Flashback: O breve reinado do gigante Brock Lesnar

Fernando Henriques | 22/10/2015 às 21:56
Captura de Tela 2015-10-22 às 22.35.43

Brock no WWE

Brock Lesnar foi um campeão polêmico e continua a sê-lo, agora que está aposentado do MMA.

Pudera, com sua longa trajetória no pro-wrestling americano (por favor, não chame de telecatch), que pode ser resumido como um show teatral de artes marciais, ele naturalmente aprendeu a entreter pela via sensacionalista.

Talvez por isso, mesmo quatro anos depois de deixar o MMA, Lesnar não foi esquecido. O ex-campeão retornou ao noticiário esta semana, por negar de forma peremptória, no podcast do ex-colega de WWE Steve Austin, qualquer possibilidade de retorno ao UFC.

Com 38 anos e um belo contrato com a WWE, sua afirmativa me parece verídica.

Protagonista do maior PPV da história do MMA

Protagonista do maior PPV da história do MMA

Não deixa de ser sintomático, porém, o assunto vir à tona de forma recorrente, como no início do ano, quando negociava uma renovação de contrato com a WWE – Dana White só faltou criar uma campanha na internet, com hashtag e tudo, pedindo sua volta ao UFC.

White, obviamente, tem seus claros motivos ($), mas e a imprensa especializada e os fãs que não esquecem seu nome?

Não é só por sua capacidade de entretenimento que Lesnar segue vivo em nossa memória, mas sim pelo perfil de lutador que foi, desde o biótipo “animal” – apoiado por wrestling top de linha- até o sucesso meteórico que alcançou em sua carreira.

Quantos se tornam campeões do maior evento do mundo com apenas três lutas de MMA nas costas? A resposta é fácil: apenas Lesnar, um brutamontes que precisava cortar peso para bater o limite de 120kg do peso-pesado.

Felizmente para o esporte, dificilmente teremos outra escalada igualmente veloz rumo ao topo. Qualquer outro mortal  que não tenha o sobrenome “Lesnar” e não seja conhecido no submundo da Internet como “Gorila Albino” terá que ralar.

No "football"

No “football”

Lembremo-nos do começo dessa história.

Quando chegou ao UFC, Brock Lesnar já era um lutador muito conhecido no EUA – mais famoso do que qualquer campeão de então. Sua carreira na WWE (entre 2001 e 2004), sua rápida passagem pela Minnesota Vikings (time de futebol americano) e sua experiência no pro-wrestling japonês (lutava pela NJPW, de Antonio Inoki) o tornaram um rosto familiar não só em sua terra natal, mas no mundo.

Tanto que sua estreia no MMA foi pelo K-1 Hero’s, no primeiro evento da organização nos EUA, no estádio Los Angeles Memorial Coliseum, em 2007. E foi dali para o UFC.

Pois é, ele chegou ao UFC com apenas um luta em seu cartel, contra um gordinho sul-coreano desconhecido (Min Soo Kim) que hoje possui um score de 3-7. É claro que venceu em um minuto e a luta não serviu para medir seu potencial, tão comentado.

A seguinte, já pelo UFC (foi contratado a peso de ouro), também não ajudou muito. Em um belíssimo movimento, Frank Mir, que estava com leve dificuldade de encaixar seu jogo, o finalizou numa leg lock que não “encaixaria” tão facilmente se Lesnar tivesse mais canja do negócio.

ay6kip

Mir 1

Logo na segunda luta de sua carreira o Gigante enfrentou um ex-campeão do UFC, a derrota seria resultado normal. Não para o competitivo Lesnar, que já não queria só participar e almejava o topo.

Versado basicamente no wrestling, Lesnar buscou ajuda para melhorar os demais aspectos da luta agarrada – interessante que ele, apesar da força que carrega nos punhos do tamanho de lancheiras, nunca se interessou pela trocação. Jamais fez nada além do básico, se tanto, no quesito e apostou tudo na união de força bruta e técnica de luta agarrada.

Campeão mundial absoluto, Rodrigo “Comprido”, talvez pelo biótipo (um cara grande, apesar de pequeno embaixo do ex-campeão), foi o escolhido para ajuda-lo com o jiu-jitsu, do qual Mir havia se servido para pegá-lo.

2m4x5ygjpg

Herring

Na sequência, Brock enfrentou o veterano do Pride Heath Herring, que, se não era grande coisa (ainda mais caminhando para o fim de sua carreira), certamente estava longe de ser um “frango”.

Herring foi dominado pelo bruto wrestling de Lesnar, mas o gigante de 1,91m ainda não havia convencido ninguém de que poderia ser o campeão. Não fosse o fato do detentor do título ser Randy Couture, já em fim de carreira e muito, mas muito menor (era basicamente um meio-pesado).

Em 2008, quando Lesnar fez suas duas lutas primeiras lutas pelo UFC, Couture estava afastado brigando por um contrato melhor – nesse ínterim, Minotauro conquistou o cinturão interino do peso-pesado contra Tim Sylvia. Mas ele ainda era o campeão.

Enfim, passado o meio do ano, Couture e Zuffa entraram em acordo. A luta entre o Vovô e a nova sensação da categoria aconteceria, ainda em 2008 – ano agitado.

Couture x Lesnar

Couture x Lesnar

Era o cenário ideal para Dana White fazer sua maior estrela campeã do evento, casando popularidade com legitimidade técnica. Pois por maior que fosse a disparidade de idade e peso entre Couture e Lesnar (idade 14 anos; peso: uns 25kg), vencer o campeão é uma forma mais do que justa de alcançar o topo.

E o campeão de pay-per-views não precisou de mais de dois rounds para tornar-se também campeão do UFC. TKO aos três minutos do segundo round.

Com três lutas na organização, aproveitando a fraqueza da divisão peso-pesado, Lesnar chegara ao topo.

Precisava, agora, mostrar a que veio contra um adversário mais adequado, realmente da categoria. O confronto com seu único algoz até ali era esperado, principalmente depois de Mir despachar Minotauro e tomar-lhe o cinturão interino.

Foi no histórico UFC 100, até hoje creditado por muitos como melhor edição do UFC de todos os tempos – certamente a mais rentável-, que a revanche aconteceu. Com GSP no co-main event, Brock Lesnar conseguiu sua vingança de forma brutalíssima, bem à sua maneira.

Mir 2

Mir 2

Mostrando que o trabalho com o brasileiro Comprido rendera frutos, Lesnar não temeu ficar por cima de Mir como na oportunidade anterior e conseguiu trava-lo completamente num “half nelson” adaptado para meia-guarda (por cima), abrindo espaço para bater livremente no rosto de Francisco (Frank é na verdade Francisco).

Quando o árbitro interrompeu a luta e vimos com mais clareza o rosto de Mir, ficou perceptível o estrago, digno de um filme bem gore.

Com o cinturão unificado, ele era o único rei do peso. Vivia um sonho, cumprira uma migração perfeita e inédita nos EUA (no Japão é mais comum lutadores de pro-wrestling irem pro MMA). 2008 – as três primeiras lutas no UFC – e 2009 – a revanche com Mir – foram anos de glória para Lesnar.

Veio 2010 e Shane Carwin, novíssimo peso-pesado que se destacara entre a plebe da categoria, seria seu novo adversário.

Captura de Tela 2015-10-22 às 22.50.35

Carwin batucando

E o desafiante quase estraga a história perfeita até ali, quando no primeiro round aplicou um knockdown no gigante e o marretou com disposição exemplar… tão exemplar que morreu no gás e voltou para o segundo round debilitado (pesou, também, o fato de nunca ter feito um segundo round em toda sua vida; o engenheiro Carwin estava invicto até ali e havia nocauteado ou finalizado todas no 1R).

Lesnar, que só fez sobreviver na primeira etapa, voltou com alma de herói; derrubou, passou e mostrou mais uma vez a evolução no solo, finalizando o cansado Carwin num katagame não tão bem executado, mas certamente sufocante.

Não contava Brock, porém, com o surgimento de um peso-pesado mais leve (Carwin era “bruto” como Lesnar), mas que agregava muitíssimas qualidades a mais que o grosso da categoria.

A queda

A queda

Com wrestling equiparável ao do Campeão, striking absurdamente melhor e uma velocidade incomum no peso, Cain Velasquez não teve dificuldade para encerrar a Era Lesnar precocemente, ainda em 2010.

O novo dono da categoria tirou o anterior para nada, com uma chuva de golpes e quedas que fizeram os fãs levantarem de suas cadeiras. Velasquez apresentou um mix com o qual Lesnar não estava preparado para lidar e talvez nem quisesse.

Baqueado por uma diverticulite que o devastou internamente, Lesnar tentou retornar apenas uma vez, já em 2011, mas teve seu ímpeto rapidamente freado por uma ponteira de Alistair Overeem bem na região anteriormente debilitada.

Overeem: o último ato

Overeem: o último ato

O Gigante caiu e não se levantou mais no MMA. Estava aposentado o cara que cuspiu na câmera em pleno UFC 100.

Abandou o esporte em parte por causa da doença, em parte por já ter cumprido sua missão (ganhar dinheiro e ser campeão). E também por conta da evolução da concorrência, que certamente ajudou.

Ainda assim, com tudo isso, ainda é cotado para retornar.

Tenho certeza que, independente da idade, Mr. Dana White não acharia má ideia vê-lo de novo no octógono. O que impossibilita o retorno é o fato de ser desnecessário para o lutador.

Não valeria a pena nem financeiramente (na WWE ganha mais sem apanhar tanto), nem esportivamente, pois não acharia nada diante da trinca que “comanda” o peso-pesado hoje – Werdum, Velasquez e Cigano.

Deixemos o “Gorila Albino” para os fãs da WWE, já é hora de nos conformamos.

  • Lucas Natan

    Como sempre, ótimos textos. Cara, me diz onde vc escrevia antes daqui no sexto round, pq esses tempos vc linkou o site em algum texto, mas eu não lembro o nome. rs

  • Luis Coppola

    Esse era monstro, tanto em business (ppv), porte e como lutador!
    Tomara que esteja saudável, se conseguir treinar MMA sem suco, se estiver disposto a ganhar menos tomara que volte!

  • Ramon Reis

    Eu sou fã de MMA a pouco tempo, e me lembro de ter lido que o Brock Lesnar era bruto com seus fãs, eu não sabia quem era ele, principalmente quando ele estava junto da sua familia, voces ai que acompanham esse esporte a mais tempo, eu so li um artigo exagerado ou isso é verdade?

    • Bruto não seria a palavra certo. Mas é verdade que ele presava por sua privacidade, sim.

  • Mauricio

    Vou parafrasear o Chorão (Charlie Brown Jr); “Tudo que é bom dura sempre o bastante para se tornar inesquecível!”

    • diego

      séloko. o xarope albino apanhou foi é pouco do velasquez.

  • douglas karpinski

    o cara se imortalizou em muito pouco tempo, mito mesmo, era uma puta expectativa quando o cara ia lutar, o cara era muito bruto, lembro que quando tinha luta dele eu e meus amigos ja falavamos – hoje tem luta do tanque de guerra, besteira neh? uhahauhauua

  • Fernando Mangger

    Me lembro q no UFC 100 foi a última vez q vi o Mir com um shape descente.

  • Tiago Andrade

    Ótimo texto. Que sejam bem vindos mais flashbacks como esse.

    Cara, essa cena do Lesnar indo pra cima do Herring após o knockdown é uma das coisas mais legais do MMA.

    • Obrigado, Tiago. Sobre a cena, realmente, é marcante e ilustra muito bem a voracidade do estilo do Lesnar, que tanto atraía.

  • Rafael Fiori

    Com novo programa antidoping não veremos mais lutadores com 120 kilos de puro músculos. Alistar já está lutando com 110 k. Sem esses brutamontes o peso pesado não assusta mais ninguém.

    • Paulo Souza

      não entendi a relação de peso com doping, achei sem sentido. O hunt de 1,78 m sofre para bater 120kg o pezão também. Antigamente o roy nelson cravava 120 kg. O doping favorece tanto a perda de peso quanto o ganho de peso depende da intenção do atleta. O doping nada mais é que um combustivel que da uma potência incrivel para treinar e em cima disso o atleta consegue perder o peso que quiser. E outra gordura pesa mais que musculos, se o cara é puro musculo ele vai ter menos peso.

      Aonde que o lesnar é puro musculo, ele passa esta impreção por ter peitoral definido. Puro musculo é o romero. O alistair overeem a um bom tempo atras comentou que iria perder peso para ganhar velociade

      • diego

        ” hunt de 1,78 m sofre para bater 120kg o pezão também. Antigamente o roy nelson cravava 120 kg ” porem tudo pançudo kkk

        • Paulo Souza

          vc leu a parte que falei sobre gordura e musculo, gordura pesa mais que musculo, leu a parte em que falei que doping pode ser usado como combustivel para perder peso, leu a parte em que falei que lesnar não é puro musculo. Eu demonstrei que o comentario do rafael fiori não tem base, agora vc não disse nada e nem provou nada

          • Vitim

            Fera, eu sempre soube que músculos é mais pesado do que gordura. Dei uma pesquisada e não achei nenhum lugar falando o contrário. Inclusive vi uma fotinha que compara três kilos de cada e a gordura precisa de bem mais volume que o músculo para ter o mesmo peso.
            Se tiver uma fonte aí, compartilha com a rapaziada.

          • Paulo Souza

            no comentario acima , eu disse: “aonde que o lesnar é puro musculo, ele passa esta impreção por ter peitoral definido, puro musculo é o romero”. A gordura é menos densa que o musculo, portanto a gordura ocupa maior volume, o volume corporal não me passa a impreçaõ de ser musculo e sim gordura. quanto a relaçaõ entre musculo e gordura, eu me equivoquei: 1kg gordura = 1kg de musculo a diferença é que 1kg de gordura ocupa maior volume.

          • Vitim

            Só achei curiosa sua colocação equivocada sobre músculo pesar menos que gordura (em dois comentários). Mas longe de mim querer questionar sua percepção sobre o visual musculoso ou não do lesnar, mas para mim e muitos outros ele não só parece extremamente musculoso como é extremamente musculoso.
            Não descarto a existência de lutadores mais musculosos e mais pesados que ele mas para mim soa totalmente verdadeira a afirmação da pessoa que fez o primeiro comentário. Físicos como o do lesnar, com o antidoping pegando no pé, se tornam cada vez mais raros.

          • Paulo Souza

            1 kg de gordura = 1kg de musculo, a gordura é menos densa e o por isso apresenta maior volume, apenas me equivoquei em dizer que o musculo pesa mais, mais isso não torna o comentario do rafael fiori verdadeiro, vou copiar o meu primeiro comentario e vou colar e corrigi-lo:

            não entendi a relação de peso com doping, achei sem sentido. O hunt de 1,78 m sofre para bater 120kg o pezão também. Antigamente o roy nelson cravava 120 kg. O doping favorece tanto a perda de peso quanto o ganho de peso depende da intenção do atleta. O doping nada mais é que um combustivel que da uma potência incrivel para treinar e em cima disso o atleta consegue perder o peso que quiser. E outra gordura é menos densa que musculos,

            Aonde que o lesnar é puro musculo, ele passa esta impreção por ter peitoral definido. Puro musculo é o romero. O alistair overeem a um bom tempo atras comentou que iria perder peso para ganhar velociadade

          • Vitim

            Certo amigo, me permita discordar. E veja, gostaria que um de nós fosse endocrinologista ou algo do gênero para fazer um comentário mais preciso. Mas ainda assim, gostaria de expor minha visão (embora seja de alguém leigo).
            O doping se refere basicamente ao uso de drogas intensificadores de performance (ainda que drogas recreativas entre nas proibições, vide Jones e Diaz). Dentre elas temos os esteróides anabolizantes que ajudam na construção e manutenção de músculos, conquanto outros hormônios e drogas possam fazê-lo. Logo, com um antidoping mais rígido, o uso destas drogas para o aumento da massa muscular se tornará mais dificultoso, o que culminará em atletas menos musculosos (embora alguns como Romero ainda mantenham um corpo bem musculoso).
            Lembrando que corpos mais musculosos facilitam na perda de peso pela desidratação, o que não é tão fácil num corpo com mais gordura (vide o caso Hendricks), e com o uso de drogas anti catabólicas (que não passam no doping) fica mais fácil manter a massa magra durante a perda de peso.
            Acho emblemático nesse exemplo o caso do Vítor Belfort e como o corpo dele perdeu volume depois do fim do TRT.
            Mas é isso, creio UE sua opinião seja diferente da minha mas esta é minha visão. Abraço.

          • Paulo Souza

            Achei o comentario do rafael muito perigoso, preconceituoso,
            associar musculos a anabolizantes é um preconceito.
            ele falou 120 kg de musculos, mas vale para qualquer peso, pode ser 70 kg de musculos. O jon jones é puro musculo, então pode ser concluir que usa anabolizante e o romero então. Com esse raciocinio um atleta como roy nelson e hunt não precisa fazer antidoping pois não tem musculos. O anderson silva não tem musculos então não precisava fazer anti-doping nele. O doping no mma não é para adquirir um corpo definido como no fisiculturismo e sim para treinar mais, é só um combustivel no mma para os treinamentos renderem mais

          • Paulo Souza

            acho que é só eu que vejo o lesnar como um gordo com peitoral grande. Sinceramente eu não localizei os musculos do lesnar, quando o cara é puro musculo a barriga é igual a um tanque e os braços são ovais de musculo.

          • Vitim

            Certo, você fala do lesnar como se ele só fosse atleta de MMA. Amigo, você ignora que ele teve grande projeção na WWE, um show no qual o físico mais musculoso e o tamanho do atleta contam muito.
            Concordo com voce que dillashaw e outros citados sejam bem definidos, ou como você classificou, puro músculo. Mas a definição muscular não implica num volume muscular maior, embora possa causar essa impressão. Por isso que.muitos fisiculturistas possuem pesos distintos fora de temporada e em período de pré competição, porque eliminam o acúmulo de gordura para salientar os músculos que já possuem.
            Logo, lesnar é menos definido do que todos os atletas citados por você, mas é muito mais musculoso, acredito que até proporcionalmente. Puxa vida, estamos falando de um peso pesado sendo comparado com um peso galo na questão músculo? Você confunde definição com volume muscular. Compare as costas, peitoa e braços do lesnar com os de hunt ou Nelson.

          • Paulo Souza

            não importa se é peso pesado ou peso leve, musculo é musculo , se tem 60 kg ou 120 kg continua sendo musculo
            nestas fotos o lesnar esta se esforçando para exibir os musculos. Dillashaw, jon jones,romero, exibem mais musculos que o lesnar sem esforçar, a barriga do dilla e do jones e do romero é um tanque de musculos ao natural.
            roy nelson não tem musculos, ja lesnar tem mais, o que isso prova?

          • Paulo Souza

            da uma olhada na primeira foto do lesnar na reportagem,ele não esta se esforçando por isso nao apresenta musculos.
            como eu ja lhe disse dilla , romero jon jones apresentam musculos sem esforçar

          • Paulo Souza
          • Paulo Souza
          • Paulo Souza

            o lesnar é puro musculo? 120 kg de musculo? ele só consegue apresentar musculos quando expreme o corpo, ao natural é apenas um gordo. olha as fotos do jones, dilla e romero ao natural

            http://thebostoncrab.net/blog/wp-content/uploads/2011/01/brock-lesnar21.jpg

          • Vitim

            Havia dito que não continuaria a conversa, mas realmente me parece muito descabido descrever lesnar como só um gordo. quebtal por um ponto final nisso? Olha só o gordo e a revista que ele apareceu na capa.

          • Vitim

            Não consegui inserir as imagens mas colei os links, se não der para abrir me avise.

          • Paulo Souza

            olhe o jon jones ao natural sem se esforçar, ele é um cara que pode se dizer que é puro musculo:

            http://mmapremium.com.br/wp-content/uploads/2012/08/38-Jon-Jones-UFC-ken-pishna.jpg

          • Vitim

            Com todo o respeito amigo, mas você está se esquivando do meu último comentário onde tentei ser mais objetivo. Eu lhe mostrei duas capas de revistas de musculação nas quais a pessoa da capa era o lesnar. Estamos falando de revistas que tem como público pessoas que querem se tornarem musculosas ou algo do gênero e eles colocam como referência um cara como lesnar.
            Você insiste que ele é só um gordo, menospreza o físico do cara.
            Me perdoe mas prefiro errar com a flex e a muscle e fitness do que acertar com você. Tente ser mais objetivo.

          • Paulo Souza

            ja vi a capa da revista, ele esta fazendo força para aparecer o musculo, eu ja te provei que ele não é puro musculo, ao natural
            da para observar que tem muita gordura, então nao é puro musculo.
            vou repetir de novo: se fosse puro musculo isso não provaria nada em relaçaõ ao doping, por isso o comentario do rafael é um absurdo, de acordo com a teoria de ufanista do rafael concluiriamos que jon jones se dopou pois ao natural é puro musculo

          • Vitim

            Vc continua se apegando à expressão usada de puro músculos. Fala que demonstrou coisas que não demonstrou. Fala de muita gordura quando nem tem um percentual de gordura determinada, sendo que o atleta aparece em capas de revistas de musculação para falar de treinamento. Em suma, é apenas a sua opinião enviesada que não possui o mínimo embasamento.
            Continue ignorando o fato de que vários atletas estão aparecendo com corpos diferentes após o doping. Continue ignorando o fato que definição muscular não significa volume muscular. Enfim, você começou a discussão sem nem ao menos saber que o mesmo volume de gordura pesa mais que o mesmo volume de músculo.
            Bom, agora é pra valer, meu último comentário aqui e contínuo agradecendo pela atenção. Desculpe por qualquer comentário que possa ter sido ofensivo.

          • Paulo Souza

            vc usou fotos para demonstrar que o lesnar era puro musculo e usei fotos para demonstrar que ele tem gordura, é claro que demonstrei o rafael falou de 120 kg de puro musculo, se é puro musculo não deveria ter gordura e eu demonstrei com fotos que ele tem muita gordura, qual o embasamento cientifico que o rafael usou para falar que o lesnar é puro musculo? ele olhou as fotos e concluiu isso e eu usei fotos para provar o contrario e provei.
            vc diz :” atletas aparecendo com corpos diferentes após doping” mais uma teoria sem sentido, o anderson silva foi pego no doping e estava com o mesmo corpo sem musculo
            O sonnen foi pego com mais de 3 substancias diferentes e estava com o mesmo corpo. Alias o sonnen não é um cara musculoso e sempre se dopou, mais uma prova que pelo porte fisico não da para concluir que um atleta se dopou.
            ja falei varias vezes um cara que é puro musculo como jon jones, de acordo com a teoria dele o jones se dopou, mais uma prova que pelo porte fisico não da para concluir que o cara se dopou. Olha quantas provas estou lhe dando para demonstrar que a teoria do rafael é um absurdo

          • Paulo Souza

            o lesnar tem que expremer o corpo, fazer força para aparecer os seus musculos, isso significa que o lesnar tem muita gordura, mas se o lesnar fosse puro musculo isso não provaria nada, não teria sentido acusar ele de doping apenas pelos musculos.
            conclusão: o rafael disse que o lesnar era 120 kg de puro musculo, ele se enganou o lesnar tem mais banha do que musculo e outra se o lesnar fosse puro musculo isso não provaria que usou doping, portanto o comentario do rafael não provou nada

          • Vitim
          • Vitim
          • Vitim

            Mais uma vez VC confunde definição com volume.muscular, o fato de não conseguir enxergar que Brock em ambas as fotos colocadas por você é um individuo musculoso, ainda que não possua a definição de outros atletas me coloca numa posição muito difícil de argumentar. Eu olho nas fotos e vejo que Brock é extremamente musculoso, você discorda. Só se tivéssemos a bioimpedacia do atleta para podermos comprovar o volume muscular dele. Mas infelizmente não temos.
            Talvez eu tenha um.olhar mais aguçado (ou apenas esteja errado) para perceber volume muscular porwue acompanho fisiculturismo e MMA (não que seja expert).
            Bom, a meu ver chegamos num beco sem saída e não tem como um se colocar na percepção do outro sem agir de forma autoritária.
            Bom amigo, agradeço a atenção, foi uma boa conversa, mas encerro por aqui. Um abraço e vamos curtir o UFC Irlanda (que horror hahaha).

          • Vitim

            1- não importa? Um individuo com 120kg de músculo não é mais musculoso que um indivíduo com apenas 60kg de músculo? Entendo que quesitos como altura influenciem. Mas estamos falando de um individuo com 130 kgs e 1,91. Você se apega a questão do “puro músculo” como se issoxfosse sinônimo de definição muscular e não uma expressão coloquial. Ninguém é puro músculo, todos temos um corpo formado por proteínas, água, minerais e gorduras, todos nós. O que o dono do comentário quis dizer foi apenas que não veremos mais brutamontes tão musculosos e grandes no peso pesado com a política antidoping vigente. É uma opinião que eu concordo e você discorda, mas apenas o tempo dirá.
            2- maisna vez você confunde a noção de volume muscular com definição muscular. Se a ock precisa fazer mais “força” para mostrar os músculos por causa do percentual de gordura um pouco maior que o de Jon Jones, isso não significa que ele possua menos massa muscular, apenas menos definição. Físico musculoso não significa necessariamente “gominhos” de abdômen aparecendo, é como o dito popular que abdômen aparecendo até pedreiro tem (perdoe o tom jocoso). Mas para ilustrar isso, procure fotos de fisiculturistas fora de competição e em pré temporada. Alguns perdem o “abdômen trincado” quando não estão competindo. Mas continuam sendo finais extremamente musculosos.
            3- eu realmente não entendo seu ponto. Roy Nelson é menos musculoso que lesnar. Isso prova o óbvio, que lesnar é mais musculoso que Nelson. Ninguém precisa fazer um ciclo hormônios para chegar aos 120 kg de peso com percentual de gordura em 40%, mas com certeza precisará fazer para se chegar ao mesmo peso com 12% de percentual de gordura. Mais uma vez, o que isso prova? Que existem duas formas de aumentar o peso: aumento de massa magra ou aumento de massa gorda.
            Mais a vez, é um direito seu acreditar que é possível se ter o físico do lesnar só com auxílio da genética, mas a meu ver, é uma ingenuidade sua.

          • Vitim

            Vc questiona o visual musculoso desse cara?

          • Vitim

            Só para enfatizar.

          • Vitim

            Amigo, não é preconceito, você está ignorando o cerne da questão. Para se ter um corpo extremamente musculoso, somente fazendo uso de drogas intensificadores de performance, ainda mais no MMA, no qual o treinamento foca inúmeras outras coisas antes do ganho de músculos.
            Concordo com você que existem várias drogas que melhoram a performance e não aumentam os músculos e igualmente concordo que existem pesos pesados mais gordos que musculosos.
            Mas o primeiro comentário dessa discussão me soa totalmente verossímil. Um corpo musculoso no MMA com um antidoping mais rígido é muito difícil de aparecer. Ainda que indivíduos não musculosos tenham caído no doping só é possível desenvolver um corpo extremamente musculoso através do uso de drogas não liberadas pelo antidoping (não olvidando o treino adequado).
            Claro, é um direito seu acreditar que Brock lesnar não é musculoso ou que ele não usava/usa drogas intensificadores de performance para ter aquele físico. Mas a meu ver, se pensa assim, está equivocado.

          • Paulo Souza

            vc diz ” lesnar ter aquele fisico” no mma o atleta não se preocupa em ter um corpo definido, quem se preocupa com isso são os fisculturisatas, acredito que o fisico do lesnar seja por um questão genetica.
            O primeiro comentario que vc chama de verossimil é uma aberraçao. ja comentei, romero ,jon jones , dillashaw,é puro musculo, então se conclui que é fruto de anabolizantes.
            ja falei doping no mma o doping é para aumentar performace, aumentar trinamento, não visa adquirir um corpo musculoso, só os fisiculturisatas visam isto.
            DE acordo com esse raciocinio quem tem um corpo sem musculos nunca fez doping, isto é um equivoco. POIS O DOPING NO MMA É PARA AUMENTAR A PERFORMACE.

        • Meio gay essa discussão infinita sobre o físico de Lesnar, Overrem e companhia…

          • Paulo Souza

            essa discursão lembra o ultimo teorema de fermat, o teorema de pitagoras só tem solução quando potencia é igual a 2, fermat elevou a potencia para numeros maiores que 2 e naõ encontrou solução.

            x² + y² = z² neste caso encontra-se solução. A solução para a equação proposta pelo rafael fiori no inicio é : Apenas o exame anti-doping pode provar se o cara dopou ou não

            mas se aumentarmos a potencia para valores maiores que 2 não se encontra solução. O que o rafael fiori propos no inicio e que esta sendo apoiado pelo vitim não tem solução,
            pois não se pode provar que o lesnar se dopou tendo como
            base o seu porte fisico.

            O teorem de fermat é interessante, até hoje varios matematicos buscam soluções particulares para a equação de fermat, a realidade obedece a certos limites, nem tudo é possivel de se afirmar

          • diego

            eu e meus amigos gays discutindo o peitoral do brock lesnnar kkkk

          • Fique a vontade, cada um com seus gostos.

  • Rafael Fiori

    Cara a WWE não tem graça alguma, a luta livre mexicana é muito mais legal.

  • Vinicius Maia

    Rapaz, excelente texto. Como eu gostava do Brock Lesnar!! Cacete, era muito foda ver esse gigante lutar.
    A luta contra o Carwin mostrou ter um queixo sinistro, aguentou muita porrada pra levar pro segundo round.
    A luta que mais me marcou dele foi o UFC 100. Cacete, o que ele fez com o Frank Mir foi tenso demais. Aquelas marretadas na cara, ta doido. No final o Frank Mir todo destruído.

  • Francisco Júnior

    Um ótimo texto relembrando a carreira desse gigante. A divisão dos pesados melhorou consideravelmente nos últimos anos, mas eu gostaria de vê-lo novamente no octógono. Voltar pegando lutas contra os cinco ou seis melhores não seria adequado. O retorno perfeito mesmo seria uma trilogia com Frank Mir, mas lutas contra Roy Nelson, Rothwell, Pezão ou Cro Cop seriam interessantes também.

  • Thebrazilianpsycho

    Vou dizer, sinto muita a falta do Lesnar no UFC. Era um cara que estava melhorando muito antes de suas lesões.

  • KRS Porlaneff

    Lesnar era um lutador de MMA muito interessante de se assistir. Hoje em dia, faltam lutadores que nem ele, que aliava técnica, talento e entretenimento sem parecer forçado.

    Acredito que um dos principais problemas dele, além da diverticulite, foi ter começado no MMA muito tarde (30 anos) para o porte que tem. Porque era treinado por alguns atletas de ponta (entre eles Cole Konrad no wrestling e Rodrigo Comprido no BJJ) e, de longe, foi o melhor dos caras que começaram no pro-wrestling e migraram pro MMA – duvido que Phil Brooks / CM Punk faça melhor.

    Faltou para Lesnar ser menos afobado – sempre começava a luta dando uma de touro e ficava desesperado quando apanhava – e como o próprio Fernando Henriques disse, investir mais em striking já que tem “punhos do tamanho de lancheiras”. Sem a diverticulite, se tivesse corrigido esses problemas e se começasse mais cedo nos treinos de MMA, não duvido nada que poderia ser o único lutador do UFC – até o momento – a pelo menos passar da “barreira” de duas defesas de cinturão.

Tags: