UFC Charlotte: os palpites dos
colunistas do Sexto Round

admin | 26/01/2018 às 14:28

Neste sábado, a cidade de Charlotte (EUA) recebe a revanche entre Ronaldo Jacaré e Derek Brunson na luta principal do UFC on Fox 27.

No primeiro encontro, ainda nos tempos de Strikeforce, em 2012, o brasileiro nocauteou o americano em menos de um minuto de combate.

Vindo de derrota para Robert Whittaker, Jacaré não só quer retornar ao caminho das vitórias, mas, principalmente, à rota do cinturão.

Já Brunson pode devolver a derrota ao primeiro homem que o nocauteou no MMA. Além disso, um triunfo sobre o brasileiro,deixaria o americano bem perto do top 5 da divisão dos médios.

Pelo co-main event, Dennis Bermudez e Andre Fili fazem um confronto de afirmação. Ambos não vivem momento irregular na divisão dos penas e uma vitória poderia começar a mudar esse cenário.

O card ainda conta com outro duelo explosivo na divisão até 66kg. A promessa da Bósnia Mirsad Bektic tenta se recuperar de sua única derrota na carreira – para Darren Elkins – contra o carismático Godofredo Pepey.

Ótima oportunidade para os palpites dos colunistas do Sexto Round e de Hericly Monteiro, o campeão do Confere em 2017.

Vamos a eles!

André Azevedo: Brunson está com um ótimo ritmo de luta e evoluindo. Jacaré vindo de lesões graves e cirurgias pode sentir também o tempo parado. Dureza pro retorno do réptil. Quero estar errado, Brunson via decisão.

David Carvalho: Se eu fosse o Brunson, não apostaria no wrestling para ir de encontro com o melhor, mais agressivo e técnico jiu-jitsu do UFC. Agora, se eu fosse o brasileiro, fugiria da ideia de acreditar que sou um striker, com um oponente mais novo, com distância, contragolpe e punch capaz de pegar desprevenido lutadores que não contam com a mesma velocidade de antes. Agora é descobrirmos o que será. Fico com Brunson vencendo por pontos.

Felipe Paranhos: Derek está longe de ser um lutador excepcional, mas tem valências que podem anular o jogo do brasileiro. Brunson negou todas as quedas tentadas no UFC e, na trocação, ambos basicamente se equivalem: muita força, pouca técnica. Mais desconfiado de Jacaré do que confiante no americano, vou de Brunson por TKO.

Hericly Monteiro: Acredito muito que essa luta vai ser decidida pelo fator “grappling”.  Tendo a visualizar uma vantagem em pé para o americano, que, por ser bom wrestler, será muito complicado de quedar. Resta só saber como Brunson se comporta no decorrer da luta caso ambos nadem em águas profundas. Brunson por TKO.

João Vitor Xavier: O duelo deste sábado será bem diferente daquele há quase seis anos. Brunson cresceu muito desde então, mas ainda acho Jaca bastante superior. Seja aonde a luta cair, o brasileiro leva vantagem. Acho que ele pega um braço ou um pescoço. Jacaré, finalização.

Laerte Viana: Jacaré tomou um passeio de Whittaker na trocação? Tomou. Mas isso não significa que Brunson conseguirá repetir o feito – até porque ali é mais força do que técnica. Mais inteligente, paciente e cauteloso, Jacaré leva por finalização.

Leo Salles: Para o Jaca, é frear o trem de Brunson, que está em boa fase, usando seu melhor recurso, o jiu-jitsu. Se botar para baixo, dificilmente o americano sairá de lá sem batucar. Jacaré, finalização.

Lucas Carrano: “Ah, mas a fase do Jacaré não é das melhores”, “Pô, mas o Brunson vem de grandes vitórias”. Tudo verdade, mas difícil apostar contra o brasileiro ainda assim. Jacaré vence por finalização. 

Lucas Rezende: Mesmo derrotado por Jacaré em seu primeiro encontro, Brunson melhorou consideravelmente em pé e suas raízes no wrestling podem dificultar uma possível queda do brasileiro. Quanto mais tempo o combate perdurar em cima, melhor para o americano. Brunson por KO.

Luiz Fernando Ferreira: Desde último encontro entre eles, Brunson evoluiu muito. Porém, seu fraco Q.I. de luta continua o mesmo. Apesar de ser um combate bastante perigoso para o brasileiro, acredito que a estratégia será a fiel da balança. Vou de Jacaré por finalização.

Renato Rebelo: Já expressei a minha preocupação no vídeo desta quinta-feira. Como uma dose extra de prudência não faz mal a ninguém, acho que Jacaré precipitou o retorno após tantas complicações físicas – e Brunson não é Tim Boetsch. O americano tem excelente defesa de quedas (100%, aliás), nunca foi finalizado, é mais jovem, explosivo e hoje, ao contrário de em agosto de 2012, ao menos equilibra a prosa em pé. Pra vencer em 25 minutos, Jacaré terá que ir ao inferno e voltar. Sei não… Vou de zebra: Brunson por TKO.

Rodrigo Tannuri: Por mais que a vitória de Jacaré sobre Brunson tenha sido relâmpago, ela ocorreu em 2012. De lá pra cá, Brunson evoluiu mais. O que não quer dizer nada, já que seu limitado Q.I. de luta costuma lhe punir. Por sua vez, Jacaré vive um momento nada bom. Acho que a idade chegou pro grappler. Sendo assim, vou continuar apostando na draga brasileira. Brunson, TKO.

Thiago Sampaio: Em situações “normais”, apostaria fácil numa finalização do Jacaré. Mas vindo de quase um ano parado, se recuperando de cirurgia e pela primeira vez num camping fora da XGym, sei não. Brunson não é uma estrela, mas é perigoso o suficiente para calar pretensões. Brunson, nocaute.

André Azevedo: Fili não me convence e apesar da má fase, vou de Bermudez via decisão.

David Carvalho: Filli me lembra muito Alex Carceres – onde as definições de artista marcial e lutador de rua se misturam muito. Do outro lado, Bermudez, com muito punch somado com wrestling que lhe dá capacidade de confundir seu adversário. Pela superioridade, Bermudez nocauteia.

Felipe Paranhos: Ainda que Fili não tenha realizado o que antes dele se esperava, é muito claro que o atleta da Team Alpha Male tem um ‘piso’ no UFC: dali do top-15 pra baixo, ele não perde — a exceção foi o vacilo contra Godofredo Pepey, na vitória mais relevante do brasileiro. A questão é que, pra mim, a 13ª posição de Bermudez no ranking do Ultimate não é justa. Falta-lhe consistência e QI de luta. Embora Andre não seja o lutador mais regular do mundo, uma de suas maiores qualidades é se manter estratégico. Com jabs e chutes baixos e no corpo, Fili na decisão.

Hericly Monteiro: Apesar da inconstância de ambos no UFC, eu não consigo ver Bermudez perdendo essa. Principalmente se ele fizer o clássico antijogo do wrestling. Bermudez leva na decisão.

João Vitor Xavier:  O jogo de wrestling de Bermudez deve encontrar pouca resistência em Fili, que tem boa trocação, mas peca no jiu-jitsu e na defesa de quedas. Acho que o ritmo forte de Bermudez irá ser demais para “Touchy”. Dennis Bermudez, TKO.

Laerte Viana: Bermudez é o clássico porteiro do top 10-15, enquanto Fili mal tem condições de integrar o ranking. Mais completo, Bermudez vai colocar o Alpha Male no chão durante boa parte da peleja. The Manece vence por pontos.

Leo Salles: Bermudez vem de derrotas seguidas enquanto Fili vive na gangorra (perde, ganha, perde, ganha…). Como ”Touchy” venceu a última, então é hora de perder: Bermudez, por finalização.

Lucas Carrano: É melhor Fili se preparar pra ser amassado por 15 minutos, a noite vai ser longa pro garotão. Bermudez vence na decisão. 

Lucas Rezende: Embora Bermudez atravesse uma fase esquisita da carreira, ainda o vejo superior a um dos piores membros da Alpha Male.  Depois de levar alguns sustos em pé, creio que Denis levará a melhor no final. Bermudez por decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Duelo de dois lutadores muito inconstantes, mas vejo Bermudez um degrau acima de Fili. The Manece, decisão.

Renato Rebelo: O produto da Team Alpha Male é um striker mais dinâmico e criativo, mas Bermudez é um lutador de MMA mais experimentado. Digo, se o pau estiver cantando em pé, ele bota pra baixo e deixa o tempo passar. Acho, inclusive, que o placar será definido dessa forma. Bermudez, decisão.

Rodrigo Tannuri: Bermudez é páreo duro com Brunson no quesito burrice. No entanto, mesmo fazendo de tudo pra entregar lutas de bandeja, aqui, ele ainda é mais lutador. Como o inconstante Fili não consegue arrumar nada contra adversários mais conhecidos, ficará pelo caminho, sendo, facilmente, dominado. Bermudez, decisão.

Thiago Sampaio: Os dois adoram entregar a paçoca, então, tudo pode acontecer de errado! Fili é mais talentoso em pé, porém, Bermudez é mais lutador. Ao usar o wrestling ofensivo que tem, pode funcionar. A questão é usar o bom senso, algo que não parece tão óbvio para ele. Bermudez, decisão.

André Azevedo: Esse Gilespie é um moleque embaçado demais. Vai dar um nó no fraco Rinaldi. Sem medo de errar, Gilespie via KO.

David Carvalho: Gillespie que tem ótimo wrestling e bateu Glaico França, nocauteou Holbrook em 20 segundos e finalizou Jason Gonzales. É um lutador para ficarmos de olho. Já Rinaldi coleciona finalizações, logo, terá jogo difícil contra o quatro vezes campeão All-American. Fico com vitória do trompetista, digo, com o promissor Gillespie por nocaute.

Felipe Paranhos: Gillespie é aquele cara cuja bagagem e cartel animam os mais tolos a gritar “Futuro campeão!”. Há, porém, algumas incógnitas em seu jogo, como o queixo, a idade (já tem 30 anos) o jiu-jitsu e a reação a um adversário que o pressione e, sobretudo, não o tema — Jason Gonzalez, convenhamos, não conta. Só que Jordan Rinaldi só pode questioná-lo no chão e, mesmo assim, teria de quedar o ex-All American. Assim, põe mais uma na conta do hype. Gillespie, TKO.

Hericly Monteiro: Nessa luta eu vou de Gillespie. Ele é um cara com vantagem enorme no wrestling. Tem total capacidade para derrubar Rinaldi várias vezes durante o combate. Gillespie via TKO.

João Vitor Xavier: Acredito que Gillespie leva vantagem pela moral que vem com a invencibilidade e pela maior variedade de ataques. Gregor Gillespie, decisão.

Laerte Viana: Sendo bem conservador, eu diria que Gillespie é produto pra top 10. Wrestling acima da média, mãos rápidas, potentes e ótimo controle posicional no chão, além de ser muito resiliente. Gillespie nocauteia.

Leo Salles: Bom de duelo de estilos. Rinaldi tem bom jiu-jitsu e terá que usar mais a trocação para parar o wrestling primoroso de Gillespie, que vem melhorando o boxe. Pela blitz incansável, vou de Gillespie por decisão.

Lucas Carrano: (Gilmar) Rinaldi tem boas vitórias sobre wrestlers, mas acredito que nenhum do nível de Gillespie. Pode acabar antes, mas vou de Gregor na decisão. 

Lucas Rezende:  Aposto no atleta invicto e que atravessa melhor fase na carreira. O pouco que vi de Rinaldi, não foi o bastante para me convencer.  Não caiam no hype do Von Flue Choke! Gillespie por decisão.

Luiz Fernando Ferreira: Acho que Gillespie manterá a sua invencibilidade com o seu wrestling de alto nível. Gregor, decisão.

Renato Rebelo: Quatro vezes all-american, o wrestlerzão da primeira divisão da NCAA deve controlar o ritmo e escolher onde a luta vai rolar. Rinaldi é um bom grappler e tal, mas não creio que ele carimbe o cartel invicto do rival. Gillespie, decisão.

Rodrigo Tannuri: Aposta fácil! Gillespie vem crescendo, rapidamente, no UFC, enquanto Rinaldi integra aquela leva de lutadores esforçados, mas que não vão chegar a lugar algum no esporte. A organização tanto fez, que conseguirá dar mais uma vitória (um pouco mais sofrida que as demais) pra sua promessa. Gillespie, decisão.

Thiago Sampaio: Gillespie é um prospecto e tanto da categoria dos leves e Rinaldi não demonstrou muito até então. O The Gift deve experimentar trocar golpes no início e, lá pelo segundo round, usar o wrestling para massacrar no ground and pound. Se o All Day não tirar uma finalização da cartola, Gregor leva. Gillespie, TKO.

André Azevedo: Luta difícil para o mito. Bektic via KO.

David Carvalho: Pepey está confiante, mas Bektic é mais completo e saberá não dar espaço para a arma do brasileiro – que é o jiu-jítsu. Mirsad Bektic nos pontos.

Felipe Paranhos: Não se engane com o fato de Bektic ter perdido para Darren Elkins em sua última luta. Ele, que destruiu The Damage por dois rounds e caminhava para uma decisão absolutamente tranquila, tem potencial ainda para crescer e se estabelecer entre os melhores. A menos que Pepey tire algo da cartola (como fez Elkins), a vitória será do bósnio. Bektic, TKO.

Hericly Monteiro: Me desculpem os fãs do Godeusfredo (sic), mas acho que essa luta só tem um resultado. Bektic via TKO.

João Vitor Xavier: Vejo o mais que promissor Bektic chegando a esta luta cheio de sangue nos olhos após a derrota de virada para Elkins. Vai evitar a queda e a puxada de guarda de Pepey e vencerá em pé. Bektic, nocaute.

Laerte Viana: Talvez a chance de Pepey seja achar algo em pé – o que já é difícil, uma vez que o bósnio tem um bom boxe, ou se embolar pra cair por cima. Se inventar de fazer guarda contra um cara como Bektic, o bordão “passageiro da agonia” vai ganhar outra proporção. Bektic, TKO.

Leo Salles: Dois lutadores que gostam do show e devem fazer uma luta franca. Mas se Pepey usar seu melhor jogo de luta agarrada, poderá pegar o pescoço do adversário. Mas Bektic é um brutozinho sem rédea e pode dificultar se ficar por cima no ground and pound. Aposto não só como a luta da noite, como em Bektic, por decisão.

Lucas Carrano: Pepey é legal, tem a mística e a diversão (é é sim um bom lutador) , mas dessa vez vai apertar. Bektic vence por TKO. 

Lucas Rezende: Não deixarei a derrota mirabolante para Darren Elkins me desacreditar sobre a qualidade e o potencial de Bektic. Se Pepey não surpreender como fez Elkins, ficará pelo caminho. Não posso contar com o improvável. Bektic por TKO.

Luiz Fernando Ferreira: Que me perdoem pela heresia, mas o caldo vai entornar e muito para o “GoDeusFredo”. Bektic, TKO.

Renato Rebelo: Godofredo deu um update no shape, prometeu arrancar a cabeça rival e tal, mas, sem defesa de quedas, a chance de vitória do brasileiro se limita a um cenário de exceção (Bektic dar mole no ground and pound e ser finalizado, entrar uma joelhada voadora ou algo do tipo). Como minha cota de apostar em golpes singulares se esgotou em 2018, vou com o gringo, via volume de jogo superior, quedas e controle no topo. Bektic, decisão.

Rodrigo Tannuri: Infelizmente, não vai dar pro querido “GoDeusfredo GSPepey”. Bektic, por mais que venha de derrota, é um lutador muito mais desenvolvido. A encarada amedrontadora e o apoio da torcida não serão suficientes pra parar o bósnio. Bektic, TKO.

Thiago Sampaio: Pepey vai partir pra cima e vai ser golpeado. Em algum momento vai puxar pra guarda e vai ser mais massacrado ainda. Pode finalizar? Pode. Mas, difícil, hein?! Não apostar em quem é mais lutador é se jogar do World Trade Center e acreditar que vai sobreviver. A esperança é a última que morre, mas….Bektic, TKO.

Restante do card:

Drew Dober x Frank Camacho
Bobby Green x Erik Koch
Katlyn Chookagian x Mara Romero Borella
Randa Markos x Juliana Lima
Justine Kish x Ji Yeon Kim
Vinc Pichel x Joaquim Silva
Niko Price x George Sullivan
Austin Arnett x Cory Sandhagen

Ranking dos colunistas:

1 – David Carvalho: 5-4 (55,5%)
1 – Felipe Paranhos: 5-4 (55,5%)
1 – Lucas Carrano: 5-4 (55,5%)
1 – Thiago Sampaio: 5-4 (55,5%)
2 – João Vitor Xavier: 4-5 (44,4%)
2 – Renato Rebelo: 4-5 (44,4%)
2 – Rodrigo Tannuri: 4-5 (44,4%)
3 – André Azevedo: 3-6 (33,3%)
3 – Laerte Viana: 3-6 (33,3%)
3 – Lucas Rezende: 3-6 (33,3%)
3 – Luiz Fernando Ferreira: 3-6 (33,3%)
4 – Leo Salles: 2-7 (22,2%)
5 – Hericly Monteiro: 1-4 (20%)

  • Valdeir Porto Freire

    Se Godofredo ganhar queixos vão cair einm! kkkk

    • Daniel R Carletti

      Não tão confiando no mito, serão surpreendidos com uma bela puxada pra guarda seguida de TKO via queixadas no cotovelo!

      • Vinicius Maia

        Godofredo vai salpicar o Bektic com o sangue dele.

  • Idonaldo Gomes Assis Filho

    Os cartéis quase todos negativos no ranking, que vergonha!

  • Renato Rebelo

    Acho o Jacaré ligeiramente favorito, mas acabei indo na zebra.

  • Elton Oliveira

    O respeito voltou para Lucas Carrano ou simplesmente um cavalo paraguaio 😀

    • Lucas Rezende

      Cavalo chinês!

  • Tadeu Pastorello

    Brunson vem de “grandes vitórias” relativas, Bateu no vovô suga alma que não sei como vinha ganhando da galera ( é muito ruim) e no Lyoto que estava parado a duzentos anos e antes disso tava sendo nocauteado até pelo saco de pancada nos treinos, então também tão se empolgando demais, Jacaré vai nocautear de novo o Brunson que vira todo, todo como o pessoal do sexto round e vai tomar no queixo de novo.

  • Shotokan Karate

    Jacaré ganha sem maiores problemas é anos luz mais lutador do que o Brunson

    • Lucas Venagas

      vai nessa
      ele é melhor que o brunson em pé?
      ele tem jogo pra quedar o brunson?
      NAO

      vai ser preciso um golpe muito bom para vencer

  • Henrique

    Brunson TKO
    Bermudez DEC
    Gillespie DEC
    Bektic TKO

  • Leo Corrêa

    Ninguém bota fé no Pepey?

  • William Oliveira

    Jacare SUB
    Bermudez DEC
    Gillespie TKO
    Bektic TKO

  • magnuseverest

    Mara Romero deve vencer…
    Acho que o Jaca vence por UD.

Tags: , , , , , , , , ,