Frankie Edgar: ainda há
tempo para reinvenção?

Thiago Sampaio | 08/03/2018 às 16:04

De desafiante número um ao cinturão do peso pena, Frankie Edgar acabou nocauteado no co-main event do UFC 222, no último sábado (3), para Brian Ortega, no primeiro round. Foi a primeira derrota do ex-campeão do leves pela via rápida em quase 30 lutas de MMA.

Famoso pelo queixo de granito que já aguentou várias guerras, contra B.J. Penn, Gray Maynard, Ben Henderson, José Aldo, entre outros, conheceu o desprazer de ter o duelo interrompido pelo juiz.

A última derrota em uma luta que não valia título tinha sido em 2008, por decisão, na primeira peleja da trilogia com Maynard.

Naturalmente andou pra trás na fila pelo title-shot e muito se fala numa passagem de geração para os jovens que estão chegando com força na categoria até 66kg, em que ele já enfrentou duas vezes o ex-campeão José Aldo e foi derrotado em ambas por decisão unânime.

Ora, o mérito foi de Ortega que, pra variar, estava perdendo o round, mas um chute na cabeça, uma cotovelada (para sempre estará nos highlights dele!) e dois uppercuts culminaram na queda do The Answer. Um feito e tanto que o coloca como o desafiante inquestionável de Max Holloway!

Sempre é uma emoção extra no MMA quando acontece um fato inédito. Mas o que chamou a atenção foi o respeito quase que generalizado de atletas a Edgar que foram às redes sociais tecer elogios, incluindo o próprio Ortega, o campeão Max Holloway e até Conor McGregor.

A carreira do Frankie merecia que essa luta tivesse sido comigo nessa noite. Respeito o Frankie. Amor e respeito, sempre! Verdadeiros lutadores lutando”, publicou Notorious no Twitter.

Passado o baque, hora de pensar no futuro. Seria o início da decadência de Frankie? Sinceramente, não creio. Ser nocauteado não é demérito e não existe nenhum queixo infalível no mundo! Ainda mais para alguém que já travou tantas batalhas sangrentas, já quebrou o nariz várias vezes e levou tantos outros knockdowns.

Mesmo precisando percorrer um caminho mais longo se quiser voltar a ser campeão, o americano ainda tem nível para permear a elite e os próximos passos serão decisivos para avaliar o futuro.

Conhecido por ser um lutador sempre educado e respeitoso com seus adversários, Edgar não deu desculpas, agradeceu o apoio geral e garantiu que segue na disputa.

Sábado não saiu como o planejado. Parabéns ao Ortega, ele realmente me acertou com alguns bons golpes. Obrigado a todos os meus parceiros, meu time, meus amigos e meus fãs pelas palavras gentis, elas não passaram despercebidas. Tudo o que posso fazer agora é chacoalhar a poeira e me preparar para colocar tudo em jogo novamente”, disse Edgar no seu Twitter.

Com boxe de alto nível, boa movimentação, cardio invejável e um wrestling diferenciado, nada impede de acreditar que ele, que completa 37 anos em outubro, poderia bater o próprio Holloway.

Mas há de reconhecer que depois que o havaiano tirou o cinturão de Aldo, parece que uma nova era está por vir entre os penas. São muitos nomes bons que têm plenas condições de embaralhar o Top 10.

Veremos essa cena novamente?

Além do T-City, temos aí Zabit Magomedsharipov, Renato Moicano, Mirsad Bektić, Alexander Volkanovski, Calvin Kattar, Shane Burgos, que ainda podem evoluir e chegar lá nas cabeças.

Lutas que, por enquanto, não fazem sentido para o The Answer. Há alguns casamentos inéditos interessantes contra veteranos como Ricardo Lamas, Darren Elkins, Zumbi Coreano ou Josh Emmett (que apesar da projeção recente, já tem 33 anos). Trilogia com Aldo? Bem improvável.

Com apenas 1,68m, Frankie sempre foi baixo para os penas. Muito se falava sobre uma descida para o peso galo desde quando ele lutava de peso leve e ia no rodízio de pizza antes da pesagem.

O próprio lutador já afirmou que bateria os 61kg, mas, como sempre esteve perto do título ali nos 66kg, descartou a possibilidade por enquanto. Resta saber se, beirando os 40, vai ter paciência para se readaptar a um novo corte de peso.

Se conseguir baixar o peso de maneira saudável, sem dúvida, tem potencial para bater a grande maioria dos ranqueados dos galos. O caldo engrossa mesmo quando chega lá em cima e temos Cody Garbrandt, Dominick Cruz e o campeão T.J. Dillashaw!

Dependendo das negociações com o UFC, se conseguir fechar uma luta com Cruz ou Garbrandt e vencer, certamente já se credencia para lutar pelo título na próxima.

Conseguir esse feito são outros 500, mas é garantia de ótimos combates.

Ou de repente enfrentar o vencedor de Jimmie Rivera x Marlon Moraes para se testar na nova categoria. É a linha de corte para saber se pode ser campeão. Passando, pode ser jogado na jaula dos leões, aliás, galos de rinha, assassinos.

Vida fácil ele não vai ter em nenhuma categoria e corre contra o relógio se quiser ser campeão novamente, porém, esse último cenário pode trazer ares de renovação para o próprio atleta.

E você, caro leitor? Qual a opinião sobre o futuro de Frankie Edgar no UFC? Participe nos comentários.

  • Jonas Greco

    Caso ele queira parar terá construído uma linda história no esporte, mas se ele ainda tiver aspirações de voltar a ser campeão creio que deveria tentar um sprint final nos galos. Não acho que ele é favorito contra ninguém no top 3 da categoria, mas ainda assim o vejo com mais chances do que refazer sua caminhada até a disputa nos penas.

    • Thiago Sampaio

      Qual fã de MMA deixaria de assistir a Cruz x Edgar ou Garbrandt x Edgar? O The Answer pode até perder ambas, mas é garantia de lutaças!

      • Jonas Greco

        Certeza!!!!

  • Mauro

    Caso queira permanecer nos penas, e aldo recuse a luta com Jeremy, Edgar poderia pedir o Stephens. Edgar tem que pegar os melhores ranqueados, e com suas vitórias pode ter a luta inédito com Holloway ou a revanche com Ortega. Porém, caso queira descer, dodson, Lineker ou Raphael podem ser boas lutas de recepção, supondo que tj, dominick, Rivera e Cody se enfrentem entre si.

    • Thiago Sampaio

      Acontece que o Edgar já venceu o Stephens em novembro de 2016. Não sei se uma revanche agora faria sentido, mesmo com o Jeremy em boa fase.

      • Mauro

        Sentido não faz, mas não custa pedir. Jeremy vai querer, resta saber se o UFC deixa. Edgar tem que pedir primeiro Jeremy, Elkins, ou zumbi, em segundo Emmett ou lamas. Não pode é aceitar lutadores novatos, promissores mas que se ele vencer não lhe cresce no ranking.

        • Barrabás Junior

          Esquece esse edigar vc só fala besteiras Mauro Não entende nada de MMA seu Ridiculo

        • Barrabás Junior

          “Edgar tem um boxe alinhado e vence no segundo raud” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Paul Kersey

    Edgar x Elkins. Caso vença, terá que torcer pro Holloway despachar mais um. Do contrário, com a cinta no corpo do Ortega, o baixinho vai ter que descer de categoria mais uma vez.

    • Thiago Sampaio

      Se por acaso o Ortega bater o Holloway, e o Edgar ganhar duas nos penas (digamos Lamas e o próprio Holloway), uma revanche com o único cara que o nocauteou teria um apelo legal. Fato é que ele ainda tem lenha pra queimar, seja lá em qual categoria.

      • Paul Kersey

        O lance é que tb tem o Aldo no bolo que não enfrentou Ortega, e caso o T-City ganhar o cinturão e o brasileiro conseguir realizar um milagre de recuperar o cinturão, o esforço do Edgar novamente será em vão.
        Hj ele terá que ser mais fã de carteirinha do Holloway do que nunca fora antes. O último sprint do Edgar na categoria depende diretamente do sucesso do Holloway defender o seu trono.

        • Thiago Sampaio

          Acho que o Aldo nem tem mais interesse em fazer corrida por um title-shot. Já declarou que só quer cumprir as lutas que restam no contrato para depois lutar boxe…

          • Carlos Ramos

            Concordo Thiago, vejo um Aldo com o pensamento e motivação bem longes do UFC.

  • Vinicius Maia

    Não diria se reinventar mano. Até por que não creio que seja necessário. Talvez uma mudança de ares seria o ideal. Ele é pequeno pros penas atualmente (categoria ta cheio de atletas enormes agora) e poderia se aventurar pros galos. Mas seu jogo não teria que ser mudado.
    Creio que reinvenção é uma palavra muito forte.

    • Thiago Sampaio

      Mas a reinvenção é mesmo no sentido de uma possível mudança de categoria, que se trata se algo brusco para um atleta de quase 37 anos, porém, com plenas condições.

  • William Oliveira

    Edgar x Lamas. Nunca lutaram, 2 veteranos vindo de nocautes e daria uma luta boa.
    Não acho que ele deva descer, muito tarde pra isso, apesar de não ser tão velho ele tá no MMA faz mt tempo e já travou muitas guerras, o corpo já deve estar chegando no limite e vale lembrar que o Marlon Moraes é companheiro de equipe dele, não lutariam entre si provavelmente, ele tem que ficar nos penas mesmo, 2 vitórias e já tá com titleshot de novo, principalmente se o Holloway vencer.

    • Thiago Sampaio

      Verdade, não tinha lembrado que o Edgar e o Marlon treinam na mesma equipe. Mas SE ele resolver descer para os galos, o Rivera inevitavelmente é um nome a ser considerado.

  • mario

    mma é uma coisa impressioanente mesmo… como são poucas lutas, uma luta muda tudo.. se o Frankie tivesse vencido, estariamos discutindo aqui qual seria o proximo passo do “A Resposta” apos derrotar o Holloway.. como foi derrotado, a discussão é se ele deve descer de categoria, se reinventar e até mesmo, ja ouvi dizerem, se aposentar para sair por cima ja q outro ts seria dificil! acho q nem um extremo nem outro.. penso que ele ainda tem lenha a rodo nos penas pra queimar ainda

    • Thiago Sampaio

      Mas o texto deixa bem claro que ele ainda é um atleta relevante, com potencial para bater qualquer atleta da elite dos penas, ou mesmo numa eventual descida para os galos. Aposentadoria agora seria um exagero (ainda que louvável se assim fosse opção do atleta). Outro title-shot está mais distante, mas nada impossível!

      • mario

        eu sei… nem estava me referindo à matéria, e sim aos comentários em geral

  • Dieego Vasconcellos

    Nos galos uma luta com Marlon é inviável, os dois são bem amigos, já contra o Cruz seria interessante ver os dois correndo no octógono.

  • desmond

    Minha opinião é…
    1) nocauteado … POR Brian Ortega…

    2) ex-campeão doS leves…
    3) até 66kg, NA QUAL ele já enfrentou…
    4) Ora [riscar – Uso desnecessário. Não necessariamente incorreto]
    5) nada impede de [risca – VTD] acreditar que ele…
    6) …quando chegaR lá em cima e TIVER/ENCONTRAR …
    7) certamente já se credenciaRIA…
    8) passando, podeRIA ser jogado…
    9) renovação para o próprio [riscar – redundante] atleta…

    • Malk Suruhito

      Desmond, vc tá mais confuso do que quando dava aqueles apagões no LOST…

    • Marcelo

      Hmmm…vejo que temos um professor de português na plateia. Boas observações. Pra mim passaram batidas rs

Tags: , , ,