Quem foi o melhor de 2017?
#jornaleiroresponde

Renato Rebelo | 06/01/2018 às 20:03

Pessoal, nessa edição do #palpitesextoround peguei carona no gancho do meu amigo João Vitor Xavier e também medi o bedelho na escolha do melhor lutador de 2017.

E aí, quem foi o mano que aterrorizou o octógono mais concorrido do mundo: Robert Whittaker, Max Holloway, Rafael dos Anjos, Francis Ngannou, Demetrious Johnson ou Volkan Oezdemir?

Venham comigo!

  • Alisson Passos

    Renato, já estou aguardando o vídeo da melhor lutadora de 2017!

  • Leonilson Rocha

    MUITO BOM RENATÃO , EXCELENTE PERCEPÇÃO CONCORDO .

  • Douglas Karpinski

    Boa analise renatão, acho sim, que deveria falar das meninas, pois Rose Namajunas em questão de emoção foi a luta que vejo e revejo e me emociono muito, essa menina é inspiradora, pra mim ela deveria ganhar o prêmio, pois foi a maior zebra do ano de 2017. Abraços!!

  • Nathan Dreak

    Concordo, Max em segundo e Whittaker em primeiro. Max venceu duas vezes José Aldo por nocaute, sem precisar ir aos juízes. E Whittaker nocauteou Jacaré e teve vitória dominante sobre Romero. Dois caras duríssimos. E ainda pode-se adicionar GSP que, por medo, lhe entregou o cinturão mesmo tendo assinado que lutaria. Para mim ano do Whittaker mesmo.

  • Jefferson Rosa

    Aguardo análise das meninas…essa ficou perfeita!

  • Erik Gomes

    Um jornalista competente e coerente como você citar Volkan e RDA, este último inclusive mais bem posicionado que Demetrious Johnson, perde credibilidade.
    Como você não citou o nome da maior zebra do ano, nem do maior lutador meio-médio da história, que voltou da aposentadoria ano passado e se tornou campeão em duas categorias diferentes, prefiro acreditar que você não viu o UFC 217 e vai correndo assistir para logo em seguida gravar um vídeo fazendo uma retratação, mas não pelo fato de ter esquecido Rose e GSP e sim por ter posicionado RDA melhor que Demetrious Johnson.

    • Everton

      Cara, como ele diz esses são os dois centavos dele, vc tem o direito de ter sua opinião. Insinuar um vídeo de retratação… Menos bem menos. DJ não enfrentou nenhum perigo real esse ano, Ray Borg, Wilson Reis? Não dá pra dizer que são ótimos lutadores. São esforçados. O que credita RDA ao posto é a vitória só Lawler que como ele falou, nunca foi dominado por 5 rounds. No mais vc tem o direito de discordar da opinião, mas n vejo uma perda de credibilidade.

      • Erik Gomes

        Se não houver uma retratação, a perda de credibilidade são os meus dois centavos e da mesma forma que ele critica os lutadores, ele também vai ser criticado. E não é porque a opinião (absurda) dele ser diferente da minha (já não e a primeira vez) que eu vou deixar de acompanhar o trabalho dele.
        Cansei de falar sobre isso, mas vou repetir de novo, não se trata de ter vencido Ray e Wilson esse ano e sim de ter se tornado o Maior de Todos os Tempos batendo o recorde do Anderson. Feito histórico e irreconhecível pelo jeito.
        O Lawler que o RDA dominou é um Lawler que eu particularmente não conheço e o RDA não ganhou nenhum cinturão, apenas se tornou o desafiante, se bem que GSP e Conor podem passar na frente dele com um estalar de dedos e num piscar de olhos.
        Eleger o RDA como terceiro colocado e na frente de DJ, GSP, Rose e até TJ, foi puro bairrismo! Perde credibilidade sim.

        • Paulo Vinícius

          Quanta bobagem.

          Concordo com o posicionamento exposto no vídeo. Análise ótima.

        • Diogo Barbosa

          Perder a credibilidade sua não faz muita diferença pra ninguém, conforme-se com isso.
          Ali analisou-se a dificuldade, voltar da aposentadoria e lutar contra Bisping não é um desafio, é sim um atrativo. DJ fez o que fez, mas enquanto lutar sem nenhuma competitividade vai continuar com menos brilho.
          Demetrius teve a oportunidade de se provar definitivamente contra Dillashaw e…nada.
          Assista as lutas, não o resultado na Wikipédia e o tanto de verdinho que tem.
          Wittaker>Orelha>RDA.

          • Erik Gomes

            Você desmereceu Bisping, Borg, o recorde que DJ batalhou durante anos para bater e que comentário mais despeitado e incoerente esse seu de dizer que DJ luta sem competitividade. Você sabia que Borg chegou até o quinto round? Acho que não e pelo visto quem não está assistindo as lutas aqui é você.
            Dillashaw não era campeão da categoria de cima e não tinha vencido ninguém na categoria debaixo, como assim ele merecia disputar o cinturão? Que lógica é essa sua de que só porque um lutador é da categoria de cima, ele merece disputar o cinturão da categoria debaixo?
            Você é só mais um leigo e patriota de plantão, que ainda não superou o fato do recorde do Anderson Silva ter sido batido, encare isso!

          • Diogo Barbosa

            Aham, leigo patriota e blablablá
            Guarde teus chiliques pra quem tem tempo.
            Competitividade baixa e ponto final,
            E to me cagando pro recorde do Anderson.

          • Jin-E

            Não liguem pra esse demente. Ele vive no fórum apenas para ficar de xilique com mimimi de “do contra”.

          • Erik Gomes

            Falou o moleque imaturo e despeitado que não teve argumentos para debater o assunto comigo e apelou para o insulto. Não é xilique, é uma opinião diferente da sua, cresça e apareça pivete imaturo!

          • Jin-E

            “Falou o moleque imaturo e despeitado que não teve argumentos para debater o assunto comigo e apelou para o insulto.”

            “mimimimimimi… Khibib í im litidir filsi… mimimimimimi… Khibib í pritigidi pili pii… mimimimimimi… Khibib dissi qui i simbi í sipiriii ii jii jitsi… mimimimimi…”

            Vai chorar no travesseiro que é mais quentinho, pitboy esquizofrênico. kkkk… Quando o cara é tachado até por um colunista que tu é oriundo do Combate.com logo na primeira matéria que posta é pq tá com o filme mais queimado na praça do que a rosca do Jean Wyllys. kkkkk…

          • Renato Rebelo

            Jin-E fica aqui a sua segunda e última advertência por ataque pessoal.

          • Renato Rebelo

            Erik, fica aqui a sua segunda e última advertência por ataque pessoal.

          • Renato Rebelo

            Jin-E, fica aqui uma advertência por ataque pessoal. Conto com a sua colaboração.

        • Everton

          Vamos lá, você continua citando a Rose, não se se assistiu ao vídeo todo, pois no final ele pergunta se a galera quer um vídeo com as melhores lutadoras do ano. Segundo que DJ bater o recorde de Anderson Silva não o credencia automaticamente a GOAT. Se fosse assim Bill Russel seria considerado o melhor jogador de todos os tempos no basquete e não um tal de Michael Jordan. E foi como o Diogo falou, quando o DJ teve um desafio a sua altura, ele saiu da jogada. GSP venceu um Bisping em total decadência, se RW fosse o detentor da cinta ou Romero, duvido que ele desafiaria os caras. Isso não os torna menos lutadores. Porém RDA na lista não é o.absurdo que vc está colocando aí.

          • Erik Gomes

            Nos Estados Unidos o prêmio de “Fighter of the Year” vale tanto para os homens, quanto para as mulheres, inclusive, segundo a ESPN quem mereceu o prêmio foi a própria Rose Namajunas e até foi noticiado aqui no site. Só porque na nossa língua existe um feminino para lutador, isso não quer dizer que devemos separar os homens e as mulheres numa eleição dessas.
            Não credencia? O que credenciava o Anderson então?
            Você é tão incoerente que citou até outro esporte, muito parecido com MMA por sinal.
            Saiu da jogada? De qual esporte você acha que estamos falando MMA ou basquete? Porque no MMA até onde eu sei o DJ vai sim enfrentar o TJ Dillashaw.
            Bisping tinha acabado de vencer Rockhold (que havia vencido Weidman, que venceu Anderson…) e a lenda Dan Henderson. Em decadência está a sua coerência!
            RDA nessa lista é um absurdo e muito incoerente, puro bairrismo!
            RDA venceu um Lawler irreconhecível e conquistou apenas a vaga de desafiante e nao o cinturão da categoria, porém como eu disse, tanto Conor como GSP podem passar na frente.
            Se o RDA virar campeão dos meio-médios esse ano, pode ter certeza que o lutador do ano de 2018 pro Renato vai ser o RDA.

          • Everton

            Cara, a qualidade dos adversários que o lutador enfrenta sua performance entre outros conta. Não é só o número de defesas de cinturão. Se o Renato quis separar os lutadores das lutadoras ele tem todo o direito. Se na sua mente fechada não é possível fazer paralelo entre esportes, não sou eu que vou forçar isso em sua mente. Não é pq não fizeram isso nos EUA que aqui em que ser seguido a regra. Sério que vc não consegue entender o saiu da jogada? É sério que é isso que vc quer criticar? Se lhe falta interpretação tudo bem. Mas faz o seguinte, cria seu blog, site o que quiser com sua lista de melhores do ano. Já que vc está tão insatisfeito.
            PS: Espero não perder credibilidade com vc! 🙁

          • Jin-E

            KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…

            O “PS” foi o melhor! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK…

          • Jin-E

            Eita, Everton! Se prepara, que o magnânimo Erik Gomes vai surtar e declarar sua perda de dignidade perante sua supra opinião de que GSP venceu o imbatível Bisping e DJ fez a defesa de cinturão mais dramática do MMA perante a fúria em forma de gente, WHO Borg.
            Ele vai passar o domingo todinho tirando a credibilidade de todos, pois se até do Rebelo ele tirou (e por isso o Rebelo não mais trabalhará, entrará em depressão e morrerá) o que será de nós? kkkkkkkkkkkkk

          • Erik Gomes

            Como você é imaturo e chato moleque…
            Nunca deve ter debatido qualquer assunto com uma pessoa que pensa diferente de você. Não tem como ficar com raiva de você porque você é apenas um moleque imaturo por trás de um perfil fake, que não aceita ser contrariado. E alguém com a mentalidade igual a sua, na fase em que você está vivendo, ter atitudes medíocres, é quase que normal, não te condeno.

          • Jin-E

            “Cimi vicî í imititi i chiti miliqii…
            Ninci divi tir dibitidi qiilqiir issinti cim imi pissii qii pinsi difirinti di vicî. Nii tim cimi ficir cim riivi di vicî… mimimimimimimimi…”

            https://i.imgflip.com/1dy2m9.jpg?a420912

          • Erik Gomes

            Qualidade dos adversários? Parece que realmente você nunca acompanhou MMA, apenas o basquete. Quer mesmo comparar Chael Sonnen com o olimpiano Henry Cejudo?
            Sobre separar os homens das mulheres, eu não disse que não era possível, eu disse que é desnecessário.
            Você fala como se aqui não fosse um fórum criado com o propósito de debater nossas diferentes opiniões.
            E Renato só não respondeu meu comentário porque não tem argumentos melhores que o meu, aí ele preferiu ficar quieto, que é exatamente o que eu faria no lugar dele depois desse vídeo incoerente e absurdo.

          • Jin-E

            “E Renato só não respondeu meu comentário porque não tem argumentos melhores que o meu, aí ele preferiu ficar quieto, que é exatamente o que eu faria no lugar dele depois desse vídeo incoerente e absurdo.”

            https://www.youtube.com/watch?v=zBkuNpgACH0

          • Everton

            Aqui é sim um fórum para se debater diferentes opiniões. E não sair por ai pedindo retratação, quando seu nome não foi nem citado ou coisa parecida. Henry Cejudo foi campeão olímpico de MMA? Ah não não, entendi, só vc pode citar outro esporte. E outra em nenhum momento coloquei Anderson como o melhor da história pra vc ficar danco chilique. E a propósito, não acompanho só basquete não, gosto de futebol americano tbm, algum palpite para quem vai para o SB? 🙂

          • Erik Gomes

            Não é chilique, é uma opinião diferente e mais coerente que a sua, apenas isso e nada mais do que isso.
            Não, não tenho um palpite, mas conheço o esporte, as regras do esporte e só não acompanho por falta de tempo e o mesmo vale para o basquete.

          • Everton

            Sua opinião é respeitada, vc que não está concordando com a opinião alheia e tomando a sua versão como verdade absoluta. E a sua opinião é a mais coerente para vc, apenas isso, nada mais do que isso.

          • Diogo Barbosa

            Não respondeu teu comentário pois vc só quer audiência e pq ele é praticamente surreal.

    • William Oliveira

      kkkkkkkkkkkkkk

      • Douglas Karpinski

        kkkkkkkkkkkkkk²

  • Carlton Smith

    Discordo totalmente, RDA foi o cara do ano e merece o prêmio de melhor lutador!!!!! Não é porque você não quer pagar de “ufanista” que tem que ser uma gringuete!!!! RDA subiu pra categoria mais concorrida do UFC e fez o que quis com os seus oponentes e agora vai lutar pelo cinturão de lá e já prevejo o Woodley caído desacordado e o RDA com o cinturão no ombro!!!!!

  • Álvaro

    1) Holloway
    .
    .
    .
    .
    .
    2) Whittaker
    3)RdA

  • Diego Florentino

    Só trocava a medalha de bronze pro DJ. No demais, concordo integramente.

  • Vinicius Maia

    Bom vídeo. Concordo com a análise. Max Holloway e Whitakker estão nariz a nariz competindo quem foi o melhor de 2018.
    Pessoal falando sobre o DJ mas ninguém ta esquecendo dele, apenas que ele bateu contenders legítimos mas fracos com relação a disputa dos dois primeiros lugares.
    Bater Aldo x2 num ano pra mim é muito mais significativo que bater em Tim Elliot, Borg, Reis juntos. Você pode considerar o ano do Mouse como grandioso pelo conjunto da obra de 11 defesas mas jamais sobre as qualidades de seus adversários.

  • Lero

    Ninguem lembra do grande ano do futuro campeão dos penas, Artem Lobov

    • Anderson Tibana

      E nem do GODofredo!

      • Igor

        Nenhum dos supra citados supera o Índio do amor

        • Lero

          Erick é mesmo uma jovem promesa, mas ainda acredito que não está no nível de madurez suficente para fazer frente o topo da sua categoria. Mas ele ainda tem muito tempo na frente para polir esses pequenos detalhes proprios da juventude. Tenho certeza que ano 2019 ele já estará com seu jogo bem redondo e com toda certeza será favorito contra GSP, Woodley, Wonderboy, dos Anjos o quem estiver com o cinturão para essas datas. E porqué não, podería pensar em subir para os medios e pegar esse cinturão também.

          • Douglas Karpinski

            acredito fielmente nisso, o Indio do amor ainda em 2018 será campeão………………..

  • Daniel Piva

    Na minha opinião a grande diferença do feito do Whittaker para o do Holloway é que o australiano ganhou dos adversários (Romero e Jacaré) nos seus auges. Tanto é que o atual campeão era o azarão nos dois casos. Já o Holloway pegou o Aldo na sua pior fase. Além do que, na segunda luta, não podemos nos esquecer, que nem era para ser contra o brasileiro.

    • Mauro

      Sem essa, irmão. O Aldo ainda é o mesmo! Se o Max Holloway de hoje pegasse o Aldo de cinco anos atrás, o resultado seria o mesmo. Não começa com isso de pegou em má fase, que é mentira, até pq pra ganhar de um monstro como Edgar, tem que está no auge.
      O problema é estilo de jogo, eu sempre soube que Aldo teria dificuldade com lutadores altos, pois Aldo é contragolpe que usa muito bem a envergadura, ao mesmo tempo que ele anda pra trás, ele manda o golpe de encontro, e assim ganhou duas vezes de Edgar e Chad, com 1,67 de altura cada. Mas quando pega alguém alto, esse seu conforto não é tão confortável, e resta resolver na porrada mesmo. Quando é alguém inferior, como zumbi, até que consegue, no entanto, quando é um cara oriundo do boxe, da porrada, aí a coisa fica feia ne?

      • Daniel Piva

        Por partes:

        1 – A questão não é o Aldo estar treinado ou não. A questão é que não era para ser ele ali. O desafiante correto era o Edgar, que se lesionou e foi substituído.

        2 – Concordo plenamente na questão do estilo. É uma luta que não encaixa para o Aldo. No entanto, discordo completamente que o Aldo ainda é o mesmo. A própria equipe dele admite isso, que o foco é acabar com o contrato o quanto antes. E quando, desta maneira, se pega um adversário de alto nível, o resultado dificilmente muda.

        • Mauro

          1- sim, isso não é verdade, mas convenhamos que isso difículta para ambos. Dificulta para o aldo, mas também para o americano. Este segundo estava treinando para um grappler, entao pega alguém que é um striker…com certeza muda muito.

          2- isso é meia verdade. Durante a sua última entrevista, o próprio Dedé deixa implícito que Aldo não esta desanimado com o MMA, e sim com as derrotas. Pode pesquisar, vai ter uma parte que Dedé dirá algo do gênero “se Aldo nocautear as próximas quatro lutas vai se aposentar? Não…” Algo assim, então fica claro, Aldo não esta incomodado em lutar MMA, ele está incomodando em ter três nocautear em quatro lutas.

    • Mauro

      Na segunda luta, Aldo estava treinando boxe nos Estados unidos, depois fez o camp para lamas, e depois fez um mês de camp para o Holloway, ou seja, ao todo, Aldo estava melhor preparado que o Holloway. Ou deveria está.

  • Jin-E

    Pra mim, qualquer análise que ponha qualquer um do TOP3 como primeiro lugar tá correta. Seja Holloway, Whittaker ou RDA (eu optei pelo último), cada um deles realizaram feitos absurdos e difíceis de serem quantificados e comparados entre si.

    Diferente do que um certo cidadão neurastênico e xenófobo de russos que vive de dar pitis aqui no fórum, digo que o vídeo não podia ter sido mais elucidativo. Boa análise.

    • Erik Gomes

      Como era de se esperar, o pivete imaturo não tem argumentos, inclusive dessa vez também apelou para o bairrismo e elegeu como lutador do ano, um desafiante.
      RDA teve uma dificuldade absurda para vencer o irreconhecível Lawler e concordo plenamente que é dificílimo comparar o feito de RDA ter se tornado desafiante, com Holloway que sagrou-se campeão vencendo duas vezes um ex-campeão e Whittaker que sagrou-se campeão também, vencendo o facílimo e nada temido Romero.

      • Jin-E

        “prifiri icriditir qii vici nii vii i III 217 i vii cirrindi issistir piri ligi im siguidi grivir im vídii fizindi imi ritritiçii, mimimimimimimimi…”

        Aham… Tá certo. O Renato vai fazer uma retratação mesmo pro “magnânimo” Erik Gomes. Pense como a opinião cagada do “magnânimo” Erik Gomes, faz uma puta diferença pro rumo do fórum. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk…

      • Renato Rebelo

        Erik, fica aqui uma advertência por ataque pessoal. Conto com a sua colaboração.

        • Erik Gomes

          Recomendo que acesse o post “Rose Namajunas é eleita o lutador do ano pela ESPN” e veja o quanto este tal “Jin-E” foi ofensivo. Abraços!

      • Malk Suruhito

        O Holloway vc está certo, mas o Whittaker se tornou campeão após o o GSP abdicar do mesmo, pois Romero não era o campeão (não existe esta de “campeão moral”)

  • Bruno Siqueira

    Honestamente, dentro desse TOP 3 qualquer um pode ser escolhido como o lutador do ano. Concordo com os argumentos do Renatão, assim como concordei com os do JVX – e da mesma forma acho realmente impressionante como o Holloway dominou completamente o monstro do Aldo em 2 lutas.
    E sou totalmente favorável a um vídeo da lutadora dos anos.

  • Mauro

    Creio que Robert ou Holloway são os lutadores do ano. O primeiro está numa seção incrível, vindo de oito vitórias seguidas, e nesse ano nocauteou brutalmente o Jacaré, e depois venceu sem dúvidas, e com joelho lesionado, o Romero, defendendo as quedas de um medalhista olímpico. É um grande candidato a lutador do ano.
    No entanto, tem um grande concorrente que é o Max Holloway. O Abençoado vem de incrível sequência de vitória, vencendo os melhores da categoria. Foram duas surras, dois nocautaços, no maior peso pena de todos os tempos, com direito até tapa de mão aberta. Eu vou de Holloway.
    Dos Anjos, Ngannou, Oezdemir tiveram um ano incrível, mas ainda não são o cara. Podem vir a ser este ano, se forem campeões, assim como Edgar pode ser esse ano, caso se torne campeão em duas categorias vencendo o que parece invencível Holloway, e assim como TJ pode vir a ser, caso vença o Demétrius, o peso por peso, e se torne campeão em duas categorias, assim como pode vir a ser o Miocic, caso termine o ano como campeão e acabe com a maldição dos pesados.

  • Nathan Dreak

    Como sugestão, poderia fazer um vídeo com as decepções do ano, surpresas, prêmio Eddie Alvarez de QI de luta do ano, prêmio Anderson Silva de gerenciamento de carreira do ano, prêmio Rickson Gracie/GSP de arregagem do ano. Tem boas eleições ainda para fazer.

    • Vinicius Maia

      Bom dia protagonista do Uncharted. No MMABrasil tem um quadro parecido. Da uma olhada. Abraço.

      • Nathan Dreak

        Quase nunca entro no MMA Brasil. É o Baranga Awards 2017?

        • Vinicius Maia

          Sim. Da uma olhada. É bem interessante. O site é muito bom. Acompanho ele junto com o sextoround. Os textos de boxe dele são excelentes. Alexandre Matos é um dos melhores colunistas que já li.

          • Nathan Dreak

            Boa dica. Gostei da referência ao canhota de ouro. Quem acompanhou o cara na rádio sabe que é muito comédia. Falta só arranjar um site/forum bom de formula 1.

      • Shotokan Karate

        As enquetes são tri shows Vinicius dei mta risada com o “Baranga Awards 2017” kkkkkkkkkkkkkkk

        • Vinicius Maia

          Muito foda né kkkk.

  • Shotokan Karate

    Em minha simples opinião o melhor de 2017 foi Max Holloway. O motivo ? Simplesmente venceu e convenceu por duas vezes o melhor peso pena que já pisou em um cage que é o Zé Aldo (com potencial de ele próprio Holloway assumir esse posto de melhor FW de todos os tempos).