Quatro motivos: o card de janeiro tá na medida

Renato Rebelo | 03/11/2012 às 17:36

O UFC anunciou hoje, pela manhã, via Marshall Zelaznik, diretor internacional de desenvolvimento, o card completo do evento a ser realizado no Brasil dia 19 de janeiro.

Pelo que acompanhei em fóruns e sites especializados, a repercussão foi predominantemente negativa. E entendo perfeitamente quem não gostou.

De um card bombástico com Anderson Silva, Minotauro, Glover x Maldonado, Jon Fitch x Erick Silva, Demian Maia… Para outro com apenas dois lutadores ranqueados em ação pode soar frustrante.

Mas não é essa comparação que deve ser feita. Seguem quatro motivos pelos quais devemos olhar com bons olhos a iniciativa:

12 eventos

O Brasil se tornou, junto com Canadá e os EUA, um mercado acolhedor e fundamental para os planos estratégicos da Zuffa. Dana White mesmo disse que serão 12 ou 13 eventos por aqui em 2013. Como seremos quase uma sede, naturalmente, receberemos eventos de portes diferentes. Dos “Fight Nights” aos pay per views.

Novo mercado/produto

Complementando o que disse acima, o site Sherdog especulou que esse show de 19 de janeiro será um “On FX” ou “On Fuel” e não um numerado. Bem importante receber o circo completo. Como habitamos um país continental, é a chance de dar oportunidade não só a nossos atletas menos conhecidos, como também a plateias diferentes. Porto Alegre e São Paulo disputam esse evento, mas Manaus, Curitiba, Fortaleza e outros estados já estão de olho no futuro. Certamente, esse card na saturada HSBC Arena não teria quorum e os cartolas americanos sabem disso.

Line up razoável

Belfort disputa o posto de desafiante ao cinturão dos médios em um lutão contra Bisping. Sarafian, finalmente, estreia. Napão e Thiago Tavares têm desafios bem duros. Os explosivos Diego Nunes, Massaranduba e Edson Barboza também  estão presentes… Decente, vai?

Grandes nomes comprometidos

Cigano, Toquinho e Shogun lutam em dezembro. José Aldo em fevereiro. Minotauro, Anderson e Wanderlei Silva estão fora de ação por tempo indefinido. Renan Barão aguarda o retorno de Dominick Cruz…

Ah, mas que podiam ter encaixado Lyoto x Dan Henderson podiam… E por que não Minotouro x Rashad? Quer dizer, vamos olhar pelo lado positivo!

CARD PRINCIPAL

Vitor Belfort x Michael Bisping

CB Dollaway x Daniel Sarafian

Ben Rothwell x Gabriel Napão

Khabib Nurmagomedov x Thiago Tavares

CARD PRELIMINAR

Godofredo Pepey x Miltinho Vieira

Andrew Craig x Ronny Markes

Nik Lentz x Diego Nunes

Justin Salas x Edson Barboza

Michael Kuiper x Tiago Bodão

George Roop x Iuri Marajó

Roger Hollett x Wagner Caldeirão

CJ Keith x Francisco Massaranduba

 

 

Tags: