Resenha do Bellator 194:
Mitrione avança no GP

Leo Salles | 17/02/2018 às 03:12

Fala moçada do Sexto Round!

A Mohegan Sun Arena, em Uncasville, Connecticut, recebeu mais uma vez uma edição do Bellator, a de número 194.

Um par de revanches, um duelo entre boxeadoras profissionais e um ex-campeão dos meios pesados fizeram parte do cardápio do evento, que teve bons combates e uma luta feminina com cenas lamentáveis.

Na luta principal,pelas quartas de final do GP dos pesados, Matt Mitrione venceu duelo equilibrado contra Roy Nelson.

Patricky Pitbull não deu chances para Derek Campos no tira-teima. Heather Hardy e Ana Julaton fizeram a peleja freak da noite. Liam McGeary passou por apuros contra o pupilo de Fedor Emilianenko, Vadim Nemkov.

Vamos aos destaques do Bellator 194:

Roy Nelson x Matt Mitrione

A dúvida que me pairava a cabeça era como Mitrione se portaria nesta luta. Teria corrigido as falhas estratégicas? Seu queixo aguentaria os golpes de Nelson?

O impulso para atacar e não ter cuidado na defesa sempre foram problemas para Mitrione. Mas, de certo modo, contra ”Big Country”, fez um combate inteligente, utilizando bastantes chutes baixos e golpes limpos no rosto do adversário.

Surpreendentemente, Nelson foi para o plano B e usou o wrestling para domar Mitrione.

Mas, sem gás nos últimos cinco minutos, o lutador da barriga mais saliente do esporte não reverteu o quadro da quantidade de golpes aplicados por Mitrione, apesar de amassá-lo no ground and pound por quase todo o assalto (não achei que mereceu um 10×8).

No fim, Mitrione levou a melhor por decisão majoritária (28-28, 29-28 2x).

Patricky Pitbull x Derek Campos

Na primeira vez que se enfrentaram, Patricky nocauteou Campos no segundo round.

Desta vez, um soco de esquerda e um uppercut de direita na primeira metade do primeiro assalto acabaram com as pretensões do americano,que tentou tomar as ações no início, mas entrou no automático para sobreviver.

Na terceira vez que caiu após caça implacável do brasileiro, o árbitro parou o combate. Assim, Patricky garantiu a primeira posição para o próximo title-shot dos leves.

Brent Primus vai encarar o ex-campeão Michael Chandler em abril e não tem como não ser o potiguar o próximo desafiante.

Heather Hardy x Ana Julaton

Ambas boxeadoras profissionais, Hardy e Julaton fizeram um combate amador de MMA.

Podem ter suas credenciais como ex-campeãs mundiais na nobre arte, mas realizaram talvez a pior luta de MMA feminino que já assisti.

Julaton tentava de modo destrambelhado travar as ações de Hardy na grade e sempre deixava o pescoço pronto para ser pego. Já a americana, até se defendendo bem das quedas, demonstrou ainda não ter nenhum cacoete para a luta agarrada e mostrou que não aprendeu a dar mata-leão nos treinos.

Foram várias oportunidades durante 15 minutos que chegava a dar agonia. Porém, para quem esperava um bom duelo de trocação, acabou vendo uma luta sem graça, pelo hype envolvido, com cartéis de iniciantes no esporte.

Agora, é aguardar uma verdadeira troca de sopapos quando elas se enfrentarem no boxe, já agendado para acontecer ainda neste semestre.

Liam McGeary x Vadim Nemkov

Esse era o combate que mais aguardava desta edição. Duelo de estilos, alturas e envergaduras distintas que produziram uma luta bastante técnica na trocação.

McGeary demorou para achar a distância e tomou alguns golpes limpos de Nemkov, mais jovem e arisco. Os jabs de esquerda e os chutes baixos poderosos do russo incomodaram demais o ex-campeão dos meios-pesados, que a partir do segundo round, mancava e não conseguia soltar mais as combinações com consistência.

O inglês entou puxar para guarda assim que tomava mais chutes na perna canhota do companheiro de treinos de Fedor Emilianenko, mas mesmo assim foi inócuo: Dan  Miragliotta parou corretamente o combate na metade do terceiro assalto.

Enquanto McGeary levou sua primeira derrota por nocaute na carreira, Nemkov se coloca em boa posição na categoria para disputar o título ou se aproximar dele.

Menções honrosas:

  • Lembram do Tywan Claxton, que estreou recentemente como profissional aplicando uma bela joelhada voadora? Desta vez não houve o golpe derradeiro, mas sim um passeio do americano sobre Jose Antonio Perez, que também tinha uma luta profissional. Aplicou bem seu wrestling e trabalhou ferozmente no ground and pound por quase dois rounds contra um adversário fraco tecnicamente, que só se defendia da sova que estava tomando. Boa vitória por TKO, mas que poderia ter sido disputada no card preliminar.
  • Outro brasileiro no card, Regivaldo Carvalho aplicou um nocaute relâmpago, com apenas 16 segundos, em cima Tom English, que apagou com apenas dois socos.

  • Estreando como profissional, Mike Kimbel tratorizou Geoffrey Then em pouco mais de um minuto de luta, acabando o combate com um belo bate-estaca.

Outros resultados:

Ross Richardson venceu Ronie Arana Leon por nocaute técnico no segundo round
Jarod Trice venceu Walter Howard por decisão majoritária
Marcus Surin venceu Dean Hancock por finalização no segundo round
Pat Casey venceu Tyler Hamilton por decisão unânime
Kastriot Xhema venceu Peter Nascimento por nocaute técnico no primeiro round

  • William Oliveira
  • William Oliveira

    Falando sério agr Tywan Claxton é um carinha interessante mas já mostrou um mindset nada ver, como assim decepcionado com a performance? É MMA, não kickboxing, wrestling e GNP faz parte do esporte então ele deveria estar orgulhoso pq foi dominante e efetivo.

    Nemkov por outro lado foi super pragmático e se mostrou um futuro desafiante, performance quase irretocável, ele e seu irmão são dois dos melhores meio-pesados fora do UFC e é uma baita aquisição ao plantel do Bellator. O UFC deveria trazer o Nemkov mais velho, antes que o Bellator o contrate.

    Por fim, Pitbull se mostrou novamente um lutador de elite, agora é torcer pro Primus pois parece que o Chandler tem o número dele.

    Prefiro n comentar essa aberração de luta feminina, essas 2 amadoras n merecem atenção. Meathead-Nelson foi o esperado, graças a deus não teve quarto round.

  • Paul Kersey

    Reginaldo Carvalho atesta: independente do nome do evento, se for de edição 194, espere ver um KO relâmpago com poucos golpes. #EntendedoresEntenderão

  • Wellington Fonseca

    Cara, a luta feminina foi de doer as bolas. Ainda bem que dava pra alternar pro Glory. A luta principal deu o esperado: Big Country tentou overhand pra matar o Boçal, mas não surtiu efeito. Teve que apelar pro grappling e quase arranca um empate que só o cego do árbitro lateral viu 10×8 no último round. Pitbull realmente é top. Desmantelou o adversário e o McGeeary, creio eu, que sua alma foi sugada nas últimas derrotas. No fritar dos ovos, evento bem bacana.

    • Beto Magnun

      Nem acho isso do McGeeary. Em pé ele nunca foi grande coisa, não tem wrestling mesmo treinando na AKA e confia demais na guarda. Deu certo contra concorrência de nível baixo, mas quando começou a pegar medianos (Emmanuel Newton e Vassell) e de alto nível (Davis) já não mostrou mais a mesma eficiência de antes. Aos 35 anos ou da um jeito de se reinventar ou fica como porteiro.

  • Renato Rebelo

    Mais um nocaute visceral na conta do Patricky Pitbull, que vai, definitivamente, se consolidando como um dos melhores pesos-leves do mundo. Top 15 fácil.

  • Otaviano Jr

    quem gostaria de assistir a luta decisiva na melhor de 3 entre Nelson e Mittrione? haha

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Quero nem imaginar como tá a perna do McGeary uma hora dessa, cada paulada do russo, praticamente fez isso a luta toda e conseguiu o nocaute, acho que o pessoal tinha que pensar mais em defender as pernas…

  • Leo Corrêa

    Se o Roy Nelson acertasse aquele chute alto, eu passaria os próximos 30 anos gargalhando sem parar!

  • Mauro

    Patrick tem titânio na mão…

  • Gabriel Quintanilha

    Bellator é a segunda maior liga de mma…mas sempre tem uns estreiantes aparecendo…não seria o caso de ter uma penera mais exigente??? ou tem algum criterio especial pra esses atletas q estão estreiando??? no pride por exemplo tinha os criterios de serem campeões mundias ou olimpicos em certa modalidade…no Bellator de vez enquando vejo gente estreiando

Tags: , , , , , , , , ,