Atacando de Joe Silva: lutas
a casar pós-UFC Charlotte

Laerte Viana | 29/01/2018 às 14:04

Fala, galera!

Foi sofrido, com emoção, mas finalmente acabou a seca do Brasil em 2018. Por coincidência, a redenção veio justamente na última luta do mês de janeiro. Antes, três brasileiros falharam na missão de quebrar o jejum.

De qualquer forma, o fato é que tivemos resultados nem tão surpreendentes, com favoritos evitando que a banca fosse quebrada, promessas se firmando e até resultados controversos. Deixando o papo furado de lado, vamos direto para o que de fato interessa: os próximos passos dos principais vencedores do UFC on Fox 27:

1num

Ronaldo Jacaré x Chris Weidman ou campeão interino

E não é que Ronaldo Jacaré, de 38 aninhos, ressurgiu das cinzas com um chutaço que chacoalhou o cérebro de Derek Brunson e, de quebra, o recolocou na briga pelo tão sonhado cinturão? O problema é que seu futuro passa diretamente pelas mãos de Robert Whittaker.

Todos sabem que o campeão linear está com uma infeção grave no estômago. Por isso, duas opções. Se a recuperação for rápida e o australiano estiver em condições de jogo até o início do segundo semestre, por exemplo, por razões óbvias ele vai enfrentar Luke Rockhold e Yoel Romero, que disputam o cinta interina no UFC 221, dia 10 de fevereiro

E é aí que Chris Weidman surge no caminho do espírito-santense, fazendo uma espécie de semifinal. Caso Whittaker fique de molho por um longo tempo, o caminho natural é que Jaca faça uma revanche contra Rockhold ou Romero, ambos algozes do réptil.

NUM_2

Andre Fili x Myles Jury

Garfo, garfinho ou garfão, como vocês avaliam o resultado de Dennis Bermudez x Andre Fili? Independente da decisão controversa, a questão é que o banguela tatuado da Team Alpha Male, que nada tem a ver com isso, consegue uma sequência de vitórias pela primeira vez desde que começou a atuar no maior octógono do mundo.

Os três pontos devem colocar Fili no top 15 da categoria até 66kg, por mais que esse jornaleiro que vos fala acredite que o mesmo não irá se sustentar junto à elite. De qualquer forma, como adiantado há um mês, o próximo desafio de Touchy atende pelo nome de Myles Jury, outro importante nome da nova safra. Quem vencer avança umas casinhas rumo ao top 10.

NUM3

Gregor Gillespie x Aubin-Mercier / Gilbert Durinho

Falei em abril passado, repeti em setembro e vou novamente bancar o chato sabidão: Gregor Gillespie, de 30 anos, cartel 11-0 (4-0 no UFC), quatro vezes All-American e campeão da primeira divisão da NCAA é produto para lá de especial. O esforçado Jordan Rinaldi foi mais um que não viu a cor da bola.

Agora, sejamos sinceros: chega de ficar engordando o cartel com nomes que pouco oferecem perigo. Não que seja a hora de pular etapas e o jogar com um top 10, mas alguém que esteja num nível avançado, com certo prestígio ou/e jogo para incomodar no chão e explorar as brechas em pé. Pensei no vencedor de Olivier Aubin-Mercier x Gilbert Durinho, que medem forças em fevereiro. O que acham?

NUM4

Mirsad Bektic x Renato Moicano 

Para quem achou que o revés sofrido contra Darren Elkins tinha sido somente um tropeço na carreira de Mirsad Bektic, achou certo. Favoritíssimo contra Godofredo Pepey, o bósnio voltou a mostrar o motivo pelo qual é considerado uma das principais promessas dos penas, deitando o simpático cearense em menos de três minutos.

Já ranqueado, é hora de olhar para cima. E quem está perto é Renato Moicano, outro a perder a invencibilidade em 2017. Duelo de prospectos em evolução, típico confronto que a organização adora fazer. Ah, e vale lembrar que essa luta já foi casada há quase três anos, no UFC Goiânia, quando Moicano se lesionou e foi substituído por Lucas Mineiro. É só remarcar!

Casamentos extras: 

  • Drew Dober, que um dia já foi considerado uma pequena esperança nos leves, não dá indícios que irá alçar voos maiores, porém sempre entrega pelejas divertidas. Ontem, em sua reestreia nos meio-médios, bateu o empolgante Frank Camacho após 15 minutos de trocação, chegando ao quatro triunfo nas últimas cinco lutas. Sua trajetória recente é idêntica a de Niko Price, que não teve trabalho para finalizar George Sullivan na segunda luta do card. O Pássaro Sujo, assim como Dober, se amarra numa boa anarquia. Casamento que certamente é garantia de entretenimento.
  • Saí, zica! Com a corda – bem apertada – no pescoço, Bobby Green conseguiu manter o emprego ao superar o sempre irregular Erik Koch, encerrando um jejum de 42 meses e quatro lutas. Embora King tenha feito parte do ranking dos leves em um passado não muito distante, nada de top 20 na próxima. Que tal, então, o elétrico Clay Guida, embalado por dois bons resultados e que também venceu Koch recentemente? Na medida para os dois lados.

Amigos, me ajudem com os destinos de Derek Brunson, Dennis Bermudez, Godofredo Pepey, Netto BJJ e companhia? Mandem bala.

  • Duns Scot

    Acho que o Whittaker não vai demorar tanto pra voltar:

    https://www.instagram.com/p/Beg5KI_hLxm/?taken-by=robwhittakermma

    • Tairon de Oliveira

      QUE HOMEM! Esse karate dele é foda.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Ótima notícia. Tomara que retorne o quanto antes.

    • Lorenzo Fertitta

      Boa notícia, achei que a categoria fosse continuar na vibe dos interinos. Vida longa ao champ!

  • Mauricio

    Cara, eu acho que o touchy fili ganhou a luta…

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Então você era um dos juízes, né? Já temos um culpado!!!

      rsrs

  • William Oliveira

    Dober pretende voltar aos leves, vamos ver se o UFC aprova, acredito que devido a moral que vai ficar dps dessa luta, deve conseguir.

    Souza vs. Chris Weidman
    Fili vs. Mirsad Bektic
    Gillespie vs. Anthony Pettis
    Green vs. Vinc Pichel
    Bektic vs. Andre Fili
    Chookagian vs. Alexis Davis
    Markos vs. Tatiana Suarez
    Pichel vs. Bobby Green
    Price vs. Alex Garcia

    Brunson vs. Paulo Costa
    Bermudez vs. vencedor de Kennedy-Volkanovski
    Koch vs. Abel Trujillo
    Pepey vs. Guan Wang
    Romero Borella vs. Ji Yeon Kim
    Ji Yeon Kim vs. Mara Romero Borella
    Kish vs. Kalindra Faria

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Sério? Não vi essa do Dober voltar aos leves. rs

      E gostei das sugestões. Green vs. Vinc Pichel seria uma anarquia boa, assim como Price x Garcia.

      • William Oliveira

        Sim, inclusive no octógono o Anik falou “Sei que vc vai voltar aos leves, mas vc foi fenomenal hoje” ou algo assim

        Valeu, abraço!

  • Lorenzo Fertitta

    Fili X Jury e Bektic X Moicano são bem interessantes. Jacaré X Weidman também (após ver foto do The Reaper treinando).
    Só daria um desafio maior ao Gillespie. Nem cogito o Pettis, pois acho que o ex-champ não aceitaria. Mas Gillespie X perdedor entre Iaquinta/Felder ou Vick/Massara seria legal.
    Quanto ao Brunson, acho que está na hora dele aceitar o desafio do Eraser…

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      De fato, Gillespie x Vick/Massara ou Iaquinta/Felder seria bem bacana.

      E eu também acho que Brunson x Borrachinha é uma ótima opção pra próxima.

  • Fernando Justino

    VENCEDORES:
    Ronaldo Jacaré x Chris Weidman
    Andre Fili x Mirsad Bektic
    Gregor Gillespie x Scott Holtzman
    Drew Dober x John Makdessi
    Bobby Green x Islam Makhachev
    Katyln Chookagian x Lauren Murphy
    Randa Markos x Livinha/Aguilar
    Vinc Pichel x Dan Hooker
    Ji Yeon Kim x Andrea Lee
    Niko Price x Abdul Razak Alhassan
    Cory Sandhagen x Julio Arce

    PERDEDORES:
    Derek Brunson x Elias Theodorou
    Dennis Bermudez x Matt Bessette
    Jordan Rinaldi x Matt Frevola
    Frank Camacho x Abel Trujillo
    Erik Koch x Joseph Duffy
    Godofredo Pepey x Charles Rosa
    Mara Romero Borella x Melinda Fábián
    Juliana Lima x Jamie Moyle
    Justine Kish x Kalindra Faria
    Joaquim Silva x Drakkar Klose
    Austin Arnett x Dan Ige

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Rapaz, Frank Camacho e Abel Trujillo seria bem interessante. Promessa de anarquia.

      Também curti Pepey x Rosa.

  • magnuseverest

    Jaca vs Weidman
    Brunson vs Kelvin
    Green vs Vanatta
    Bektic vs Aldo.

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Green e Vannata se enfrentaram em outubro passado. Luta terminou empatada.

  • Henrique

    Jacaré x Weidman / Brunson x Borrachinha
    Fili x Bektic / Bermudez x Pepey
    Gillespie x Teymur / Rinaldi x Koch
    Dober x Lentz / Camacho x Ottow
    Green x Reyes
    Chookagian x Eye / Borella x Honchak
    Markos x Moroz/Hill / Lima RH
    Kim x Dobson / Kish x Kalindra
    Pichel x Hooker / Neto x Vannata
    Price x Chagas / Sullivan x Morono
    Sandhagen x Henry/Dawodu / Arnett x Tucker

    • Laerte Viana Venâncio Alves

      Price x Chagas é uma boa. Foi marcado para o UFC SP, inclusive, mas o brasileiro se lesionou e foi substituído pelo Vicente Luque.

      • Henrique

        O que achou de Gillespie x Teymur?

  • Tiago Nicolau de Melo

    Jaca vs Weidman seria massa, hein? Tanto o Chris como o Luke têm um jiu muito fluido e muito bem adaptado ao MMA, seria interessante ver…

Tags: , , , , , , , , , , , ,