Imprensa marcial opina: Condit x Georges St-Pierre

Renato Rebelo | 17/11/2012 às 17:38

Marcelo Russio – editor do SporTV.com

Na minha opinião, Georges St-Pierre tem um rival maior que Carlos Condit: seu longo tempo ausente, e a dúvida sobre como seu corpo irá se comportar. E é aí que está a maior variável desta luta. Se o canadense subir ao octógono bem fisicamente e sem sentir a ausência de quase 19 meses, vence sem problemas, por decisão unânime. Com mais ritmo de luta, Condit vem confiante de uma vitória representativa contra Nick Diaz. Tem poucas chances de vencer em condições normais, mas pode buscar uma estratégia de paciência para cozinhar a luta e aproveitar as chances que tiver. Previsão: Georges St-Pierre, por decisão unânime.

Dudu Ferreira – editor da Tatame

Em minha opinião, dá GSP. Acredito que ele faça um jogo mais conservador – como ele tem feito em suas últimas apresentações- e saia com a vitória na decisão unânime dos jurados. Acredito que ele domine todos os rounds usando seu excelente wrestling. Apesar do tempo parado e da qualidade técnica e estratégica do Carlos Condit, GSP é um cara muito atlético, melhor técnica e estrategicamente. Portanto, acho que as chances de Condit são pequenas nessa luta.

Renato Rebelo – fundador do Sexto Round

Por mais que meu lado precavido me faça querer botar a grana no campeão, vou ser do contra. Condit, muito mais alto (1,88m contra 1,78m), vem de cinco vitórias maiúculas contra adversários tops no peso: Jake Ellenberger, Rory MacDonald, Dan Hardy, Dong Hyun Kim e Nick Diaz. As duas últimas vítimas foram dentro do período de 1 ano e sete meses em que o canadense estava em repouso com a perna engessada. Não só isso, mas seu chão agressivo, o cárdio impecável, o kickboxing técnico e a mão pesada fazem de Condit, pelas circunstâncias, a defesa de cinturão mais complicada para GSP até hoje. Acho que o atleticismo de Geroges será prejudicado pela desconfiança no joelho. Assim, ele vai ser obrigado a trocar e Condit vai machucá-lo em pé no segundo round. TKO!

Alexandre Matos – editor do MMA Brasil

Tecnicamente eu acho o Georges St. Pierre o lutador mais completo que já subiu no octógono. O grande problema pra essa luta reside no joelho dele. Em vídeos de treinos, no Countdown e no Primetime, vimos que ele está aparentemente recuperado da contusão. Tá forte, rápido. O problema é que condicionamento físico é diferente de tempo de luta. Desde a última luta do GSP, Condit já ganhou do Dong-Hyun Kim e do Nick Diaz. O ritmo de luta estará a favor do americano. Dito isto, acho que o comportamento do Condit vai ser um fator importante. Se ele não respeitar muito o adversário e colocar forte pressão desde o começo, pode causar problemas pro St. Pierre. Por outro lado, GSP recuperou a fome. E um cara talentoso como ele, com fome, torna-se um perigo ainda maior. Minha aposta é GSP por nocaute técnico.

Marcelo Dunlop – editor da Gracie Magazine

GSP vs Carlos Condit é uma luta marcada pela sombra da implicância. De  um lado, os que implicam com o jeito com que Condit conquistou o  cinturão interino, numa luta, contra Nick Diaz, em que ele não quis  passar a terceira marcha, e preferiu a ré. Do outro, os que implicam  com a sequência de lutas pouco emocionantes do astro canadense – são  quatro vitórias consecutivas na decisão dos jurados. Todos têm lá sua  razão. O legal é que nada disso impede que os dois se embolem numa  briga sensacional. Quem sabe a falta de ritmo não leve GSP a apanhar,  para depois se recuperar e virar a luta? Eu só espero um duelo  divertido, e torço para ver boas posições de Jiu-Jitsu no chão, pois  ambos sabem muito. E, sem implicar, vou torcer para o lutador que  andar para a frente neste sábado, seja um ou outro. Um palpite?  Georges St-Pierre, por finalização – para provar que a mente é mais  forte que dois joelhos magoados.

Tags: , , ,