Dana realmente aprecia Minotauro e Anderson Silva

Renato Rebelo | 07/11/2012 às 16:36

Frame da conversa entre Dana e Minota

Além de ser um dos melhores relações públicas existentes no mercado, Dana White é, sem dúvida, um ótimo promotor.

Dono de 10% do UFC, o presidente luta -desde a época que tinha cabelo- para colocar, custe o que custar, sua empresa no competitivo – e rentável- “main stream”.

Para isso, o careca, vira e mexe, tenta nos fazer crer no impossível para garantir aquela graninha do pacote de pay-per-view.

Quem não se lembra do duelo definitivo boxe x MMA, onde James Toney pintava como o Messias da nobre arte contra Randy Couture?

E a diferença de tamanho grotesca entre Bonnar e Anderson? O americano nunca foi nocauteado, bate pesado e tem jiu-jítsu superior…

Tem também o poder de nocaute e boxe superior de Belfort contra Jones

Enfim, os exemplos são infindáveis. Essas ilustrações são apenas para mostrar que não é simples apontar a diferença da opinião do homem de negócios para a pessoa física.

Qual dos dois vocifera que Anderson Silva é o maior de todos os tempos? E na coletiva de imprensa pós-UFC 153, quando disse que era um privilégio ter Minotauro como seu empregado?

Nestes casos, segundo o último vídeo de bastidores divulgado, o apreço é verdadeiro.

Sobre o “Spider”, em conversa informal com Joe Silva e o “cutman” Jacob “Stitch”:

Ele não é humano, cara, ele é uma aberração da natureza. É inacreditável. Ele tem 38 anos de idade. Quem faz isso com 38 anos? Se você visse isso em um filme, falaria ‘ vamos lá, isso é ridículo, isso nunca aconteceria’. É uma aberração da natureza.

Falando ao pé do ouvido de Minotauro:

Você é duro demais (tradução livre para “badass”). Eu me curvo a você. Você é tão incrível que é inacreditável. Eu nunca vi ninguém que nem você. Você sempre entrega, irmão. Bom trabalho!

 

Tags: , ,