UFC Rio 9 será um fracasso
comercial e de público?

Leo Salles | 21/02/2018 às 14:30

Moçada do Sexto Round,

O UFC 224, mais conhecido UFC Rio 9, está a pouco menos de três meses de acontecer e, por enquanto, há poucas lutas marcadas. A luta principal será entre a campeã dos galos, Amanda Nunes, e Raquel Pennington.

Já tivemos essa moral…

Convenhamos,  é um combate, apesar da campeão brasileira, que não vai atrair grandes olhares do público de fora, com vendas de PPV.

A audiência brasileira pode fazer a diferença, mas não será o suficiente para mais um fracasso comercial em cards numerados, como aconteceu nos últimos três (UFC 219, 220 e 221).

Como é o único card anual em terras brasilis, era de se esperar que os principais nomes nacionais fossem ventilados a atuar no evento. Mas é o que, por enquanto, não acontece.

Já assistimos um UFC 134 com a nata do MMA brasileiro, com Anderson Silva, Rodrigo Minotauro, Mauricio Shogun, um UFC 142 com Vitor Belfort e José Aldo na crista da onda e um UFC 190 com a lenda Ronda Rousey em ação.

Tudo bem que é cedo, mas até agora temos, além da luta principal, nomes como Cezar Mutante, Davi Ramos, Alberto Miná e Junior Albini como os representantes brasucas. Ou seja, nenhum deles deve ser escalado no card principal.

E essa, com a rainha dos PPVs, Ronda Rousey

Mas, dois nomes podem ser confirmados a qualquer momento: um combate entre Vitor Belfort e Lyoto Machida, como luta co-principal. Já é sabido que será a despedida do ”Fenômeno” do esporte (ou será do UFC?), enquanto o ”Dragão” já vem em declínio.

Certamente é uma boa luta a ser casada para um evento que provavelmente estará esvaziado de grandes lutadores nacionais. E eles são atrações para o público brasileiro, que é exigente e também vai querer mais grandes nomes no UFC 224.

Como o UFC tem tido problemas para casar boas lutas nos eventos numerados, especialmente as que valem títulos, imaginem para montar o card completo, com embates razoáveis.

Com estes dois principais combates no momento, não será garantia que as vendas de ingresso e de PPV serão um sucesso. Ao contrário, com preços caros, poderemos ter um evento esvaziado.

Talvez pelo desespero em ter audiência local, os nomes que estão livres e que podem estar no card são Ronaldo Jacaré e José Aldo.

Nunes, como prato principal, atrairá público?

Jacaré está próximo de um title-shot e poderia enfrentar ou Chris Weidman ou Kelvin Gastelum. Já Aldo é recordista de participações de cards no Rio de Janeiro e é um nome atrativo no Brasil de qualquer forma.

Rafael dos Anjos vem tentando cavar um combate contra Tyron Woodley, mas dificilmente o campeão dos meio-médios viria ao Brasil em território hostil.

E a superluta entre Amanda e Cris Cyborg foi postergada pelas circunstâncias (Cyborg aceitou lutar no UFC 222 e a ”Leoa”, para não ficar parada, vai defender o cinturão em solo carioca).

As chances de fracasso nas vendas de PPV é enorme, caso nenhum nome de peso venha ser escalado no UFC 224.

As dificuldades que a organização vem encontrando, além de casamentos mal-elaborados, devem atrapalhar as vendas para maio, como deve acontecer com o UFC 222, daqui a duas semanas ou como foi no UFC 221.

Acham que o UFC 224 será um fracasso comercial? Vamos bater um papo nos comentários!

Abraços!

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Tinha que colocar o Aldo nesse card mesmo, contra o Elkins eu acho que seria bom,um Shogun ou Demian seria bacana pra colocar também, mas acho que em vez dos 3 só um deles vai ser escalado, provavelmente o Aldo

    • Como temos tempo até maio, o mais provável é que os veteranos preencham o card principal e esses nomes provavelmente estarão presentes. O UFC, para vender PPV e ingresso deste evento, vai ter que escalar os mais experientes. No PPV pode ser que tenhamos uma venda baixa, mas na arena, com os nomes corriqueiros, pode ser um sucesso.

  • Ton lima

    Sinceramente, que vai ser fracasso de PPV é claro, se nem o ufc 198 vendeu bem imagina esse. A questão é se vai ser Sucesso de publico! ( tô com o hype baixo pra esse evento…)

  • Gabriel Souza

    Coloca Aldo x lamas e jacaré x Weidman(gastelum) pelo menos dar uma melhorada no card principal

  • Jonas Greco

    Acho que ainda dá tempo de “vitaminar” esse card. Ademais, prefiro ver o copo meio cheio. É mais uma chance de investir na Amanda Nunes e tentar torná-la mais conhecida do público médio. A Globo irá transmitir esse evento ao vivo de verdade provavelmente, também é de interesse dela que a leoa seja vendida como a campeã dominante que é de fato. E antes que defendam que ela não é fácil de ser vendida por não se encaixar nos padrões de beleza, ela tem uma história que vende por aqui sem precisar disso. É uma moça que teve uma infância difícil na Bahia e que superou todas as dificuldades para vencer no maior evento do mundo, ainda tem o bônus de ser a maior atleta LGBT no mundo atualmente (falando em resultados apenas). O José Aldo era um produto bem mais indigesto para o marketing, já que ele não só fala pouco, como não gosta de falar, mas acabou ganhando a alcunha de “O Campeão do Povo” e é tão conhecido no Brasil quanto o Anderson e o Vitor. Acho que vale a aposta na Amanda, lógico que isso tudo é visando o mercado interno e não vende pay-per-view, mas permanecemos sendo um mercado importante para o UFC, embora tenhamos sido negligenciados nos últimos tempos.

    • Jonas, concordo contigo, mas a própria Amanda, com seu staff, já poderia fazer um trabalho midiático melhor. Não sei se, mesmo ela sendo gay, levantaria bandeira LGBT no UFC (ainda não fez até agora). Quanto ao Aldo, ele realmente leva público por ter sido um campeão incontestável por tanto tempo, que carregava uma aura de invencível, o que de fato chama atenção. Acho que mesmo sem cinturão ele tem muita mídia em volta, ainda que tenha se preparado mal neste quesito.

  • Nathan Dreak

    Para os fãs o “sucesso” ou “fracasso” de venda pouco importa. Um card com Connor e Nate Diaz encabeçando e cheio de Elias Theodorou lutando seria um sucesso de vendas para o público médio e um lixo para os maiores fãs. Então ainda dá tempo de ter boas lutas.

  • Yosvani bolt

    Tem que colocar o Aldo nesse card contra um lutador peso-leve, ele merece, provou que é o melhor durante 10 anos, não tem nada a provar na sua categoria.

    • Mauro

      “Não tem nada a provar…” se lutador não tem nada a provar, se aposente…

      • Gabriel Camargo

        Mas é a profissão do cara, se ele não lutar, não recebe. Eu sei que lutar sem tanta motivação é ruim, mas não tem jeito, ainda mais para um cara novo como o Ze Aldo.

      • Yosvani bolt

        Refiro-me a categoria dos pena, ele venceu os melhores, há uma nova geração, uma nova era, não sou fã dele mas ele é uma lenda, o seu reinado acabou, está na hora de tentar algo novo.

    • Paulo Zanchet

      só uma correção, “foi o melhor”

      • Yosvani bolt

        obrigado

  • Mauro

    Uma luta com Amanda Nunes no principal e Belfort x Lyoto no co-main não é de se esperar muito em vendas.

  • Paul Kersey

    Esse ano os cards numerados estão uma draga do cão, viu?

  • Henrique

    Sugestões para o card principal:
    Aldo x Elkins
    Jacaré x Weidman ou Gastelum
    Glover x Shogun

    • William Oliveira

      Adicionando essas 3 o evento ficaria mt bom, apesar do main event. Até daria uma olhada no preço das passagens, na boa.

    • Sinceramente, acho que vai depender somente do Jacaré para essa lutas acontecerem no Brasil (ou Gastelum ou Weidman). Ambos querem enfrentar o jaca o quanto antes para terem TS, enquanto o brasileiro pode não querer apressar o passo agora.

  • Felipe Lemes

    UFC Rio 9?
    9 ????
    nossa…passa rapido

  • bedotRJ

    O problema é que não tem havido renovação no MMA brasileiro. Há um buraco entre os trintões renomados que já detiveram cinturões e as promessas que talvez não venham a dar nada. Os primeiros, sem condições de voltar às disputas por cinta, perdem o interesse do grande público e acabam não vendendo como já venderam. Os outros não têm atratividade. Então é preciso o inteligência para montar o card. Eu acho que ainda dá pra salvar o evento. Vejamos:

    Nunes vs Pennington
    Belfort vs Machida

    já confirmadas +

    Shogun vs St.Preux
    Glover vs Oezdemir
    Aldo vs Elkins
    Barboza vs Vick
    Maia vs Cerrone

    escolher três pro card principal e uma pro preliminar

    Há tempo hábil pra montar isso. Aí valeria o ingresso, não?

    • Nelson Antônio

      Aldo vs Elkins, essa eu queria ver!!

    • Acho que rola um Shogun x Glover, por exemplo + Aldo no card

  • Sergio Araujo

    Uma sugestão de matéria para o site debater: Por que os cards estão cada vez mais chatos? Os lutadores mais renomados do UFC estão lutando cada vez menos; por que? covardia ou estão pedindo mais dinheiro do que o ufc quer pagar?

    • Lee

      Muita gente velha também, muita gente dopada….

    • William Oliveira

      “Por que os cards estão cada vez mais chatos?”

      Baseado em que isso? Os últimos eventos foram ótimos.. UFC 221 apesar de fraco em nomes foi movimentado p krl e tds lutas do main card entregaram, esse último foi bom tbm.

      • Exato, tivemos lutas muito boas, mas o intuito da coluna é lembrar os casamentos das mesmas não tem sido atrativas para alguém gastar uma grana.

      • Sergio Araujo

        Sim tivemos boas lutas esse ano. Mas não foi isso q eu quis dizer, talvez eu não tenha sido suficientemente claro. Estou falando de cards sem os lutadores de prestígio q a gente acompanha, os rankeados por exemplo estão lutando muito pouco. Miocic ano passado lutou só 1 vez, Wolseley não luta a quase 9 meses, parece q agora todo mundo quer ser o Macgragor …isso eh um saco

        • William Oliveira

          Mas o Miocic tinha varrido a divisão, não tinha contenders, ele ficou esperando surgir um.
          Woodley tá se recuperando de uma cirurgiã no ombro.

          De qualquer jeito, rankeados estão lutando menos pq agr o UFC paga mais, n precisa ficar lutando 4 vezes por ano kk

  • Lee

    A renovação é fraca! Os poucos brasileiros que estão aí não têm um pingo de carisma dos dinossauros. São lutadores que o público menos frenético não consegue sequer reconhecer, completamente diferente dos que estao pra se aposentar….e a tendência é esse tipo de evento sempre minguar se for depender dos tupiniquins

    Eu acho que o MMA vai entrar em uma fase braba para o Brasil!

    • Baixista Loko

      Verdade e eu achando que hj em dia as academias de lutas andavam mais lotadas.

      • Andhré Lannes

        acho que o problema é que não esta tendo muitas competições de niveis menores de mma no Brasil, por alguns fatores, dentre eles burocracia. Isso esta fazendo com que não surjam muitos nomes no UFC, que é o grande evento de mma.

  • Lucas Venagas

    que card horrivel,credo,qual sentido de um card ruim desses ser ppv?

  • Mike Martin

    Solução é borracha X rockhold os Nutella com purpurina iam amar esse confronto

  • Fernando Alves De Oliveira

    Podia colocar o Paulo Borrachinha com algum top da categoria!!!
    José Aldo, Minotauro…

Tags: , , , , ,