz arrepiar com o respeito que vem junto com a música, mas pra mim as mais marcantes no UFC foi a do Wand no UFC Japão contra o Brian Stann que tanto a entrada quanto a luta foi memorável e a do GSP no UFC 129, aquilo foi frenético.

    • Rodrigo Tannuri

      A entrada do Wand é absurda, principalmente no Pride 🙂

      • Bruno Barbosa

        Nem me fale, não citei nenhuma do Pride porque todas eram fantásticas, a do Wand e do Fedor são simplesmente fenomenais !

        • Rodrigo Tannuri

          Eu tentei fugir das clássicas, mas entre uma e outra, optei pelo Wand mesmo. Sandstorm é loucura total kkkkk

    • Vitor Camilo

      A música do Belfa é muito boa, arrepio sempre tbm. Cigano tem uma puta de uma música clichê, mas não canso nunca. A do Anderson é incomparável também.

  • Rodrigo Loureiro

    Como já citaram nos comentários, a entrada do Lyoto ao som de Gonzaguinha é algo que ficará eternamente na minha mente. Pode não ter sido a entrada mais épica ou que me tivesse feito pular e socar o ar, mas só quem esteve presente conseguiu sentir a atmosfera do local, com a arena inteira cantando, e mesmo com o cortar da música todos da arena foram até o final da música tornando o momento emocionante e inesquecível. Momento o qual pude sem sombra de dúvida bater no feito encher os pulmões e dizer, que orgulho tenho de ser brasileiro!

    • Gabriel Carvalho II

      Meu primeiro evento, Machida lutando no Brasil depois de 10 anos e ele ainda mete essa música, foi uma das paradas mais sensacionais que já presenciei.

  • Igor Alves

    As entradas do Sakuraba também eram épicas! Muita rizada com as coreografias do japa kkkkk.

    • Rodrigo Tannuri

      Botei ali na menção honrosa. Ele entrou de Mario kkkkk

      • Igor Alves

        Bom demais kkkkkk

  • Eduardo Anselmo

    sem sakuraba de mário? sem Overeem e o the anthem?

    • Rodrigo Tannuri

      Os dois estão na menção honrosa.

  • Caíque Matheus
  • Celso Nobre

    Como falar de entradas, como falar de Fedor e não citar essa entrada… oy to ne vecher. Musica usada por mim na entrada da minha formatura! 🙂

    https://www.youtube.com/watch?v=zhz69CCfroM

  • Karina Drag-Queen

    todas as entradas do pride eram espetaculares. essa do anderson foi muito legal

    https://www.youtube.com/watch?v=pJjZA_7KpGY

    • Rodrigo Tannuri

      Essa está na menção honrosa kkkkk

  • Jean Carlos da Silva

    Falem o que quiserem, nenhum evento de hj se equipara ao pride no modo como aproveitavam a cena de entrada. Sempre era um show a parte

    • Rodrigo Tannuri

      O Bellator está tentando, mas concordo. Jamais chegará aos pés!

  • Fulano de Tal

    Grande texto. Adoro essas matéria com listas.

    • Rodrigo Tannuri

      Muito obrigado, Fulano 🙂

  • Náh Grég

    As entradas do PRIDE sempre foram as melhores.

  • Maxwell

    Eu gosto da do Nate Diaz no UFC 141. Ainda de brinde ele deu uma sóva no Cowboy hahaha

  • Bruno Costa

    Cara, umas das unicas entradas que me arrepiou de verdade foi essa da Aisling Daly… Alias unica coisa que prestou nesse fight night da irlanda

    • Rodrigo Tannuri

      Concordo, Brunão! Foi sensacional mesmo 🙂

  • João Vitor Andrade

    A do Clay Guida no Fight Night de Dubai também foi animal

    • Rodrigo Tannuri

      Eu quase botei o Guida na menção honrosa. Ele e o Guillard entram pilhadões kkkkk

  • Malk Suruhito

    Estranho. Eu lembro perfeitamente de ter visto a entrada do Te Huna ao vivo no dia, tanto que comentei em seguida que sempre que alguém tivesse uma entrada daquelas não merecia perder.

    • Rodrigo Tannuri

      Eu também tive a mesma dúvida. Achei estranho, mas esse detalhe está no texto do Sherdog.

      • Malk Suruhito

        Será que cortaram na transmissão lá de fora (enfiaram algum comercial) e no Combate passou na íntegra? Lembro bem por antes da luta estar torcendo para o Jimmo por conta da dancinha do Robô da última vitória dele sobre o Perrosh.

        • Rodrigo Tannuri

          Tenho quase certeza que foi isso que rolou, porque também me recordo de ter visto a entrada em tempo real.

  • Ale Gustavo

    faltou do Minotauro entrando com a capa prata, em seu auge no Pride. quase impossível achar ela por aí.

Tags: , , , , , ,
Instagram